FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

19. Visitando o médico


Fic: Uma brincadeira do destino - Epilogo postado


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

No outro dia


Hermione, como acontece em todas as manhãs, levantou sentindo um pequeno enjôo. Ela tem consulta dentro de uma hora, mas ela sabe que se não melhorar não poderá nem pensar em aparatar ou usar uma chave de portal. Ela respira fundo para ver se a náusea passa e se dirige para a cozinha onde conjura um pacote de bolachas de água e sal e ingredientes para fazer um chá de gengibre


A morena come devagar testando a reação de seu estômago que felizmente não se manifesta. Ela ainda está de pijamas quando ouve a sua campainha tocar. Quem será a essa hora? Ela se pergunta e não pode conter seu espanto ao dar de cara com um loiro aguardando que ela abra


Aconteceu alguma coisa? – ela pergunta, meio assustada


Não – Draco fala, parecendo sem jeito – é que você disse que tinha consulta e... Bem... Eu achei que pudesse ir com você ao St Mungus


A morena o encara, estupefata – ir comigo? – mas ela para de falar se dando conta que ainda está de pijama – só um instante – ela diz enquanto se retira voltando minutos depois vestindo um vestido trouxa leve


Draco olha para a mulher a sua frente. É possível notar uma leve protuberância em seu ventre. Meu filho... O loiro não pode deixar de pensar e então ele finalmente fala – há algum problema se eu for junto? Quer dizer, eu sei que poucas pessoas sabem que você esta grávida e que você chegando comigo ao hospital poderia causar comentários, mas eu posso entrar depois... Você avisa ao médico e entro depois que você explicar pra ele


Hermione olha para ele e lhe faltam palavras. Nem em um milhão de anos ela imaginou que Draco lhe faria um pedido desses. Sim, porque embora ele não tenha dito exatamente essas palavras, isso foi um pedido não uma imposição


Bem... – ela respira fundo – eu não vou ao St Mungus...


Mas você disse que tinha uma consulta – o loiro fala sem entender


Sim, eu tenho – Hermione fala, sem encará-lo – mas eu estou fazendo meu acompanhamento num hospital trouxa


Draco respira fundo tentando segurar a sua vontade de questionar, ele sabe que não pode fazer isso, não se ele quiser realmente fazer parte do filho desde a sua gestação. Mesmo assim ele não se contém – e eu posso saber por quê? Nossos medibruxos são perfeitamente capazes de acompanhar uma gravidez...


Ora Malfoy, é óbvio! – a morena o interrompe – eu teria que dar muitas explicações e, sinceramente, eu não estou muito disposta


Draco para por um momento. Ele tenta não deixar seu preconceito vir à tona, nunca em sua vida ele pensou que um filho seu iria sequer pisar em um hospital trouxa, mesmo antes de seu nascimento. Mas quer saber? Muita coisa que ele pensou que nunca aconteceria em sua vida acabou acontecendo, então ele respira fundo e diz – melhor, assim eu não terei que me esconder e então, eu posso ir?


Hermione para por um momento. Ela tem duas opções, dizer que não, criar uma celeuma, discutir com Draco Malfoy, ouvi-lo dizer que está disposto a ir aos tribunais ou dizer que tudo bem, ter alguém para entrar com ela no consultório e quem sabe se emocionar quando o coração de seu filho bater, e sinceramente ela neste momento acha a segunda opção uma idéia melhor. Então ela diz – sim, você pode ir comigo


XXXXX


Num hospital trouxa


Draco olha ao redor. É um ambiente parecido com o hospital que ele fazia o tratamento, mas ao mesmo tempo em que é parecido é totalmente diferente. Para alguém de fora isso seria difícil de entender, mas é como se para Draco o local onde ele se tratou lhe trouxesse o tempo inteiro o idéia de morte e no local onde ele se encontra agora tudo trás a idéia de vida


Ele vê vários casais e algumas mulheres sozinhas também. Alguns ventres bem desenvolvidos outros que mal despontam sobre as roupas assim como o de Hermione. Draco nota que alguns casais se dão as mãos e muitas mulheres não conseguem evitar um sorriso radiante


Hermione folheia uma revista trouxa sobre gravidez e parto. Ela evita olhar para o pai do seu filho, mas de vez em quando não consegue deixar de espiar sorrateiramente. O que será que ele está pensando? A morena fala com seus botões


Draco olha para Hermione que lê uma revista aparentando bastante interesse, ele conseguiu ver a capa onde aparece uma jovem segurando um bebê – que espécie de revista é essa? – ele não resiste e pergunta


Ora, Malfoy – a morena responde com desdém – uma revista sobre bebês! Que tipo de revista você encontraria em uma sala de espera de um obstetra?


Obs... O quê? – Draco pergunta entendendo cada vez menos – a gente não viria em um médico?


Depois eu te explico – Hermione fala olhando sem jeito para as pessoas que estão prestando atenção na conversa e para o loiro que a encara curioso. Melhor explicar logo – obstetra é o nome que se dá ao médico que cuida de gestantes – ela vê que o loiro não consegue tirar o olhar da revista – dê uma olhada – Hermione diz estendendo a revista para ele – já que você insiste em querer participar disso, é bom ir se acostumando – ela não consegue conter um sorriso só imaginando a cara que Draco irá fazer quando chegar à parte dos partos naturais


E como na maioria das vezes, Hermione está certa. O loiro folheia a revista e para em uma determinada página. A morena vê os olhos de Draco se arregalarem, é visível que ele está desconcertado. Infelizmente ou felizmente não há tempo que ele faça nenhum tipo de questionamento, pois o médico chama seu nome e eles entram


Hermione e Draco entram. É a primeira consulta que ela não está sozinha. Seu médico talvez por profissionalismo nunca perguntou a respeito do pai da criança. Hermione optou por ter a sua gestação acompanhada por um médico que não tivesse ligação alguma com a clínica de inseminação. A última coisa que ela precisava era de mais uma pessoa dizendo que ela era uma mulher jovem e poderia ter seus filhos de maneira natural


Bom dia, senhorita Granger – seu médico fala e Hermione vê que ele olha para Draco com curiosidade – vejo que hoje você tem companhia... – o médico para a frase no meio como se perguntasse a si mesmo se deve ou não perguntar se o homem loiro é o pai da criança que sua paciente espera. – por favor, vista isso que iremos começar


Draco vê que o médico entrega uma espécie de camisola para Hermione, ele olha para o homem a sua frente e segura a vontade de perguntar se ela tem mesmo que vestir aquela roupa estranha. Ele se lembra da aversão que sentia toda vez que precisava colocar uma roupa daquelas antes de começar as sessões de quimioterapia. Hermione pega a camisola e se retira voltando pouco tempo depois, ela se deita na maca que o médico lhe indica


Vejamos... – o médico começa – você está completando quatorze semanas, é isso? – ele vê a morena assentir com a cabeça – a partir de agora, você deve começar a sentir o bebê se mexer. Você já sentiu alguma coisa?


Hermione nega com a cabeça e não pode conter um sorriso ao imaginar seu bebezinho se mexendo, mas a pergunta de Draco interrompe seu devaneio


Eu também vou conseguir sentir? – as palavras escapam da boca do loiro. Ele sabe que Hermione não deve ter gostado da sua intromissão, mas simplesmente foi mais forte que ele


Ah não – o médico fala e sorri diante do semblante decepcionado do homem a sua frente – para quem está de fora ainda demora mais um pouco. Tenha paciência, papai!


O olhar de Hermione dança entre o médico e o loiro. Ela está chocada demais até para reclamar. Mas como ela poderia reclamar? Querendo ou não Draco é o pai da criança que ela espera


A mão do médico abrindo sua camisola interrompe seu devaneio. Ela olha para Draco que observa tudo intrigado e lhe dá um olhar que é um pedido mudo para que ele não faça nada


Draco observa o médico abrir a camisola de Hermione. Que diabos ele está fazendo? O loiro pensa, mas o olhar de Hermione lhe diz que o melhor a fazer é ficar calado


Hermione sente o médico passando o gel em sua barriga e não consegue conter um arrepio


Você está bem? – Draco pergunta fuzilando o médico com o olhar


Tudo bem, Draco – ela responde pedindo aos céus que o loiro não arme um escândalo – só está frio


Não se preocupe, isso é normal – o médico fala mais para o loiro que para Hermione. Ele tem experiência bastante para classificar o acompanhante da sua paciente como uma pessoa difícil, ele diria mais, pela cara que o loiro está fazendo é fácil concluir que ele não está gostando nada de ver a sua mulher tocada por outro homem – isso é um gel para facilitar o exame – ele explica – o aparelho desliza melhor e as imagens ficam mais nítidas


Draco pensa em perguntar que imagens são essas, mas seu conhecimento do mundo trouxa faz com que ele desconfie que isso é algo comum e que suas perguntas poderiam ser motivo de constrangimento para Hermione e a última coisa que ele quer é deixá-la chateada


Seu devaneio, no entanto, desaparece quando uma imagem surge no monitor. Por um momento Draco pensa que algo está errado, mas não, não há nada errado, não com Hermione sorrindo em meio às lágrimas desta forma


Veja... – o médico explica apontando o desenho – aqui está a cabeça... Aqui estão os braços...


O loiro abre a boca, estupefato. Não lhe parece que isso é um bebê, mas deve ser visto que Hermione assente com a cabeça enquanto as lágrimas caem livremente


Está tudo bem? – o loiro deixa escapar – há alguma coisa errada?


Tudo bem – o médico diz – o feto está dentro do tamanho esperado – ele olha para o loiro que o encara incrédulo – é claro que para um leigo não se parece muito com uma pessoa, não é mesmo? – ele sorri ao ver o loiro assentir com a cabeça – mas eu lhe asseguro que está tudo dentro do esperado


Hermione se troca e eles seguem para o consultório – bem senhorita Granger – ele fala analisando os exames – tudo está dentro do esperado com o bebê, mas confesso que não gostei muito do que diz aqui – ele vê que Hermione fica assustada – não precisa se preocupar demais, mas seus exames não estão tão bons quanto eu gostaria. Vejo que você está ligeiramente anêmica e sua pressão está um pouco alta. Não muito, mas como você está grávida devemos monitorar


Hermione pode ouvir as batidas do seu coração. Quanto à anemia ela imagina que seja pelo fato de não estar se alimentando muito bem, mas como se alimentar bem se ela coloca tudo pra fora minutos depois? – eu não consigo comer muito – ela fala para o médico – os enjôos não deixam


Bem – o médico pensa um pouco – isso deve melhorar agora que você entrou no segundo trimestre, mas vou receitar algumas vitaminas só pra garantir. E quanto à pressão – ele a encara – sua alimentação é saudável pelo que me disse então eu só posso achar que genético, você sabe alguma coisa sobre isso?


Minha mãe teve pressão alta durante a gravidez – a morena responde lutando para não deixar seu lábio inferior tremer. No fundo ela tinha esperanças que isso não acontecesse com ela, mas pelo jeito a morena herdou essa herança familiar


Então vamos monitorar, se controlarmos não haverá problema – o médico a acalma – eu quero que você meça sua pressão todo dia, cuide da alimentação e vá devagar no trabalho. Evite todo e qualquer aborrecimento


Isso pode fazer mal ao bebê? – Draco pergunta, preocupado


Não ao bebê propriamente dito – o médico o fala – mas a pressão alta pode causar problemas durante o parto e transformar a gravidez em si em algo mais complicado do que deveria ser o que obviamente não é bom nem para a criança e nem para a mãe – ele vê que Hermione parece preocupada – mas isso não precisa acontecer. Vamos monitorar e cuidar dessa pressão e evitar qualquer tipo de problema


Eu faço o que for preciso, doutor – Hermione diz prontamente. Ela é capaz de fazer qualquer coisa pra garantir uma gravidez tranquila e que seu bebezinho chegue com saúde


Bem – o médico assente com a cabeça – eu quero que volte daqui a quinze dias. O normal seria daqui a um mês, mas vamos fazer dessa forma para assegurar que tudo vai ficar bem e se você sentir algo estranho não hesite em me procurar - ele olha para Draco – e o senhor cuide dela, por favor, faça com que evite qualquer tipo de stress


Draco olha para o homem sem saber o que dizer e ele se vê assentindo com a cabeça. Ele vai cuidar, ele vai cuidar do seu filho, ele vai cuidar dela


O médico procura um assunto mais ameno – desta vez não deu pra ver, mas talvez da próxima consigamos ver o sexo, vocês querem?


O loiro luta para não deixar o queixo cair. Por pouco, muito pouco mesmo ele não pergunta que raio de feitiço é esse.


Hermione logo responde – não sei se quero. É uma das poucas surpresas que podemos ter, não é mesmo? Em todo caso eu vou pensar


Tudo bem – o médico assente – então até daqui a quinze dias


Eles saem do consultório. Hermione está apreensiva, ela nunca esperou que tivesse algum problema em sua gestação. Draco nota que Hermione não está bem. Seu interior diz que isso não é problema dele, mas algo em seu íntimo briga com essa constatação. Raios! Por que eu me preocupo com ela? Ele fala para si mesmo. Ela não é nada além da mulher que carrega meu filho por um acaso do destino.


Mas as lágrimas que se formam nos olhos da morena fazem com que esse pensamento rapidamente se dissipe – você está bem? – ele pergunta mesmo sabendo que é óbvio que ela não está


Ele poderia muito bem agradecer a oportunidade e ir cuidar da sua vida, mas por incrível que possa parecer, Draco Malfoy possui uma coisa chamada consciência e é por isso que ele diz – você vem comigo


Com você? – Hermione pergunta sem entender direito, mas antes que ela possa pedir maiores explicações Draco a enlaça com os braços e aparata




NOTA DA AUTORA


Finalmente estou postando! Milhões de desculpas pela demora, espero mesmo que ninguém tenha desistido de mim. O final do ano foi meio corrido no trabalho e depois eu viajei alguns dias pra curtir um merecido descanso. Agora estou de volta e escrevendo como nunca. Vou aproveitar estes dias pra adiantar um pouco as minhas fics e fazer o possível pra não enrolar tanto


Algumas pessoas perguntam se eu desisti. Não e eu nem penso em fazer isso! Eu sei que demoro, mas podem ficar tranquilos que não costumo deixar fics inacabadas


Espero que tenham gostado do capítulo. Obrigada a todo mundo que está lendo e pela paciência que vocês têm comigo. Bjos e até o próximo capítulo que eu espero que não demore tanto assim

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Diênifer Santos Granger em 08/04/2014

Tipo assim... Morri de rir e ao mesmo tempo to chocada! Cap perfeito! Amei!

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Byanca em 23/01/2014

to ficando cada vez mais apaixonada por essa historia , por favor não demore a voltar a postar ! ♥

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Hellen Luisa em 22/01/2014

Adorei o capitulo! Parabens, voce escreve muito bem!
aguardando ansiosamente o proximo capitulo!

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por alexandra M. em 19/01/2014

Adorei o capitulo, mas ele podia ser um pouco maior :cc sei que é dificil, mas seria bem legal ter capitulos maiores :D

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por RiemiSam em 19/01/2014

Gostei da atitude do Draco espero que ele cuide muito bem dela e do bebê. Capítulo bem trabalhoso e rico em detalhes. 

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.