FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

6. A chegada tão esperada


Fic: Novos Tempos --- BREVE CAP 37


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Caros Leitores, eu peço que divulguem a Fic e faça comentarios.
Nós já temos até o CAP6, e só dois comentarios assim até desanima.
Queria agradeçer a todos que leram afic muito obrigado.
E Para os que comentaram mando um abraço carinhoso OBrigado mesmo
Aproveitem o CAP 6 agora
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------


Os garotos e as meninas conversavam animadamente, quando dois jovens ruivos e iguais, chegaram a eles, sorrindo abertamente.
-Olá novatos. – Falaram sorrindo, eles olharam para ver quem falava.
-Somos Fred. – Falou o primeiro.
-E Jorge. – Disse em seguida o segundo. – Somos irmão do Roniquinho ai.
Todos riram da cara de raiva de Rony, os meninos não deixaram barato e sacanearam ele.
- Ah, Roniquinho da mamãe – Falava Allan apertando as bochechas vermelhas de Rony.
-Para Allan, vai deixar o Roniquito, evergonhado. – Retrucou Harry rindo também.
-PAREM COM ISSO JÁ!!!!. – Gritou, já estava vermelho vivo de tanto ódio. – VOCÊS NÃO VIERAM PARA ISSO, CERTO. – Gritou agora com os irmãos, todos no salão olhavam para a cena espantados.
-Certo, RONIQUINHO. – Falou Fred frisando a última palavra.
-Viemos parabenizar os autores da façanha contra o Snape. – Falou Jorge sorrindo
Eles apertaram as mãos dos meninos, e começaram a contar suas traquinagens, citaram até a idéia de uma Loja de Logros, o que animou muito os meninos. As meninas que não queriam ficar ouvindo essas histórias, nem as idéias, foram para um canto afastado estudar por pressão de Hermione. Os Gêmeos Weasley adoraram as idéias dos garotos, os meninos falaram também de seus pais e o que fizeram em Hogwarts, ocultando as partes de serem animagos ilegais, terem uma capa de invisibilidade, e terem criado o Mapa do Maroto, os Gêmeos ficaram fascinados pelos feitos dos “Marotos” e diziam a todo o momento que gostariam de conhece-lôs e se surpreenderam pelo Profº. Lupin ser tão bagunceiro, ele que sempre pareceu tranqüilo e centrado.
As horas se passaram e todos tiveram que subir a seus dormitórios, assim como os meses, logo já era Dezembro, e todos faziam planos para o Natal.
-Natal, hein, sabe o que isso quer dizer né? – Perguntou Harry animado.
-Claro que sim, presentes. – Respondeu Allan sorrindo.
As meninas reviraram os olhos e Edward sorriu.
-Não, sua besta. – Retrucou Harry – A Nick, volta para casa. – Falou Harry sorridente.
-Quem? – Perguntaram as meninas exceto Alicia.
-A irmãzinha do Harry. – Respondeu Alicia comendo.
-E que irmã, não é Edward? – Falou Allan cutucando Edward
-É, muito linda. – Respondeu o outro entrando na brincadeira.
-Olha o respeito, ela é minha irmã. – Falou Harry ciumento. – Não vou deixar VOCÊS porém as “garrinhas” nela.
Allan apenas sorriu e abraçou a irmã, Harry entendeu o recado do amigo, Edward ria da cara sem jeito do amigo, como quem diz “Desculpa, amigos?”, Alicia revirou os olhos e os outros riram da cena.
Enquanto jantavam, Lupin se aproximou da mesa.
-Meninos. – Chamou a atenção deles. – Estejam preparados para viajar amanhã para casa.
-Sim, tio Remo. – Confirmaram os meninos.
-Ok, Pai. – Respondeu Edward sorrindo.
-Se vocês quiserem ir, crianças, e convidem seus pais. - Disse Remo se referindo a Neville, Rony, Ângela e Hermione. – Podem ficar lá em casa, ou na do Sirius, ou na do Tiago.
-Grande diferença. – Retrucou Allan baixo. – Somos vizinhos. - os garotos riram.
-Comentário igual ao do seu pai, Allan. – Retrucou Remo, o garoto apenas riu.
- Falaremos com nossos pais. – Responderam alegres, Remo apenas voltou a seu lugar na mesa dos professores.
- Vamos ao corujal agora, mandar cartas a nossos pais. – Falou Mione se levantando.
Rony, Neville, Ângela seguiram a menina, o dia passou tranquilamente, todos foram se deitar, pois amanhã iriam voltar a suas casas para o natal. Acordaram cedo e pegaram o expresso para casa, sentaram-se em uma cabine vazia, e lá se acomodaram e começaram a conversar.
-Eu vou passar o natal, na casa do Harry. – Falou Neville sorrindo. – A tia Lily convidou meus pais para ceiarem lá. – Os pais de Neville trabalhavam com Tiago, como Aurores, além de que, eram velhos amigos de escola.
-Isso ai, Neville. – Respondeu Harry feliz.
-Os meus pais aceitaram ir. – Respondeu Hermione. – Iremos junto com a Ângela e seus pais. – Os Pais de Hermione conheceram os pais de Ângela na plataforma, desde então, se tornaram amigos.
-A minha mãe disse que vai conversar com a mãe do Edward. – Falou Rony. – Para ver se não tem problema nossa família ir lá, afinal são nove pessoas.
-Acho que não vai ter problema, a casa é grande. – Falou Edward rindo. – Não tanto quanto desses dois, mas é comportável. – Falou apontando para Harry e Allan.
Eles ficaram conversando por horas, até que o trem parou na estação, todos desceram e foram ao encontro de seus pais, que estavam conversando entre si.
Eles andaram até os pais, que os abraçaram, ficaram ali conversando por uma hora, até que saíram para suas casas. Os Granger, Weasley e Simoms, foram embora, enquanto os Potter, Black e Lupin para Godric´s Hollow. Ao chegarem em Godric´s Hollow, cada um dirigiu-se a suas casas.
Ao acordar naquele dia lindo de inverno, em que a neve caia suave do lado de fora, Harry foi ao banheiro tomar um banho quente bem demorado, ao terminar, desceu todo agasalhado para a cozinha onde encontrou Allan e Edward sentados.
-O que vocês fazem aqui? – Perguntou confuso.
-Tomamos café, ué. – Respondeu Allan como se fosse a coisa mais óbvia.
-Harry querido, eu os chamei aqui, porque daqui a pouco sua irmã chega. – Falou Lílian sorrindo. – Seu pai foi com a Alicia buscá-la.
-Que ótimo, a Nick vem hoje. – Falou sorrindo e se sentando. – To com fome mãe.
Ela trouxe um prato com bacon e omelete e um suco de laranja para o menino, que começou a devorar o café com muita vontade, foi repreendido por sua mãe, mas continuou, os amigos apenas riam, foi quando ouviram um barulho da porta e malas sendo arrastadas.
-É a NICK. –Gritaram os rapazes e começaram a correr para a sala.
-Voltem aqui e comam! – Gritou Lílian, mas os rapazes já tinha saído da cozinha, ela apenas os seguiu.
Ao Chegarem na sala tinha uma menina baixa, com cabelos ruivos até a cintura e olhos verdes, lembrava muito Lílian, ela foi até Harry e o abraçou, se abraçaram por muito tempo, se não fosse por Allan pigarrear demorariam mais, ela sorriu e se virou para Allan, deu um abraço forte no rapaz também, por fim, abraçou Edward e correu para a mãe que estava na porta da cozinha em lágrimas.
-Bem... Bem-vinda minha filhinha. – Falou a mulher em lágrimas.
-Mamãe, eu tava com tanta saudade. – Falava entre os soluços.
-Como foi lá com a sua tia na França? – Perguntou Lílian mais tranqüila.
-Foi ótimo, só foi ruim ficar longe de vocês todos. – Falou sorrindo.
-Eu sei que sou irresistível. – Falou Allan, todos ali reviraram os olhos.
-Humilde, igual ao pai dele. – Retrucou Edward, todos riram.
-Que bagunça é essa? – Perguntou um homem que acabara de entrar sorrindo.
-Tio Sirius. – Ela correu e abraçou o homem.
-Só ele ganha abraço. – Falou Lupin fingindo tristeza.
-Que isso seu bobo, eu tava com saudades de você também tio Remo. – Ela sorriu e abraçou o homem.
-E a França? – Perguntou Remo.
-Foi ótima, vamos sentar, eu conto tudo. – Eles se sentaram.
Ela começou a contar tudo, como foi ir para um colégio trouxa, como se divertiu na casa da tia, as pessoas que fez amizade. Após isso, ela perguntou como estava Hogwarts, os garotos apenas sorriram e Lílian fechou a cara.
-Nada bom minha filha, nada bom. – Falou Lílian com a cara fechada.
-Porque o que aconteceu? – Perguntou preocupada.
-Seu irmão e seus amigos, fazem jus a seus sobrenomes. – Falou Lílian séria.
-Ah é porque... – Perguntou Nick rindo. –...Quantas detenções meninos?
-Quinze. – Disse Allan.
-Sete. – Falou Edward.
-Dezesseis. – Falou Harry rindo.
-Harry Potter, como você faz isso? – Falou alto Lílian.
-Não sei, apenas faço. – Falou rindo da cara da mãe.
-É igual ao pai dele, me falava a mesma coisa quando eu perguntava. – Falou fingindo estar brava.
-Mas Lily entenda, é uma questão de sobrenome. – Falou Tiago sorrindo.
-Minha filha não vai ser assim. – Falou revoltada. – Não é Nick.
-Não mãe. – Ela fez a cara mais deslavada que pode.
-Nicole Evans Potter. – Falou Lílian alto, no que todos riram.
O elfo doméstico dos Potter apareceu anunciando que o almoço ia ser servido.
Todos foram para a sala onde iriam almoçar, e continuaram conversando mais e mais, no fim da tarde os meninos foram para o campo de quadribol, jogar um pouco, quando ficou escuro cada um voltou a sua casa.
Os outros dias prometiam.

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.