FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

16. Revelações


Fic: Trio de Ouro e a Nova Profecia


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

O dia se mantinha muito frio em Hogwarts, podia-se ver em todos os cantos os alunos mais novos brincado com infantis guerras de neve, e em um canto mais afastado, abaixo da grande arvore que ficava a beira do lago, estavam Harry, Ron e Hermione, sentados sobre um grosso lençol que cobria a neve, os três estavam fazendo um piquenique com comidas que pegaram da cozinha da escola.


-Isso é muito estranho. – Ron comentou com a boca cheia por um pedaço grande de bolo de abóbora.


-O que é estranho? Você falando com a boca cheia, também acho. – Hermione retrucou o lançando um olhar de repulsa.


-Não, Mione, não é isso. – O ruivo respondeu após engolir o que estava mastigando. – É estranho estarmos fazendo um piquenique na neve, comumente fazem isso quando está com sol.


-Bem nós nunca fomos normais mesmos. – Harry falou divertido fazendo Ron sorrir.


-Hei, Eu sempre fui normal. – Hermione retrucou se fingindo de ofendida.


-É claro é muito normal preparar um poção polissuco com 12 anos. Assaltar Gringotes e sair de lá montada em um dragão. Usar um vira-tempo para assistir todas as aulas oferecidas no 3° ano. Entre outras coisas. -  Ron falou sorrindo da cara da amiga.


-Bem talvez eu seja um pouquinho fora do normal. Tá bem a quem eu quero enganar, eu não sou nada normal. –Ela admitiu também sorrindo junto com Harry e Ron.


Os três continuaram rindo e lembrando das aventuras passadas, de todos os perigos que passaram e comentando sobre essa possível paz que agora reinava sobre Hogwarts.


-Mione você já descobriu algo sobre a carta? – Quis saber Harry algum tempo depois.


-Ainda não. – A garota respondeu enrolando um dos lindos cachos de seu cabelo. - Mas estou pensando em leva-la para a professora Minerva, pois também ainda tenho que conversar com ela sobre ela ter me tirado do cargo de monitora sem ao menos me avisar.


-Esquece isso Mione. – Ron falou. – Sua vida está muito mais fácil sem ter que ficar fazendo aquelas rondas até tarde e sem ter que ficar correndo atrás dos alunos que estão fazendo coisas erradas.


-Eu gosto de fazer isso Ronald. – Hermione se defendeu, e o amigo deu de ombros.


-Ron, eu e a Mione temos algo para te contar. – Harry falou após tomar coragem, havia chegado a hora de revelar ao amigo sobre o namoro, mas Harry estava com muito medo e seu olhar deixava isso transparecer.


-Pois então digam. O que foi vocês estão namorando? – Ron perguntou rindo irônico


-É, pois é bem isso mesmo. – Hermione respondeu envergonhada e corando fazendo Ron engasgar com o suco de abobora que tomava.


-Ai Merlin, Ron você está bem? – Hermione gritou


*


Minerva acabara de sair correndo de sua sala para tentar controlar o fantasma Pirraça que estava aterrorizando alguns primeiristas que ainda não tinham costume com as peraltices do endiabrado fantasma. Jean teve então a oportunidade perfeita para invadir a diretoria e procurar pelo suposto livro de feitiços de Dumbledore.


Trajando uma capa preta e uma máscara prata, o homem adentrou a sala após usar em si mesmo um feitiço de desilusão. Assim que entrou agradeço mentalmente por estar disfarçado, pois o feitiço de desilusão parou de funcionar.


-Deve ter algum contra feitiço nessa sala. – Jean murmurou para si mesmo e logo em seguida se deu conta que todos os quadros, dos ex-diretores de Hogwarts, agora olhavam assustados para ele, menos um: o de Dumbledore que o olhava calmo e impassível.


Sem perder tempo Jean começou a realizar alguns feitiços convocatórios, não-verbais, invocando o livro, mas nada veio a ele e então ele começou a procurar manualmente em cada canto da sala, mas nada encontrou também.


-O que procura jovem? – Ele ouviu a voz calma saindo do quadro de Dumbledore, mas nada respondeu. – Receio lhe dizer, mas não conseguira encontrar meu livro aqui.


-Como sabe que eu procuro seu livro? – Jean indagou, surpreso e assustado ao mesmo tempo, tentando alterar sua voz.


-Eu sei de tudo que se passa dentro de Hogwarts, Jean. – O morto respondeu fazendo a respiração de Jean falhar.


Jean ouviu passos pela escadaria que levava a sala e se escondeu rapidamente atrás da porta de entrada, e quando Minerva adentrou a sala, Jean correu para fora dela sentido uma grande preocupação tomar conta de si, seu mestre precisava saber disso tudo rapidamente.


*


-Sabe? Eu sempre desconfiei que vocês pudesse sentir algo um pelo outro. – Ron falou alguns minutos depois de quase morrer engasgado com a surpresa que teve pela notícia do namoro dos amigos. – Mas nunca achei que teriam coragem de confessarem. A quanto tempo vocês estão namorando em segredo?


-Não faz muito tempo. –Hermione respondeu sentindo os braços de Harry entornarem seus ombros. – Uns 2 meses praticamente.


-E só me contaram agora? – Ron gritou indignado.


-Desculpa cara, mas é que nós ficamos com medo da sua reação. – Harry disse preocupado pela reação raivosa do amigo. – Bem você já gostou da Mione.


-Sim, mas vocês sabem que agora eu estou perdidamente apaixonando pela Claire. – O ruivo retrucou voltando a se acalmar e exibindo um sorriso bobo ao se lembrar da sua amada.


-Algo que eu acho muito ruim. – Hermione disse com asco recebendo um olhar indignado do amigo. – E nem adianta me olhar assim Ron, você sabe o que eu penso sobre essa sua namorada.


-Sem motivos Mione, Claire é uma garota muito boa em todos os sentidos. – Ron falou sorrindo malicioso. – Eu estava até pensando em integra-la ao nosso trio.


-Não precisamos de outro componente. Muito menos de outra garota, já temos minha princesa. – Harry falou estalando um beijo nos lábios da namorada.


-Eca! Vocês dois podiam não fazer isso na minha frente. – Ron sibilou fazendo uma expressão de nojo.


-Você não diz isso quando está engolindo sua namorada em todos os cantos da escola. – Harry falou sorrindo e beijando novamente Hermione.


-Então fiquem aí se beijando que eu vou lá “engolir” minha gata. – Ron falou se levantando e voltando para o castelo.


-Será que alguém pode nos ver aqui? – Hermione perguntou parecendo preocupada.


-Não se preocupe eu lancei um feitiço de desilusão assim que chegamos.


-Harry você está ficando bom em feitiços de desilusão. Parabéns!


-Bem eu tenho que me esforçar pra ficar mais inteligente, já que eu namoro a garota mais inteligente de todo o mundo bruxo. – Harry comentou acariciando a face da namorada e fazendo-a deitar a cabeça em seu colo. – Mione o que eu vou dizer agora pode parecer meio errado, mas...mas eu estive pensando... eu acho que devo ser agradecido á Voldemort.


-Como assim Harry?


-Se não fosse por Voldemort nós jamais teríamos nos tornado amigos, eu teria meus pais mais não teria o Ron e nem você.


-Isso é bem provável, mas eu suponho que você e o Ron seriam sim amigos, já que suas famílias se conheciam e se gostavam, quanto a mim eu continuaria sendo apenas a garota inteligente, irritante e sem amigos.


-Por isso mesmo eu agradeço a Voldemort por ter soltado aquele bendito trasgo. – Harry falou abaixando sua cabeça até ficar próxima à da namorada. -  Eu não sei o que seria de mim sem você, e também não sei se seria capaz de amar outra pessoa na mesma intensidade que eu amo você, na verdade sei eu jamais seria capaz de amar a outro alguém como eu a amo.


-Ah Harry eu também com certeza jamais amaria outro como eu o amo, você sabe que meu mundo gira em torno de você, que eu preciso de você assim como eu necessito do ar para poder viver. – Disse Hermione, e levantou alguns centímetros a cabeça para acabar com a mínima distancia que separava seus lábios e o de Harry, o beijo que se seguiu foi completamente doce, não havia nem uma guerra de línguas, mas uma conexão entre os dois lábios, as duas mentes e os dois corações.


*


Neville e Luna estavam voltando para Hogwarts, haviam tido um ótimo passeio em Hogsmeade. Neville jamais se sentira tão feliz, nem quando matou a cobra de Voldemort, ele havia chegado à conclusão que o que sentira por Luna era algo forte demais para ser apenas uma atração, com certeza era algo muito além disse talvez até amor.


-Ei Neville! – Luna chamou o garoto que parecia estar absorto em pensamentos e no instante em que ele virou o rosto em sua direção, Luna o atingiu com uma bola de neve bem grande.


-Se eu fosse você eu correria Srta. Lovegood. – Neville anunciou se abaixando para recolher neve, Luna nem esperou e saiu correndo em direção ao colégio com Neville em seu encalço. – Nem adianta fugir você vai pagar pelo que me fez.


Luna continuava correndo e rindo como nunca e de repente uma mão a segurou pelo braço, Luna não desistiu e continuou correndo puxando, por conseguinte, Neville junto. Quando já estava próxima ao portão de Hogwarts Luna tropeçou em uma pedra coberta pela neve e foi-se ao chão levando junto consigo Neville que caiu sobre ela.


-Me perdoe Luna. – Neville se desculpou corando ao perceber a mínima distância que separava seus lábios e os de Luna, as respiraçãos dos dois se entrecortavam. –Você é linda sabia?


-Você não me deixa esquecer disso. – Luna comentou divertida e depositou um beijo nas bochechas do garoto. – Agora eu acho melhor você sair de cima de mim antes de congelarmos nessa neve.


Neville se levantou e a ajudou a se levantar também e com as mãos entrelaçadas os dois se moveram para dentro de Hogwarts. Neville ainda sentia os lábios quentes da garota em sua face e ele tinha certeza que jamais lavaria aquele lugar.


*


-Sabe o que eu descobri hoje amor? – Ron perguntou a Claire, os dois estavam em um sala de aula vazia em mais uma sessão de amassos. – Harry e Hermione me contaram que estão namorando, há dois meses.


-Harry Potter e Hermione Granger juntos?- A garota exclamou fingindo surpresa.


-Sim. Mas você não pode contar a ninguém, pois é segredo.


-É claro que eu não vou contar gatinho.  – Claire falou rapidamente capturando os lábios do namorado. – Mas você não ficou chateado por eles não terem te contado antes?


-Não ele me explicaram que temiam que eu ficasse com raiva.


-Isso pra mim não é desculpa. – Claire falou, recebendo um olhar indignado do namorado. – Me perdoe Ron, mas eu não acho certo eles esconderem algo de você tanto tempo assim, até porque que eu saiba vocês são melhores amigos, não são?


-Claro que somos.


-Pois me parece que Harry e Hermione agem muito mais como uma dupla do que como um trio e acabam sempre te deixando de lado.


-É, eu acho que você tem razão. – Ron admitiu chateado e abaixou a cabeça.


-Ei não fica assim. – Claire falou erguendo a cabeça do namorado e acariciando os lábios dele. – Você tem a mim e sempre terá. – E os dois se beijaram novamente.


*


{Flashback}


Claire correu em disparada para seu quarto, necessitava urgentemente realizar aquele feitiço para descobrir que em eram seus verdadeiros pais, para descobrir sua verdadeira origem.


Adentrou o salão comunal da Sonserina e ignorou as comuns chacotas das quais era vítima pelos seus colegas de casa, correu direto para seu quarto, agradeceu mentalmente por ele estar vazio. Agarrou um grande pergaminho que estava sobre sua mesa, que ela iria usar para fazer um dever de transfiguração, o colocou sobre sua cama e calmamente com a varinha apontada para ele recitou a fórmula mágica “Invernire Stemma”.


Uma grande arvore genealógica começou a ser desenhada no pergaminho, vários nomes de diversos bruxos passaram a ser escritos no papel, desde bruxos da antiguidade, passando pela idade média e chegando a atualidade. Quando a arvore parou de ser desenhada, Claire se aproximou do pergaminhos e percorreu os olhos até chegar aos dois últimos nomes antes do seu, teve um susto ao perceber que os nomes ali presentes pertenciam à mesma família, seu pai e sua mãe eram parentes.


Leu primeiramente o nome da mulher e teve uma breve lembrança de ter lido sobre ela num jornal, era uma comensal da morte: Bellatrix Rosier Black.

Continua...

      =========================================================
                                    "Esse coração que sempre sabe
                                         Cada vez que bate
                                        Que espera por um beijo
                                     Como quem espera um sonho." Esse Coração (RBD)


Olá gente, primeiramente quero pedir desculpas pela demora e tambem pelo capitulo não esta tão bom como eu esperava que estivesse, tudo isso ocorreu porque minha sobrinha (Melissa) teve uma seria inflamação na garganta e ficou internada até quarta-feira e por isso eu não tive tempo de escrever mais, pois iria demorar muito. Espero que gostem mesmo assim do capítulo e o proximo com certeza será bem melhor,  vai ser o capítulo de Natal e algo muito importante para Fic ira acontecer. O que acharam da mãe da Claire? Quem vocês acham que o pai dela? Não deixem de comentar.

Naiara Granger Weasley: Olá e ai o que achou do capítulo? espero que tenha gostado. Olha eu acho que a Claire já esta conseguindo colocar o Ron contra o Harry e a Hermione então eu acho que você tem ainda mais motivos para odia-la. A reação do Ron foi até normal né? Acho que ele amadureceu bastante devido a guerra. Espero que você consiga ler esse capítulo onde você estivel. Obrigada pelo elogio, Bjs!

Mahogany Granger: Olá que bom que você encontrou minha Fic e está gostando dela, Obrigada e seja bem-vinda. Esse seu comentario me deixou tão feliz, como eu já disse várias vezes aqui é muito bom  saber que as pessoas gostam do que você escreve. Eu apesar de ser H/H tambem não gosto muito de Fics que deixem o Ron muito de lado, eu amo ele tambem (Quando ele não é o par romantico da Mione). Eba mais uma fã de RBD, como você deve ter percebido eu realmente amo essa banda. E ai o que acho desse capítulo? Espero que tenha gostado. Bjs!

Stehcec: Olha como eu tambem me atrasei para postar, acho que estamos quites né? kkkk. Que bom que você gostou do capítulo, nesse tambem temos novas revelações. O que achou delas? Espero que tenha gostado do capítulo. Não deixe de comentar. Bjs! 

 
Pessoal eu estou meio em duvida sobre o que fazer com a Gina, estou dividida entre duas opções: Achar um par romantico para ela, ou, deixa-la apenas tentando separar seu irmão da Claire. E então o que acham? deem sugestões.

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 3

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Mahogany Granger em 16/07/2014

Adorei o capítulo *---* finalmente H/Hr revelaram o namoro pro Ron
Confesso q fiquei com peninha dele por causa dessas caraminholas q a Claire põe na cabeça dele,
tentando fazê-lo se voltar contra os amigos
.
Neville e Luna são uns fofos :)
E quanto ao pai da Claire, meu palpite é q seja o Sirius...
 

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Mateus Guilheme em 15/07/2014

Olá, primeiramente eu quero me desculpar por não ter comentado o último capítulo, eu tive alguns probleminhas pessoasi.
Mas enfim, gostei muito desse capítulo, é claro que a Claire cai conseguir manipular o Ron, ele é bastante influenciavel.
Eu tinha quase certeza que a mãe da Claire era a Belatrix, na verdade eu sempre torci por isso kkk acho que as duas se parecem bastante. Estou muito ansioso para saber quem é o pai, tenho algumas suspeitas.
Eu acho melhor deixar a Ginny sem um par rômantico (pelo menos por enquanto), deixe-a focada em se livrar da Claire.
Um abraço! 

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Stehcec em 12/07/2014

Dessa vez eu li rapidão!
haahahaah

Já estava ansiosa por outro cap, então entrava todo dia pra ver se tinha atualizado, hj já entrei duas vezes hahaah.
Estamos quites sim. hahaha

Sobre o cap. eu gostei, achei a reação do Ron esperada.
O Ron é tão influenciavel que a Claire conseguir o que quer é meio que esperado já por mim.
Sobre o pai da Claire, tenho quase certeza que é o Sirius.
A mãe eu acertei até agora. hahahhaa

Sobre a Gina, se for arrumar um par romantico pra ela, que seja alguem HIPER MEGA legal. Se não é melhor deixar ela só pra separar a Claire do Ron.

Ansiosissima pelo próx. cap.
Bj 

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.