FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

18. Aluado, Rabicho, Almofadinhas


Fic: Marotos Lendo Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

– Aluado, Rabicho, Almofadinhas e Pontas.

– Acho que chegou a hora do livro contar a nossa história… – Remo sorriu para Tiago e Sirius.

– Todos os nossos segredos revelados. – Sirius suspirou.
– Espero que tudo isso seja por uma boa causa. – Tiago colocou a mão na testa, cansado.
Harry sorriu para os Marotos antes de começar a ler.

Levou alguns segundos para os garotos absorverem o absurdo desta afirmação. Então Rony disse em voz alta o que Harry estava pensando.
— Vocês dois são malucos.
— Ridículo! — exclamou Hermione baixinho.

– Como você, uma garota extremamente inteligente, pode achar ridículo uma pessoa ser uma animago ilegal? – Sirius perguntou a Hermione levantando uma sobrancelha – Pense bem, você havia acabado de descobrir que eu era um grande cão negro.

– Acho que o fato de Perebas estar com eles há anos faz eles duvidarem um pouco mais… – Remo deu de ombros.
– Então se eu fosse o cãozinho de estimação de alguém por anos, as pessoas não acreditariam que sou um animago? – Sirius perguntou irônico.

— Pedro Pettigrew está morto! — afirmou Harry. — Ele o matou há doze anos! — O garoto apontou para Black, cujo rosto tremeu convulsivamente.
— Tive intenção — vociferou o acusado, os dentes amarelos à mostra —, mas o Pedrinho levou a melhor... Mas desta vez não!
E Bichento foi atirado ao chão quando Black avançou para Perebas; Rony berrou de dor ao receber o peso de Black sobre sua perna quebrada.
— Sirius, NÃO! — berrou Lupin atirando-se à frente e afastando Black para longe de Rony. — ESPERE! Você não pode fazer isso assim... Eles precisam entender... Temos que explicar...

– Você não mudou nada. – Tiago disse dando um meio sorriso para o amigo – Sempre se precipitando, sempre impaciente…


— Podemos explicar depois! — rosnou Black, tentando tirar Lupin do caminho. Ainda mantinha uma das mãos no ar, com a qual tentava alcançar Perebas, que, por sua vez, guinchava feito um porquinho, arranhando o rosto e o pescoço de Rony, tentando escapar.
— Eles têm... O... Direito... De... Saber... De... Tudo! — ofegou Lupin, ainda tentando conter Black. — Ele foi bicho de estimação de Rony! E tem partes dessa história que nem eu compreendo muito bem! E Harry... Você deve a verdade a ele, Sirius!
Black parou de resistir, embora seus olhos fundos continuassem fixos em Perebas, firmemente seguro sob as mãos mordidas, arranhadas e sangrentas de Rony.

– Eu ainda tenho as marcas de algumas dessas mordidas. – Rony bufou observando as próprias mãos com nojo.


— Está bem, então — concordou Black, sem desgrudar os olhos do rato. — Conte a eles o que quiser. Mas faça isso depressa, Remo, quero cometer o crime pelo qual fui preso...
— Vocês são pirados, os dois — disse Rony trêmulo, procurando com os olhos o apoio de Harry e Hermione. — Para mim chega. Estou fora.

– E como exatamente você pretendia sair dali com a perna quebrada? – Sirius perguntou a Rony risonho.


O garoto tentou se levantar com a perna boa, mas Lupin tornou a erguer a varinha, apontando-a para Perebas.
— Você vai me ouvir até o fim, Rony — disse calmamente. — Só quero que mantenha Pedro bem seguro enquanto me ouve.
— ELE NÃO É PEDRO, ELE É PEREBAS! — berrou Rony, tentando empurrar o rato para dentro do bolso das vestes, mas Perebas resistia com todas as forças;

– Claro! – Tiago bufou – Ele sabia que era questão de tempo até vocês obrigarem ele a voltar à forma normal, e com isso ficaria provado que ele é o verdadeiro culpado.


Rony oscilou e se desequilibrou, mas Harry o amparou e empurrou de volta à cama. Então, sem dar atenção a Black, Harry se dirigiu a Lupin.
— Houve testemunhas que viram Pettigrew morrer — disse. — Uma rua cheia...
— Eles não viram o que pensaram que viram! — disse Black ferozmente, ainda vigiando Perebas se debater nas mãos de Rony.
— Todos pensaram que Sirius tinha matado Pedro — confirmou Lupin acenando a cabeça. — Eu mesmo acreditei nisso, até ver o mapa hoje à noite. Porque o Mapa do Maroto nunca mente... Pedro está vivo. Na mão de Rony, Harry.

– É claro que o mapa do Maroto nunca mente. – Tiago disse com uma risada soturna – Nós fizemos o mapa! – Ele completou passando a mão pelos cabelos.

– Se Pedro soubesse que o mapa estava sob o poder de Remo, – Sirius disse com um pequeno rosnado – teria fugido de Hogwarts para sempre.

Harry baixou os olhos para Rony, e quando seus olhares se encontraram, os dois concordaram silenciosamente: Black e Lupin estavam delirando. A história deles não fazia o menor sentido. Como Perebas poderia ser Pedro Pettigrew?
Azkaban, afinal, devia ter endoidado Black, mas por que Lupin estava fazendo o jogo dele?
Então Hermione falou, numa voz trêmula que se pretendia calma, como se tentasse fazer o professor falar sensatamente.
— Mas Profº. Lupin... Perebas não pode ser Pettigrew... Não pode ser verdade, o senhor sabe que não pode...
— Por que não pode? — perguntou Lupin calmamente, como se estivessem na sala de aula e Hermione apenas levantasse um problema relativo a uma experiência com grindylows.
— Porque... Porque as pessoas saberiam se Pedro Pettigrew tivesse sido um Animago. Estudamos Animagos com a Profª. McGonagall. E procurei maiores informações quando fiz o meu dever de casa, o Ministério da Magia controla os bruxos e bruxas que são capazes de se transformar em animais; há um registro que mostra em que animal se transformam, o que fazem, quais os seus sinais de identificação e outros dados... E fui procurar o nome da Profª. McGonagall no registro e vi que só houve sete Animagos neste século e o nome de Pettigrew não constava da lista...

– Nem o meu. – Sirius sorriu para Hermione – E ainda assim eu sou um animago. Você acha realmente que nos registraríamos no ministério?

– Acho que a Hermione de 13 anos era esperta para muitas coisas, mas ainda não sabia que nem tudo que é lei é realidade. Ainda era ingênua… – Remo deu de ombros.

Harry mal tivera tempo de se admirar intimamente com o esforço que Hermione investia nos deveres de casa, quando Lupin começou a rir.
— Certo, outra vez Hermione! — exclamou. — Mas o Ministério nunca soube que havia três Animagos não registrados à solta em Hogwarts.

– Três. – Lily olhou para Tiago – Eu sabia! Você também é um animago, não é?

– É claro que sou. – Tiago revirou os olhos – Você realmente acha que eu deixaria toda a diversão para eles?
– Tiago, na verdade, foi o primeiro a conseguir se transformar completamente! – Sirius disse orgulhoso de seu melhor amigo – Mas foi apenas por alguns minutos… – completou – Eu consegui logo depois.
– E no que você se transforma? – Lily perguntou com delicadeza.
– Um cervo. – Tiago disse calmo – A mesma forma do meu patrono. Pelo que sabemos, a maior parte dos animagos assume a mesma forma de seu patrono. Animagos podem tomar outras formas, se necessário, mas nunca serão tão confortáveis quanto a sua forma regular.

— Se você vai contar a história aos garotos, se apresse, Remo — rosnou Black, que continuava vigiando cada movimento desesperado de Perebas. — Esperei doze anos, não vou esperar muito mais.
— Está bem... Mas você precisa me ajudar, Sirius — disse Lupin —, só conheço o inicio...
Lupin parou. Tinham ouvido um rangido alto às costas dele. A porta do quarto se abriu sozinha. Os cincos olharam. Então Lupin foi até a porta e espiou para o patamar.

– Isso é definitivamente suspeito. – Tiago mordeu o lábio preocupado – Por que não usou o Homenum Revelio?

– Eu provavelmente devia ter pensado nisso… – Remo suspirou nervoso.

— Não há ninguém aí fora...
— Esse lugar é mal-assombrado! — comentou Rony.

Tiago, Sirius e Remo caíram na gargalhada.

– Na verdade não. – Tiago deu de ombros – Nunca foi mal-assombrado.
– Eram apenas boatos. – Sirius entortou a cabeça rindo.
– O Remo deve explicar no livro… – Tiago completou indicando que Harry continuasse lendo.

— Não é, não — disse Lupin, ainda observando intrigado a porta. — A Casa dos Gritos nunca foi mal-assombrada... Os gritos e uivos que os moradores do povoado costumavam ouvir eram meus.

– Isso explica muita coisa… – Lily murmurou de repente – Eu sempre achei que os moradores do povoado inventavam isso para chamar atenção… Já que nós nunca ouvimos nada vindo da casa. Mas se era Remo, é óbvio que só aconteceria em noites de lua cheia, e nós nunca estávamos em Hogmead a noite.

–  Vocês não estavam... – Tiago disse levantando as sobrancelhas – Nós vivíamos em Hogsmead.
– Claro! – Sirius disse rindo – Como acha que descobrimos tantas passagens secretas?

Ele afastou os cabelos grisalhos da testa, pensou um instante, e disse:
— Foi onde tudo começou, com a minha transformação em Lobisomem. Nada poderia ter acontecido se eu não tivesse sido mordido... E não tivesse sido tão imprudente...

– A culpa não é sua! – Tiago disse entredentes – Você não foi imprudente! Nós queríamos te ajudar!

– Nós somos seus amigos! – Sirius completou – É a nossa obrigação!

Ele parecia sóbrio e cansado. Rony ia interrompê-lo, mas Hermione fez "psiu!". Ela observava Lupin com muita atenção.
— Eu ainda era garotinho quando levei a mordida. Meus pais tentaram tudo, mas naquela época não havia cura. A poção que o Profº. Snape tem preparado para mim é uma descoberta muito recente. Me deixa seguro, entende. Desde que eu a tome uma semana antes da lua cheia, posso conservar as faculdades mentais quando me transformo... E posso me enroscar na minha sala, um lobo inofensivo, à espera da mudança de lua.

– Gostaria de ter essa poção agora. – Remo suspirou.

– Mas pelo menos há esperanças, Aluado! – Sirius encarou o amigo – Você vai poder ser o que quiser com essa poção. Vai poder ensinar em Hogwarts, como sempre quis, e ter uma família…
– Você sabe que eu nunca faria isso! – Remo retrucou irritado – Eu nunca condenaria uma mulher a viver comigo, eu nunca teria coragem de ter filhos! – Remo fechou os olhos com força e balançou a cabeça – Que mulher iria querer viver com um lobisomem? E eu nunca poderia condenar crianças a viverem como eu… Já imaginou se eu tiver filhos e eles herdarem minha licantropia?
– Você não sabe se isso poderia acontecer! – Tiago bufou – Não há registros de licantropos que tiveram filhos. A criança pode muito bem nascer sem o probleminha peludo. E se nascesse com o probleminha, e dai? Nós cuidaríamos dele assim como cuidamos de você!
– Para você é tudo muito fácil, Pontas! – Remo abaixou a cabeça – Você acha que todo mundo é como você? Você acha que o mundo me aceitaria e me acolheria como você fez? Pois está enganado! A maioria das pessoas é preconceituosa como ela. – concluiu apontando para Alice com o dedo trêmulo.
– Nós os enfrentaríamos! – Lily disse confiante – Tiago e Sirius prometeram nunca permitir que as pessoas te magoassem e eu prometo também, mas por favor, não deixe de viver sua vida, por medo.
– Você não entende, Lily. – Remo murmurou – Você nunca me viu, como realmente sou…
– Você está errado. – Lily disse olhando para Remo com carinho – Estou vendo você como você realmente é, nesse exato minuto.
Tiago mordeu o lábio e olhou para Lily admirado, sempre soubera que ela era diferente das outras garotas, mas nunca imaginou que ela reagiria assim à licantropia de Remo. Isso fazia dela uma pessoa ainda mais especial…

— Porém, antes da Poção Mata-cão ser descoberta, eu me transformava em um perfeito monstro uma vez por mês. Parecia impossível que eu pudesse freqüentar Hogwarts. Outros pais não iriam querer expor os filhos a mim. Mas, então, Dumbledore se tornou diretor e ele se condoeu. Disse que se tomássemos certas precauções, não havia razão para eu não freqüentar a escola — Lupin suspirou e olhou diretamente para Harry.
— Eu lhe disse, há alguns meses, que o Salgueiro Lutador foi plantado no ano em que entrei para Hogwarts. A verdade é que ele foi plantado porque eu entrei para Hogwarts. Esta casa — Lupin correu os olhos cheios de tristeza pelo quarto — e o túnel que vem até aqui foram construídos para meu uso. Uma vez por mês eu era trazido do castelo para cá, para me transformar. A árvore foi colocada na boca do túnel para impedir que alguém se encontrasse comigo durante o meu período perigoso.
Harry não conseguia imaginar onde a história iria chegar, mas, mesmo assim, ouvia arrebatado. O único som, além da voz de Lupin, eram os guinchos assustados de Perebas.
— As minhas transformações naquele tempo eram... Eram terríveis. É muito doloroso alguém virar Lobisomen. Eu era separado das pessoas para morder à vontade, então eu me arranhava e me mordia. Os moradores do povoado ouviam o barulho e os gritos e achavam que estavam ouvindo almas do outro mundo particularmente violentas. Dumbledore estimulava os boatos... Ainda hoje, que a casa tem estado silenciosa há anos, os moradores de Hogsmeade não têm coragem de se aproximar...
— Mas tirando as minhas transformações, eu nunca tinha sido tão feliz na vida. Pela primeira vez, eu tinha amigos, três grandes amigos. Sirius Black... Pedro Pettigrew... E, naturalmente, seu pai, Harry, Tiago Potter. Agora, meus três amigos não puderam deixar de notar que eu desaparecia uma vez por mês. Eu inventava todo o tipo de histórias. Dizia que minha mãe estava doente, que tinha ido em casa vê-la... Ficava aterrorizado em pensar que eles me abandonariam se descobrissem o que eu era. Mas é claro que eles, como você, Hermione, descobriram a verdade...

– É claro que descobriríamos, – Tiago disse ligeiramente emocionado – que tipo de amigos seríamos se não descobríssemos a verdade e como fazer sua vida ser um pouco melhor?

Lily estava chorando, estava extremamente emocionada em ouvir a história de Remo e para a surpresa de todos, Alice, ainda silenciada pelo feitiço, também tinha os olhos marejados.

— E não me abandonaram. Em vez disso, fizeram uma coisa por mim que não só tornou as minhas transformações suportáveis, como me proporcionou os melhores momentos da minha vida. Eles se transformaram em Animagos.
— Meu pai também? — perguntou Harry, espantado.
— Certamente. Eles gastaram quase três anos para descobrir como fazer isso. Seu pai e Sirius eram os alunos mais inteligentes da escola, o que foi uma sorte, porque se transformar em Animago é uma coisa que pode sair barbaramente errada, é uma das razões por que o ministério acompanha de perto os que tentam. Pedro precisou de toda a ajuda que pôde obter de Tiago e Sirius. Finalmente no nosso quinto ano, eles conseguiram. Podiam se transformar em um animal diferente quando queriam.

– Isso quer dizer que vocês começaram a aprender como se transformar em animagos no segundo ano? – Lily perguntou impressionada.

– Na verdade no final do primeiro. E conseguimos nos transformar no início do quinto. – Sirius deu de ombros.

— Mas como foi que isso ajudou o senhor? — perguntou Hermione, intrigada.
— Eles não podiam me fazer companhia como seres humanos, então me faziam companhia como animais. Um Lobisomen só apresenta perigo para gente. Eles saíam escondidos do castelo todos os meses, encobertos pela Capa da Invisibilidade de Tiago. E se transformavam... Pedro, por ser o menor, podia passar por baixo dos ramos agressivos do Salgueiro e empurrar o botão para imobilizá-lo. Os outros dois, então, podiam escorregar pelo túnel e se reunir a mim. Sob a influência deles, eu me tornei menos perigoso. Meu corpo ainda era o de um lobo, mas minha mente se tornava menos lupina quando estávamos juntos.

– E eu quase conseguia ser eu mesmo durante as minhas transformações… – Remo disse emocionado, a cada vez que pensava em tudo que seus amigos fizeram por ele, ele tinha mais certeza de que era a pessoa mais sortuda do mundo.


— Anda logo, Remo — rosnou Black, que continuava a observar Perebas com uma espécie de voracidade no rosto.
— Estou chegando lá, Sirius, estou chegando lá... Bom, abriram-se possibilidades extremamente excitantes para nós do momento em que conseguimos nos transformar. Não demorou muito e começamos a deixar a Casa dos Gritos e perambular pelos terrenos da escola e pelo povoado à noite. Sirius e Tiago se transformavam em animais tão grandes que conseguiam controlar o Lobisomem. Duvido que qualquer aluno de Hogwarts jamais tenha descoberto mais a respeito dos terrenos da escola e do povoado de Hogsmeade do que nós... E foi assim que acabamos preparando o Mapa do Maroto, e assinando-o com os nossos apelidos Sirius é Almofadinhas, Pedro é Rabicho, e Tiago era Pontas.
— Que tipo de animal...? — Harry começou a perguntar, mas Hermione o interrompeu.

– Eu ia perguntar, – Harry disse levantando os olhos do livro – Em que tipo de animal meu pai se transformava…

– Pelo menos dessa vez você resolveu fazer as perguntas certas. – Gina sorriu para Harry com carinho.

— Mas a coisa continuava a ser realmente perigosa! Andar no escuro em companhia de um Lobisomen! E se o senhor tivesse fugido deles e mordido alguém?
— É um pensamento que ainda me atormenta — respondeu Lupin deprimido. — E muitas vezes escapávamos por um triz. Nós nos riamos disso depois. Éramos jovens, irresponsáveis, empolgados com a nossa inteligência. Por vezes eu sentia remorsos por trair a confiança de Dumbledore, é óbvio... ele me aceitara em Hogwarts, coisa que nenhum outro diretor teria feito, e sequer desconfiava que eu estivesse desobedecendo às regras que ele estabelecera para a segurança dos outros e a minha própria. Ele nunca soube que eu tinha induzido três colegas a se transformarem ilegalmente em Animagos. Mas eu sempre conseguia esquecer meus remorsos todas as vezes que nos sentávamos para planejar a aventura do mês seguinte. E não mudei...”

– E desde quando você tem a capacidade de nos induzir a alguma coisa? – Sirius revirou os olhos para Remo risonho.

– Se bem me lembro, – Tiago completou – nós induzimos você a aceitar nossa companhia. Você disse exatamente a mesma coisa na primeira vez que toquei no assunto, que Dumbledore confiava em você…

O rosto de Lupin endurecera, e havia desgosto em sua voz.
— Durante todo este ano, lutei comigo mesmo, me perguntando se devia contar a Dumbledore que Sirius era um Animago. Mas não contei. Por quê? Porque fui covarde demais. Porque isto teria significado admitir que eu traíra sua confiança enquanto estivera na escola, admitir que influenciara outros... E a confiança de Dumbledore significava tudo para mim. Ele me admitira em Hogwarts quando garoto, e me dera um emprego quando eu fora desprezado toda a minha vida adulta, incapaz de encontrar um trabalho remunerado porque sou o que sou. Então me convenci de que Sirius estava penetrando na escola por meio das artes das trevas que aprendera com Voldemort, que o fato de ser um Animago não entrava em questão... Então, de certa forma, Snape tinha razão quanto à minha pessoa.

– É claro! – Sirius bufou irritado – Eu com certeza entrei na escola usando as Artes das Trevas que me neguei a aprender durante toda a minha vida… É claro que fiz tudo o que jurei que nunca faria quando fugi da minha casa para morar na casa dos Potter. – Sirius revirou os olhos irônico – E é claro, que para fechar com chave de ouro, eu entreguei meu melhor amigo, meu irmão, à morte.

– E Ranhoso não teria razão nem se a realidade dançasse nua na sua frente. – Tiago disse levantando uma sobrancelha para Snape que bufou em seu canto.

— Snape? — exclamou Black com a voz rouca, desviando os olhos de Perebas pela primeira vez nos últimos minutos para olhar Lupin. — Que é que Snape tem a ver com isso?
— Ele está aqui, Sirius — respondeu Lupin sério. — É professor em Hogwarts também. — E ergueu os olhos para Harry, Rony e Hermione. — O Profº. Snape freqüentou a escola conosco. Ele se opôs fortemente à minha nomeação para o cargo de professor de Defesa contra as Artes das Trevas. Passou o ano inteiro dizendo a Dumbledore que eu não sou digno de confiança. Ele tem suas razões... Entendem, o Sirius aqui pregou uma peça nele que quase o matou, uma peça de que participei...

– Você não participou. – Tiago resmungou – Pelo menos não voluntariamente.


Black emitiu uma exclamação de desdém.
— Foi bem feito para ele — zombou. — Espionando, tentando descobrir o que andávamos aprontando... Na esperança de que fôssemos expulsos...
— Severo tinha muito interesse em saber aonde eu ia todo mês — disse Lupin a Harry, Rony e Hermione. — Estávamos no mesmo ano, entendem, e não... Hum... Não nos gostávamos muito. Ele não gostava nada de Tiago. Ciúmes, acho eu, do talento de Tiago no campo de Quadribol...

– Isso é ridículo! – Snape disse entredentes – Eu nunca teria ciúmes de um prepotente, arrogante que acha que é melhor do que os outros só porque consegue ficar em cima de uma vassoura e perseguir uma bola!

– Mas ciúmes de alguma coisa você sempre teve. – Sirius disse levantando as sobrancelhas para Snape.
Harry, que não queria mais discussões, voltou a ler.

— Em todo o caso, Snape tinha me visto atravessar os jardins com Madame Pomfrey certa noite quando ela me levava em direção ao Salgueiro Lutador para eu me transformar. Sirius achou que seria... Hum... Divertido, contar a Snape que ele só precisava apertar o nó no tronco da árvore com uma vara longa para conseguir entrar atrás de mim. Bem, é claro, que Snape foi experimentar, e se tivesse chegado até a casa teria encontrado um Lobisomen adulto — mas seu pai, que soube o que Sirius tinha feito, foi procurar Snape e puxou-o para fora, arriscando a própria vida... Snape, porém, me viu, no fim do túnel. Dumbledore o proibiu de contar a quem quer que fosse, mas desde então ele ficou sabendo o que eu era...
— Então é por isso que Snape não gosta do senhor — disse Harry lentamente —, porque achou que o senhor estava participando da brincadeira?

– Na verdade, esse é apenas um dos motivos. – Snape trincou os dentes irritado.


— Isso mesmo — zombou uma voz fria vinda da parede atrás de Lupin.
Severo Snape removia a Capa da Invisibilidade e segurava a varinha apontada diretamente para Lupin.

– Como você ousa! – Tiago gritou levantando-se e apontando a própria varinha para Snape – Como você ousa usar a minha capa para emboscar os meus amigos e o meu filho!

– Tiago… – Lily aproximou-se dele e tentou segurar sua mão com cuidado – Lembre-se, isso ainda não aconteceu.
– Mas tudo o que esse babaca faz da vida adulta dele é descontar a raiva que sentia de mim no meu filho e nos meus amigos! – Tiago explodiu – Será que você nunca vai crescer Ranhoso? Nunca vai superar?
– Tiago. – Lily tremia segurando o braço de Tiago. Snape estava encolhido a um canto, não ousava se mexer, ou Tiago poderia atingí-lo – Por favor…
– Se você sobreviver a isso. – Tiago disse baixando a varinha – Fique longe do meu filho, fique longe da minha família e dos meus amigos… Ou você vai se arrepender. Não me importo de te tirar de debaixo das vestes de Voldemort se for preciso.
Tiago voltou para seu lugar ainda abalado por saber que Snape usou a capa que havia pertencido à sua família por gerações, Lily tentou sentar-se ao lado dele, mas ele a olhou de uma forma tão sombria, que ela apenas voltou ao lugar que ocupava antes. Pegou o livro que Harry lhe estendia e começou a ler o próximo capítulo.
– Capítulo XIX – O servo de Lord Voldemort.





Hey leitores mais queridos desse mundo! Estou muito feliz em dizer que CdF anda muito bem e se eu continuar nesse ritmo talvez continue postando toda semana, mas continuo não dando certeza, então não me cobrem. E eu sei que esse capítulo é pequenininho... Mas não me culpem, foi a JK que dividiu o livro, não eu.
- Inghara: Contanto que não me abandone eu posso te perdoar... A Lily e o Tiago vão se acertar na hora certa, apressar as coisas pode até torná-las piores, Tiago está irritado, ele precisa de um tempo. O que todos tem que entender é que a comunidade bruxa tem um medo muito grande de lobisomens, entre outras coisas, é uma coisa que aprendem a temer desde sempre. Rony teve a mesma reação que Alice e não estou vendo ninguém irritado com ele... Com o tempo as pessoas aprendem a conviver com a diferença e descobrem que nem sempre o que pensaram ser ruim é ruim de verdade.
- Tati Rodrigues: Obrigada por ter parado uns minutinhos para comentar, sempre fico muito feliz. Espero te ver comentando sempre.
- Anna Evans Potter: Seja bem-vinda. Vou responder suas perguntas, desculpe se em algum momento eu não for muito educada, eu defendo fortemente tudo o que eu escrevo. 1º A Alice não é burra, ela é uma menina que cresceu em uma família bruxa normal e que foi ensinada a acreditar no ministério e no jornal. Por isso ela é ingenua e se convence facilmente. A Alice é a imagem da comunidade bruxa como um todo, a comunidade bruxa teme lobisomens e acredita no que o jornal diz, você pode ver isso perfeitamente em OdF. 2º Como já falei, a Alice no geral é uma pessoa boa, ela tem os medos e preconceitos dela e acredita demais no ministério, mas ela é uma pessoa legal que um dia vai aprender a não julgar os outros e vai descobrir que o ministério também mente, então o Frank gosta dela pelo que ela é por dentro, sorte tem ela, todo mundo tem defeitos, amor é quando a gente encontra uma pessoa que continua ao nosso lado mesmo quando mostramos nossos maiores defeitos. 3º Se você acha o Tiago idiota na minha história, pode ir embora. Por que a Lily tem direito de ter medo e o Tiago não tem direito de ter sentimentos e se ofender? E me desculpa, mas quando alguém me magoa eu não perdoo fácil, a pessoa precisa provar que mudou, não é com duas palavras e um pedido de desculpas que ela vai reconquista-lo, ele ficou realmente magoado, fora que ele estava em um momento muito sensível, triste por causa da mãe doente dele e se você não entende isso realmente não leu nada do que eu escrevi. 4º Porque se ela pedir desculpas ele vai dar um fora nela, não sei se você percebeu mais nesse momento da história Tiago está um bocado sensível. E sinceramente, relacionamentos são coisas complicadas, pessoas que se ofendem não perdoam fácil, e seres humanos tem orgulho. Eu gosto de escrever uma história minimamente realista, se não gosta dela assim, sinto muito. Espero não ter sido rude, mas são pontos muito sensíveis da minha história. Quando eu puder dou uma olhada nas suas fics.
- Luiza Snape: Não sei se vou fazer uma fic inteira depois de RdM ou se vou escrever um capítulo final em RdM mesmo, muito provavelmente vou apenas escrever um capítulo extra.
- Marinamadson: Sei que você não vê isso no momento, mas Alice é uma pessoa boa, o negócio é que ela foi criada para temer lobisomens e para acreditar no ministério e no jornal, assim como a maior parte dos bruxos. Se for reparar, Rony no livro também reage mal à noticia de que Remo é um lobisomem, e a Sra. Weasley em CdF acredita em várias das mentiras de Rita Skeeter e até trata Hermione mal por causa delas. Então será que realmente podemos culpar a Alice por ser como é?
- Flaa: É como eu já escrevi várias vezes: Alice é uma pessoa boa, o negócio é que ela foi criada para temer lobisomens e para acreditar no ministério e no jornal, assim como a maior parte dos bruxos. Se for reparar, Rony no livro também reage mal à noticia de que Remo é um lobisomem, e a Sra. Weasley em CdF acredita em várias das mentiras de Rita Skeeter e até trata Hermione mal por causa delas. Não muito diferente de Alice não é? E não vejo as pessoas irritadas com Molly e Rony por causa da forma como eles foram criados.
- Guilherme L.: É o que acontece comigo quando ninguém fica me perturbando, eu acabo escrevendo a vontade e sai tudo muito mais rapidamente. E seus comentários não são ridículos, acredite em mim, algumas pessoas fazem comentários grandes, outras fazem comentários pequenos, o que importa é você ter dedicado uns minutinhos do seu dia para ler o que eu escrevi e me deixar saber que gostou e isso vale muito.
- Regiane Helena: Eu também sofri muito nesses capítulos com Sirius e Tiago os dois sofreram muito com tudo isso. O caso da Alice é muito importante para mim, começou pequeno, mas acabou dominando uma parte da fic. Ela é uma bruxa comum, criada por bruxos comuns. A comunidade bruxa em geral teme lobisomens, e por isso Alice teme lobisomens também, se você parar para perceber, Rony quando fica sabendo que Remo é um lobisomem tem uma reação ruim também, justamente por ter tido o mesmo tipo de criação que Alice, e se Rony aprendeu a conviver com isso e a superar esse preconceito, Alice pode aprender também. Alice é inocente, ela aprendeu a confiar no ministério e no jornal com os pais, e por isso ela acaba acreditando em tudo o que o livro diz sem pensar, mas pense bem, Harry não fez o mesmo? Em OdF por exemplo, a Sra. Weasley, mesmo conhecendo Hermione, acreditou nas matérias de Rita Skeeter e acabou tratando a menina mal por achar que ela realmente estava brincando com os sentimentos de Harry. Pense bem, não é exatamente isso o que Alice faz? Mas no fundo, ela é aquela pessoa boa e forte que um dia será a mãe de Neville, ela só precisa amadurecer, como todas as pessoas precisam antes de se tornarem quem serão de verdade. E Lily precisava dessa distancia para conhecer o Tiago melhor e aprender a valoriza-lo, no fim essa distancia será boa para o relacionamento deles.
- MionGinnyLuna: Não foram dois capítulos de uma vez, mas aceito o elogio! A Lily realmente estava precisando desse fora para aprender a dar valor a Tiago de verdade. Então, eu não tenho tumblr, ou se tenho não sei como funciona de verdade... Mas mesmo assim vou dar uma olhada no seu blog assim que eu puder. Eu adoro headcanons!
- Izabella Bella Black: Acho que o Sirius já não estava mais aguentando guardar o segredo... Até foi bom para ele poder desabafar. Nunca coloquei minha cachorrinha com gatos, então não sei qual seria a reação dela, mas em geral ela não gosta muito de outros animais, ela é muito ciumenta. Acho que a Lily pensou que animagia era avançada demais para qualquer um que não tivesse se formado ainda, e até é, a McGonagall só conseguiu depois da escola, e temos que concordar que a McGonagall é uma das bruxas mais poderosas da história toda. Eu também não gosto quando destratam o Remo, mas quero realmente que vocês tentem entender a Alice, ela não tem culpa, a comunidade bruxa em geral teme lobisomens, e por isso Alice teme lobisomens também, se você parar para perceber, Rony quando fica sabendo que Remo é um lobisomem tem uma reação ruim também, justamente por ter tido o mesmo tipo de criação que Alice, e se Rony aprendeu a conviver com isso e a superar esse preconceito, Alice pode aprender também. Acho que o ministério e todo o mundo bruxo, pensaram que Sirius havia explodido o Pedro e por isso sobraram apenas pedacinhos dele, se você for parar para pensar, todo mundo diz que "a maior parte dele" que encontraram foi o dedo, então eles tem que ter encontrado outras partes menores, não é? E a Lily vai ver muito do Tiago agora que ele se afastou, isso vai ser bom para os dois.
- Sonhadora Dixon: Minha fic de TWD ainda não está sendo postada, MLHP me consume todo o tempo que tenho... Mas pretendo postá-la. Eu gosto das HQ‘s, li antes de a série de televisão sair, tem muita coisa diferente, mas é muito boa acho a HQ um pouco mais sangrenta do que a série... E eu não sei se tenho realmente um personagem favorito só, mas eu gosto MUITO da Michonne, acho a história dela tanto na série quanto na HQ muito boas (as histórias dela são diferentes na série e na HQ). Eu fico muito feliz que você entenda o papel da Alice na história, ela não deixa de ser uma pessoa boa por ter atitudes erradas, ela é apenas uma bruxa comum que ainda não entende como as coisas funcionam na realidade, mas ela vai mudar, todos crescem e mudam e a hora dela já está chegando. Quanto a Lily e Tiago é exatamente o que você disse, eles nem eram amigos antes, eles não podem pular fases, e todos os relacionamentos tem seus problemas, eles precisam enfrentar algo para dar valor um ao outro. E o comentário ficou bom sim, não se preocupe com isso, comente com o coração e sempre vai estar bom para mim.
- Stehcec: Eles também não vão conseguir parar para comer, só quando estiver tudo certo (eu também não conseguia parar). Eu to gostando tanto do Tiago rabugento, ele fica divertido! Eu também nunca entendi o que tinha de tão dificil em guardar a capa no bolso... Eu adoro a Gina, e adoro mais ainda escrever a Gina, sempre me divirto. E o Snape tem aquela ironiazinha maldosa. Amasso: "Felino de pêlo pintado ou malhado, possui grandes orelhas e rabo igual ao de um leão. É extremamente independente e inteligente, sendo por muitas vezes agressivo, embora seja um excelente bicho de estimação caso se afeiçoe ao bruxo ou bruxa. Tem uma capacidade excepcional de detectar pessoas suspeitas ou indesejáveis, além de até mesmo salvar bruxos perdidos, ajudando-os a encontrar o caminho de casa. Tem até oito filhotes de cada vez, e são capazes de cruzar com gatos. É necessário se ter uma licença para a posse de um desses animais." E sim, o Sirius sempre fica parecendo culpado... Falei sobre isso em algum capítulo, acho que no próximo. E a Alice deve ficar mais legal antes do quinto livro ainda... Ela vai perceber já já que nem tudo o que o jornal e o ministério dizem é verdade, e isso vai mudar muito ela. Então, a brecha eu falei no capítulo, acho que ninguém notou, a brecha é o fato deles terem feito uma promessa a Remo anos antes de fazer qualquer promessa a Dumbledore, então a promessa que fizeram a Dumbledore não podia influenciar na que fizeram a Remo. Eu até pensei em deixar a Cobralice, mas cobras não tem ouvidos e o livro só se revela se todos estiverem ouvindo... O que a Belah postou no grupo vale muito no caso da Alice, ela não tem culpa do que aprendeu desde criança e com o tempo ela vai mudar e aprender a conviver com isso, assim como Rony fez. E a Lily e o Tiago vão se acertar na hora certa... Boa sorte no concurso, você tem realmente muita chance de ganhar.
- Bia Ginny Potter: O amasso é explicado em um dos livros extras "Animais Fantásticos e onde habitam", lá eles dizem também que o Bichento é meio amasso. E é exatamente isso que tento explicar para todo mundo, temer lobisomens é uma coisa comum no mundo dos bruxos, Alice não tem culpa por sua criação. E o post do grupo sobre Rony ser racista vale para a Alice também. Ela logo logo vai ver que nem tudo o que o ministério diz e faz é verdade ou certo. E então ela vai se tornar a pessoa que todos esperam que ela seja.
- Day Caracas: Se eu fosse o Harry não dexaria a capa nem no malão no dormitório, menos ainda voando pelos terrenos da escola. Eles terem conseguido se tornar animagos no quinto ano é realmente impressionante, ainda mais se for levar em conta que McGonagall, que para mim é uma das bruxas mais incriveis da série, só conseguiu depois da escola, mas talvez Hermione fosse capaz se quisesse, afinal ela conseguiu fazer uma poção, que muitos bruxos adultos nem ao menos tentam, quando tinha apenas doze anos... E sim, está quase na hora da Alice mudar e amadurecer, descobrir que Remo é um lobisomem e não vai fazer nada de mal a ela é muito importante para essa mudança, para ela ver que nem tudo o que diziam a ela é verdade.
- Akemi Lilith Homura: Claro que me lembro da sua pessoa, faz séculos que você não aparece, mas eu tenho uma memória muito boa. Te perdoo por não ter comentado só por que você apareceu. Eu ainda não sei exatamente o que Tiago e Sirius vão fazer com o Pedro depois que saírem da sala, eles não me contaram ainda, mas vai depender muito do humor que eles estiverem quando tudo terminar. Você já tinha me mostrado algumas partes do seu fanbook, eu me lembro que até onde vi estava muito bom, depois eu dou uma lida mais profunda e falo mais sobre isso.
- AngelDhu: Eu até acho que o Harry conseguiu se controlar por bastante tempo... Eu acho que eu não teria nem começado a ouvir antes do Remo aparecer. Quanto ao Sirius nunca desmintir ou nunca tentar se defender eu discordo de você. Pense bem, não deram a ele nem ao menos o direito a um julgamento, ninguém tentou ouvi-lo, ele estava preso em Azkaban, que não é ali na esquina, e não tinha a oportunidade de conversar com ninguém, a não ser que você conte os dementadores. Dumbledore disse que ele era culpado e o ministério simplesmente aceitou e o enviou para Azkaban, não sei se você leu o que JK escreveu no pottermore sobre Azkaban, mas não é uma coisa simples entrar lá, e quase ninguém tem autorização. Não deram a ele nenhuma escolha.
- Hilary J.S. Lestrange: Eu fiquei um pouco irritada com a JK por que ela separou essa parte em vários capítulos e depois enfiou todos os capítulos em um só, então vou ter alguns pequenos antes do capítulo do vira-tempo e o do vira-tempo é gigantesco! Você sabe muito bem que a Alice não é chata por maldade, ela é apenas muito influenciavel e acredita firmemente no ministério. É por essas e outras coisas que eu nunca assisto o filme antes de ler o livro, perde-se muita coisa. Tiago não podia continuar, continuar contraria a primeira promessa que Tiago fez a Remo. Já o Remo ser maduro o bastante para continuar é muito importante para ele, dar a ele o poder de contar seu próprio segredo. E eu realmente gostaria que vocês tentassem entender mais a Alice, ela não é assim por que quer, é só como ela aprendeu a ser, como ela cresceu sendo, ela vai mudar, e amadurecer, como todo mundo na sala vai.
- Juliet Potter: Contanto que você dê um jeitinho de comentar eu sempre fico feliz! O Tiago é meio esperto demais, acho que no fundo ele sempre esperou que Harry fosse tão esperto quanto ele, por isso que ele não lida muito bem com a ingenuidade dele. Quanto à Alice, ela não tem culpa, a comunidade bruxa em geral teme lobisomens, e por isso Alice teme lobisomens também, se você parar para perceber, Rony quando fica sabendo que Remo é um lobisomem tem uma reação ruim também, justamente por ter tido o mesmo tipo de criação que Alice, e se Rony aprendeu a conviver com isso e a superar esse preconceito, Alice pode aprender também. Tenho boa memória sim, mas você ter dito o nome ajudou muito, eu tenho memória fotográfica.
- 1988bookworm: Acho que de agora em diante teremos bem menos conversas em código entre os marotos... Mesmo antes de eu saber quão especial a capa de Harry era eu já achava que ele era descuidado demais com ela, é só pensar no primeiro ano, quando eles foram levar o Norberto para os amigos de Carlinhos e esqueceram a capa na torre, Harry tinha acabado de ganhar a capa do pai, a única coisa que ele tinha que pertencia ao pai, e ele simplesmente a esquece na torre? O que custa guardar no bolso? Tiago não podia ler que Remo é um lobisomem, ele se sentiria traindo uma promessa que fez anos antes para um de seus melhores amigos, e Tiago não é capaz de ser um traidor, simplesmente não é. E eu adoro que você simplesmente entenda a Alice da minha história, ela não é má, ela é apenas ingênua, ela foi criada como a maioria dos bruxos e acredita no que o jornal e o ministério dizem, mas já está quase chegando a hora dela mudar, e de ver a verdade, a mudança dela já começou, se você parar para perceber, ela ficou um bocado decepcionada quando soube que levaram o carrasco para a apelação de Bicuço, outras coisas vão decepciona-la também e aos poucos ela vai se tornar a Alice Longbottom que ela deve ser.
- GysLupinBlack: Quase não vi seu comentário antes de postar! Tiago nunca seria capaz de contar o segredo de Remo, ele não poderia descumprir uma promessa que fez anos antes ao amigo, então Remo foi muito maduro e corajoso em contar o próprio segredo, acho que é importante para ele ser quem diz às pessoas a verdade. A Alice não é ruim, eu queria tanto que todos entendessem, ela não tem culpa, a comunidade bruxa em geral teme lobisomens, e por isso Alice teme lobisomens também, se você parar para perceber, Rony quando fica sabendo que Remo é um lobisomem tem uma reação ruim também, justamente por ter tido o mesmo tipo de criação que Alice, e se Rony aprendeu a conviver com isso e a superar esse preconceito, Alice pode aprender também.


Não deixem de comentar!
Quem quiser fazer parte do grupo da fic, onde posto novidades, prévias e enquetes:
https://www.facebook.com/groups/742689499098462/


E para quem é do grupo: Quem acertou a frase da semana? Todos os personagens que coloquei na enquete foram votados, menos o Rony...


Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 17

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Helena em 13/09/2018
Menina, isso esta pegando fogo.
Nota: 0

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por M_sinistra em 17/02/2018
Queridos Eu acho que a história do Harry Potter podia ser diferentes ser eles mudar o fiel do segredo e conta para o Alvo Du e pedisse para ele não conta ´para ninguém e ser o Sirius não fosse tão Dramático .
Nota: 0

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Srt.Lupin em 19/01/2016

    Era para eu ter comentado de manhã, mas estava lendo pelo celular e odeio comentar pelo celular, então vamos lá...
    Como todas as vezes chorei muito na parte em que o Remo conta sua história, acredito que ele tenha sido um dos personagens mais bem trabalhados que a nossa querida J.K. construiu. Adoro a personalidade que você criou nele, do jeitinho que sempre imaginei.
    Quando ele diz a seguinte frase: " – Que mulher iria querer viver com um lobisomem?", eu juro que olhei para o celular e respondi: "Se esse lobisomem fosse você, eu oras.", mas realmente essa frase me deixou emocionada, Remo se negava a felicidade própria para proteger aos outros.
    Não tenho nenhuma crítica o capítulo estava completamente perfeito, eu só espero que mesmo o Remo não aparecendo tanto nos outros livros ele continue tão ativo quanto neste.
    Bem é isso... BEIJOS JUUUUHHHH!!! 

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Prado Soares em 12/11/2014

ai esse cap </3 tudo bem q eh otimo saber mais sobre o james, mas, poxa, nao da pra nao ficar de coraçao partido com a historia do remo >< pode ir roubar o sirius e trazer ele pra brincar com meus gatos e nunca mais deixar sair? estou num momento in love com ele <3 acho q a mione realmente achava que as leis nao poderiam ser quebradas... talvez achasse q nao poderiam por serem do ‘‘mundo bruxo‘‘? tipo, alguma magia q impedia as leis de serem quebradas? nao faz muito sentido, considerando q ela ja sabia sobre voldemort, mas eh possivel que ela pudesse pensar algo do tipo, eu acho... se a lily nao tivesse sido babaca com o james aquela hora, ele ja teria tido q era animago, creio eu... pq ela tinha perguntado, entao eh culpa dela soh saber pelo livro #humptf achei interessante falar do homenum revelio... pq sera q a JK nao deixou o remo, o melhor professor de defesa q existiu, fazer isso??? achei super hiper mega ultra power cute o momento remo/lily (pensando agr, sera q alguem shipa os dois??? me lembre de procurar sobre isso!!!! ) achei lindo tb o james reconhecer isso.. por mais q eu concorde com os argumentos da grey ali embaixo... acho que podemos considerar q os marotos sao, entre eles mesmos, a ‘‘sua pessoa‘‘, tirando o rabicho, claro... nao acha? to adorando o sirius tranqulo por nao ser culpado, ele realmente vltou a ser o sirius <3 amei a explosao do james no final, imagina o odio q ele nao deve ter sentido!!! o seboso usou a capa DELE pra enganar os amigos DELE e o filho DELE, juntos com os amigos do filho... que, com certeza, se ele tivesse vivo, consideraria seus filhos adotivos, assim como a sra. potter adotou o sirius... sabe, essa coisa de ‘‘adotar‘‘ eh tao bonitinho... eh interessante saber que não é pura ficçao uma familia adotar alguem... minha sogra foi xingada pela irma varia vezes por ter ‘‘trocado‘‘ de familia (obviamente, sendo a foderosidade q a minha sogra era, ela sempre respondia algo do tipo ‘‘eu foi uma otima troca‘‘) e eu entendo perfeitamente... a familia do meu sogro pode ser um porre quando quer cobrar alguma coisa, mas eh o tipo de familia que SEMPRE SEMPRE SEMPRE vai te acolher como aprte da familia de verdade, nao só ‘‘agregado‘‘ pq namora/ta casado com alguem da familia... enfim, qro ver o prox cap logo :3 to morrendo de ansiedade... principalmente pq vai chegar no do vira-tempo mais rapido UHSUAHSUHASUHSAH bjao jujuba :*

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Juliet Potter em 12/11/2014

Heyyyyyyy
Me desculpe pela demora!!!!
Sério, essa semana foi corrida demais (e olha que ainda é quarta-feira...)
Enfim, o capítulo como sempre está D-I-V-O!!!!!
Fiquei emocionada de novo lendo a história do Remo... A Lily se mostrou uma verdadeira amiga, assim como os Marotos. 
Confesso, que o Snape já está me dando nos nervos, e vou ter que me controlar, se pelo que me lembro no próximo capítulo...
Okay, okay. Comentário curto, mas porque foi escrito as pressas.
Mil desculpas Juh! Mesmo, mas agora que estamos no final do ano, os professores estão pegando muito no nosso pé.
Beijinhos!!!! Prometo ser mais rápida da próxima vez ^_^ 
 

Nota: 1

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Day Caracas em 11/11/2014

Ohhhhhh eu aqui, ainda bem que nao posto nesse fim de semana, pq eu nao ia comentar, :/ eu tava com preguiça e muito cansada ate pra pensar, serio, o Enem acabou comigo. kkkkkkkk, mas acabouuuu \\o///, ohhhhh maravilha, oh alivio enorme tirado dos meus ombros.  Mas vamos la ao capitulo.

 Pois é pessoal, tudo vai ser revelado, mas é por uma boa causa ;) eles precisam saber da verdade.

Mione, tão inocente de tudo, ele ainda nao sabia ate onde as pessoas iam pra se safar.

Sirius mudar???? Ainda to pra ve, sabe, adoro ve eles jovens, mostra como o mundo os mudou, como a guerra os transformo e afeto, principalmente o Sirius

Os menino nao iam deixam nada passar se nao fosse perfeito, com o mapa nao seria diferente.

Meninos, tão inteligentes, é um feito e tanto se tornar animago nessa idade, ele sao inteligentes demais.

kkkkkkkkkkkkkk, quero ´´e ve o Remo quando descobrir sobre Tonks e Teddy, é claro que ele tinha que ter uma familia, o problema peludo dele nao o define como um monstro, ele é uma das melhores pessoas que pode existir.

Que coisa linda o que a Lily falou, é claro q ela nao o ve como um monstro e foi lindo de se falar isso.

Ehhhhhhh, e a Alice finalmente ta crescendo e vendo que nao se julga os outros sem conhece-los .

Remo induzir os meninos em algo, isso é hilario so de pensar. kkkkkkkkkkkkkkk

É claro que Snape teve ciumes do Jay (o a intimidade), isso ta na cara, e sempre descontou o que nao consegui no Harry. E simmmmmm Jay, bota esse chato no lugar dele e fala oq ele merece ouvir

Xauuuu Juuu 

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por GysLupinBlack em 10/11/2014

Hey Ju! 

Desculpe por demorar tanto para comentar.

OMG! Esse capítulo ficou perfeito como sempre. 

A história dos Marotos foi muito bem colocada na fic, já  que na minha opinião esta foi uma das melhores histórias criadas pela J.K.

O Remo é muito corajoso e está mostrando isso. A história dele é realmente emocionante, por isso acho ele o melhor personagem da Saga.

Estou louca para ver a reação de todos, principalmente da Lily, quando descobrirem o motivo de tanta inveja do Snape, é um dos momentos que mais aguardo.

Bjus Ju, até o próximo capítulo!

P.S: Acho que posso voltar a gostar da Alice, porém eu não suporto que falem mal do Remo!!

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Stehcec em 09/11/2014

Olá Juh
está chegando no fim o livro, estou ansiosa pelo CdF. hahahaa

Esse cap é muito bom, pois revela a história dos marotos :)
E claro que é por uma boa causa Tiago. (Só respondendo ele) hahahahahahahahahahahaaha
Acho q a Mione ainda era meio inocente na epoca do livro, claro que ela iria duvidar da história deles.
O Sirius é ótimo, e eu adoraria ter ele de caozinho de estimação! hahahahaha
De todas os argumentos do Remo oq convenceu o Sirius foi que o Harry precisava saber (É muito amor)!
Ai que bom que o Sirius ironico, lindo, e sem culpa voltou! Adoro ele assim!
É óbvio que se Sirius e Pedro eram animagos o Tiago tbm seria, constatação meio óbvia da Lily. ahaahahhaha
Com certeza deveria ter pensando nisso Remo, ai o idiota seboso não teria subido!
Eu acho tão triste o Remo se sentir mal com o "probleminha peludo" dele. Mas imagino tbm que deve ser muito dificil suportar o preconceito das pessoas e por esse motivo deve ter imagino que nunca mulher nenhuma se interessaria por ele. =/
Achei MUITO lindo a Lily promentendo ficar do lado dele.
E que diria, até a Alice estava emocionada com a história do Remo. (Tô começando a achar q ela fica legal mesmo) hahaahaha
Eu fico cada vez mais impressionada como eles eram extremamente inteligentes!
Claro que seriam eles a induzirem ele a aceitar a ajuda dos amigos. Pelo que conheço dele, nunca pediria isso a ngm.
É CLARO q o Snape tem ciumes de TUDO q é relacionado ao Tiago, mas principalmente do amor da Lily por ele.
Nossa, o Tiago ficou realmente irritado com o Snape, e eu gostei, bem q ele podia colocar mais um narizinho de tomate nele! hhahaaahahahaa

Juh, já falei isso, mas fico cada vez mais impressionada com sua forma de escrever. Acho que vc chega no fundo de cada personagem, e consegue escrever de tal forma q fica MUITO real.
Obrigado por escrever e nos fazer deliciar com HP de uma forma diferente!

Abraços 

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Gi Molly Weasley em 09/11/2014

Oieeeeeeeeeeee! Sei que eu demorei muito pra comentar, mas eu não tive tempo!!! Eu acabei de ler agora todos os capítulos que estavam atrasados pra mim e não vejo a hora de você postar o próximo capítulo! Bjs! ;*

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Izabella Bella Black em 08/11/2014

Parabéns pelo capitulo Juh, ele esta maravilhoso, perfeito. Achei muito legal o que os marotos falaram já no começo do capitulo e em breve Tiago vai perceber que foi sim por uma boa causa que os segredos deles foram revelados. Vendo por esse lado faz sentido, afinal por anos Perebas esteve junto com eles e agora chega alguem ali e fala que na verdade o rato não é um rato, nunca avia pensado por esse lado. Sirius nunca deixará de ser impaciente. Se eu não me engano, Pedro só não sabia que o mapa estava com Remo por que ele já avia fugido e se escondido na cabana do Hagrid. Hermione só achou que sem permisão do Ministerio eles não conseguiriam se transformar e outra é meio dificil imaginar que alguem consegue se tornar um animago sem o Ministerio saber. A Lily ainda tinha alguma duvida sobre o Tiago tambem ser um animago? Eu só não entendi uma coisa, os animagos podem assumir outras formas sem ser as suas formas originais por assim dizer? Fico imaginando a reação do Remo em RDM ao saber que tem um filho, só espero que ele não reaja como reagiu em RDM. Lily esta certa, Remo não pode deixar de viver a vida dele por medo, e achei muito legal tudo o que ela disse a ele. Eu não odeio a Alice indendo que ate mesmo o Rony tambem reagiu bem mal ao probleminha peludo do Remo, mais o que mais me deixa brava com a Alice é o fato de ela falar as coisas sem escutar primeiro e depois que ela percebe que todos estavam certos menos ela, ela pede desculpas e fala que não irá fazer mais ou pelo menos dá a intender isso e no proximo segundo ela esta fazendo tudo de novo. Se eu não me engano eu acertei a frase da semana de novo. Adorei o que o Tiago e Sirius falaram do Snape, ate por que Snape não estava com a razão.  Eu concordo com Remo Snape tinha inveja do Tiago não só pela Lily, mais tambem por Tiago ser bom em tudo e tambem por ser um puro sangue. Imagino que a hora que Snape for nocauteado pelo Trio de ouro Tiago e Sirius vão adorar. Sinceramente quando Tiago fica bravo ate eu tenho medo e Snape finalmente aprendeu que quando o Tiago esta bravo e o alvo é ele o melhor a se fazer é ficar calado antes que ele fique pior do que com o nariz de tomate. De certa forma eu ate que estou gostando da forma que o Tiago esta tratando a Lily, dessa forma ela percebe que ele precisou de muita paciencia para correr atras dela. Sobre a suposta morte de Pedro, você tem razão eles sempre falavam que o dedo avia sido a maior parte que encontraram de Pedro, mas nunca falaram se avia sido encontrada outras partes menores, eu imagino que como o ministerio estava desesperado para prender alguem, prenderam Sirius sem nem verem se as provas fariam algum sentido. E sobre a Lily e o Tiago sim isso será bom para eles e de certa forma é meio engraçado ver o Tiago tratando a Lily mal, já que sempre foi o contrario. Beijos. 

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Tati Rodrigues em 05/11/2014
Não sou boa em comentários, mas não resisto a sua fic, ela é maravilhosa! A Lily ta merecendo mesmo a forma como está sendo tratada, o Thiago já deu todas as provas que ama ela, o que ela quer? Uma tatuagem na testa dizendo que ama ela? E a Alice é insuportável!!! sempre imaginei ela sendo uma garota mais ou menos do jeito da Lily, doce, gentil e inteligente, se não inteligente mas pelo menos tolerável! Estou amando sua fic continua assim, já estou ansiosa pelo CdF.
Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Flaa em 03/11/2014

Parabéns Julia por mais esse capítulo emocionante! Você tem razão no seu comentário, mas espero que logo a Alice perceba melhor as coisas como elas realmente são! Sempre me emociono lendo a histéoria do Remo, adoro ele. Ansiosa pro próximo! Beijos

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Tiago Henrique Mejias Balthazar em 03/11/2014

Juh Nunes. Sou leitor assiduo da sua fic, e gostaria que soubesse disso, portanto resolvi comentar, uma vez que nunca tinha comentado fic nenhuma. Estou adorando a história, e sempre imaginei os Marotos igualzinho você está escrevendo.

Parabens pela fic e não desista! 

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Luiza Snape em 03/11/2014

Anyway, acho que tu tens talento pra uma fic pós  marotos lendo RDM e eu ficaria e outras pessoas também ficariam felizes em ler!!! De qualquer jeito, aguardo o próximo cap!
 

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Anna Evans Potter em 03/11/2014

Hummm… Até que eu concordo com as suas respostas. E você não foi rude, não precisa se preocupar. 
Estou adorando a sua fic, de verdade. Eu já li outro fics que são mais ou menos assim, com os marotos lendo os livros do Harry e tal, e, sem dúvida, essa é uma das melhores.
:) 

Nota: 1

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por AngelDhu em 03/11/2014

Eu não li o que ela escreveu no pottermore, mas eu imagino que que Azkaban deve ser um lugar horrível. Eu realmente não pensei bem nisso. O Sirius é um dos meus personagens favoritos da serie, talvez por isso eu quisesse que ele tivesse tentado se defender, mas como você mesmo falou, ele não teve chance de tentar.

 

Sobre o capítulo, eu fiquei com muita dó do Remo, imagina o que é passar quase a vida toda pensando que nunca vai poder ter uma família, e ainda quando adulto não conseguir um emprego por uma coisa que ele nem sequer escolheu ser. Ainda bem que ele teve os marotos na escola, deve ter sido muito difícil pra ele o Thiago e a Lily mortos, o Sirius sendo preso, o Pedro supostamente morto, foda. O Sirius ta sendo muito paciente esperando o Remo contar a história eu já estaria tentado enforca o Rabicho a muito tempo. E agora ainda chega o Snape, e pra piorar com a capa da invisibilidade, a Harry cuida com mais carinho dessa capa.  
Ansiosa para o próximo capítulo :) 

Nota: 1

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por 1988bookworm em 02/11/2014

Comentando já pra não correr o risco de perder o prazo como quase aconteceu nesse cap. ;)

E preciso começar dizendo: Ai q capitulo minusculo!! (e sim, sei que a culpa é da JK e não sua, mas precisava comentar mesmo assim...)

E é claro que eu entendo a Alice que vc escreveu e acredito que as pessoas podem amadurecer e mudar... Jamais escolheria a profissão que eu escolhi se eu não acreditasse nisso ^^ Assim como eu tbm entendo o sofrimento do Lupin e o preconceito que os outros (como a Alice e o Rony)sentiam sentiam por ele ser lobisomem e o porque da afirmação do Lupin no cap. anterior: é claro que vc ia me tratar diferente qundo descobrisse, todos tratam... perceba que eles (me refiro aqui principalmente ao Rony, cuja descrição a JK fez no livro e à Alice q vc tratou na fic) foram criados em lares bruxos e passaram a vida inteira aprendendo que lobisomens são criaturas das trevas que comem criancinhas e etc... assim como ensinamos as nossas crianças que bandidos são pessoas perigosas, os adultos ensinam essas coisas na intenção de proteger as crianças, e acredito que a função dos pais previnirem as crianças do mundo buxo contra lobisomens tbm era a de proteger as crianças de serem atacadas por um... enfim, imagine se vc descobre de repente que um colega, ou professor seu é um assassino, muito provavelmente vc trataria essa pessoa diferente não? Já pro Harry, pra Mione e pra Lilly é mais fácil aceitar a licantropia por que vieram de lares trouxas, não ficaram a infância intera ouvindo falar que lobisomens são criaturas malignas e portanto não tem esse preconceito arraigado tão profundamente, portanto o fato de conhecerem tão bem o Lupin é o suficiente para eles... Pra Alice e pro Rony de 13 anos, leva um pouco mais de tempo, mas o Remo contar a história dele e mostrar o quanto sofre por sua condição e por (naquela época) não ser capaz de controlar seus instintos, os ajuda a superar o preconceito e já podemos ver que a Alice está mudando ao se emocionar com a história...
E eu sei que vc já percebia isso de alguma maneira pq dá pra perceber pela fic, mas o capítulo é praticamente só o Lupin contado a história dele então eu quis dizer tudo isso mesmo assim... :P

Bjos Jubs ^^ 

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2020
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.



 

 




 
                           

 


Warning: fopen(): Filename cannot be empty in /nfs/c10/h06/mnt/147811/domains/fanfic.potterish.com/html/includes/cache.php on line 39