FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

3. III - Bulbosus Corrasum


Fic: Análise Frontal


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

-----------------------------------------------------------



::N/A :: A Tradução do nome "Bulbosus Corrasum" seria algo como "Bulbo Corrosivo" ou "Bulbo da Corrosão" e é tirado do Latim. Kisses para voces.



-----------------------------------------------------



..:: BULBOSUS CORRASUM ::..

Capítulo III




-----------------------




Sabe a impressão de que simplesmente TODOS estão olhando pra você?

Se for sobre o que ocorreu em relação ao Malfoy eu me mato!

Subi as escadas pisando duro e entrei no dormitório feminino.

- Gina, é verdade a história do Malfoy hoje de manhã?

Ok Gina! Se prepara, você vai se jogar da janela do dormitório feminino certo?

Hermione tinha perguntado com semblante preocupado.

- Quem falou?

Tinhaaaa que ser o Colin!

Se eu encontrasse ele veria só... e se sobrevivesse eu mato (versão adaptada para GW).

Tive que explicar á Hermione tudo com a ajuda de Catherinne e para Any, a Any ficou com uma cara parecida de quem bebeu suco de limão sem açucar.

Talvez Tivesse ficado assim por que eu nunca puxava briga pro lado do Malfoy.

Rony parecia que tinha ganhado 100 galeões de presente, já Harry, bem, é difícil explicar, mas conforme eu explicava, já que tinham várias pessoas que tinham aumentado a história dizendo que duelamos ao ar livre (até parece!) ele ria com a situação, acho que ficou sério por causa da Mione.

Nessa mesma semana eu e Mione ficamos mais grudadas e nem tocamos mais no assunto, então ela participava muito das conversas do nosso trio ou quinteto contando com Neville e Colin (Ah, mas ele ouviu tanto!).

No Domingo foi a mesma rotina mas dessa vez além de nós tinha outra pessoa sentada na mesa, era Lourem Krinski.

Quando cheguei Harry e Rony tinham acabado de sair para os treinos de Quadriboll, a temporada se iniciaria um pouco mais cedo, em outubro.

Harry além de apanhador era capitão do time, e Rony era goleiro, até que meu maninho (ora, ele me chama de Gininha, por que não?) tinha uma certa vocação pra isso.

Pra eu ser sincera, eu não vou muito com a cara dela não porque eu gosto do Harry, mesmo que nessa época eu não gostava mais dele "as pessoas e crescem e mudam não é mesmo?" porem sempre que via ela, parecia que estava se jogando pra cima dele, aí é que eu me irritava mas estava tudo bem né Gina? Hein? Hein?

Tudo bem, trocando em miúdos, eu não vou com a cara dela, e nem me pergunte o porquê, que nem eu sei direito a resposta.

Ok, tirando tudo isso o que ocorreu foi:

Eu estava entrando no salão, não era tão cedo mas tinha poucas pessoas no geral, grupos da Mila Bulstrode da Sonserina, ou mesmo Ben Perks da Lufa-Lufa, a maioria estava querendo aproveitar o primeiro final de semana, me sentei na mesa de Grifinória, dei um "oi" para todos no geral, Any e Catherinne estavam mudas, Hermione nem prestava atenção ao assunto, Colin e Lourem lideravam, Neville mudo também, o assunto era Quadriboll, Lourem desde o período passado é capitã do time da Covinal, teve uma votação entre ela e a Sara mas ela acabou vencendo o que pra mim tanto faz, soube que tiveram uma discussão no fim do período passado, seja como for, não prestou.

- E na defesa estamos pensando em por um novo sistema, só não falo porque quero que seje uma surpresa - disse ela com ar de importância.

- Na verdade - comecei eu me servindo de mingau - a Covinal precisaria de Derek no ataque pois seus pontos altos são os passes da Goles para os companheiros da equipe.

Derek Wallin era um jogador da Covinal, alto e tinha um jeito desengonçado de andar.

- Só que ele também é muito bom em desarmar os adversários - falou ela em tom inquisitor.

- Essa qualidade vem em segundo - quis questão de frisar isso é claro.

- O ataque tem jogadores formidáveis.

- Ah sim, vimos isso de perto no período passado - Lufa-lufa tinha ganhado da Covinal arrasadoramente, estava começando a me irritar.

- Harry disse que foi só falta de sorte, comentou ela aborrecida.

- É, Harry diz muitas coisas - falei espirituosa - mas ainda acho que um artilheiro do porte de Derek deveria sair da defesa.

- Ninguem que está escalado no time desse ano saberia substituir Derek tão bem na defesa - Lourem falou como se tivesse posto um ponto final na questão.

- Experimente fazer uma substituição! - acrescentei eu como se aquela idéia fosse algo simplismente fan-tás-ti-co.

- Jurava que era eu a capitã do time. - falou ela com crescente desagrado.

Eu ia responder com algo bem "desconjuntado" porém Any estava em pé do meu lado, fazendo sinais frenéticos para que eu fosse com ela explicar uma matéria de transfiguração que ela não tinha entendido, Catherinne falava algo aos cochichos para Hermione, Neville e Colin se entreolhavam, tinha me esquecido completamente que eles estavam na mesa.

Antes de eu sair da mesa comentei:

- Não precisa "jurar", só aceite as opiniões - com sorriso forçado que mais parecia o Lockart em uma de suas aparições públicas.

Por ironia Derek estava saindo ao mesmo tempo que nós do salão, estufei o peito e completei em alto e bom som:

- Derek, boa sorte no Quadriboll!

Lourem fez cara feia e foi o suficiente para Any apertar meu braço para apressar-me.

O tempo começou a esfriar, não tínhamos tantos dias de sol como antes.

Os dias que se passaram a seguir foi para relembrar como era bom ficar conversando até alto da madrugada no dormitório feminino, a primeira aula de Trato das Criaturas Mágicas foi explosiva, não, não que tenha sido muito boa mas sim que já estamos estudando animais tão perigosos quanto dragões, lançando chamas e explodindo tudo o que viam pela frente porém a que estreie catastróficamente foi a de Herbologia.

- O nome dela é Bulbosus Corrasum sua seiva é acida, muito cuidado quando mexer com ela - dizia a professora animada indicando uma planta que parecia mais uma couve-flor - ela pode ser útil em algumas poções de corroção porém o que vamos precisar são as mudas amarelas, pegue uma das caixas que está cheia de Bulbosus e trabalhem em grupo.

A mesa estava composta por Catherinne, Any e Ashley, uma Lufa-Lufa que tinha leves cachos, ela parecia entediada, além de mim, é claro.

Começamos o trabalho, para facilitar, Catherinne e Any tiravam as folhas que ficavam ao redor e Ashley e eu cuidávamos da parte principal.

- É impressão minha ou o seu irmão sempre está metido em problemas? - perguntou Any meticulosamente enquanto decepava algumas folhas.

- Não, é não, mas porque?

- É que todo esse rolo de você-sabe-quem, o ministério correndo de lá para cá, as vezes me pergunto isso.

- Na verdade desde o acontecimento do meu primeiro ano, eu não quis qualquer tipo de envolvimento.

Ela sabia que eu não gostava de tocar nesse assunto, mesmo com aquelas luvas enormes, as vezes me enroscava com ela. A luva que era de couro de dragão estava molhada, o Bulbosus tinha mudas que soltavam um liquido estranho.

- Ontem Hermione e Rony estavam discutindo como sempre, mas acho que já fizeram as pazes - falou Any visivelmente mudando de assunto, Catherinne e Ashley trabalhavam em silêncio.

- Acho que eles formam um casal perfeito - Comentei rindo, se bem que prefiro quando eles não estão brigando.

- Só você mesmo que não gosta do Harry com a Lourem - falou ela com olhar de esguelha.

Oras ! Eu não tenho nada a ver com isso, só não vou com a cara da Lourem! Ok Eu ia responder com a melhor resposta que tinha pensado pondo um ponto final na história porém eu senti uma dor no meu braço esquerdo que era ...

- Ai! Droga!

Eu tinha apertado demais e o liquido escorreu, indo para a manga da minha roupa, neste momento todos estavam olhando para mim e Profª Sprout veio correndo, então no meu braço tinha uma queimadura muito feia um pouco abaixo da mão.

- Ai ai, isso não é bom, falei pra vocês não pressionarem demais, Any leve ela pra a ala hospitalar.

Ela falou que não era pra pressionar?! Quando? Onde? Agora vocês veêm visivelmente as desvantagens de ter uma história contada por Gina Weasley, aquele definitivamente não era o meu dia, estava gripada, minha voz estava fanha e as vezes tinha a ligeira impressão que não conseguia escutar nem à mim própria.

Como eu sou meio "chorona" passei o trajeto reclamando de vez em quando, mas quem ganha nesse requisito disparado é Any, principalmente quando no quarto período ela foi picada por uma vespa e fez um escarcéu enorme.

A Madame Pomfrey não gostou nadinha.

- Você devia Ter tomado mais cuidado, eu vou passar isso aqui - dizia ela mostrando uma pasta verde no seu braço, pode arder um pouco, depois você espera uns 5 minutos sentadas e poderá ir, até amanhã vai estar tudo normalizado.

Sentei me ao lado de Brian, um garoto Grifinório só que do quinto período, segundo a Papoula ele tinha caído num corredor em que Filch passava pano, mas como nós sabemos o quanto Brian é "santinho" com muito jeito conseguimos que ele nos falasse, hoje de manhã, ele tentou pegar um livro de História da sessão reservada, no segundo corredor, quinta coluna, no letreiro H-M mas como ficava lá em cima ele se atrapalhou deixando um bocado de livrões pesados caírem, porém agora preferiam se contentar com um que não seje da sessão reservada. Nem precisou eu ficar muito tempo, ela nem me viu sair porque cuidava de uma aluna Sonserina com cara de irritada (a impressão é que todos tem a mesma cara), encontramos Catherinne pelo corredor e fomos almoçar.

Hoje foi diferente, além de nós três, tinha outro trio junto, era Harry, Rony e Hermione, que praticamente conversavam aos cochichos.

- Gina, o que é isso na sua manga? - perguntou Harry entre uma garfada ou outra. Tinha esquecido de falar (desculpinha pessoal!) Mas ele estava sentado bem na minha frente.

A Papoula no mínimo deve Ter se empolgado quando tinha posto aquele treco estranho no meu braço pois ficou visível pela blusa, sendo que a manga agora estava num branco esverdeado, realmente muito estranho.

- Não é uma visão agradável, problemas com Bulbosus.

- Há, sei, o segredo é não pressioná-las muito, tirando com as pontas dos dedos. A luva dificulta nessa parte.

Hermione parecia decepcionadíssima por Harry Ter respondido isso por ela.

-Nossa Harry - falei com um sorriso enorme mas com voz de desanimo - realmente muito útil essa informação, mas agora que você me avisa?

Todos riram.

Foi Quando estava terminando ouvi Rony exclamar baixo para Harry:

- Mas não vamos encontrar isso em qualquer livro de História da Magia, acho que só na seção reservada mesmo...

Lembrei do Brian, ocasião perfeita!

- Segundo corredor, Quinta coluna, letreiro H-M, última prateleira de cima, exclamei como um gravador.

- Mas como...? - perguntou Rony espantado.

- Uma coruja me contou - falei rapidamente enquanto saía do salão junto com Catherinne, esta que ria por saber quem foi "a coruja".

- Pessoal! Pessoal! - Any tinha corrido, estava com bochechas vermelhas e falava com falta de ar, ela tinha saído mais cedo da mesa, e só tinha voltado agora - Tem alguma coisa no quadro de avisos!

- E o que é? - perguntou eu e Catherinne juntas.

- Bem - ela ficou sem jeito - como sou baixinha não deu pra ver tinha muitos alunos.

Fomos para o saguão, realmente tinha bastante gente, as gêmeas Patil, Perks, até Colin estava no meio, Any não era tão baixa, tinha mais ou menos minha altura que não era lá grande coisa.

- Catherinne, faz o favor, sim? - ela não era uma girafa mas tinha uma visão bem mais ampla - poderia ver isto?

- Falei com o vento, ela já estava lá na frente e estava voltando enquanto Any se espichava inutilmente.

- E então?

- Primeiro jogo de Quadriboll da temporada - começou ela.

- Fala logo! - exclamou Any!

- Sonserina versus Corvinal



----------------------------------------------------


"Enviado por uma coruja especial...."

..:: Angelina Michelle ::..

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2023
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.