FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

18. Juro Solenemente


Fic: Novos Tempos --- BREVE CAP 37


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------
daniel m. dos santos: Fique de olho nesse capitulo, ele te respondera muita das suas perguntas.
Abraços

-=|J䣡ñë G¡£¡ö†¡|=-: Hahaha, me arrastar para elas, nunca eu tenho orgulho sou um Black, nunca me arrasto para ninguem , ainda mais quando o errado são elas, e não eu.A mione é nerd daqule jeito memso, ia se enfiar nos livros de qualquer jeito, já o titio Voldie, pode estar voltando nada garante a volta dele ^^
Beijos Allan Black

carol cardilli: Sim, elas estão mais lindas, são fonte de inspiração para mim ^^
A mione sabe se cuidar, não se preocupe com ela ^^
PS: Obrigado Pelo Elogio
Beijos

Nawally: Continuei hehehe ^^.
Beijos

JP Pontas: Desculpe estar pequeno, só não quis deixa-los esperando ^^
Sim elas namorando e eles voltando, logo confusão na certa.
Abraços

PS: DESCULPE SE OS CAPITULOS SÃO PEQUENOS É QUE NÃO QUERO DEIXA-LOS ESPERANDO ^^

PESSOAS OBRIGADO PELO APOIO DE VOCÊS, ESTOU NO 4º LUGAR GRAÇAS A VCS MEU LEITORES ^^
OBRIGADO POR TUDO MEUS LEITORES QUERIDOS

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------


O salão estava em polvorosa festa, estavam todos cumprimentando os amigos, conversando alto, pessoas se levantavam e iam até outras mesas falar com amigos, namorados, matando as saudades, era um barulho ensurdecedor, os professores estavam conversando baixo em sua mesa, as portas do salão se abriram, revelando McGonagall e os alunos do 1ºano, estes, olhavam curiosos tudo em volta, a professora os guiou até um banco, onde um chapéu remendado repousava.
O Chapéu começou a cantar assustando os mais novos, que olhavam assustados aquilo, após a música, McGonagall explicou aos novos, os procedimento de escolha das casas e assim, começou a seleção, que durou por longa meia hora.
-John Zank. – Falou a Professora.
O menino caminhou até o banco e colocou o chapéu.
-Corvinal! – Gritou o Chapéu, e o menino saiu contente a mesa da casa.
McGonagall enrolou o pergaminho e se encaminhou para seu lugar na mesa.
O Alvoroço ia começar, mas, foi interrompido por um Dumbledore sorridente, prestes a começar seu discurso.
- Caros alunos, apenas gostaria de lembrá-los que a Floresta Proibida, como o nome diz é PROIBIDA. – Frisou bem essa palavra. – O Sr. Filch acrescentou mais vinte regras ao caderno de regras, e quer que estas sejam seguidas. - Completou sorrindo. – Gostaria de informar também aos senhores, que hoje teremos visitas a Hogwarts, e espero que estes sejam bem recebidos.
O diretor se sentou, e o burburinho começou, mais uma vez os alunos se perguntavam quem seriam as tais visitas, mas o assunto foi morrendo aos poucos, já que os alunos começavam a comer e se preocupar com outras coisas.
Quase ao fim do jantar, as portas do salão se escancararam, fez-se silêncio no salão, todos olhando estupefatos para a porta, por onde entraram quatro figuras com capas negras e encapuzadas, seriam estes tais visitantes?
-Desculpem-nos o atraso professor. – Falou o da frente com uma voz rouca.
-Que nada, meus jovens. – Retrucou sorrindo. – Alunos, eu lhes reapresento, os Marotos. – Falou saudoso aos alunos. – Nossos queridos alunos que voltaram após um ano e meio de distância. – Falou sorrindo, um burburinho começou no salão. – Allan Black, Edward Lupin, Harry Potter e Ronald Weasley.
Os quatro puxaram o capuz, estavam mudados, mais altos e com traços mais adultos, o salão se misturou em gritos agudos das garotas, de excitação dos amigos, resmungos dos Sonserinos, mas haviam cinco garotas brancas, olhando estáticas para os quatro, após a reapresentação, os quatro foram para seus lugares na mesa da Grifinória, onde se sentaram ao lado de Neville, que os cumprimentou. Muitos da mesa se levantaram para falar com eles, eles estavam agradecidos, mas quem eles queriam, nem olharam para eles, apenas os ignoraram, o que eles temiam ainda acontecia, o desprezo das amigas.

Allan acordou e olhou para os lados, os amigos estavam acordados, Harry sem camisa procurando a mesma, Rony lendo um livro de artes das trevas, Edward saindo do banho, olhou os amigos e sorriu, todos haviam mudado muito, Rony nunca leria um livro antigamente, Harry estava mais sério, mas isso não o tornava menos maroto, Edward sorria mais, e ele próprio também havia amadurecido, entrou no banho e deixou a água escorrer pelo corpo, se preparando mentalmente para as aulas, e para enfrentar o “quinteto da morte”, era assim que chamavam as meninas, pois sabiam o perigo que elas significavam quando estavam bravas, sorriu, lembrando disso e saiu do banheiro.
-Prontos para tentar uma reconciliação? – Perguntou sorrindo.
Rony abaixou o livro e sorriu de volta, os outro copiaram o gesto e riram.
-Será que elas nos perdoam? – Perguntou Harry.
-Espero que sim. – Completou Edward sorridente.
-A Mione vai ser difícil. – Falou Rony sorrindo. – As outras também.
-Logo estamos ferrados. – Falou Allan terminando de se trocar. – Desçamos agora.
Eles desceram, e encontraram o salão comunal vazio, sorriram aliviados, não morreriam ainda. Ao entrarem no salão principal as cabeças viraram para eles, nem ligaram, esperavam por algo do gênero, mas o que eles não esperavam era o que viria a seguir, uma multidão polvorosa de garotas os cercaram, tentaram se desvencilhar, mas era impossível, todas querendo saber coisas sobre eles, onde estavam, se estavam namorando e outras coisas, ficaram presos por dez minutos nesse “transtorno”. Ao saírem, no que preferiram não terem saído, encontraram Nicole saindo de mão dadas com Abel, Gina se beijando com Dino e Alicia entrava no salão com Cedrico, Rony jurava que podia ver a aura de ódio dos dois amigos, Edward prevendo o perigo, puxou os amigos para a mesa onde se sentaram, Rony ficou em pé se perguntando se Mione estava namorando, sentiu um puxão e quase caiu. Harry o puxava para se sentar também. No café eles descobriram que Lupin não dava mais aula, no seu lugar estava Tonks e para desespero dos rapazes, Madame Pomfrey estava sobrecarregada com os afazeres e agora tinha uma assistente, e essa não era nada mais nada menos que: Lílian Evans Potter, os meninos quase morreram, mas o pior estava por vir, teriam aula de poções com a Sonserina.
Seguiram para as masmorras onde teriam a odiada aula, Harry estava a ponto de explodir, não agüentava mais ver beijinhos de Gina e Dino, para sua sorte, a aula começou. Snape deu um grande discurso sobre poções de animação, e os fez copiar três rolos de matéria, as mão dos rapazes doíam, a aula acabara e estes seguiram para a aula de Herbologia, na estufa cinco.
O almoço logo veio e Rony agradecia aos céus por isso.
-Almoço, que bom. – Falou sorrindo.
-Cara, não sei oque você vê de tão bom no almoço? - Perguntou Allan, rindo da cara de bobo de Rony.
-Almoço sempre trás coisas boas. – Respondeu sorrindo. – E....
Mas ele parou e ficou boquiaberto, os amigos não entenderam o que o fez parar, ele apenas apontou um Corvinal, que acabava de entregar Flores para Mione, que aceitava de bom grado.
-Eles estão ficando. – Falou uma voz.
Eles olharam para trás e viram Ângela sorrindo para eles.
-Olá meninos, que bom que vocês voltaram. – Falou abraçando eles. – Senti saudades, vocês cresceram e estão lindos!
Eles sorriram, sentiam falta de Ângela também.
-Obrigado Angel. – Falo Harry sorrindo.
-Sentimos sua falta também. – Completou Edward.
-Mas, o que você falou sobre a Granger? – Perguntou Rony vermelho.
-Ela está ficando com o Ulisses Simmes. – Respondeu calma. - Não esperava que ela te esperasse por um ano, não é?
Ele olhou para os amigos como quem diz “esperava sim”, mas depois, desfez a cara e sorriu, os amigos entenderam e ficaram quietos.
-Não vai fazer nada, Sr.Weasley. – Esbravejou Ângela. – Conheço esse sorriso.
-Não, não vou fazer nada. – Falou calmo. – Apenas irei conversar com ela.
E saiu em direção a menina.
-Olá Hermione. – Falou se sentando. – Senti saudades.
-Hum. – Ela apenas resmungou, não queria falar com ele.
-Você me esqueceu rápido hein! – Falou pegando comida e colocando no prato.
Ela ficou vermelha, mas não lhe respondeu.
-Ele parece ser um cara legal. – Falou comendo.
-Sim ele não vai me deixar para trás. – Falou seca.
-Hum, vocês mulheres são muito egoístas, esse é o problema! – Falou ficando vermelho.
-Egoístas? Ele me ama, não fez igual a você seu idiota! – Ela gritou com ele.
-Tudo bem, não falarei mais nada. - Falou e voltou a comer.
Ela olhou para ele estupefata, ele não ia esbravejar, reclamar, ia aceitar assim tão fácil? Deixar ela para outro? Ficou mais possessa ainda, mas seu grito foi evitado pelos meninos que a cumprimentaram, onde educadamente respondeu, mas sem nenhum tom de carinho, e saiu para os jardins.
-O que você falou com ela? – Perguntou Harry interessado.
-Apenas que ela me esqueceu rápido demais. – Falou sincero. – Ai, ela ficou nervosinha.
-Mulheres, são sempre assim, incompreensíveis e egoístas. – Falou Harry.
-Elas tem a razão delas, Harry. – Contrariou Edward.
-Pare de defendê-las. – Esbravejou o moreno.
Edward sabia que discutir com eles ia ser perda de tempo, eles terminaram o almoço e foram para a aula da tarde, a mesma se arrastou por horas até a noite, onde os rapazes voltaram ao dormitório. Edward era o único que se mantinha calmo, Harry, Allan e Rony, esbravejavam e resmungavam.
-Pessoal, decidi uma coisa. – Falou Harry olhando os amigos.
-O que? – Perguntou Allan.
-Que eu não vou mais correr atrás da Alicia. – Falou olhando sério os amigos, sabia que se falasse de Gina, Rony o mataria.
-Harry, você faz isso desde pequeno. – Falou Allan sério.
-Por isso mesmo, se ela quer o idiota do Diggory. – Falou olhando os amigos. – Ela que fique com ele.
-Isso ai Harry, concordo com você, a Hermione que vá se danar também. – Falou Rony.
-Isso pessoal, vamos nos tornar Os Marotos oficialmente. – Falou Allan solene. – Sem compromisso com mulher alguma e sempre aprontando.
-Pessoal, isso não é uma boa idéia. – Falou Ed cauteloso.
-Deixe de ser fraco, Ed. – Falou Harry. – Está com a gente ou contra a gente?
-Com vocês. – Falou derrotado.
Eles juntaram as mão e disseram as palavras sem volta.
-JURAMOS SOLENEMENTE NÃO NÓS APAIXONAR, JURAMOS SOLENEMENTE SEMPRE APRONTAR, JURAMOS SOLENEMENTE NÃO FAZER NADA DE BOM. – Falaram alto em uníssono, agora o pacto dos marotos foi selado, nunca mais ligariam para o amor, só viveriam para curtir a vida, mas eles mal sabiam que mais alguém presenciou essa cena, e ficou triste em saber que eles haviam feito esse pacto.

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.