FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

10. Europa: Londres


Fic: Hermione Granger Está Morta e Vivendo em Nova York


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Europa: Londres

Fato: as moças que estão tendo uma vida sexual satisfatória ficam em Nova York. O resto quer passar as férias de verão na Europa.

Neville era um chato, meu trabalho exigia demais o uso do computador e Susana ia se casar. Eu já estava em Nova York há nove meses e parecia que eu simplesmente não estava no centro dos acontecimentos. Achei que talvez as coisas melhorassem se mudasse meu nome de Granger para Von der Granger. Virei Hermione Von der Granger por 30 dias e nada aconteceu. Não sei, quem sabe eu deveria ter mudado meu nome de Hermione para Harmoniah (com esse H no final)?
Gina também não estava muito feliz naquela época. Depois de todos aqueles meses, ela descobriu que Henry Sprout era um republicano.
-Gina, não consigo entender. Não se termina um namoro só porque ele não é do mesmo partido que você.
-Você não compreende, Mione. Não posso ir para a cama com um cara que tenha votado em republicanos. Simplesmente não posso.
Ela ficou melancólica por algumas semanas até que voltou para casa com grandes projetos na área de turismo.
-Mione, quanto você tem no banco?
-Não sei... Uns 341 dólares.
-ótimo! E quando são suas férias?
-O Sr. Moody é muito legal nesse ponto. Os Esquilos da Alegria só começam a gravar em setembro. Posso pegar duas semanas quando eu quiser, eu acho.
-ótimo! Também tenho duas semanas e há um milhão de vôos através da Associação de Alunos da Universidade de Nova York e que custam 200 dólares ida e volta. Podemos gastar 5 dólares por dia e nossos pais podem nos dar um dinheiro extra.
-Vamos, sim! Mas, Gina, não quero fazer aquelas típicas viagens de turismo que só visitam igrejas e museus. Eu quero realmente conhecer o povo.
-Eu também. Não suporto a idéia daquelas excursões que visitam 16 países em 14 dias.
-Certo, então. Temos apenas duas semanas. Vamos só a Paris, Londres e Roma.
Eu estava morrendo de vontade de sair de Nova York e me apaixonar por um Pierre francês ou um Toni autenticamente italiano. Não que fossemos nos casar com ele. Voltaríamos e nos casaríamos com o velho rapaz americano. Mas por que não ter uma aventura louca?

Vôo 204A. Embarque imediato para Londres.

Era um aeroporto muito movimentado. Para cada passageiro que embarcava, havia três para a despedida. Os Weasley estavam lá, beijando e abraçando Gina, dizendo adeus, tristes e alegres ao mesmo tempo. Meus pais estavam lá, insistindo que, se eu não seguisse todos os seus conselhos, seria roubada, estuprada e deportada.
-Hermione, não se esqueça de se hospedar apenas em hotéis de categoria e botar papel higiênico nos assentos.
-Hermione, esconda seu dinheiro em algum lugar. Não fique andando com ele e não o deixe no quarto.
-Hermione, se tiver algum problema, vá à embaixada americana mais próxima. Eles vão cuidar de você. Lembre-se, é um direito seu. Você é uma cidadã americana. Para isso pagamos impostos de sobra.
-O que vai fazer se perder todo seu dinheiro?
-Vou na American Express.
-O que deve fazer se por acaso precisar de mais dinheiro?
-Ligo para casa.
-O que vai fazer se o assento do banheiro for sujo?
Hã...
?
-Vou à embaixada americana – respondi.
Então, como se fosse ensaiado, meu pai se afastou e minha mãe falou:
-Hermione, sabe que confiamos em você, MAS você vai para o estrangeiro e um monte de europeus querem tirar vantagem de moças americanas bonitas. Não deixe que um homem europeu a toque em você sabe onde.
-Eu não sei onde – eu respondi. Sempre quis dizer isso.
E ela me lançou um olhar safado. Quando sai dos Estados Unidos, minha mãe tinha um olhar safado.
Entramos no avião – Hermione e Gina, duas boas amigas – para vermos juntas a Europa. Duas mulheres que haviam planejado exatamente como seriam suas férias, uma com roupas do dia-a-dia e a outra com a aparência maravilhosa.
No ano que havíamos passado em Nova York, Gina desenvolvera muito o bom gosto, a espécie de gosto que só as moças de Nova York têm. Sabia combinar os acessórios, colocar um cinto, jogar a bolsa por cima do ombro. Sabia exatamente como vestir o pretinho básico. Estava magra que nem uma modelo. Eu engordei uns 3 quilos deis que “deflorei” Neville e acessórios não fazia parte do meu vocabulário. E daí? Gina se sentou à janela e eu no meio. Ao meu lado era um daqueles homens quietos e que estão sempre lendo. Conseguiu olhar através de mim, o que não era fácil, diretamente nos olhos de Gina. E começaram a conversar por cima do meu estomago.
-Esta é sua primeira viagem? (Ele)
-Sim. Estou tão animada! (Gina)
-Eu também. (eu)
-Você vai adorar. Tenho ido já faz cinco anos e cada vez gosto mais. (Ele)
-Você já foi cinco vezes? Que maravilha! (Gina)
-Maravilhoso! (eu)
-Como é seu nome? (ele)
-Gina. E o seu? (Gina)
-Dino. (Dino)
-O meu é Hermione. (Eu, Hermione)
Será que eu tenho que contar que, quando me levantei para ir ao banheiro, ele sentou no meu lugar? Será que preciso contar que quando chegamos, Dino pegou a sua bagagem e a de Gina e que eu arrastei minhas malas pela alfândega até o táxi? Será que tenho que contar que ele sugeriu uma pequena pousada, muito agradável, muito limpa e muito barata, com café da manhã incluído e que seu quarto ficou do lado do nosso? Será que preciso contar que Dino e Gina percorreram a cidade juntos dia e noite, nos braças um do outro? E será que tenho que contar que vi a Torre de Londres, o Parlamento, o Palácio, Soho, etc., sozinha, num ônibus de turismo? Será que tenho que contar que só há estranhos em minhas fotos?
Apesar de eu ter visto Londres sozinha, eu me apaixonei pela cidade. Senti que tinha que viver lá um dia. Talvez conseguisse convencer Alastor Moody a abrir uma filial em Londres. E se eu não conseguisse, podia encontrar um emprego no parlamento ou coisa parecida. Talvez eu pudesse ser útil a rainha. Por ela, eu usaria um computador todo dia.
-Bem, Srta. Granger, você parece ser exatamente o tipo de moça que precisamos aqui no palácio. Sabe usar um computador?
-Sim, majestade.
-Então mande esse e-mail à Escócia. Pode usar minha conta no Gmail.
A Rainha teria uma conta no Gmail ou será que ela prefere YahooMail?
Meu maior medo era que Dino, por seu amor a Gina, fosse junto com a gente para Paris. Na nossa última noite em Londres, eu estava fazendo as malas quando Gina voltou e anunciou que estava tudo acabado.
-Por que, Gina? Não vai me dizer que ele também é um republicano.
-É democrata. Chequei isso logo no primeiro dia.
-Qual é o problema, então?
-Ele não gosta de Harry Potter .
-Essa é a única razão?
-Você não compreende, Hermione? São meus livros favoritos. Já li 17 vezes cada um. Nunca poderia me casar com um homem que não ama J. K. Rowling. Não quero que esse tipo de homem seja pai dos meus filhos.

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.