FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

7. No hospital


Fic: Remember Why


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Remember Why – Capitulo VII – No hospital

Cho tirou a sua varinha virou-se rapidamente para Gina e disse silenciosamente estuperfaça, mas antes que o raio vermelho pudesse atingir Gina, Draco se jogou na frente.
Gina não conseguiu ver direito, apenas um raio vindo em sua direção e de repente, não havia mais raio, ela estava bem.
- O que está acontecendo – ela ouviu Harry gritar.
Mais um clarão vermelho cortou o salão, a visão embasada de Gina só viu Harry caindo no chão, ela não sabia o que estava acontecendo, sentia muita dor e havia sangue em seu vestido.
-Mas de quem... – foi tudo que conseguiu dizer antes de apagar.

23 de dezembro 5:30 AM (St. Mungus)

Gina estava novamente na enfermaria do St. Mungus, dessa vez sozinha. Tudo estava tão silencioso e quieto. Ela bufou baixinho e ouviu alguém se aproximar, forçando a vista conseguiu ver um Draco Malfoy sorrindo ao lado de sua cama.
-O que? – perguntou Gina num sopro de voz, se sentia tão fraca.
-Você acordou... – disse ele rouco.
-Onde está Harry – disse Gina com toda sua força, mas ainda em um sussurro.
-Ele está ali – Draco apontou para uma cama distante – Ele está bem, logo irá acordar.
-O que aconteceu?
-Gina – disse Draco em um tom desesperado – você tem que descansar, mais tarde, quando o Harry acordar e estiver bem...
-Eu não posso ficar aqui sem saber o que aconteceu! Não é justo! – disse Gina exaltada.
-Você promete que vai descansar depois? – perguntou Draco preocupado.
-Prometo.
-Bom... Por onde começo?... Bem sua discussão com a Cho acabou em uma luta... Você sacou a varinha e ela também, enquanto você a ameaçava, o namorado dela atacou, mas errou, e isso foi um aviso de que ela iria atacar também, e como não pude te proteger, fiquei na sua frente e usei o protego...
-Foi tudo culpa minha... E você... Você me salvou mais uma vez. – disse Gina pasma.
-Já o seu namorado não teve tanta sorte – disse Draco tentando ignorar a surpresa de Gina – Foram dois contra um, ele não esperava o ataque, e com você desacordada ele entrou em desespero, Cho e o namorado dela, um tal de Mike Stiler, atacaram ele.
-Oh! – Gina estava muito desconcertada.
Fez-se silêncio. Gina não sabia o que fazer em relação a Draco, ela achava aquilo muito estranho, Draco Malfoy ajudando-a parecia uma piada. Mas Draco parecia muito preocupado.
-E o meu bebê? – perguntou Gina de supetão.
Draco não respondeu, encarou-a sem expressão.
-Malfoy! O que aconteceu com meu bebê?! – Gina estava vermelha, com lágrimas nos olhos – Eu o perdi? Responda-me Malfoy eu preciso saber!
-Gina – ele começou – sim, você perdeu o bebê – disse com a voz tremula – foi um aborto espontânea, já estava acontecendo antes de tudo, ninguém teve culpa...
-Eu... Eu... – choramingou ela – Se eu não fosse aquela maldita festa, se... – Gina vertia lagrimas intensamente, ela estava falando fracamente e com muito esforço, o rosto dela era só sofrimento, uma mascara de dor tomou conta de todo seu corpo, ela estava rígida, aquilo não podia ser verdade.
Draco a olhava tristemente. Ele passou a Mao pelos cabelos ruivos e despenteados dela que estavam ficando úmidos por causa das lagrimas.
-O que eu fiz... O que eu fiz? – repetia ela desesperadamente.
-Não foi culpa sua Gina – disse ele baixinho – Foi melhor assim, o bebê não estava se desenvolvendo direito, não era pra ser. Não agora.
-Oh!
Draco se aproximou mais, continuou passando a mão pelos cabelos de Gina, enxugou-lhe o suor da testa, depois as lágrimas do rosto e disse:
-Agora durma, por favor, você está fraca...
Gina encostou sua cabeça no peito de Draco, ela a abraçou enquanto ela chorava silenciosamente por seu bebê.

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2023
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.