FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

4. 20 de novembro, apartamento


Fic: Até as últimas consequências - FIC DE AMIGO SECRETO 2008


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

18:55, sexta-feira, 20 de novembro, apartamento, Southend – Inglaterra

Aquele era um típico inicio de noite, Hermione havia acabado de sair do banho, estava apenas com sua toalha enrolada contra o corpo. Aquele havia sido um dia corrido e estressante no Ministério, havia tido milhares de problemas seriíssimos em seu trabalho e tudo o que realmente desejava, agora, era sua cama quentinha e uma boa noite de sono. E estava certa de que era exatamente isto que teria, ao menos acreditava nisso.
Assim que deixou o banheiro, na suíte que dividia com Harry, caminhou até a cama e sentou-se ali, apanhando uma escova de cabelos próxima, sobre uma mesinha de canto. Iniciou as escovadas em seu cabelo, desembaraçando-o o máximo que pôde, até que ouvisse passos se aproximando cada vez mais dela. Não tinha porque se preocupar, seus planos de ter apenas uma boa noite não estariam perdidos, sabia perfeitamente bem a desculpa que daria a Harry. Ouviu os passos cessarem e uma respiração muito próxima, foi quando virou sua face rapidamente na direção de quem estava ali e arregalou os olhos assustada com aquele tipo de presença.

- O que está fazendo aqui, Draco? – indagou quase desesperadamente a ele.

Tudo o que Draco fez, naquele momento, fora retribuiu com um sorriso largo, aproximando sua face da curva de seu pescoço e exalando o cheiro de banho que emanava de sua pele, demoradamente e de forma provocativa. Hermione fechou os olhos por alguns instantes, permitindo-se sentir apenas a barba do louro roçar contra sua face, era tão inebriante esse tipo de sensação para ela. Foi quando recobrou toda sua sanidade e lembrou que não estavam a sós naquela casa, a qualquer momento Harry poderia entrar por aquela porta e visualizá-los em uma situação constrangedora.

- Draco, por favor, saia daqui. – tentou afastá-lo, um pedido implorativo e, ao mesmo tempo, uma bronca por ele estar expondo a relação daquela forma.

- Qualquer dia desses nós vamos tomar um banho juntos, Granger. – sussurrou muito próximo ao ouvido dela, ainda com seu sorriso largo estampado nos lábios.

Hermione sorriu com aquele comentário, era um tipo de experiência que ainda não haviam experimentado. Talvez realmente realizassem aquele desejo, mas aquele definitivamente não era um bom momento. Ouviram o ruído irritante da porta sendo aberta e sabiam bem que estava adentrando aquele quarto. Draco se ajeitou depressa, separando-se a uma distância razoável, desfazendo todo e qualquer tipo de sorriso de seus lábios. Hermione respirou fundo, estava tudo acabado, viu os cabelos desgrenhados de Harry surgirem através da passagem da porta e sabia que não haveria escapatória.

- Malfoy? – Harry parecia surpreso, suas expressões eram praticamente indecifráveis.

- Ei, Potter.... – Draco sentiu suas mãos suarem de nervosismo, mesmo que não demonstrasse e realmente não o sentisse verdadeiramente, gostava de correr esses tipos de riscos. – Vim trazer as correspondências, mas você não estava aqui, então...

- Pode ir agora. – disse áspero ao sonserino, recolhendo as cartas que Draco trazia nas mãos e que Hermione nem sequer havia reparado, ele parecia pensar em tudo mesmo.

Detestava ser tratado daquela forma por Harry, mas não iria perder tempo retribuindo tratamentos grosseiros quando estava executando um tipo de vingança ainda pior do que isso ao lado de Hermione. Traição era realmente algo de que Harry não aceitaria.
Hermione respirou aliviada observando Draco deixar o quarto ainda ileso, não tinha com o que se preocupar agora, havia contornado a situação perfeitamente bem, mas precisava se lembrar de pedir para que Draco não fizesse mais isso novamente, invadir seu quarto dessa forma havia sido reprovável.

- Você não deveria ter deixado esse idiota entrar no nosso quarto, Hermione. – Harry disse a ela, sentando-se ao lado dela na cama, visivelmente irritado. – Eu não gosto quando ele pensa que pode fazer tudo dentro dessa casa.

- Não perca tempo com isso, Harry. – bronqueou o próprio namorado, sentindo-se um lixo por fazê-lo sem razões algumas. – Eram apenas correspondências, não eram?

Sorriu simpática para o moreno, terminando de escovar os cabelos. Foi quando sentiu as mãos do rapaz invadirem sua toalha provocativamente, enquanto ele despejava beijos em seu pescoço e ombros desnudos. Hermione revirou os olhos, entediada, por alguma razão não conseguia mais ver graça alguma nas caricias de Harry em si. O que estava acontecendo com ela, afinal? Draco tinha influência sobre isso, ela sabia que sim.

- Você tem estado distante, Hermione. – sussurrou próximo ao ouvido dela, desfazendo o nó da toalha e trazendo- a para próximo de si. - Eu senti sua falta.

Definitivamente, os planos dela para apenas uma noite de sono profundo e revigorador haviam ido por água abaixo. Sentiu Harry explorar todo seu corpo com os lábios úmidos, deixando rastros de beijos e mordidas em cada pequena extensão de pele da castanha. Até que, deslizando seus lábios sobre a pele abaixo do umbigo dela, Harry percebeu uma marca diferente ali, ao lado esquerdo do quadril dela, era uma queimadura em forma de circunferência aparentemente já em inicio de cicatrização.

- Isso é uma marca de cigarro? - indagou a ela, surpreso e curioso.

- Eu me queimei. – respondeu ligeira, sem pensar ao certo no que estava dizendo, tentou puxar sua toalha para próximo novamente, sem muito sucesso.

- Eu fiz isso com você, Hermione?

- Não! – respondeu rápida, impulsiva.

Deveria ter dito que sim, afinal, Harry também desfrutava daquele mesmo vício de Draco, em proporções menores, isto era fato, mas poderia tê-lo acusado de tê-la queimado inconscientemente. Mas, naquele momento, tudo o que pensou realmente foi na versão verdadeira dos fatos.

- Mas você não fuma, Hermione. – constatou, fitando-a duvidosamente.

O que ela diria a ele? Teria de mentir, certamente, Harry realmente achava que ela não fumasse, mas ela sabia que isto não era bem verdade, estava adquirindo este péssimo habito com Draco.

- Foi o Malfoy. – disse a ele, rápida, sem pensar no que estava dizendo.

- Como? – exasperou-se com aquela resposta.

Hermione fechou os olhos por alguns instantes, repudiando-se internamente por ter cometido uma loucura daquelas. Poderia ter dito qualquer coisa, mas por que justo aquilo?

- Sabe, Harry... – iniciou, ponderando bem cada uma das palavras que iria proferir. - Ele deixa muitos cigarros acesos por ai.

Ela não sabia se havia mesmo sido convincente na desculpa que dera, podia ver as veias na testa de Harry sobressaltando-se de irritação. Mas agora era tarde para querer desfazer qualquer tipo de mal entendido, sua burrada já estava feita e tudo o que precisava era esperar pela reação dele.

- Boa noite, Hermione.

Respirou aliviada, mesmo que indignada por ele tê-la ignorado completamente daquela forma.

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.