FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

13. Nuove York, Nouveau York, New


Fic: Hermione Granger Está Morta e Vivendo em Nova York


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Nuove York, Nouveau York, New York

Naturalmente, Dino estava no mesmo vôo, já que participava do mesmo programa que a gente da universidade. Ele e Gina se ignoraram durante toda a viagem, o que não foi fácil, pois eu estava no meio de novo, o que tornava as coisas mais fácies para os dois, mas mais difíceis para mim.
As duas semanas haviam passado tão rápido que pareciam um sonho.
-Temos que voltar, Hermione.
-No ano que vem, você vai estar casada e virá com seu marido.
-É – o que ela quis dizer com esse “é”? Por que ela não diz que eu também vou estar casada e vou vir com meu marido?
-Já estamos no apartamento há um ano. Mal posso acreditar. Passou tão depressa. Lembra quando encontramos o cara que mora do outro lado do corredor e você não quis acreditar que ele era gay?
-Você não tem provas.
-Lembra da festa de Halloween...
-E de todos aqueles rapazes...
-E da noite em que ficamos presas para fora...
-A primeira noite que passamos lá...
-Tem sido ótimo. Muito divertido. Fico contente em não ter me casado assim que saí da escola. Olhe só que já fizemos arranjamos empregos, temos nosso próprio apartamento e conhecemos a Europa.
-É, sempre quis ter meu próprio apartamento antes de tomar um rumo definitivo, pois assim posso saber o que quero. Entende o que eu quero dizer?
-Sei exatamente como se sente. Quero dizer, sinto como se tivesse vivido, sabe o que eu quero dizer?
-Sei. Claro que sei.
Estávamos nos preparando para o nosso segundo ano de solteira em Nova York. Em nossos planos originais devíamos estar àquela altura pelo menos noivas. Uma amiga atrás da outra havia encontrado seu príncipe encantado. Aos 22 anos, estávamos dizendo para nós mesmas que não era tarde demais, que as coisas não aconteciam tão depressa quantos esperávamos. Ainda tínhamos um monte de amigas solteiras. É que nem eu nem Gina esperávamos procurar tanto tempo.
Alfândega: relógios, perfumes, roupas e sapatos, tudo declarado porque eu tinha medo. Gina trouxe um monte de roupas ilegais. Minha mala foi revistada, a dela não.
Do lado de fora, vi meus pais e procurei por Neville. Ele não estava lá. Fiquei desapontada. Neville ao menos era alguém para odiar e isso é melhor do que nada.
-Oi...
-Oi...
-A viagem foi maravilhosa. Vou contar tudo a vocês. Tirei muitas fotos. Cadê o Neville?
-Ele também está de férias, foi com os pais para Atlantic City – respondeu minha mãe.
Gina chegou para cumprimentá-los.
-Hermione, o Dino está com o carro aqui. Ele vai nos dar uma carona, se você quiser.
Pude ver o alivio na cara do meu pai de não ter que me levar para casa e dirigir em Nova York.
-O Dino, o caro que você não suporta?
-Não suporto, mas é uma carona. Assim, meus pais pode ir para casa direito. E os seus também.
-OK.
Colocamos as malas no carro, Gina e Dino sentaram na frente e eu no lugar habitual: sozinha no banco de trás. Ninguém disse uma palavra. Estávamos cansadas e pensando no que faríamos a seguir. Devíamos trocar de emprego? Devíamos procurar algo mais interessante? Devia parar de ver Neville porque as pessoas vão achar que nós estávamos namorando? Devo vender o casaco de pele e fazer uma plástica no nariz?
Assim que abrimos o apartamento para notarmos que havíamos sido roubadas.
Mais do que isso – fomos saqueadas. Cortinas arrancadas, lençóis atirados por todo o lado, papel higiênico por toda a parte, a televisão e o som desaparecidos, marcas de pés nas paredes. Oh, Deus, não! Estou tão cansada. Por que não roubam uma pessoa quando ela está com energia o bastante para suportar?
-Pare de chorar, Gina.
-Mas está tudo um caos. Onde está Gabrielle? Onde está Colin? Graças a Deus eu estava com o meu anel de Rubi. Virou tudo uma puta zona.
-Pare de chorar, Gina. Quem é que podemos chamar?
-Meu pai.
-Largue esse telefone, Gina. Seu pai dizer à sua mãe, que vai dizer a minha, que vai contar a meu pai e antes que a gente perceba vamos estar na casa dos nossos pais, morando eles.
Ela desligou e quando mal pôs o telefone no ganho, tocou o telefone.
-Hermione?
-Sim, mamãe?
-Está tudo bem? Tenho uma sensação estranha de que devia ter levado vocês até ai. Estou com a sensação que aconteceu alguma coisa. – A mulher, decididamente, era uma bruxa. Trezentos anos atrás foi queimada em uma fogueira. Hoje em dia é vidente.
-Está tudo bem, mamãe, não se preocupe.
-Certo. Por que não relaxam um pouco? Liguem a televisão ou o som e relaxem.
(Como ela podia saber?)
-Ta bom. Até logo.
Virei para Gina (ainda chorando).
-Gina, vamos chamar a policia. Eles vão resolver tudo. Já devem ter prendido o cara que fez isso e estão com todas as nossas coisas lá. – eu realmente acreditava nisso.
-Chame você, Hermione. Você é ótima nessas coisas.

Pergunta: como é que me tornei ótima nessas coisas?
Resposta: Não tendo homem. Assim aprendi a falar com a pólicia, consertar vasos sanitários e chuveiros e a matar insetos.

411...
-Informações, o que deseja?
-Informações, gostaria que me desse o número de telefone da delegacia mais próxima da minha casa, na Rua 13 Oeste.
-Quer que eu faça uma ligação direta? É uma emergência?
-Não sei.
-Como não sabe?
-Um minutinho, vou perguntar a minha amiga. Gina, é uma emergência?
Ela encolheu os ombros.
-Minha amiga também não sabe. Acho que não é.
-O número é 555-1090.
-Obrigada.
555-1090...
-28ª Delegacia da Pólicia, em que podemos ajudar?
-Meu apartamento foi assaltado e...
-Sim?
-Queria dar queixa ou coisa parecida.

-


Eles vieram (mostrando os distintivos).
-Sou o sargento Riley e este é o Sargento Kelly. Você deu parte de um assalto?
-Sim, nós estávamos fora, viajando pela Europa, e fomos roubadas. – por que todo mundo que viaja para a Europa faz questão de colocar isso em TODAS as frases que fala? Fiquei desse jeito por dois meses.
-Você é dançarina?
-Não – dançarina? Dançarina? Eu tenho cara de dançarina? Isso é ótimo, dançarinas são magras!
-Muitas dançarinas são roubadas. Dão aulas particulares em casa e os estudantes as roubam.
-Não, não tem nenhuma dançarina aqui. – Pensando bem, tem a Gabrielle, mas eu não sei onde ela está. Ta bom que ela é atriz e não dançarina, mas dependendo do cliente, tenho certeza que Gabrielle daria uma “aula particular de dança” em casa.
-O que está faltando?
-Acho que as duas coisas mais valiosas são a televisão e o som. – Só eu respondia. Gina estava sentada, morta para o mundo.
-Tem os números de série?
-A televisão era da Sony e o som da Phillips. Acha que podem encontrá-los?
-Está brincando comigo? Não sabe os números de série?
-Não. – Gina me olha feio por eu não saber. Mas perai, ela sabe?
-Não há a menor chance de você ver suas coisas de novo.
-Não pode verificar em lojas de usados? Fizeram isso uma vez em Law and Order .
-Nada vai aparecer e se você acha boa essa sua idéia – ele deu um risinho – deixa para lá.
-Bem, de qualquer maneira, obrigada.
-Tem sorte de estar viva. Boa noite.
- Grazie... . Quero dizer, obrigada. Acabamos de chegar da Europa.
Riley e Kelly me olharam como se eu fosse uma louca e fiquei contente por estar planejando me mudar de país.

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.