FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

8. Voltando a ser O mesmo de Ante


Fic: Garota Malvada


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

...O perfeito não parece tão perfeito...Tentando encaixar um quadrado num circulo!
Não era mentira!Eu o desafio!





-Seu estúpido, tem alguém a plenas 2:00 da manhã andando pela Floresta Proibida!É tão simples como um beijo né?

-As coisas são simples...Nós que complicamos elas...-O louro disse num chiado.

-Escuta!-Cassandra pediu mais uma vez.

A única coisa que se ouvia era barulho das arvores da Floresta farfalhando, e como que se alguém estivesse andando por ela.

-Olha, to fora!-Draco disse subindo rapidamente as escadas do dormitório masculino.

-Cagão!-Cassandra ainda pode gritar, antes de subir e bater de leve a porta do dormitório feminino atrás de si.




O restante da noite passou tranqüilo!

Logo de manhã todos acordaram bem cedo, pois haveria várias aulas de começo.

Os passarinhos já começavam a trinar anunciando que já era manhã, e com certeza, hora de todos alunos da Hogwarts se fazerem presentes em todas aulas plausíveis que os aguardavam.

Um a um os alunos foram se levantando.
Alguns bocejavam altamente, outros já estavam indo para o Salão Principal para tomar café da manha, enquanto o restante ainda permanecia dormindo por mais alguns instantes que fossem.


-Gininha do meu coração, você me fazeria o pequeno e gentil favor de acordar?-Nicolly sussurrou ao pé do ouvido da amiga.

Gina sorriu de um canto dos lábios e se virou rapidamente para o lado da amiga, assim caindo da cama e batendo no chão.

-Nossa, que eficaz!-Nicolly falou gargalhando.

-Que saco!-Gina se levantou meio desengonçada.-Cai de bunda no chão!

-Pois é...-A morena respondeu sorrindo.

-Dá pra fazer o favor de parar de rir?

-Me dá só mais cinco minutinhos!

No tempo pedido, Nicolly riu o tanto que pode, enquanto Gina dava um jeito em seu cabelo.

-Parou?-A ruiva perguntou depois de demorados minutos.

-Desculpa...-A morena pediu meio sem graça.

-Okay, mas qual o motivo pra tanta felicidade hein sua morena infeliz?-Gina perguntou sorrindo desconfiadamente.

-Nada!

-Pensa que me engana né sua mentirosa?

-Tá, mas jura que não vai rir?

-Juro!-Gina fez um sinal de juramente e logo ficou atenta a cada palavra proferida pela morena.

-Tá, é que ontem eu beijei o...

-Fred?-Gina pulou em cima de Nicolly e começou a fazer cócegas.

-É...É...

-Ueba...Já beijou tarde viu...

A essa altura, Nicolly já estava se contorcendo na cama da ruiva, de tanto rir, e Gina não parava de fazer cócega, piorando o estado da amiga.

-Pára sua ruiva doida!

-Tá, mas me conta isso direito!

Gina parou de fazer cócegas na amiga para se sentar do lado desta, e esperar ansiosa por uma explicação.

-Okay...-Nicolly respirou profundamente na tentativa de levar ar aos pulmões.-Tipow, ele me beijou ai eu beijei ele!

-Não me diga!-Gina exclamou ironicamente.

-Zueira...Bem, foi quando o teste de Quadribol acabou, ai ele entrou...

Nicolly contou tudo nos mínimos detalhes para a amiga ruiva que por sinal era irmã do mencionado.

Cada palavra que Nicolly dizia, Gina arregalava mais ainda os olhos e deixava exclamar gritinhos de excitação.

-E foi isso!-Disse por fim.

-Caraca, que sem sentido...-Gina murmurou rindo baixinho.

-Sem sentido porque?

-Meu, que eu saiba você queria matar o Fred...

-Quem disse que eu ainda não quero?

-Pra dar esse BEIJÃO nele né sua mongol?

-Aff Gin, foi só um beijinho besta.

-Tem certeza?-A ruiva perguntou desconfiada.-Imagina como seria um beijo sério então...

-Er...-Nicolly ergueu uma sobrancelha.-Podemos mudar de assunto agora?

-Bem...-Gina a analisou de cima abaixo.-NÃO!

-Porque?Sua Ruim!

-Você gostou?-A ruiva perguntou ignorando a amiga.

-Isso é pergunta que se faça?

-Isso É pergunta que se faça!-Respondeu sorrindo de um canto dos lábios.-Mas e ai, gostou ou não gostou?

-Er...Num sei!-Resmungou arrancando um sorriso da amiga.

-Num inventa Nick, deixa de ser cagona e diz logo!

-Bem, eu sei que eu odeio ele, mas...-Sorriu encabulada.-Ao mesmo tempo eu gosto.

-Dá pra entender...É...Eu acho que dá!-Riu ironicamente.

-Vamos para nossa feliz aula de Feitiços?-Ironizou.

-Vou saltitando!

Disse por fim, enquanto saiam da sala, como que se as mais felizes da Hogwarts.

Gina porque Nicolly estava feliz, e Nicolly porque havia beijado a pessoa que...Gostava!




-
Mais uma noite em claro, revendo tudo que passei...Desilusões já se tornaram lei!Caminhos que se encontram num labirinto de emoções...Retratos do que me tornei!-Um certo moreno encostado na janela do dormitório masculino, cantava um pouco baixo, enquanto sem deixar que ele notasse, Rony e alguns garotos o fitavam.-Paro pra pensar quando é que isso vai acabar...Se vale a pena...Já não sei porque tinha que ser assim!Paro pra pensar, acabo pensando em parar!Queria perguntar a alguém se o tempo nunca volta atrás...Pois deixei meus melhores dias, tempos que não voltam mais!Difícil recomeçar assim, Difícil é crer que teve o fim...Pra mim sempre achei que fosse eterno...Distante talvez, mas não tão perto!

-HARRY!-Rony exclamou hiper surpreso.

-Ahn...Que é?-O moreno se sobressaltou.

-De onde saiu esse dom?-O ruivo perguntou de olhos arregalados.

-Dom?Que dom?Pirou Rony?

-Não, você canta bem!

Os outros concordaram com a cabeça.

-EU?-Harry naquele instante ruborizou.Merda!Como ele pode ter sido idiota de ficar cantando por todo lugar, e...

-Pirou?Eu sou pior que uma gralha desafinada seu doido!-Esganiçou-se.

-Que?Doido é você!Porque nunca me contou que cantava bem?

-Porque eu não canto bem!Dã!

-Não?Meu!Você é profissional no ramo!

-Cai fora Rony!-Harry deu de ombros, apanhou sua bolsa e saiu em passos largos do quarto.



Rony era realmente um completo idiota!Ele cantar bem?Hahaha, onde?

Aquele ruivo insolente aparecia com cada idiotice!Como ele podia cantar bem se sempre se achou o mais desafinado entre os desafinados?
Era cada coisa estúpida!


Entrou no Salão Principal e seu olhar já se encontrou com o de Patricia!

Agora se lembrava nitidamente do que lhe ocorrera no surto da noite anterior.

Havia voltado com a loira!Como fora burro...Merda!Como pudera ter voltado com ela?

A loura era simplesmente babaca e egocêntrica!

E...Se achava um imbecil por tal ato estupidamente estúpido e sem sentido!Como diria agora a todos que aceitou se assumir corno?Droga!

Agora era só ver no que ia dar!Só que se aquela olhos de violeta aprontasse apenas uma pequena coisinha de errada, ela estaria simplesmente ferrada!

Passou por ela sem nem ao menos dar um oi, indo logo se sentar ao lado de Hermione, que sorriu ao nota-lo entrando e sentando-se ao seu lado.

-Bom dia...-Murmurou rapidamente.

-Ótimo!-Uma ruiva resmungou sorrindo abertamente, enquanto os outros sorriam.

-Bom pra você!-Harry resmungou sem olha-la nos olhos.

-Esteja certo disso!-Suspirou e deu um ultimo gole no seu suco de maracujá.

-Deve ser o suco de maracujá!-Suspirou e deu um gole no seu, que por sinal também era de maracujá.

-Não Potter, é que o cara tem que ser muito chato pra me tirar do sério!-Riu baixinho.-Você ganharia o Oscar!

O moreno por sua vez também riu, fazendo um calafrio percorrer o corpo da ruivinha, que fez um grande esforço pra ignorar isso!

-Nossa que honra.

Hermione parecia surpresa por até agora nenhum dos dois ter retrucado em xingamentos.

-Vocês dois estão em perfeito estado?-A morena perguntou arregalando os olhos, enquanto Nicolly ria animadamente sem nem ao menos encarar o olhar do ruivo a um pouco de distancia de onde estava.

-Eu sim, agora o Potter eu não sei!-Gina respondeu sorrindo e se levantando.

-Voltei com a Patricia!-Ele exclamou ignorando o comentário de Gina.

-QUE?-Hermione e Nicolly gritaram ao mesmo tempo.

-O que?Você voltou com aquela loura oxigenada?-Gritou.Como aquele estúpido fora burro e corno manso.

Estava como que petrificada!Aquele almôndega tinha problema?Ele era louco, tinha distúrbio mental, nascera com um parafuso a menos?
Ele fora o ser mais burro e estúpido da face da terra!

-Voltei sim!Porque estão tão surpresos?-Sorriu de um canto dos lábios respirando profundamente.

-Seu corno manso!-Gina protestou!-Ela já estava mais vermelha que as próprias madeixas de cabelo.

-Hei, nem vem com ofensas...

-Você foi corno mesmo...Só faltou as galhas!-Nicolly se manifestou se levantando também.

-Olha aqui Nicolly, ninguém pediu sua opinião...-Harry protestou, cerrando os olhos para a morena.

-Ela não precisa pedir, ela é minha amiga e entra na conversa quando bem entender!-Gina gritou enfurecida sabe-se lá porque.

Podia ser pelo fato de achar Harry idiota, burro, o ser mais sem cérebro que já vira em toda sua vidinha.

-Weasley, a vida é minha. Eu faço dela o que eu bem entender.-Disse calmamente enquanto apanhava sua bolsa e ficava frente a frente com a ruiva.Patricia olhava tentando descobrir o que eles estavam conversando...!Ou melhor dizendo; Discutindo!

-Beleza, então espero do fundo do meu coração que você foda com a sua estúpida vida!-Sussurrou como que se fosse uma cobra pronta para dar o bote.

-Pode deixar, que minha vida vai se ferrar, mas pelo menos eu tenho alguém pra beijar, enquanto você, nem um sapo têm coragem de beijar...!

-O que você me diz sobre...-Parou e olhou para a mesa da Sonserina para constatar que um loiro estava acenado para que ela fosse lhe falar.

Harry sabia o que iria vir agora!Sabia que Gina iria lá falar com Malfoy, com um de seus piores sorrisos sarcásticos e vitoriosos!Era sempre isso que ela fazia...!Na verdade, era só isso que ela fazia quando dizia a seu respeito!Só sabia sorrir sarcasticamente e lhe lançar olhares aterrorizantes, que na verdade o divertiam.

-Um ótimo dia pra você Potter!-Disse sem mais nem menos, saindo de lá sem sorrir ou fazer algo parecido, apenas como que se fossem os melhores amigos que se pudesse ver, e como que se Harry não tivesse acabado de a ofender.

Isso realmente o surpreendera pra valer!Esperaria qualquer coisa da Weasley, menos isso!

Ela fora fria!Algo que repugnava em qualquer pessoa!Odiava frieza e ignoração!

E isso, o deixou sem ação, ou melhor, fez ele perder pra ela mais uma vez.




-Bom dia Draco!-Sorriu e beijou o loiro no rosto quando já estavam em uma sala vazia no segundo corredor.

-Agora está legal!-Ele sorriu de um canto dos lábios!Marca de um Malfoy.

-Fico feliz!-Sorriu.

-Eu também.-Retribuiu o sorriso.-Mas voltando ao assunto principal para eu ter te chamado aqui...

-Sim!

-Você vai comigo a Hogsmead domingo né?

-Podes crer...-Gina riu baixinho e abaixou a cabeça.-Com certeza!

-Acho ótimo!Iremos nos divertir!-Abaixou a cabeça e desfez o sorriso, como que se estivesse preocupado com algo.

-Está tudo bem?

-Que?Bem?Como assim?-O loiro perguntou com duvida no olhar.

-Seu olhar...Me parece preocupado!

-Você acha?É impressão sua!-Forçou mais um sorriso e fechou os olhos, tentando esquecer de tudo, apenas sentindo o cheiro bom de rosas que emanava do corpo da ruivinha parada a sua frente.

-Vamos, tudo bem, se não quiser me contar eu entendo, mas não minta pra mim!-Sorriu e o abraçou.

-Valeu!-Suspirou.

-Que isso...Eu...Bem...Er...Gosto de você!

-Gosta?

-Er...Eu te achava a pessoa mais mesquinha e arrogante do mudo, mas agora vi que isso tudo é o Potter!

-Nós demoramos pra enxergar a realidade né?-Ironizou.

-Não me faça rir Malfoy!

-Beleza!-Ele resmungou se soltando do abraço.

-Tenho aula de feitiços, eu tenho que ir!-Suspirou e deu de ombros.

-Tá okay!-Sorriu e foi até ela olhando profundamente nos olhos azuis clarinho da ruiva.-Mas posso te pedir uma coisinha?

-Pode!

-Canta um pedacinho de alguma musica sua?Acho que preciso ouvir essa sua linda voz!

-Canto sim!

A ruiva fechou os olhos por alguns minutos, pensando em alguma musica pra cantar.

-Any moment, everything can change!Feel the wind on your shoulder!For a minute, all the world can wait.Let go of your yesterday!Can you hear it calling?Can you feel it in your soul?Can you trust this longing!And take control? Any moment, everything can change!Feel the wind on your shoulder...For a minute, all the world can wait.Let go of your yesterday...Can you hear it calling?Can you feel it in your soul?Can you trust this longing!And take control?
Fly!Open up the part of you that wants to hide away!You can shine...Forget about the reasons why you can deny.And start to try.Cause it's your time...Time to fly!
And when you're down and feeling low.Just wanna run away;Trust yourself and don't give up!You know you're better than anyone else.Any moment, everything can change
Feel the wind on your shoulder.For a minute, all the world can wait!Let go of yesterday!
.

Sorriu e abriu os olhos, para ver um Draco de olhos arregalados e um tanto pálido.

-Que foi?-Sussurrou ao ver que ele não piscava.

-Você é de mais!-O louro foi até ela e depositou um beijo ardente em seus lábios, realmente de tirar o fôlego.

-Calma Baby!-Riu baixinho e se separou dele.

-Hei, belíssima voz!-Draco disse antes que Gina pudesse sair porta afora.

TRADUÇÃO DA MUSICA:

Em um momento, tudo pode mudar!Sinta o vento em seu ombro!Por um minuto, todo o mundo pode esperar...Deixado você ontem!
Você pode ouvi-lo chamar.Você pode senti-lo em sua alma!Você pode confiar neste desejo!E perder o controle...Voe, abra uma parte de você!Isso quer esconder longe!Você pode brilhar...Esqueça as razões de não poder viver, E comece a tentar!Por que é a sua vez, vez de voar!Todas suas preocupações, deixada em algum lugar.Encontre um sonho que você pode seguir!Alcance algo, quando não houver nada à esquerda, E a depressão dos sentimentos do mundo!Você pode ouvi-lo chamar.Você pode senti-lo em sua alma...Você pode confiar neste desejo!E perder o controle!Voe, abra uma parte de você.Isso quer esconder longe...Você pode brilhar!Esqueça as razões de não poder viver
E comece a tentar!Por que é a sua vez, vez de voar!E quando cair e se sentir sozinho...Queira apenas afastar-se...Confie em você mesmo e não desista, Você sabe seu melhor do que qualquer um!Em um momento, tudo pode mudar
Sinta o vento em seu ombro!Por um minuto, todo o mundo pode esperar
Deixado você ontem!





As aulas se passaram super rápidas naquele dia.Logo já era noite, e todos estavam em seus respectivos Salões Comunais, tranqüilos, apenas esperando que o jantar fosse servido para logo irem descansar.

A noite estava silenciosa, não havia um só estudante andando pelos campos gramados próximos ao lago da lula gigante, ao não ser uma ruiva, que jogava pedras por todo lugar que passava, até se sentar em uma pedra gigante em frente ao lago, observando o movimento da água e ouvindo o vento soprar.

A lua já brilhava intensamente, junto com as estrelas, mostrando sua beleza e brilho!

Como era bom aquela calma que se estabelecia naquele local...O friozinho começava a mostrar presença na noite.

Começou a jogar pequenas pedrinhas no lago, enquanto seus pensamentos vagavam em algum lugar estranho, guardado em uma porta bem trancada em seu coração, uma porta que não podia ser aberta, não naquele momento.

O vento começava a soprar mais forte, fazendo os cabelos vermelhos de Gina não pararem quietos!Mesmo num costumeiro rabo-de-cavalo, eles permaneciam se bagunçando conforme o movimento brusco do vento.

Sorriu e olhou a lua enquanto segurava um pingente do mesmo formato, que ganhara de sua mãe, que disse que um dia chegaria alguém que lhe daria o outro pedaço da lua, assim podendo deixa-la completa!

Uma bobagem!Sua mãe vivia comprando essas besteiras que envolviam algo amoroso!Sua velha mãe acreditava em tudo!

Mas, sempre foi apegada à aquela lua!Era como um imã!Ás vezes chegava até a pensar que aquilo tinha era magia negra!Mas não, quando estava muito feliz, sentia a lua brilhar intensamente enquanto se aquecia, mas quando estava triste, a lua parecia ficar meio escura e gélida!


Era algo idiota, esquisito, mas que a deixava feliz!

-Oi!-Ouviu alguém se anunciando enquanto se postava do seu lado.

-Fred...O que anda fazendo por aqui?

-Roubou minha fala...-O ruivo resmungou.

Riu meio sem vontade!Estava afim de ficar sozinha, e ficar ouvindo as besteiras de Fred, as vezes ficava chato!

Sempre quisera que seus irmãos fossem bem cabeça...Que eles soubessem levar algo a sério, mas começou a perceber que isso era impossível, pois um era totalmente diferente do outro, ambos nunca conseguiriam levar algo realmente a sério!Pelo menos era isso que achava até então...

-Eu vim aqui pra pensar na vida...-Gina murmurou um tanto baixo de mais, fazendo Fred ter que se esforçar para ouvir suas ultimas palavras.

-Algo de errado Gininha?-Fred perguntou preocupado.

Gina soube que ele soou preocupado, mas ficou meio chateada pelo Gininha!Nunca gostou realmente desse apelido infantil!Mas...Eles eram seus irmãos, gostava de sentir que eles ainda se preocupavam e pensavam em defende-la!Na verdade, sabia que os Amava!

-Nada de errado maninho!Besteira...-Suspirou e sorriu.

-Que bom!

-Fred...-Gina assentiu.-Posso fazer uma pergunta?

-Claro que pode...-O irmão ruivo sorriu com carinho.

-Bem, você está afim de alguma garota?-Fechou os olhos e crispou os lábios esperando um ruído e guinchado de raiva.

Fred sempre ficava mal humorado ou levava na brincadeira quando o assunto era amor!Ele sempre achava que era idiotice ficar abrindo o coração de uma forma tão extravagante!Sempre achou que sua vida amorosa era só sua e de mais ninguém!Uma bobagem!


Será que aquela morena havia contado algo para Gina?Era meio obvio de mais, sua inocente irmã chegar e perguntar isso um dia depois dele ter beijado Nicolly!Mas é claro que Gina já estava sabendo, e com certeza não seria trouxa ao ponto de dizer que estava gostando da melhor amiga de sua irmã!Mas...Estava?

-Gininha, eu...Er...Não!-Conseguiu dizer por fim.

-Não?-A ruivinha arregalou os olhos em decepção.

-Não!Porque tanta curiosidade?-Perguntou friamente.

-Bem, eu sou sua irmãzinha...-Sorriu e deu de ombros.-Acho que eu deveria saber um pouco mais sobre você.

-Espertinha viu...-Riu gostosamente e apertou uma bochecha da irmã, que corou levemente.

-Para com isso Fredzinho...-Ironizou.

-Quem disse que você pode me chamar assim?-Sorriu de um canto dos lábios.

-E que disse que pode me chamar de Gininha?-Sorriu da mesma maneira que o irmão.

-Er...Bem, você é novinha...

-Ah, faça-me rir Fred!-Riu altamente com o comentário estúpido do irmão.

-Agora Gina, posso te fazer uma pergunta também?

-Avontade maninho...Sorriu e cruzou os braços em frente ao peito.

O irmão sorriu de uma maneira maliciosa e estonteante.




Cassandra Thrnbury estava fazendo uma redação sobre benzoar para o Professor de poções, quando virou uma pagina, sorriu ao constatar que o livro dava todas as respostas que precisava!Acabara de marcar mais um ponto para sua ‘campanha’ de apoio a liberdade de expressão e cola de livros...

Mas a alegria durou pouco.Em questão de segundos sua mente a bloqueou!Sabia que fazer isso era errado e que nunca aprenderia alguma coisa se continuasse na base da cola!Tinha de parar com isso!Jogou o livro paro o lado e pegou outro...!Como era triste ter consciência as vezes!

Mas, por quê afinal, ela estava se preocupando com o que era ou não era censurado?Se o errado deveria ou não existir...?Desde quando esses assuntos diziam respeito a uma pobre aluna que tinha de fazer 35 centímetros de uma maldita redação sobre o benzoar?

Bem, conhecia algumas pessoas que apoiavam o censo de consciência do erro!De nome, é claro, porque só haviam algumas que ligavam para essas bobagens.Si própria e Douglas Amberson, ambos com o mesmo ponto de vista!

Douglas Amberson era um de seus melhores amigo em Hogwarts!Um dos que a ouviam quando precisava, e tinha a incrível e desejável paciência de um psicólogo...Uma das usuarias trouxas.

Na sua opinião, grande parte dos professores, por infelicidade, julgavam-se no direito de saber o que era melhor para os alunos, e tomavam para eles a tarefa de escolher o tipo de leitura ou redação que eles deveriam dedicar!Bobagem, cada um poderia muito bem saber o que era melhor ou pior para si próprio...!Bem...Será mesmo?Ah, será que isso importava naquele momento?
Como seu ‘querido’ Professor Snape que era o culpado por estar perdendo tempo com aquela baboseira de redação!Que coisa podre!

Se fosse sincera consigo mesma, Cassandra admitiria que estava em uma situação difícil.Não achava certo as pessoas serem proibidas de fazer o que bem entendesse...Ou até mesmo, deixar de fazer!

Antes de expulsar as imagens daquele livro cheio de respostas para lhe dar, contudo, Cassandra deu uma ultima olhada na capa do livro e o abriu mais uma vez, dando uma rápida lidinha para logo fecha-lo e jogar longe!

Olhou a sua volta...Como eram ridículas as Patricinhas da Sonserina!Achavam-se poderosas e que podiam tudo!Não só as da Sonserina, mas sim as de toda Hogwarts!O único problema era que as Patys da casa Sonserina era meias que possessivas pelo poder!Umas completas babacas!

Em um gesto inconsciente, Cassandra olhou para o próprio corpo coberto pelo uniforme de saia de pregas até o joelho, e camisa com dois botões desabotoados.

Em seguida comparou seu corte de cabelo com os estilos usados pelas Patys ali presentes, que não paravam de se olhar em espelhinhos!
Com seus cabelos multicolor presos em um coque na nuca, nada tinha de muito atraente!Até mesmo seus olhos eram tristes de mais...Como um mar obscuro e em tempestade!

Não se considerava feia, mas também não era linda ou até mesmo bonita como Nicolly!Era simples...Isso sim!E que gostasse quem quisesse, iria continuar sendo assim!Dessa maneira!

Derrepente um loiro meio pálido entrou pelo retrato do Sr corcunda e se sentou em uma poltrona não tão longe de onde Cassandra estava!

Ele nem ao menos havia notado a presença de pessoas no aposento!Estava estático!Algumas patys sorriam alegremente ao vê-lo ter chegado!Eram realmente umas oferecidas!

Ficou o fitando por um bom tempo, até que o encanto que o prendia ao submisso parecia ter desaparecido!

Como que se adivinhando o olhar mortificante, ele se voltou.

Havia uma expressão em seus olhos que ela nunca havia visto antes.Um olhar de duvida, de incertezas, como se repentinamente ele houvesse perdido toda a autoconfiança.

Quase que instantaneamente, aquela expressão desapareceu, substituída pelo ar de segurança habitual.Observou-a da cabeça aos pés.

-Puxa!-Sorriu ironicamente.-Está ficando responsável!Fazendo lição...

-Pois é...Acontece!-Sussurrou meio sem vontade.

-Por milagre de alguma alma, se salvando!-Riu baixinho.

-Está tentando parecer engraçado?-Cassandra perguntou fazendo uma careta.

-Não!E...Se eu estivesse, você estaria se contorcendo de tanto rir!-Falou com nada de modéstia.

-Adoro essa sua surpreendente modéstia!-Ironizou sorrindo abertamente.

-Que bom...É apenas mais uma que adora minhas belíssimas qualidades...

-Olha, eu vou fingir que não te ouvi, você não está aqui, e melhor, não tá me enchendo o saco!

-É meio impossível!-Riu baixinho.-Me ignorar é para profissional!

-Você realmente se acha não é Malfoy?-Sorriu.-Convencido!

-Não sou convencido, mas sim, Perfeito e Realista!

-Quer me deixar fazer a porcaria da lição em paz?Pediu se estressando com o loiro oxigenado e arrogante á sua frente.

-Nossa...-Gargalhou chamando atenção de algumas garotas que sorriram.-Vejo que está terminando!Já fez duas progressistas linhas!

-Quer fazer pra mim já que é profissional no ramo?-Perguntou com arrogância.

-É sobre o benzoar né?

-É...É...É!

-Beleza burrinha!-Riu e se sentou em uma cadeira ao lado da sua.




-Faz logo essa pergunta Fred!-Gina pediu empurrando o óculos de encontro ao rosto e dando um tapinha de leve no ombro do irmão ruivo.

-Tá!-Sorriu com cara de piedade.-Porque diabos você aceitou ir pro baile com o galinha do Harry?Pensei que você o odiava!

Essa era uma das ultimas perguntas que imaginaria Fred fazendo!O que ele estaria achando?E bem...O que achava disso?

Não pode evitar, pensamentos.Sua mente errante visualizou os dedos de Harry segurando sua cintura com firmeza...Por um louco minuto, imaginou-se dançando lentamente com ele!Pode até sentir o cheiro bom e suave dele!Os cabelos dele voando com o vento...Se espalhando pela bela fronte...Fazendo-o parecer mais arrojado que o normal!A medida que a luz e a sombra dançassem pelas linhas angulosas de seu rosto!

Corando ela afastou essa imagem completamente improvável.De novo, Patricia e Harry juntos, rindo com as recordações de suas melhores noites na sala precisa, veio a tona em sua mente furtiva!
Harry sorriria docemente para a loira, assim podendo usar as mãos longas para acariciar a namorada!

Pare com isso!

Repreendeu-se furiosamente.Já estava fugindo da pergunta de Fred!Como era idiota!Odiava Harry, e nunca desejaria sequer que ele a tocasse!Afinal, convenhamos, ele era estúpido de mais!

-Vai Gin...Responde logo, tô esperando!-Fred pressionou.

-Porque ele insistiu de mais!-Disse sem pensar no que realmente estava respondendo.

-Que?O desculpa mais esfarrapada Gininha!-Protestou rindo.

-Tá bom, é que eu preciso provar pra ele e pra mim própria, que sou superior a ele e a tudo que o envolva!-Respondeu bufando.

-Nossa, que garota malvada!-Insinuou rindo da irmã!-Você o odeia?

-Ódio é uma coisa muito relativa...Idiotice odiar alguém!Eu simplesmente não o suporto!-Vociferou.

-Nossa que diferença!-Ironizou sorrindo.

-Pois é...Há muita diferença seu desnaturado!

-Tá, mais uma perguntinha...

-Que interrogatório!-Protestou cerrando os olhos.

-Calma!-Olhou bem nos olhos azuis clarinhos da irmã e sorriu docemente, fazendo esta retribuir.-Eu só quero saber se você mudaria por alguém!

Gina assentiu por um instante, enquanto observava Fred se levantar de onde estivera sentado.

-Olha, eu gosto de quem sou...E, que goste de mim quem quiser!Não posso obrigar alguém a me achar legal ou o que for...-Abaixou o olhar até o chão.-Não sei se mudaria...Ainda não sei!

-Entendo!-Fred babucilhou antes de estender uma mão para que a ruivinha se levantasse.

-Não entende, não realmente!-Sorriu e começou a andar pelos jardins rumo ao Salão Principal para o jantar.




-Nossa, onde você estava Gina?Quase morri de tanto correr pelo castelo te procurando!—Nicolly perguntou eufórica, fingindo não notar a presença de Fred a fitando.

-Eu tava lá fora conversando com o meu irmão predileto!-Afirmou fazendo Rony e Jorge olharem de esguelha com mau humor.

-Sua falseta...-Jorge xingou arrogantemente.

Rony apenas fez que concordava com gesto da cabeça.

-Calma irmãozinhos do meu coração, tem Gininha para todos!

Todos sorriram.

Só nesse instante que percebeu que Harry não estava na mesa, e sim sentado na mesa da Corvinal, como sempre fizera ao namorar Patricia, que sorria radiante!Ele simplesmente voltara a ser o mesmo de antes...Voltara a ser o que era e sempre fora!

Porque sentia aquele nó na garganta como que se estivesse á anos sem chorar e precisava desabafar agora...Porque?Ainda não sabia!
Só tinha certeza de uma coisa!Nunca cederia tão facilmente, e simplesmente se mostraria indiferente, porque nem ao menos sabia o motivo para sua angustia, raiva e ódio!

-Senta aqui ruiva!-Nicolly ofereceu lugar ao seu lado, para que Fred não se sentasse antes.

-Valeu...-Murmurou desviando seu olhar dos dois pombinhos infelizes e felizes!

Jantaram tranqüilamente!

Rony não parava de se beijar com Mione!Fred não desgrudava os olhos de Nicolly por um minuto, e a amiga olhava quando ele não estava olhando!Eram os dois um bando de babacas que não se tocavam de que se gostavam!Daqui a pouco seria tarde e não poderiam ficar juntos!

Nicolly tinha que entender que Fred pelo menos não era um garoto superficial e sem escrúpulos!E Fred tinha que ver que Nicolly era diferente e reservada, mas mesmo assim, uma ótima garota!

Porque será que aqueles idiotas não se tocavam e ficavam juntos logo?

Não iria optar, uma hora eles se tocariam!

Mas o que iria fazer de sua vida?Parecia que todo o sol havia se encoberto por nuvens negras, acabando com sua felicidade...Fazendo com que tudo parecesse irreversível!

Queria sumir, sair de lá para não ter que ver Harry aos amassos com Patricia, sem nem menos olhar para a Mesa da Grifinória.

-Boa Noite pessoal!-Gina se levantou da mesa e se retirou antes mesmo de ouvir o ‘Boa Noite’ dos outros.


-O que deu nela?-Rony perguntou sem entender nada.

Nicolly olhou pra trás e sorriu.

-Nem queira saber!

-Porque?-Fred e Jorge perguntaram em coro.

Pela primeira vez olhou para Fred, mas em segundos abaixou a cabeça.

-Não é nada sério, ela só deve estar cansada!As aulas foram puxadas hoje!

-Entendo...-Hermione sorriu meio que captando a mensagem e piscou para Nicolly.

-Entende?-A morena perguntou abismada.

-Tenha certeza que sim!-E meio que discretamente para que ninguém percebesse, ela fez um raio no ar.

Nicolly arregalou os olhos e abaixou a cabeça um tanto surpresa.Nunca imaginou que Hermione fosse tão esperta a esse ponto.




Que Droga de garota essa loura pensava que era?Será que ela se achava uma deusa grega loira e linda?

Tá, ela era linda, mas não perfeita!E essa personalidade dela era insuportável!

-Me dá mais um beijinho Harry...-Patricia pediu aproximando seus lábios finos aos carnudos e vermelhos de Harry.

-Chega Patricia, eu cansei...Dá um tempo!-Sorriu e ignorou-a.

-Nossa, é só um beijinho!-Pediu ansiosa.

-Não, eu já te dei milhões...-Bufou e voltou a dar um gole no seu suco de abóbora.

-Só mais umzinho!-Riu de uma forma aguda e irritante.

-NÃO!-Se levantou bruscamente da mesa, fazendo algumas pessoas o fitarem.-QUAL A PARTE DO ‘NÃO’ VOCÊ AINDA NUM ENTENDEU?-Perguntou bruscamente.

-Harry eu...-Se levantou também, um pouco atrapalhada.

-Sabia que você me sufoca?Melhor...Sufoca qualquer um!-Riu gostosamente fazendo algumas garotas suspirarem.-Boa noite loira doida!-Sorriu e deu um beijinho na testa dela, fazendo-a ficar vermelha, roxa, amarela, tudo quanto é cor de tão grande que era sua raiva.




Manhã.

Era manhã de quinta-feira e Gina atravessava os jardins refletindo que há muito não fazia um dia tão lindo como aquele.

As primaveras estavam floridas, violetas desabrochavam à sombra das arvores.Uma profusão de pássaros enchia o ar com seus trinados.
Sempre gostara de passear logo de manhã cedo em volta do lago da lula gigante e o castelo de Hogwarts.

Sempre saia a esse horário de manhã para sentir o ar fresco!Principalmente quando estava nervosa ou triste com algo!Até mesmo feliz de mais!

Isso para Gina era mais importante que qualquer outra coisa.Seu pai sempre insistira para que andasse junto de alguém!Que arranjasse companhia...Pois...Sempre era bom ter alguém para conversar!Bastava cruzar alguns campos para se aproximar do lago e do gramado verdinho para se sentir livre!E um acompanhante, dependendo de quem, estragaria a sensação prazerosa de ser livre.

No rosto delicado, mas mal cuidado de Gina, os olhos predominavam e eram azuis clarinhos como ondas de um mar límpido e luminoso, como se uma luz dourada os banhasse.

Sentou-se na mesma pedra da noite anterior e ficou observando a lula gigante nadar tediosamente pelo lago, fazendo pequenas ondinhas.

Tinha de parar com essa depressão sem sentido...!E faria isso agora!




Harry tivera uma noite difícil.Despertou de repente, ao som do desagradável alarme do relógio, e sentou-se na cama, depois de desligá-lo!
Tentou arranjar mil desculpas para a noite mal dormida, mas teve que acabar admitindo que uma certa ruiva chamada Gina Weasley era a causa de sua inquietação.

Enquanto tomava um banho quase frio, disse a si mesmo que precisava parar de ficar pensando em Gina como uma mulher desejável.Afinal, ela era estranha e arrogante!

Depois do banho vestiu o uniforme já que teria aula dali minutos.Se fosse a anos atrás, Gina imploraria por um beijo seu...! –Pensou enquanto descia para tomar o desjejum.

**

Quando entrou no Salão Comunal, viu que apenas uns dez alunos se encontravam tomando café da manhã, afinal, ainda eram 7:30 da manhã.

Encontrou Gina sozinha sentada com o rosto nas mãos e com o cotovelo na mesa, de cabeça baixa, com o olhar fixo no nada.

Os cabelos ruivos se encontravam presos em um rabo-de-cavalo, deixando-a com uma aparência excessivamente jovial entediante e sem graça.

-Bom dia Potter...-Ela o cumprimentou com um sorriso falso.

-Bom dia!Onde está Patricia?-Perguntou para disfarçar a pulsação acelerada que se apossou de seu corpo.

-Sei lá, procura dentro do meu suco, quem sabe você não encontra ela boiando!-Sorriu indiferente e abaixou o olhar.

-Foi só uma inocente pergunta!-Proferiu sentando-se lentamente ao lado da ruiva, que emanava o cheiro acalmante e de rosas.

-Como se eu fosse amiga dessa Patricinha sem graça!

-Nem imagino isso viu!-Ironizou.

-Pois é...-Riu baixinho.-Mas o que te deu pra levantar tão cedo?-O olhou nos olhos verdes esmeralda.-Pulga na cama baby?

-Não...-Dessa vez fora sua vez de abaixar a cabeça; Nunca diria para aquela ruiva que o motivo de acordar cedo era ela.-Só não estava mais com sono.

-Quer saber Potter?-Gina sorriu e deu um gole no suco.

-O que?

-Você é idiota...

-Porque será que eu sabia que iria me dizer isso?

-Porque você concorda comigo!-Prontificou-se a dizer e gargalhar altamente.

Ficou observando ela sorrindo e gargalhando enquanto o óculos decaia um pouco dos olhos, assim dando destaque aos olhos que pareciam mais azuis!
Ela era delicada!Mas...CHEGA!

Repreendeu-se pela milésima vez estar pensando nisso.

-Você acha isso?-Sorriu malicioso.

-Acho!

-Então é!-Respondeu simplesmente sem dar muita atenção.

-Como é que é?-Sorriu e arregalou os olhos.

-Olha, eu não me acho, mas se você acha...Pelo menos a opinião da Paty é outra!-Sorriu de orelha a orelha erguendo uma sobrancelha.-Acho que é ela minha namorada, e sim a opinião dela que importa!

-Você acha isso?-Perguntou da mesma forma que Harry havia feito.

-ACHO!

-Então é...-Sorriu e calou-se, fitando o nada novamente.

Como ele era atraente...Mesmo dizendo tudo aquilo, não podia deixar de sentir aquele cheiro sedutor dele, junto com os lábios carnudos e vermelhinhos...Um convite para serem beijados.

Os olhos perdidos no nada como que procurando alguma resposta inexistente!Ele era simplesmente perfeito na sua humilde opinião!Mas...Muito podre na personalidade!Pelo menos consigo!

Ele tinha um jeito de querer comandar, que atraia qualquer mulher!

Qualquer garota sonharia em tocar naquele tórax másculo e definido, passar as mãos naquela mandíbula perfeitamente esculpida!Tocar seus lábios nos dele que viviam entreabertos por mania!Ele era lindo...Bem mais que isso!

Chega!

Repreendeu-se pela...Sabe-se lá quantas milhões de vezes.


Como ela era delicada!Esquisita, mas delicada e lindinha!
Tinha um jeitinho tão meigo e atraente!

Ela parecia um anjo...Quando estava com a boca fechada!

Alias...Que boca viu...Linda boquinha...Vermelhinha e com um pequeno brilho!Isso quando não estava ressecada é claro!

Quer saber...Tinha de admitir que não a odiava, mas sim a achava meio chata e insuportável ás vezes!Coisa tolerável!Nem ligava!Mas ás vezes ela pegava pesado...

Só que havia um problema!Ela o odiava, e nunca o veria como um garoto legal, mas sim como o Potter com um ‘x’ de morte na testa!

-Se acha esperta não é Weasley?-Perguntou sorrindo sem graça.

-Não!-Deu um ultimo gole no seu suco.-Eu sou!

CONTINUA...




Next Chapter (Próximo Capitulo) :

*-Perdi o apetite!-Gina se levantou lentamente da mesa olhando venenosamente para Patricia e Harry.-Certas coisas me enojam!

* Podia-se dizer que era mais um dos nards estudiosos da Corvinal, mas ao contrario, Douglas era normal, só sabia lhe dar de mais com os problemas das pessoas!

*-Esperando enquanto sua mamadeira não fica pronta.-Gargalhou enquanto via Nicolly ficar vermelha.

*Abaixou a cabeça para não ter que ficar vendo aqueles dois se beijarem!Alias, nem abaixou a cabeça, pois foi puxado por Patricia, que nunca cansava de beija-lo!


N/A: E ai...Mais um capitulo prontinho...Muita aproximação entre esses dois né?Mas não fiquem tão felizes...Hehehe!Vou parando nas ceninhas favorecendo eles!Hahaha!
Bem, espero que comentem dizendo o que acharam desse humilde capitulo feito com tanto carinho e amor.

Miaka: Oi Miaka, tudo bem?Estou hiper feliz te ter você lendo minha fic!(Sorrindo feliz), bem, o sobre o Malfoy e a Cassandra...O que acha deles dois?Acha que a Gina vai ficar com o Draco ou com o Harry?Bem, o que achou desse capitulo?espero que tenha gostado!E valeu por ter recomendado a fic!

Jhulhana Black: Oi Valeu mesmo por ter lido...Bjks e espero qeu curta este capitulo...Xau!


Ginny Potter: Oiii, adorei ver seu comentários!Estou super feliz de ter você lendo a fic!O que achou desse capitulo?Super fofo né?

Mas sinto informar que o Harry e a Gina não terão mais tanta aproximação assim não!

Bem, sobre o Harry ter voltado com a Patricia...Eu realmente odiei escrever isso...Mas faz parte em uma relação...Hehehe!

Deixe mais comentários okay?E se puder, please, tente recomendar a fic okay?Bjkas!

Kissesss!

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.