FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

2. Um começo que muda tudo


Fic: Apple First Season - Summer Just Began - Completa!


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________


2o capítulo: Um começo que muda tudo


Verão, maldito verão. Já estamos em setembro, dia quatro para ser mais exata. Freqüentar as aulas é simplesmente impossível, mas só os corajosos setimanistas matam as últimas aulas do dia no Lago Negro. O mormaço nos aprisiona em um aquário de vidro. É assim que tenho me sentido. Um peixinho preso em um aquário. É meio deprimente não ser ninguém por aqui. Ser bonita não conta muito em casos como o meu. Simplesmente não é o suficiente. Meu namoro com Harry acabou há quatro meses, mas pensando bem, parece uma eternidade.

- Hey Gina! - Faith gritou, correndo até ela. O cabelo escuro preso em uma trança mal feita que desmancharia por completo em questão de minutos - Nós temos aula de Herbologia em vinte minutos - falou ofegante. Porque no verão, se você corre um metro parece que correu por um quilômetro inteiro - Você vem?

- Ficar uma hora e meia presa em uma estufa quente? - Gina a encarou, pensando que Faith estava com sérios problemas de cabeça - Pode esquecer Faith. Isso é demais para mim.

- Você vai fazer o que? - ela perguntou - Matar aula no Lago Negro? Porque umas trinta pessoas já estão por lá. O Filch vai aparecer em menos de dez minutos e todos vão estar bem ferrados.

- Não no Lago Negro - Gina se abanou freneticamente com um caderno, ir para o Lago Negro era idiota de tão óbvio - Mas naquele outro lago mais perto da Floresta - ela colocou os materiais no chão e começou a prender o cabelo em um coque, usando um dos palitinhos de madeira que tinha ganhado de Luna - Quer vir?

- É perigoso matar aula Gina - Faith falou num sussurro, com medo de que alguém ouvisse. Como se ninguém ali matasse aula - Se meus pais descobrem eu estou morta, você sabe como eles são.

- Então - Gina se abaixou e pegou os materiais - Depois me fala o que a professora Sprout ensinou – ela deu um sorrisinho para Faith.

- Tem certeza? - Faith perguntou quando ela se virou, começando a andar em direção ao lago.

- Absoluta - Gina respondeu. Acenando com a cabeça para Harry e Hermione, que olharam no mesmo instante em que ela passou.

Ela mal podia pensar naquele calor todo. Precisava de uma pausa.

***

- Qual a próxima maldita aula? - Rony resmungou, apoiando a cabeça nos braços - Eu não agüento mais uma aula.

- Temos mais duas aulas hoje Rony - Hermione falou. Mesmo que as aulas tivessem começado há três dias ela já tinha decorado todos os horários - Poções e Astronomia.

- Esse calor está me matando - Harry reclamou, tirando a gravata e a deixando de qualquer jeito na mesa - Hermione, eles não podem tipo... Controlar o clima, deixar tudo mais... fresquinho?

- Claro que não Harry - Hermione balançou a cabeça, rindo - Controlar um ambiente fechado é uma coisa... Mas isso - ela olhou o céu - Nunca.

Hermione também estava sem gravata e a camisa branca estava mais aberta do que estaria normalmente. O calor parecia tão insuportável que nem Hermione resistira. Ainda assim ela se sentia péssima, muito parecida com as sonserinas. Que desfilavam pelo jardim com toda a camisa aberta, exibindo as barrigas bem torneadas e os tops verde-escuro.

- Vocês não se sentem em uma panela gigantesca? - Rony perguntou, lutando intensamente com a vontade de arrancar de uma vez por todas a camisa - Uma panela que está nos cozinhando.

- Hermione - Harry falou - Porque não fazemos como todos os setimanistas normais e matamos a última aula no Lago Negro?

- Eu concordo com o Harry - Rony se apressou em dizer, erguendo a cabeça - Seria ótimo ir nadar, ou pelo menos ficar perto da água.

Hermione olhou horrorizada para os dois.

- Porque - ela começou a falar enquanto recolhia os materiais e se preparava para a próxima aula - Ao contrário deles, eu vou ter todos os N.I.E.M.s no final do ano - ela levantou - Vocês vêm? - Os dois meninos levantaram.

- Ela é bem convincente quando quer - Harry sussurrou para Rony.

Os dois riram silenciosamente. Observando ao mesmo tempo as curvas de Hermione, enquanto ela tentava equilibrar dois livros na mão e colocar a bolsa no ombro. Ela estava uma gata.

***

Draco tirou a gravata e a colocou em cima de um tronco qualquer. Depois desabotoou a camisa branca, tirando-a também. Escolher aquele lago tinha sido uma ótima idéia, principalmente porque metade da escola estava matando aula no Lago Negro.

Maldito verão, praguejou.

Ele deu uma olhada em Pansy e Scarlett, nadando só com os minúsculos biquínis que tinham comprado nas férias.

Maravilhoso verão.

- Hey Malfoy - Blaise o chamou da água - Será que eu vou ter que cuidar das duas garotas porque você está preocupado demais dobrando a roupa?

Draco não se deu ao trabalho de responder. As férias tinham sido uma droga para ele. Primeiro porque a mãe passou o tempo todo no castelo dos Malfoy na França, tentando se recuperar da guerra. Tentando entender que agora era viúva. Draco ficou em Londres, sem ter absolutamente nada para fazer.
Primeiro organizou em várias pilhas de folhas tudo o que a família Malfoy tinha, tudo o que era só dele agora. Ficou um mês fazendo isso, vendo as propriedades, o dinheiro... Até que novamente ele não tinha o que fazer. Foi então que ele começou seus planos de férias. Draco era um menino de muitas ambições e no momento a mais importante delas era ser o novo capitão da Sonserina. Ele também queria duplicar seu dinheiro, mas isso depois. Por enquanto ser capitão estava bom. E ele tinha certeza de que conseguiria.

- Cadê o Terren? - Pansy gritou para Draco. Dando uma olhada nada discreta para ele - Não me diga que ele resolveu aparecer na aula de Poções?

- Não sei onde o Terrence se enfiou - Draco respondeu, andando até o lago - Deve estar correndo atrás de alguma garota do quarto ano.

- Você parece estressado Draco - Scarlett comentou, nadando suavemente pelo lago. O cabelo loiro claro em grande contraste com o de Pansy, que era completamente preto - Ainda com o negócio do capitão?

- Eu não estou pensando nisso Scarlett - ele falou, entrando no lago - Hoje a noite o Tony vai falar quem fica como capitão.

- E todos nós sabemos que você é o queridinho do Tony desde que o irmão dele, Marcos, te colocou no time no seu segundo ano Draco - Pansy falou, empoleirando nele - Você vai ser o capitão hoje a noite e nós vamos comemorar.

- Não se esqueçam que eu também estou na competição - Blaise falou, puxando Scarlett pelos pés - E quero ser capitão tanto quanto você Draco.

- Você não acha incrível essa tensão? - Scarlett falou para Pansy, rindo maldosamente para os dois - É como se eles fossem namoradinhos disputando pelo lado da cama, ou pelo lado de...

- Entendi! - Pansy a cortou, fazendo cara de nojo - Já entendi Scarlett.

Draco e Blaise ficaram em silêncio. Eles e Terrence tinham passado as férias em Londres, então acabaram se encontrando quase o verão inteiro. E quem seria o novo capitão era um assunto proibido.
Por mais que ninguém conseguisse parar de pensar nisso. Só Terrence não ligava nem um pouco para quadribol, na verdade ele odiava quadribol. E enquanto os dois amigos treinavam, jogavam ou competiam entre si, ele ia aumentando a sua lista de possíveis namoradas. Já estava com o impressionante número de oitenta e quatro garotas. E não se preocupe, só metade delas são de Hogwarts.

- Quer competir? - Blaise perguntou para Draco - Quem atravessa o lago primeiro?

Draco o encarou. Primeiro com a sobrancelha erguida, depois riu levemente. Eles simplesmente não podiam evitar.

- Vamos lá! - disse. Os dois meninos saíram em disparada.

Scarlett e Pansy suspiraram e voltaram a mergulhar. Pensando a mesma coisa. Onde estaria Terrence? Só ele dava cem por cento de atenção às meninas, esquecendo-se de competições idiotas.

***

Colin e Hayden estavam sentados atrás de uma gigantesca árvore, perto do campo de quadribol. O lugar parecia mais quente ainda do que o jardim. Como se isso fosse meramente possível.

- O que você conseguiu sobre ela? - Hayden perguntou, abanando-se com o caderno. Ele tinha ficado ainda mais bonito depois das férias.

- Aquela ali não é a Parkinson? - Colin perguntou para Hayden enquanto olhava as duas - Ela é Alexandra Parkinson, tenho certeza disso - continuou, observando a menina. Um clone vivo da irmã, Pansy - As duas têm a mesma cara metida e os cabelos pretos. Como será possível?

As duas meninas andavam de um jeito todo diferente em direção a uma das árvores por ali. Como boas sonserinas que eram, suas saias estavam curtas e as camisas brancas meio abertas. Também tinham no rosto a eterna cara de desdém dos Sonserinos. Se existisse um estereótipo para Sonserina elas estariam na lista, junto com Draco Malfoy. Nosso querido príncipe.

- Vai saber - Hayden deu de ombros - Mas você tem razão, é ela e Elisha Wornes. Elas são igualmente insuportáveis.

- Aqui as fotos - Colin tirou um envelope do meio de seu caderno de Astronomia - Dakota Tracey Sommerled. Veio de um colégio minúsculo e exclusivo de Londres. Os pais são bruxos... Acho que é só isso.

- Ela é a garota mais gata dessa escola - ele falou, os olhos desviando para Elisha – Falando nisso Colin, qual é o nome daquela ruivinha que anda com você?

- Gina - Colin respondeu - Ela é irmã de Rony Weasley, aquele amigo do Harry Potter.

- Ah - Hayden falou pensativo - Então, porque eu nunca vi ela com ninguém além do Harry? Pensei que eles tivessem terminado.

- Ela é meio... Apaixonada pelo Harry - Colin riu - Desde que se conhece por gente. É complicado.

- Nós não temos aula agora? - Hayden perguntou para Colin, ainda se abanando com o caderno.

- Herbologia - Colin falou depois de consultar o horário de aulas que tinha em seu caderno - Vai matar ou não?

- Claro que não - Hayden se colocou de pé - A Dakota vai estar lá. E onde ela está, eu estou também.

Os dois meninos pegaram suas coisas e partiram em direção a escola, para de lá irem para as estufas. Quando desapareceram de vista por causa das colinas, Lexie e Elisha começaram a conversar.

- O Hayden Vaughn estava saindo com aquela pirralha da Lufa-lufa - Elisha falou para a melhor amiga - Mas não consigo lembrar qual é o nome dela.

- Quem se importa? - Lexie deitou na grama - Eu estou morrendo de calor e eles são só dois Grifinórios inúteis. Eu quero mesmo é estar no lago agora, com a sortuda da minha irmã e da Scarlett. No lago com Zabini, Malfoy e Grant.

- É mesmo - Elisha suspirou, também deitando na grama - Elas são umas vacas sortudas.

***

Gina escutou risadas assim que chegou no lago. As árvores que cercavam todo o lugar não a deixavam ver quem estava ali, então ela se aproximou. De longe reconheceu o mais alto, Draco Malfoy. E a mais piranha, Scarlett McQueen Sorley.

- Malditos Sonserinos - praguejou. Agora teria que ir para o Lago Negro, ou morrer de tanto calor.

Virou pra ir embora no mesmo instante em que alguém aparecia na sua frente. Gina parou e encarou surpresa a pessoa. Era o lindo e irritante Terrence Grant. Ele já tinha ficado com todas as suas amigas e era definitivamente amigo de Malfoy e Zabini. Os três eram tão parecidos, não fisicamente. Ou talvez fossem, já que eram todos gostosos.

- Já estou indo - ela avisou, esperando algum comentário idiota dele.

- Espera aí - ele a segurou levemente pelo braço, depois abriu um sorriso - Le nom? - perguntou seu nome.

- Porque quer saber? - ela perguntou, soltando-se dele e cruzando os braços. Curiosa demais, afinal um Sonserino estava falando com ela em francês. E convenhamos, isso nunca acontece.

- Le plus vite - ele falou, mandando-a falar mais rápido - Le nom?

- Gina Weasley - ela respondeu, ainda desconfiada - À propôs, preciso ir.

- Tu ès très belle - ele falou, observando atentamente uma gota de suor deslizando para dentro do top de Gina - Mon Dieu, la vie, un été, le soleil - a vida, o verão, o sol - À merveille - uma maravilha.

- C’est vrai - é verdade - Je crois que oui - acho que sim, completou um pouco confusa. Na verdade, ela odiava o verão. Mas não odiava o verão com Terrence Grant. Isso não mesmo.

- C’est assez - chega. Scarlett disse, saindo de trás de uma árvore. Ela estava de bíquini e só - Chega desse papinho em francês Terren - ela olhou Gina com desdém - Vem.

- Tchau Gina - Terrence falou para ela, deixando que Scarlett o puxasse para o lago - Posso procurar você depois?

- Lê plus tôt possible - o mais breve possível, respondeu rindo. Ignorando o olhar mortal de Scarlett. Esquecendo-se pela primeira vez do verão, em dias.

Bien sûr.

***

Harry tentou de alguma forma fazer a poção certa, mas mais uma vez ele não conseguiu. Hermione, escondida de Snape, começou a consertar a poção de Harry. Rony puxava conversa com Wynter, amiga de dormitório de Hermione.

- Você sempre coloca alguma coisa a mais - ela falou, rindo - Não é mesmo Harry?

- Mil perdões Hermione - ele suspirou - Mas não posso pensar com tanto calor, essa masmorra parece um forno.

- O que o Rony está fazendo com a Wynter? - Hermione sussurrou para Harry. Parecendo ligeiramente preocupada com aquilo - Será que ele não sabe que ela está saindo com Blaise Zabini?

- Como é? - Harry se sentou na carteira, completamente interessado. Ele olhou ao redor, Zabini não estava lá. Nem ele, nem Malfoy e nem o babaca do Grant - Eu preciso avisar á ele.

- Deixa pra lá - Hermione deu de ombros – Parece que eles não estão aqui, nem as duas princesinhas nojentas.

- Percebi – Harry falou, virando-se para ela.

- Sua poção está pronta – Hermione disse, depois voltou a mexer a sua - Harry - chamou - Prende o meu cabelo?

- Claro - ele se ergueu o cabelo dela, prendendo com o elástico. Harry olhou para o pescoço de Hermione. Uma marca, como uma estrela, provavelmente de nascença. Ele sorriu.

Isso sim era novidade.

***

Dominique tamborilou os dedos na tampa da mesa de madeira. Ela já tinha terminado a poção e também queria desesperadamente fugir daquela aula. Pelo menos na França o calor não era corrosivo. Ela observou Hermione e Harry rindo baixinho, cúmplices. Eles pareciam um casal, ou só grandes amigos.
Bem... Pelo menos ela podia observar alguém se divertir enquanto era consumida pelo tédio. E pelo calor.



Nota da Autora: Segundo cap postado. Espero que vocês gostem, e comentem hein?
beijusss



Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.