FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

19. Quem com o ferro fere.....


Fic: Novos Tempos --- BREVE CAP 37


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
-=|J䣡ñë G¡£¡ö†¡|=-: Srta.Jaline, minha defesa eu fiz nos coments mesmo hehehe.
Abraços do autor.

Sim o mundo gira a meu redor afinal sou a perfeição em pessoa, sou um deus.
E foi frescuras dessas meninas ficarem se agarrando com aquele idotas, filhos da .., e uma infinita listas de "Elogios", quanto a isso elas terão troco, a se terão.
Beijos do Eternamente Lindo Allan Black

Leo Potter: Sim eu concordo com você meu amigo, elas foram insensiveis e tomaram atitudes na raiva, só porque nós fomos a Australia e elas a ver navios, mas a hora delas vai chegar e eu vou ter o prazer de assistir de camarote.
Quanto ao ciúme do Harry, deixa só ele encostar na minha irmã eu quebro ele, igual fiz com o Dino, ops.
Abraços Rony Weasley

JP Pontas: Quanto tempo dura, isso só o proprio tempo dirá.
E quem viu, ah se eu contra perde a graça ^^
Abraços

carol cardilli:Sim, eles são meio idiotas, eu uma garota linda e maravilhosa na seca, hunf, só porque aquel Black convencido quer, é um idiota mesmo.
Aposto que ele ficou com muitas na Australia, mas ele me paga a se paga.
Beijos Nick Potter

Nawally:Quem viu é segredo uhahauahua, como sou mal segredo a sete chaves ^^, olha se o Allan ouvir esse elogio o Ego dele sobe as alturas.
Beijos Sr.Pontas

LeNoO bLaCk: Obrigado ^^, continue lendo
Abraços Sr.Pontas
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Fazia duas semanas que as garotas não falavam com os garotos, mas nessas semanas isso parecia não afetá-los, pelo contrário, agora eles estavam aprontando mais, estavam saindo com garotas, rindo, se divertindo, nem pareciam ligar para elas, era como se tudo que elas significaram para eles tivesse sido apagado de suas mentes, isso as incomodava, eles não tinham esse direito de ignorá-las.
Todos estavam no campo de quadribol esperando pela seleção do time da Grifinória, como prometido, Allan e Harry estavam lá, acompanhados de seus amigos e muitas fãs do grupinho, que sorriam idiotas para eles e conversavam entre si em risinhos. As meninas achavam aquilo ridículo, tanto que Mione, nem compareceu a escolha do time, pois sabia que teria que aturar as oferecidas que corriam atrás de Rony e companhia, as amigas foram para ve,r afinal, Gina estava no time, então foram dar apoio à amiga.
A escolha foi feita como nos últimos anos, um grupo de cada vez, primeiro batedores, onde foi escolhido Fred e Jorge, após isso vieram os apanhadores.
Os candidatos estavam saindo da arquibancada para o campo.
-Vai lá Gina arrebenta. – Gritou Alicia.
-Isso, ninguém é páreo para você. – Gritou Nicole, dando uma indireta ao irmão.
-HARRY. – Ouviu-se um gritou na multidão. – VOCÊ ESQUEÇEU SUA FIREBOLT, AQUI, TOMA. – Gritou Allan jogando a vassoura para o amigo.
Todos a volta olharam abismados para a cena.
-OBRIGADO. – Gritou em resposta o menino.
A algumas cadeiras dali.
-Onde ele arrumou uma, Firebolt? – Perguntou Nicole.
-Não sei, mas vou descobrir. – Falou a morena, andando indo em direção ao irmão, com as amigas no calcanhar.
-Allan. – Gritou. O irmão a olhou displicente. – Onde o Potter arrumou aquela Firebolt? – O rapaz apenas sorriu.
-Ele ganhou do papai, Tio Remo, Tio Tiago e do Sr.Weasley. – Respondeu calmo. – Todos nós ganhamos. –Falou apontando para os amigos. – Prêmio por completar o curso com honra.
A menina olhou para ele, sem acreditar.
-Vocês todos ganharam? – Perguntou de novo.
-Sim, Alicia, todos nós. – Falou ainda calmo. – Ah, desculpe irmã, minha vez, o Harry já pegou o pomo.
-Ele foi mais rápido do que falou que seria. – Falou Rony entregando o dinheiro a Edward.
-Eu sabia que ele ia pegar em um minuto o pomo, essas vassouras são muito rápidas. – Respondeu o outro, pegando o dinheiro da aposta. – Aposto que os artilheiros serão, Allan, Angelina e a Kátia.
-Eu também acho que serão eles, afinal, a Spinet não voltou à velha forma. – Respondeu o outro. – Sem apostas dessa vez.
As meninas olhavam aquilo abismadas, eles estavam nem ai para o resto do mundo, estavam fazendo apostas, ficando com todas e pouco se danando para o resto, saíram de lá bufando e batendo o pé, os rapazes apenas riram.
-O que deu nelas? – Perguntou Harry.
-Ah, estão um pouco “Enciumadas”. – Falou Rony sorrindo.
-Ah sim, eu causo esse sintoma. – Falou sorrindo.
Os amigos riram, e as garotas deram gritinhos escandalosos, Allan logo se aproximou e sentou ao lado dos amigos sorrindo, todos sentaram e esperaram as resposta das posições.
-Bem todos foram ótimos. – Falou Wood. – Bem nossos batedores serão Fred e Jorge Weasley, goleiro, eu, Olívio Wood, artilheiros, Angelina Johnson e Kátia Bell. – A arquibancada aplaudiu, Olívio recomeçou. – Bem e cumprindo a promessa, teremos também Allan Black como artilheiro e Harry Potter como apanhador. – Ouve uma imensa salva de palmas, as garotas que cercavam os garotos deram gritos escandalosos e abraçaram os rapazes, que sorriam, quatro garotas saíram de lá apenas resmungando uns “Piranhas”, “ Oferecidas” ,”Vagabundas”.
Haviam se passado dois dias desde que o teste do time havia passado, e Alicia andava pelo castelo triste, não gostava que suas amigas a vissem assim pra baixo, ela estava sem rumo, quando ao virar a esquina do corredor, deixou seus livros caírem e saiu correndo com as lágrimas escorrendo livres pelo rosto, quando se deu conta estava entrando no salão da Grifinória, para sua sorte apenas Nicole e Ângela estavam no salão, ao verem a amiga ficaram preocupadas.
-O que foi Alicia? – Perguntou Nicole.
-Vam..vamos su..su..subir. – Falou entre soluços.
As meninas subiram para o quarto, onde encontraram Mione lendo, ao ver a cena a menina arremessou o livro e foi ao encontro da morena, elas sentaram Alicia na cama e esperaram ela falar.
-O Harry...ele estava...beijando a Chang. – Falou entre choro.
-Aquela chinesa da Corvinal? – Perguntou Nicole.
-Ela mesma. – A morena e chorou mais ainda.
-Alicia, vem com a gente até a Enfermaria. – Falou Mione. – Você tem que tomar um calmante.
-Eu não...que..que...quero. – Choramingou.
-Mas vai. – Agora falou Ângela firme.
Levaram a menina até a enfermaria, no caminho, encontraram Gina, com cara de chocada, a menina foi com elas até a enfermaria onde Lílian as atendeu com preocupação, colocou Alicia na cama e lhe deu uma poção calmante, e ficou ali examinando a menina enquanto as amigas conversavam.
-O que aconteceu com ela? – Perguntou Lílian.
-Bem, ela viu o Harry se beijando com a Cho Chang. – Respondeu Nicole.
Lílian entendeu tudo.
-Fiquem com ela por uns cinco minutos. – Falou Lílian calma. – Tenho que ir ver um outro paciente.
-Tá Tia Lílian, pode ir. – Responderam Ângela e Mione juntas.
-Gina porque você ficou calada derrepente? – Retrucou Nicole.
-É que eu, vi o Allan e o Rony. – Falou.
-E o que isso tem haver? – Resmungou Mione.
-Eles estavam ficando com a Parvati e a Padma. – Falou triste.
Hermione e Nicole se entreolharam.
-Eu falei que essa idéia de vocês de esquecê-los com outros ia dar merda! – Falou Ângela. – Agora vocês sabem como eles se sentem!
-Se eles querem guerra, isso que eles terão! – Falou Alicia deitada, as amigas apenas concordaram.
-Ainda acho que isso não vai dar certo. – Resmungou Ângela, mais para si do que para as outras.

Não muito longe dali.
Uma mulher ruiva escrevia um pergaminho

Harry,
Venha na enfermaria com seus amigos, as dez da noite.
Beijos, Sua mãe.

-Leve ao meu filho, Atila. – Falou para a coruja negra na sua janela que levantou vôo.
Lílian voltou até as meninas.
-Está melhor Alicia? – Perguntou.
-Sim tia, melhor. – Respondeu.
-Ótimo, então você está dispensada, pode ir. – Falou sorrindo.
As meninas saíram da enfermaria e foram para o salão comunal.


Eram dez horas em ponto quando quatro rapazes chegaram à enfermaria, esta estava escura, via-se apenas uma luz de vela acesa em uma mesa, onde se aproximaram cautelosos, e viram a ruiva que os chamara ali, esta levantou a cabeça e pediu que sentassem, eles obedeceram e se sentaram esperando a ruiva começar.
-Bem meninos, chamei-os aqui porque hoje vi uma cena que me cortou o coração. – Falou olhando para os meninos. – Alicia chorando, desamparada.
Os meninos olharam sem entender o que eles tinham haver com isso.
-Mãe sem querer ser mal educado... – Começou Harry. – ...Mas o que a gente tem haver com isso?
Lílian levantou a sobrancelha e estreitou os olhos.
-Tudo, Harry . – Falou olhando o filho. – Ela estava assim porque você estava aos beijos com a Cho Chang. – O menino ficou vermelho. – Ela é uma menina doce, apesar de não parecer e você fez isso com ela.
-Ela que começou, namorando o tal do Diggory bonitão. – Fez uma vozinha irritante ao citar o nome, os amigos riram
-Meninos, vocês tem que crescer e deixar de serem assim. – Falou Lílian. – Elas sentem a falta de vocês.
-Não parece tia. – Resmungou Allan.
-Não parece, mas sentem. – Respondeu. – E vocês tem que parar com essa atitude de catar qualquer uma, vi como vocês tem andado cercados de garotas.
-Mas é porque somos irresistíveis. – Retrucou Rony.
-Esse egocentrismo que afasta elas de vocês. – Falou tranquila. – Essas atitudes também.
-Eu não vou parar mãe, elas começaram com frescuras. – Falou Harry se exaltando.
-Meninos, vocês não são crianças, esse é o modo de atingí-los. – Falou Lílian, ainda calma.
-E elas conseguiram o que queriam. – Falou Edward. - Conseguiram tanto, que afastaram a gente delas.
-E tia, eu não quero ouvir sermão por causa das frescuras daquelas garotas rancorosas. – Falou Allan levantando-se de supetão. – Problemas delas, se elas querem a gente...
-Terão que rastejar por isso. – Completou Harry nervoso, já em pé.
Todos os garotos estavam em pé.
-Onde vocês aprenderam isso? – Gritou já nervosa.
-Nós somos Marotos. – Falou Harry sério.
-Juramos nunca nos apaixonar. – Continuou Allan.
-Nunca baixar a cabeça. – Complementou Edward.
-E nunca, nunca iremos chorar. – Terminou Rony.
-Juramos Solenemente isso. – Falaram saindo da enfermaria nervosos.
Lílian ficou estupefata com isso, ela iria matar Tiago, Sirius e Lupin por incentivarem os rapazes, mas o que mais a preocupou foi essa promessa, ela sabia que quando um Maroto jurava solenemente, era algo que dificilmente seria quebrado, em todos os anos que conheceu o marido, ele nunca quebrou esse tipo de juramento, e não achava que os sobrinhos seriam os primeiros a quebrar, eles estavam machucando as meninas, mas ao mesmo tempo se feriam em igual intensidade, porque “Quem com o ferro fere, com o ferro será ferido”.
Lílian temia pelo que viria mais a frente.

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.