FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

8. Capítulo VIII


Fic: Na escuridão da sua ausência


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Capítulo Oito

And now my bitter hands cradle broken glass,
(E agora minhas mãos machucadas embalam vidros quebrados)
Of what was everything.
(O que era tudo?)

:.: Rony corria pelos corredores de Hogwarts. Olhava por todos os lados, mas não encontrava quem estava procurando. As pessoas reclamavam, pois o bruxo esbarrava em todos. Quando já estava na escadaria viu Hermione e Harry saindo do Salão Principal.
- Hey, Rony, o que está acontecendo? Te esperamos durante um bom tempo para almoçarmos - disse Hermione. - Você não pode ficar correndo deste jeito pelos corredores, perderemos pontos!
- Então por que o chamamos de corredor se não podemos correr neles? - brincou Rony meio sem fôlego. Hermione fez uma expressão brava e ele achou melhor dizer logo o porquê da correria.
- Vocês lembram quando eu falei que havia decidido vencer meu orgulho e pedi para o Percy me ajudar a arrumar um emprego? - disse pausadamente, por causa da falta de ar nos pulmões.
- Sei... E daí? - Harry perguntou, curioso.
- O Pichi, aquele penoso babaca, me trouxe uma carta do Percy. Nela estava escrito que ele conseguiu um emprego de fim de semana no Departamento de Jogos e Esportes Mágicos pra mim - dizia disse, muito empolgado, a exceção de quando pronunciou o nome do irmão. - Vai ser só como experiência, mas acredito que vai ser muito legal. O que acham?
- Fico feliz, Rony. Assim você vai conseguir ingressos para os jogos mais importantes dos campeonatos de quadribol - disse Harry, também eufórico.
- Ano que vêm tem a copa, Harry, já pensou assistirmos de novo? - Rony estava cada vez mais empolgado.
Os dois amigos notaram que Hermione continuava séria.
- O que foi, Mione? Você não ficou contente? - disse Rony, pegando na mão da namorada.
- Não é isso, Rony. É claro que estou contente com seu emprego. Mas é que o único tempo que temos para namorar você vai estar trabalhando - disse com a voz baixa. - Desculpa. Eu estou me sentindo horrível por pensar assim.
- Vai ser complicado somente nesses últimos meses de aula. Depois tudo vai ser mais fácil - disse, beijando suavemente a mão da namorada.
Harry resolveu sair andando, pois não gostava de ficar "segurando vela" do casal.
- Eu sei que ando meio estressada nestes últimos dias, por causa das provas e tal, mas prometo que vou controlar meu gênio - disse Hermione docemente. - Não vamos mais brigar, tá?
- Concordo, embora ache que essas briguinhas se tornaram o tempero para o nosso relacionamento - disse com um largo sorriso.
- Saiba que eu fiquei muito feliz com seu emprego - e beijando o namorado, continuou. - Parabéns!
Os dois ficaram ali, abraçados, até que alguns alunos começaram a sair do Salão Principal. Dentre eles Draco Malfoy, que esbarrou no casal e, antes de sair em direção às escadas, lançou a Rony um olhar de ódio. :.:
O sol (ou algo parecido com ele) sempre raiava no Limbo, o que dificultava os planos de Rony e Sabe. Os dois haviam combinado que esperariam no Pub do qual Sabe havia comentado até o momento exato de atravessar a Divisa.
- O problema será passar desapercebido pelos Guardas Entrada - Sabe tinha dito antes de saírem do quarto de Rony.
A Divisa de Zonas era um enorme portão dourado, com dois fortes homens o guardando. Os homens eram altos e pareciam muito com lutadores trouxas que Rony uma vez vira na televisão quando fora visitar os pais de Hermione.
Ficaram sentados em uma mesinha perto da porta do Pub. Uma bruxa lhes entregou um cardápio e os dois conjuraram copos cheios de cerveja amanteigada.
- Vamos fazer como combinamos - disse Rony pela milésima vez. - Você vai até o portão e interte o Guarda Entrada então eu pulo o muro e vou para o outro lado. Tudo bem?
- Tudo bem não 'tá, sabe? Mas eu já aceitei te ajudar, né? Não volto com minha palavra, sabe.
Esperaram até o quimera em que um dos guardas saía para o almoço.
- É agora - disse Rony firmemente.
Precisavam ser rápidos, pois o Guarda Entrada que substituiria o outro logo chegaria. Rony caminhou afastado de Sabe, que ia em direção ao portão. O Guarda de Entrada mostrou desconfiança quando percebeu a presença de Sabe, que andava cambaleando.
- O que você quer, Chia? - disse o Guarda, com um ar de superioridade.
- Quero ir para casa... Ic... Pode abrir meu portão... Ic... Agora James... Ic - disse Sabe, entre soluços.
- Que casa? Que James o quê? Você devia era ser mais responsável e não beber no Limbo - disse o Guarda, alterado.
O plano de Sabe, de enganar o Guarda Entrada fingindo estar bêbado, estava dando certo.
- Volte para seu quarto, Chia - disse o guarda, impaciente.
- Como você está... Ic... Ousado, James... Ic... Abra logo este portão... Ic... Isto é uma ordem... Ic...
- Você está muito folgado. Se não for embora agora, Chia, eu o denunciarei para seu Aparador de Utopia.
Enquanto isso, Rony escalava o muro atrás do Guarda. Estava com dificuldade, pois nunca fora um atleta muito esforçado e não imaginara que o muro fosse tão alto.
- Anda, suma daqui! - disse o Guarda Entrada, empurrando Sabe para longe do portão. Sabe não pôde fazer nada além de torcer para que o guarda não visse Rony, que agora já estava no topo do muro.
Rony olhou a altura em que estava e concluiu que não daria para pular. "E agora?", pensou.
Avistou ao longe uma lata de lixo encostada no muro. Caminhou devagar até ela, pois o Guarda Entrada estava bem abaixo dele. Olhou para os lados e, vendo que não tinha outra escolha, pulou.
O muro tinha, aproximadamente, quatro metros de altura e, por isso, o tombo lhe proporcionou uma imensa dor. Embora a lata de lixo tenha amortecido a queda, Rony percebeu que tinha torcido o braço. Mas, apesar da dor, nada disso importava a ele, estava onde queria: Zona A.
Levantou, limpando suas vestes sujas. Já estava pensando em por onde começaria a procurar Hermione quando sentiu algo segurando seu ombro.
- Não tão rápido, Chia - disse o Guarda Entrada.
:.: As provas finais haviam acabado e o assunto do momento era a formatura.
- Nunca vi uma formatura aqui em Hogwarts - Rony pensou alto.
- É lógico que nunca viu, Rony. A formatura aqui é uma festa fechada só para os formandos.
- Poxa, então quer dizer que nem vou poder ver vocês se formando? - disse Gina com uma voz tristonha.
- Acredito que não, Gi - Hermione disse à cunhada.
Rony, Hermione, Gina e Harry estavam conversando na sala comunal. Sabiam que faltavam apenas poucos dias para as aulas acabarem e, por isso, aproveitavam bastante. Os professores já não estavam mais passando matérias importantes, o que fazia com que a maioria dos alunos faltassem às aulas. Hermione era a única que ainda se empenhava nos estudos, mas é claro que não como antes.
Todos conversavam alegremente, a exceção de Harry que, como sempre, estava preocupado com o que Voldemort aprontaria naquele fim de ano letivo. Apesar desta preocupação, Harry se distraía com Gina por alguns momentos, o que intrigava muito Rony.
- Você não acha que o Harry e a Gina estão andando juntos demais? - disse uma vez para Hermione.
- Pare de ser ciumento, Rony. Ela e Harry são apenas bons amigos - ela respondeu ao namorado - E outra: Gina não é mais uma criança. Um dia ela vai começar a namorar e menos mau que seja com alguém como o Harry, não acha?
- Harry nunca faria isso com minha irmã.
- Pare de dizer asneiras, Rony Weasley - disse, ligeiramente irritada.
Os alunos do sétimo ano estavam mais agitados e sentimentais do que nunca. Não era raro encontrar alguns alunos se abraçando em meio ao choro pela escola. Neville Longbottom era o mais abalado com o final das aulas. Vivia abraçando todos e dizendo o quanto gostava de cada um. Seria cômico se não fosse tão triste.
Hermione não demonstrava, mas estava ligeiramente preocupada com relação ao seu namoro com Rony. "O que vai acontecer depois que as aulas acabarem?", pensava.
- Você já sabe que roupa vai usar na festa, Mione?
- O que... O que você disse, Gina? - Hermione "acordara" de seus pensamentos. - Desculpe. É que eu estava meio desligada.
- Perguntei que roupa você usará na festa de formatura - repetiu.
- Nem sei. Estou pensando ainda - respondeu despreocupada.
- Você está tão estranha ultimamente, Mione. O que houve? - perguntou Harry.
- Nada, gente. Só estou um pouco triste com o fim das aulas - disse com uma voz fraca. - O que será que vai acontecer com nossas vidas? Com nossa amizade? - Hermione achou melhor nem comentar seus receios sobre o namoro.
- Ai, Mione. Não fique assim - disse Rony, passando seu braço pelo ombro da namorada.
- Pois é, Mione. Nada vai nos separar - disse Harry, confiante. - Seremos sempre amigos! :.:

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.