FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

24. Mãos mágicas


Fic: Uma brincadeira do destino - Epilogo postado


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Na casa de Hermione


A morena atira os sapatos para o alto e se larga no sofá. Ela está exausta física e emocionalmente, Hermione tem que admitir que ficou boa parte do almoço pensando na reportagem da Skeeter. Mesmo que Pandora não tenha mais tocado no assunto Hermione não parou de pensar que na segunda feira o profeta diário seria atolado de corujas com os palpites mais estapafúrdios possíveis


Apesar de tudo ela não teme que alguém ligue seu nome ao do loiro, pelo menos por enquanto. A morena sabe que nunca passaria pela cabeça de nenhuma pessoa sensata esse tipo de idéia, se bem que as pessoas que lêem a coluna de Rita Skeeter não sejam realmente sensatas, mesmo assim ela acha que seria difícil alguém sugerir isso


Além desta história estapafúrdia, ainda há outra coisa com o que ela precisa se preocupar. Embora ainda falte algum tempo ela não pode deixar de pensar no convite de seu chefe. Hermione não tem idéia do que vai fazer, ao mesmo tempo em que ela não se sente a vontade para simplesmente dizer que será uma mãe solteira ela também não pode simplesmente pegar a sua varinha e fazer surgir um noivo


Um barulho na lareira interrompe seu devaneio, ela sabe quem é mesmo sem olhar. Draco Malfoy disse que passaria em sua casa mais tarde e ela vai recebê-lo com um suspiro. Hermione só espera não ter nenhum tipo de discussão com o loiro hoje, isso seria mais do que ela poderia suportar


Tudo bem? – Hermione ouve o loiro perguntar


Tudo, eu acho – ela diz com um suspiro – acho que ainda estou tentando digerir essa loucura toda – ela encara o loiro – eu andei pensando e acho que é mais fácil Voldemort conseguir ser agraciado com uma ordem do Merlin póstuma do que alguém achar que nós temos alguma coisa


Vendo por este lado você tem razão – Draco diz, contendo um arrepio ao ouvir o nome de Voldemort – mas você tem que lembrar que aquela vaca falou em casal inusitado


Eu sei – Hermione diz – mas acho que pelo menos por enquanto não temos que nos preocupar, nós somos inusitados demais. Vamos ver quais são as pistas que ela vai dar primeiro


Ela disse que havia um bebê na jogada – Draco insiste – e você... Bem... Parece grávida!


Você quer fazer o favor de parar com isso! – a morena diz num tom mais alto do que gostaria – eu sei que eu pareço grávida, eu estou grávida! Mas somos inusitados demais, ninguém no mundo bruxo ou trouxa nunca pensaria em ligar você ao meu bebê. Daqui a pouco isso vira notícia velha e as pessoas esquecem – a morena diz desejando com todas as suas forças que isso seja verdade


Draco até pensa em argumentar, mas desiste ao pensar que uma discussão não vai fazer bem nem a ela nem ao bebê. O loiro se lembra muito bem das palavras do médico sobre chateações, então se Hermione quer colocar lentes cor de rosa e amenizar o problema que seja


Um livro na mesa de centro lhe chama atenção – posso? – ele pergunta e ao ver Hermione assentir com a cabeça pega o livro. Como não poderia deixar de ser é um livro sobre gestação e bebês, ele vê que está marcado na página que diz dezesseis semanas, exatamente o período em que Hermione está


Draco olha pra ela contendo o sorriso. É claro que a sabe tudo teria que pesquisar a respeito e conhecendo Hermione como ele conhece não é difícil adivinhar que ela vem lendo esses livros como se estivesse se preparando para os NIEMS


Eu sei o que você está pensando! – Hermione diz e Draco nota que ela parece chateada – é claro que a sabe tudo teria que estar estudando sobre isso! Admita! Mas se você quer saber eu estou e me sinto muito bem fazendo isso!


Draco olha pra ela sem saber o que dizer. É claro que ele pensou nisso, mas em momento algum ele pensou em recriminá-la


Alheia ao estarrecimento do loiro, ela continua vociferando – eu estou cansada de ser recriminada, entendeu? Cansada! Agora tem essa vaca da Skeeter, e a mulher do Rony que a essa altura deve estar com várias corujas prontas pra enviar ao profeta, e minhas costas doem, e meu chefe acha que eu tenho um noivo...


Ela para de falar se dando conta que está sendo incoerente e que Draco olha pra ela como se de repente um nariz extra tivesse surgido em sua face. Neste momento seus olhos se enchem de lágrimas. Malditos hormônios... Ela pensa


Desculpe – Hermione murmura, envergonhada – eu juro que não costumo agir assim


Tudo bem – Draco diz ainda estarrecido – eu imagino a pressão que você deve estar enfrentando – ele olha pra ela – você disse algo sobre as costas doerem?


Deixa pra lá... – ela diz – não dói tanto assim. Acho que é só o peso extra que ganhei – ela suspira – eu sei que isso e só o começo, então releve a minha crise de histeria e... – ela baixa os olhos – e se você quiser ir embora, eu vou entender


Draco segura seu queixo obrigando-a a encará-lo e diz – eu não vou a lugar algum, acho que já deixei isso bem claro. Vire-se – ele diz e vê Hermione o encarando espantada, então ele repete – vire-se, confie em mim


Hermione quase solta uma gargalhada, quando em sua vida ela imaginou que Draco Malfoy iria pedir que confiasse nele?


Vire-se – ela ouve o loiro repetir – e sente-se


Curiosa pra ver o que o sonserino pretende, Hermione obedece, ela se senta de costas para o loiro e sente uma leve pressão em seus ombros. Ela está sonhando ou Draco Malfoy está realmente massageando seus ombros tensos?


Não, Draco Malfoy não está apenas massageando os seus ombros tensos, ele está fazendo a melhor massagem que Hermione já teve na vida. A morena tem que se controlar muito para não soltar gemidos inadequados, neste momento ela não pode deixar de pensar naquelas mãos tocando outras partes do seu corpo. O que é isso Hermione! Ela se recrimina. Tudo bem que uma gravidez é capaz de colocar hormônios de cabeça pra baixo, mas daí a você se sentir excitada pelo toque de Draco Malfoy já é demais!


Melhor? – Draco pergunta lutando para não ofegar. Quando ele começou a massagear as costas de Hermione a sua intenção era apenas fazer com que a mãe de seu filho se sentisse melhor, em momento algum o loiro pensou que o simples toque naqueles ombros fosse fazê-lo pensar em tocar algo mais. Foco Malfoy. Ele diz para si mesmo. Você vai acabar recebendo outro soco se ela sequer pensar no que passa pela sua cabeça agora


Seu lado racional lhe diz para parar, mas o loiro simplesmente não consegue. Ele ouve Hermione soltar pequenos gemidos e Draco sabe o que isso pode ter como consequência. Ele acaba pensando em quanto tempo não tem uma mulher nos braços e logo chega à conclusão que faz muito tempo


Hermione se mexe meio desconfortável por estar se sentindo excessivamente confortável naquela posição. Seu bebê se mexe como se tivesse dançando com inúmeros parceiros, como se soubesse que a sua mãe está se sentindo bem. Por ela Hermione ficaria recebendo aquela massagem relaxante e porque não dizer excitante pelo resto dos seus dias, mas ela sabe que não pode ser assim, não quando a sua vontade é de se virar e suplicar para o dono daquelas mãos maravilhosas que a utilizem de outra forma. Nesta hora ela se pega pensando há quanto tempo não dorme com um homem e chega à conclusão que faz muito, muito tempo


Obrigada, estou bem melhor – ela finalmente consegue dizer e felizmente consegue também evitar um suspiro de frustração quando as mãos de Draco se afastam – desculpe mais uma vez meu ataque de hormônios, eu não costumo ser assim


Você está grávida – Draco diz se sentindo estranhamente mal por ter parado de massageá-la – muita coisa em seu corpo está mudando e suas reações vão ser bem absurdas de vez em quando


E como você sabe disso? – Hermione pergunta intrigada


Bem... – o loiro fala, meio sem jeito – eu li


Hermione não segura uma risada – quer dizer que você também vem lendo livros sobre gravidez?


Ora pare de rir! – Draco vocifera, chateado – eu disse que queria participar de tudo e eu preciso saber com o que vou lidar – ele olha pra ela – confesso que fiquei meio assustado com os relatos. Pobres homens aqueles, algumas mulheres ficam realmente fora de controle


Me empresta? – Hermione fala sem pensar, mas é mais forte que ela, a morena simplesmente não consegue ouvir falar em um livro sem ficar interessada


Claro – ele diz – assim que eu terminar de ler eu te empresto


Obrigada, se quiser alguns dos meus também... – a morena fala sem deixar de pensar no quanto a situação está sendo inusitada


Por alguns segundos ninguém fala nada. Eles apenas se encaram, é uma situação estranha entre duas pessoas que nunca tiveram nada em comum. Apenas o fato de terem um filho juntos quando nunca houve nada juntos nesta equação. Mas o mais estranho é que de uma forma ou de outra eles até que estão conseguindo ter uma relação normal e porque não dizer um pouco agradável.


Hermione se pega pensando que talvez se as coisas pudessem ter sido diferentes eles poderiam ter tido uma relação se não de amizade ao menos mais cordial no passado


Draco vê que a morena está silenciosa e não resiste em perguntar – tudo bem? Você ficou calada de repente, está sentindo alguma coisa?


Tudo, Draco – ela diz e não consegue evitar um pequeno sorriso – a sua massagem fez maravilhas para a minha coluna, obrigada mais uma vez


A seu dispor – o loiro diz enquanto se levanta e se prepara para ir pra sua casa. Já é hora de dar um pouco mais de espaço para a mãe do seu filho, se ela houver sentido ao menos um terço do que ele sentiu nos últimos minutos, ela precisará


XXXXX


Mais tarde


Draco está sozinho em sua casa quando uma figura conhecida aparece pela lareira, mas esta figura não é Hermione, é seu amigo Blaise Zabini que sorri mostrando uma garrafa de wisky de fogo – reserva especial da minha mãe – ele diz sorrindo – posso sair?


Claro – Draco diz enquanto o seu amigo surge limpando as vestes, uma boa dose de wisky de fogo talvez o ajude a colocar seus pensamentos em ordem – o que deu em você para aparecer aqui em pleno sábado? – Draco diz pelo que conhece de seu amigo, as noites de Blaise são geralmente preenchidas com garotas e festas


Quis fazer algo diferente pra variar – ele estende o jornal – trouxe isso pra gente se divertir um pouco fazendo palpites, quem será este casal?


Até você? – Draco vocifera – será que o mundo bruxo enlouqueceu? As pessoas deveriam ter mais o que fazer do que ficar dando ouvidos ao que esta louca escreve!


Ora Draco, não seja estraga prazeres – o moreno argumenta sem perder o bom humor – vai dizer que você não ficou nem um pouco curioso? Deve ser um casal bombástico pra ela fazer esse estardalhaço todo


Draco respira fundo. A última coisa que ele quer é se indispor com seu amigo, mas ele está muito próximo de lançar uma azaração em Blaise Zabini, então ele conjura dois copos e serve uma dose generosa para ambos torcendo que isso desvie a atenção dele – conte a verdade, Blaise, você não conseguiu nenhum programa melhor pra essa noite


Assim você me ofende – Blaise diz sorrindo, ele vê que o loiro o encara – tudo bem – Blaise diz, resignado – minha acompanhante teve um pequeno acidente com uma poção e acabou me deixando na mão, mas isso não significa que eu não goste de passar a noite conversando com um amigo


Tudo bem Blaise, não precisa se explicar – Draco fala com um suspiro, ele olha para a garrafa – eu realmente estava precisando disso, obrigado


Disponha – seu amigo diz enquanto se serve de mais uma dose – então vai ser como nos tempos da escola, apenas dois amigos enchendo a cara e falando de garotas – ele diz e vê que o semblante de Draco endurece – o que foi? – e antes que Draco responda, ele logo completa – pela sua cara é uma mulher, acertei?


Draco suspira. Ele sempre foi bom em esconder tudo que se passa na sua vida, mas não para Blaise Zabini, eles se conhecem bem demais e Draco sabe que seu amigo sabe o que se passa por sua cabeça sem precisar recorrer ao uso de legitimência – por acaso é uma garota – Zabini diz e sorri ao ver Draco suspirar – será que alguém finalmente fisgou o solteiro mais cobiçado do mundo bruxo?


Na verdade nem eu sei dizer – o loiro responde de modo evasivo – a minha vida anda uma bagunça total, a última coisa que eu preciso é de alguém


Pelo contrário, Draco – Blaise fala de um modo sério que não é seu costume – acho que o que você mais precisa é de alguém


Falou o maior solteirão da cidade – Draco rebate – o que é isso? O que é bom pra mim não é bom pra você?


O que é bom pra mim foi bom pra você até um tempo atrás – Blaise retruca de modo sério e Draco sabe exatamente a que tempo atrás seu amigo se refere – você mudou, Draco, desde a sua doença. Eu sei que você não gosta de falar sobre isso, mas é fato palpável


Ninguém passa pelo que eu passei sem mudar – Draco diz pensando numa forma de mudar de assunto. É difícil pra ele falar sobre isso – mas sim eu mudei, eu vi que a qualquer momento, trouxa ou bruxo, nós podemos deixar esse mundo e eu fiquei me perguntando o que foi que eu fiz com a minha vida, o que eu ainda posso fazer, será que eu consigo fazer algo com que eu possa me orgulhar?


Entendo – Blaise diz, pensativo – de uns tempos pra cá você quase não sai, não te vi com ninguém desde que você se curou e não estou falando de algo sério, eu estou falando mesmo das companhias ocasionais que sempre saiam na coluna da Skeeter. "O herdeiro das empresas Malfoy foi à festa do ministério acompanhado de uma famosa modelo" – ele diz imitando a voz de falsete da repórter


Digamos que eu tenho algo mais com o que me preocupar atualmente – o loiro respira fundo e encara o amigo – você seria capaz de guardar um segredo, um segredo realmente sério?


Blaise até pensa em fazer uma brincadeira, mas o semblante do seu amigo o desencoraja – nossa, cara, fiquei até preocupado agora, está tudo bem com você, não é? Sua doença não voltou


Não, Blaise, não voltou – Draco diz – eu tenho que fazer exames periódicos, é claro. Mas está tudo bem neste sentido. É uma história meio longa e possivelmente você vai ficar chocado


Se é uma história longa, eu vou primeiro ao banheiro – Blaise diz enquanto se levanta – eu não quero me arriscar a ter que levantar na melhor parte


Eu preparo outra dose enquanto isso, tenho certeza que você vai precisar – Draco responde enquanto seu amigo se retira


Pouco depois Blaise volta e ele não parece o homem despreocupado que saiu pela lareira momentos atrás, a sua fisionomia é de alguém que acabou de ver um espírito agourento – você pode, por favor, me explicar por que diabos o quarto que eu costumava usar quando dormia aqui está cheio de mobília de bebê? – seu amigo pergunta com uma expressão pra lá de chocada


Draco respira fundo, agora nem que ele não quisesse terá que se abrir com Blaise...




NOTA DA AUTORA


Finalmente postei! Desculpe (mais uma vez) a demora, eu falei para algumas pessoas que iria atualizar na semana passada, mas infelizmente não consegui. Espero que tenham gostado do capítulo, este foi um dos que eu mais gostei de escrever.


Obrigada a todo mundo que está lendo e principalmente aqueles que comentam, eu sei que ando enrolando demais mas se puderem deixar uma palavrinha eu agradeço


Bjos

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 9

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Ariely em 11/12/2014

Eu comecei a ler sua fanfic hoje e simplesmente não tinha como parar! É sério, muito boa! 
Teve partes que eu ri tanto, e foi natural sabe? Você não precisou forçar piada/graça para tornar a coisa agradável. Estou amando tanto! Triste saber que vou ter que esperar sabe-se-lá quanto tempo para ler a continuação, mas sinceramente estou mais que disposta a esperar! Isso aqui tá incrível hahahaha 
Imaginando o Blaise bugar o cérebro depois de ouvir essa história maluca que o Draco e a Mione se meteram hahahaha Ainda não entendi a raiva da Gina pela Pandora, tipo, ela é meio evasiva... Vdd, só que, coitada hein! hahahah Tô achando o máximo essa aproximação lenta da Hermione e o Draco, tão fofo! Eles estão construindo uma relação e nem ao menos percebem isso hahahaha 

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Ariane em 25/11/2014

Essa fic é simplesmente perfeita! Por favor, continue sempre que puder! Ela é maravilhosa, parabéns!

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Cacau Motta em 25/11/2014

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Cacau Motta em 25/11/2014

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Renata Di-Lua Lovegood em 12/11/2014

Voltei ao mundo das Fics. Estava com saudades daqui. Acho que estava uns 7 capítulos atrasada. Amei! Continua PLEASE.

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Pah F Potter em 09/11/2014

continua
 

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por silvia xavierdos santos em 02/11/2014

por favor não demoraaaaa

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Hellen Luisa em 02/11/2014

Eu tbm! Já não vejo a hora de vê-los juntos!
Não demore pra postar, por favor :) 

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Camila Krum Malfoy em 01/11/2014

Gente!! eu amo essa fic!!! 

Nota: 4

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.