FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

6. VI - Fora de Controle


Fic: Análise Frontal


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

-----------------------------------------------------------




::N/A :: Senhor Merlin ! Te juro que não sou uma escritora "Barraqueira" (talvez só um pouquinho, vai ! rs ) pode acreditar que tudo isso tem um fundamento importante na Estória.
Agradeço a todos que estão acompanhando a Fic e desculpe por demorar-me nas atualizações.



-----------------------------------------------------



..:: FORA DE CONTROLE ::..

Capítulo VI




-----------------------

Um silêncio anormal se abateu sobre o campo, Lisa que não tinha reparado marcou o segundo Gol com facilidade já que o goleiro ficou abobalhado com a movimentação, os dois desciam a toda velocidade.

Como foi ela que tinha notado primeiro então era ela que estava na frente; Foi por pouco tempo os dois emparelharam chegando ao chão, o pomo estava no meio do campo, Malfoy empurrou-a, vaias da Corvinal em seguida, ela voltou rápido; Os dois esticaram a mão, estavam a um metro, foi a vez de Gardner dar o troco: ela empurrou ele só que não sei se foi pela força ou porque Malfoy não era um bom apanhador o que cá entre nós é beeeem provável, mas enfim, ele perdeu a direção, o que Gardner tinha que fazer era só fechar a mão sobre a bolinha dourada.

Foi um explosão de gritos, Teo Boot não se cabia de contente e em passos largos descemos as escadas, o time da Corvinal tinha pousado. Malfoy acabou se cortando tentando pousar e acabou tendo que ir à ala hospitalar.

- Foi um jogo legal, não? - disse Catherinne mais calma, tava difícil andar pelos corredores pois eles estavam congestionados de alunos, haviam vaias da Sonserina.

- Ahhh siiiiim, claro, muito, por um instante achei que você ia começar a devorar os seus próprios dedos - brincou Any.

- Eu não ia devorar meus próprios de... !!!

- Iaaa Siiiiimmm !! - Any só falava isso pra irritar a Catherinne, tenho certeza absoluta, só que ela tava deixando eu sem paciência também.

- Any dá pra ...

- Parou, vocês duas ! - me lembrei do ultimo período em que elas começaram a brigar assim e passaram dois dias discutindo o por que do Brazão da Grifinória ser um Leão.

Catherinne fez cara feia e seguimos sem nos falarmos até o final do corredor.



Eu já disse que adoro sábados? Pois é, e aquele amanheceu perfeito, não estava tão frio, depois de uma Sexta-feira muito tensa, parecia que tinha um sol fraco, as flores parecia dar um "Oi" breve.

Acordei com muita "muvuca" pelo quarto, era bem cedo e sol mal tinha saído, a Kitty tem uma assinatura sobre moda feminina, com roupas de Gala para todas ocasiões, penteados, maquiagens fáceis que são feitas com feitiços simples, ela chegava mensalmente, geralmente nos sábados e quando ocorria era sempre a mesma algazarra, ainda muito zonza me troquei.

As Garotas estavam sentadas na cama de Catherinne, além da própria e da Any estavam obviamente Kitty Wakefield e Iris Mahler que também eram do Dormitório Feminino do 6° Período.

A Kitty tinha cabelos claros beeeem loiros, com mais ou menos batendo na cintura, ela é bem tagarela, ainda mais nas horas impróprias, estuda insetos trouxas e mágicos mais por hobby, sei que é meio estranho, ela é que saberia dizer que se aquela mosca esquisita que subia e descia na janela era uma "imigrante". Cada um com sua esquisitice se bem que não posso falar nada, meu pai colecionava tomadas até hoje, que coisa não?

A Iris tem um estilo diferente de nós quatro; gosta de usar tudo preto, do esmalte até seus pijamas. A única coisa que não utiliza preto é o batom. Quando ela entrou em Hogwarts não era assim, ela começou com isso depois que seu pai morreu no período passado o que foi um choque e tanto, ficou muito abalada com o acontecimento e quem sabe de tudo é a Kitty que com muito jeito fez com que ela desabafasse já que Íris não queria falar nada, eu entendo, porque se fosse eu no lugar dela também não iria contar, aliás, também não gosto que as pessoas me contem coisas assim, porque me deixa de baixo astral.

Ultimamente a gente tem feito de tudo para ela estar vestindo coisas coloridas, não que estivesse ainda de luto mas é que virou uma mania dela, como na época que ocorreu isso, a própria, sem perceber mudou todo seu guarda roupas, nós emprestavamos nossas coisas, um exemplo era que ela estava usando um pijama cujo a calça era da Catherinne, a camiseta de Kitty e as pantufas eram minhas. Amo pantufas! As de coelho são as minhas preferidas.

- Oi... - disse eu me sentando junto com elas.

- Oi - e por incrivel que pareça as quatro responderam juntas, não, não é tão incrível assim, o incrivel foi que elas não perceberam isso.

Nós ficamos um tempo conversando, Catherinne se cansou de olhar aquilo então se trocou e deu uma olhada no Profeta Diário.

- Any isso tem a sua cara! - falou Kitty rindo enquanto apontava uma modelo com trajes cheios de babados e tranças.

- E isso tem a minha cara ! - falou Catherinne apontando pra porta antes de sair o que fez eu e Íris rir e Kitty e Any fazerem cara feia pra ela.

-Sabe Gina, faz miliséculos que você não muda seu visual - comentou Kitty casualmente.

Ihhhhhhh, eu não gosto quando Kitty usa esse tom...

-É verdade - completou Íris.

- Se a gente fizesse... - começou Any mas eu intervi. - NADA DISSO ! Não Inventa, eu gosto do meu Cabelo assim !

- ...duas tranças pequenas e fizesse cachos nas pontas ia ficar muito bonito - continuou Any.

Não importava. Nem que Any disesse que eu ia ficar igual ao Visual da Vocalista da Banda As Esquisitonas, definitivamente não queria bancar a Cobaia de Experiências naquele dia.

-Gininha - levantou-se Kitty, pondo-se jeitosamente a aliar os meus cabelos, enquanto isso Iris se acabava de rir - seu cabelo fica muito bonito solto e tem um brilho muito bom - eu ergui as sombrancelhas - e não estou falando para te agradar, mas o mesmo penteado todo Santo dia não dá !

- Eu não vou a nenhum lugar importante! - retorqui impaciente

- Que eu sabia não é necessário ter um motivo para ficar bonita - falou ela em tom amicíssimo.

Em parte ela tem razão, porém a Kitty e as meninas tanto falaram, tanto pediram e tanto argumentaram que deixei fazer o que quisessem. Quando Terminaram já era um pouco tarde.

- Vamos Gina! Sai que eu estou curiosa! - disse Any brandindo alto.

- Eu não vou sair !

O Resultado não ficou ruim pra ser sincera.

Só que eu, Vírginia Weasley, tomar café na mesa da Grifinória daquele jeito ? De Maneira alguma! Se tivesse algum objeto que definisse como eu me sentia em relação á minha aparência com certeza absoluta esse objeto seria Árvore de Natal.

Eu tava dentro do banheiro e queria permanecer o mais tempo possível lá dentro, nem que tivesse ficar o dia todo olhando para o espelho.

- Gina, a gente vai ficar aqui na porta até você decidir sair, voce por acaso não gostou ? - falou Kitty em tom preocupado.

- Não é isso, é que ficou ...

Diferente.

- É Gina! Senão daqui a pouco a gente vai almoçar em vez de tomar café da manhã - disse Íris - fala com ela logo Por Merlin !! - terminou ela pra alguém em tom baixo mais audível.

- Ai... - destranquei a porta antes que recomeçasse a "ladainha" de novo, elas poderiam ter aberto a porta com um feitiço só mas me puxar a força até o Salão seria demais.

- Gina, você parece até uma Julieta Capul... - começou Any toda alegre aos pulinhos enquanto saímos da torre da Grifinória.

- ANY! - falaram Kitty e Iris juntas.

O salão estava praticamente vazio, pudera, daqui a pouco iria ter o almoço, Mione estava numa parte espalhada de livros, a única mesa que estava com seu numero normal era a Lufa-Lufa e na maioria os alunos apenas conversavam, Harry e Rony jogavam xadrez, uma boa parte estava aproveitando aquele raro dia de Sol.

A gente se sentou meio isolado, compondo um grupo enorme juntando com Colin e Neville, o Colin só se juntou depois porque estava conversando com Jonathan e seu irmão Denis, ele fez um tímido elogio, quem se acabou de rir foi Any, Colin fez cara feia.

Depois de um tempo todo mundo dispersou.

A Catherinne apareceu para ajudar Kitty e Iris numa lição nova, francamente, agora entendo porque Jorge reclamava tanto das lições quando estudava no sexto período!

É que parecem que os professores querem nos matar de tanta lição.

Eu e Any ficamos papeando do lado de fora sobre ela e o Teo, como eles se entendiam bem e falava sobre arranjar uma pessoa para mim, aliás, para ela, para tudo estar perfeito, as amigas dela teriam que estar com alguém. Se bem que ela adorava amores impossíveis, a Catherinne já namorou uma vez e acabaram em menos de 2 meses, assim como eu, ela pensava que "a pessoa ideal não existe, é ela que aparece sem a gente perceber" explicar isso pra Any era mais complicado.

- Incrível, será que a Weasley notou que existia espelho?

Era Wendy Oxford que tinha falado ironicamente, uma Corvinal do sétimo período.

Naquelas ultimos dias ela me lançou alguns olhares rancorosos, era a primeira vez que ela falava comigo. O raciocínio de Gina Weasley funcionava assim: Ela sabia da "grande afeição entre eu e Krinski" e juntando esse argumento com que ela não vai com a minha cara acho que não ia gerar coisa boa.

Porém... Wendy não tinha grande amizade com Krinski, então o que fazia ela se sentir dona da situação pra me insultar ? Já não bastava aturar a Krinski e agora mais essa ?

E Falando nela ...

- Wendy, chega - Retorquiu Krinski enquanto Any me puxava para seguir em frente, dei meia volta para voltarmos ao castelo, Wendy permanecia parada impaciente.

Tudo estaria bem se ficasse assim.

Tive que parar antes mesmo de dar meu primeiro passo quando ela falou algo que me fez ficar perplexa.

- LOUREM ! Ela se arruma toda pra roubar seu namorado e você ainda a defende!? - disse com rancor na voz.

- COMO É QUE É ? - dissemos ao mesmo tempo com exceção da Any que parecia incapaz de falar algo e logicamente a expressão no rosto de Lourem mudou, ninguém esperava essa acusação, eu não consegui dizer nada além de manter um ar contrito.

Como ela poderia dizer aquilo ?

Como ela se atrevia á tanto ?

Aquela Garota não sabia um "Á" sobre minha vida e estava lá, falando besteiras.

Me "Arrumar toda" ? Ela não tinha direito de falar isso.

"Roubar seu Namorado" ? Nunca precisei roubar nada de ninguém e ainda mais se tratando do Harry, ele não era um objeto pra se roubar ou seje o que for, isso só provava cada vez mais que aquilo era uma lógica muito mal feita, eu gostei do Harry ? Sim, passei diversas noites pensando nele, em como falaria com ele, sonhei até com um dia em que me casaria com ele e teria filhos mas assim como um sonho isso teria terminado, caí na real no mesmo dia e da mesma forma em que acordamos de uma noite de sonhos.

Parecia Pouco não é mesmo ? Quero dizer, me senti Histérica por dentro, aquela garota tinha falado uma coisa que tinha mexido comigo só que o que mexeu mesmo foi a reação de Krinski, de ver que ela não só acreditou em cada palavra mas também em cada sinal de pontuação, acento e vírgula que ela falava.

E também parecia Histérica quando recomeçou a falar em voz quase fonética, TODOS ao redor olhavam a situação.

A Garota de feições leves que falou comigo enquanto ocorria o jogo de Quadribbol olhava a situação perplexa e eu nunca esqueceria aquele olhar.

- Gina, aqui está o livro! Por acaso você acha que ninguem viu seu teatrinho na biblioteca?

Seria mesmo que Wendy acreditasse que tivesse feito isso de propósito ou com algum propósito? Não podia ser possível.

Any deve Ter achado que a culpa era dela de estar ocorrendo isso porque tinha murmurado um "desculpa" bem baixinho o que dispensei com um abano.

- Eu nunca fingi nada para ninguém! - disse quase gritando, não iria dizer "O livro não era meu" porque assim deixaria Any mais se sentindo culpada do que ela tava, o que eu não queria, é lógico.

- Garotas, espero que vocês não estejam... - disse Hermione que falava meio sem ar por ter corrido ao local, então ela olhou para a minha cara e da Lourem - ...brigando?

- Eu sabia que desde o começo isso não ia dar certo, sabia mesmo! Era óbvio porque nada fazia sentido no inicio, você estava dando em cima do Harry! - Lourem falou isso muito rápido também quase gritando, parecia muito insegura.

Perdi o chão.

Tinha uma esperança recíproca em que ela se tocasse que aquilo era muito fantasioso pra ser verdade mas com quem eu estava falando ? Com uma garota que desde a primeira vez que troquei as minhas palavras com ela não gostei nadinha.

Se não parecia que estávamos discutindo até o momento então definitivamente era perceptível a partir de agora já que tinha se formado uma rodinha.

- Lourem, dá pra se acalmar ? Eu e Harry Só Somos amigos e nos falamos muito pou...

- Acalmar ? ACALMAR ?

Aquilo era Ridículo, simplesmente ridículo !!!

Eu, que mal saía com algum garoto, que com certeza estava na lista de "Encalhadas" da Parvati e da Lilá, estava ali tentando justificar uma coisa que com certeza não tinha feito.

- A Gina nunca... - começou Any e fiquei orgulhosa dela estar ali do meu lado.

- NÃO SE METE ONDE VOCE NÃO FOI CHAMADA !! - retorquiu Krinski.

Aquilo me deixou com muita raiva.

- Lourem ! Por Merlin, Gina Nunca esteve com Harry, só teve uma pequena atração por ele até o final do terceiro período e nada mais. Se Acalme !! - por instantes me senti agradecida por Hermione falar e muito desconfortável também, não gostava de falar daquele assunto em público.

Olhei á volta e estávamos rodeados de Corvinais em sua maioria, mas longe da porta de Carvalho.

Onde estava os Professores dessa escola quando precisava ? Onde estava Harry agora por exemplo ? Mione era Monitora e não podia tirar Pontos de Krinski por ela ser Monitora também, se ela falasse algo seria pior: Krinski poderia perder o distintivo dela e Mione parecia pelo menos não querer tirar pontos de mim por que sabia que o que ela falava era muito absurdo.

- Por favor, todo mundo dispersando ! Não está havendo nada aqui !! - falou ela para as pessoas ao redor o que não adiantou muito - E Vocês duas, cada uma pra seu lado.

Wendy só queria ver "o circo pegando fogo" (como dizia Any) é ?

- Não vou sair daqui Hermione. Então Weasley ? Voce sabe fingir bem né ? - falou Krinski.

- Krinski eu não devo satisfações a você ! Eu sei perfeitamente que eu não fiz nada, e se você prefere acreditar em "amigas tão fiéis" - frizei as palavras em tom irônico indicando Wendy - então por mim tudo bem, só não me meta nisso.

- Nossa, que lindo ! Treinou o Discursso ??

Senti minhas orelhas zumbirem.

-Você sabe que...

Mas o que eu sabia não cheguei nem á escutar: simplesmente resolvi seguir o que Mione falou e me virei deixando-a para trás, aquilo devia a ter deixado com muita raiva pois ela me puxou para trás pelo braço.

Foi tudo muito rápido: Mione tentou puxá-la para trás e ouvi aquele burburinho, de todos aqueles alunos só mais uma Corvinal ajudou Mione e Any a nos separar, me virei muito rápido enquanto caçava a varinha dentro de um dos meus bolsos, a outra mão virou mais rápido do que o corpo pra ser sincera e acabei dando um tapa na cara da Krinski.

Isso não é típico meu, "Estou com Raiva de você !" e tapa.

Só Acho que seria muita falta de respeito da minha parte se eu tentasse esconder isso por que foi realmente o que ocorreu.

Não havia só Corvinais nos rodeando agora.

Definitivamente não.

Percebi isso quando vi Colin do lado de Any e meu irmão Rony vindo em direção á mim, só que antes dessa visão vi com grande espasmo que Malfoy estava no meio daquele burburinho.

- Falsa !!! - retorquiu ela quando conseguiram afastar nós duas.

Nem comento essa afirmação, não gosto de falar palavrões sem nenhum motivo.

- Ora, Ora, então quantos pontos a Grifinória vai perder hoje ?

ÓTIMO !! Malfoy abriu a boca, parecia estar adorando o espetáculo.

- Malfoy, você não tem nada melhor pra fazer não ? - adorei essa Rony !!!

Krinski olhava de um para o outro e se não fosse impressão minha, ela também estava olhando Malfoy com um olhar assasino.

È incrível que ele não tenha se intimidado, acho que provavelmente não sabia que estava correndo sério risco de vida se permanece ali.

Ele recomeçou com sua voz arrastada.

- Então Weasley sua irmãzinha entrou em confusões ? Tsc tsc tsc, Que fei...

Rony não o deixou terminar, ele acabou avançando pra cima do Malfoy.

FEIO, Malfoy, ficaria sua cara se aquele soco acertasse sua cara o que foi por pouco.

Bravo, BRAVO ! Uma hora é eu e Krinski, outra hora é meu irmão e Malfoy, francamente, aquilo virou algum ringue de luta é ? Eu teria feito o mesmo que Rony se não tivesse me sentindo um pouco zonza, acho que foi por causa do sol forte, devia ser isto.

NÃO SERÁ POSSIVEL ! Logo, Logo, Hogwarts Inteira estaria do lado de fora e nenhum Professor tinha aparecido !! CADE O HARRY ?

- Você Não tem direito de falar de Gin... - começou Rony com orelhas vermelhas e arfante quando derrepente começou.

Era um barulho como apito, agudo e estranho. Parecia um Pio de Coruja até.

O Barulho se iniciou alto e vi meio de relance que vários alunos tamparam as orelhas imediatamente para abafar o barulho mas eu não o fiz.

Então a Víginia Weasley estava certa, tinha Capsa Analysis do lado de fora de Hogwarts??!!

É, ótimo.

Mas tinha algo estranho.

Eu não precisava tampar os ouvidos, aquele barulho não era tão alto assim, aquilo era exagero deles.

Quando tentei falar isso e as palavras não saíram percebi que Hogwarts parecia ter parado e minha visão estava embaçada, o som começou a ficar mais baixo, ficou tudo escuro então minhas pernas cederam, tinha caído na escuridão.




----------------------------------------------------


"Enviado por uma coruja especial...."

..:: Angelina Michelle ::..

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2023
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.