FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

ATENÇÃO: Esta fic pode conter linguagem e conteúdo inapropriados para menores de idade então o leitor está concordando com os termos descritos.

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

5. Uma Tarde no Shopping


Fic: Vida De Adolescente


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Capítulo V




Maravilha! É 05h45min da manhã, o Harry ta roncando que nem um porco aqui do meu lado e eu acabo de perder o sono! E o pior é que amanhã (hoje na verdade) eu tenho aula. Eu estava dormindo tranqüilo, ai esse cabeção vem me atrapalhar. E o pior que eu só dormi duas horas. Pois é, a vida é dura ¬¬.


Epa! Eu estou escutando algum barulho vindo do corredor. Parecem passos, e vem lá de baixo. Caraca, acho que é um ladrão O.O. Eu me lembro quando um tentou assaltar a nossa casa. O Fred bateu com o monitor do computador na cabeça ele e logo depois o coitado rolou escada abaixo. Ainda bem que ele não estava armado, mas eu acho que ele teve ter ficado com seqüelas graves xD. Melhor eu dar uma olhada para ter certeza do que é.


Levantei-me e tentando me guiar com as mãos peguei a guitarra da Gina (se for para matar alguém que seja com a dela não é mesmo?) e depois sai do quarto. A casa está toda escura, eu só consigo ver alguns vultos dos moveis. Mas no máximo uma mancha preta. Ok, passei pela porta do quarto. Agora é só eu me concentrar para descer as escadas e...


-Ah!!!!!!!!!!!! – gritei me virando e levantando a guitarra.


-Ah!!!!!!!!!!!!


-Ah!!!!!!!!!!!!


-Rony, sou eu. Calma!


Abaixei a guitarra, aliviado e catei o interruptor para acender. Meu coração ainda esta aos pulos aqui.


-Hermione! Como você me da um susto desses?!


-Você que começou a gritar! Eu só toquei no seu ombro!


-E eu ia saber que era você?!


-Quem seria? A loira do banheiro?!


-Esta mais para castanha do banheiro, mas...


-Ai Rony!


-O que você estava fazendo caminhando por ai no meio da noite afinal?!


-Tomar leite quente, dava para escutar alguns roncos dos outros quartos e eu não consegui dormir.


Agora que eu notei, ela estava segurando uma xícara de leite e estava com um roupão. Se bem que eu acabei a fazendo derrubar o leite no chão xP. O cabelo dela estava amarrado numa trança também.


-E você?


-O Harry também me acordou, ai escutei passos e pensei que fosse alguém invadindo a casa.


-Agora que eu me agitei não vou conseguir dormir mais. – ela falou se escorando na parede e se sentando no chão.


-Eu também não. E o pior que já vai amanhecer. – falei checando o relógio pendurado na parede. – Eu vou fazer o nosso café. Pode ser?


-Claro.


Desci as escadas e a Hermione me seguiu. Ela se sentou no balcão que a gente tem na cozinha. Eu peguei uma bandeja que a mamãe tinha, apoiei na mão e perguntei atrás do balcão.


-Bem vinda ao restaurante Weasley! O melhor da região. O que gostaria de comer? – perguntei fazendo pose me fingindo de garçom. Sabe, meu antigo sonho era ser ator, mas depois dos oito anos desisti dessa idéia.


-O que você recomenda? – ela perguntou fingindo ler um cardápio imaginário.


-Nós temos um delicioso cereal com leite, e também à especialidade da casa: Cereal com leite. Mas estamos com uma promoção, você compra um cereal com leite e ganha dois!


-Bom, está difícil. Nunca vi tantos pratos maravilhosos. Hum... Acho que vou querer cereal com leite.


-Ótima escolha!


Hermione começou a rir junto comigo. Eu comecei a pegar as tigelas e o leite. Quando me virei novamente Hermione tinha sumido.


-Mione?! Onde você ta?! – eu caminhei até a sala e encontrei-a apoiada na janela. – O que você está fazendo?


-Ah, é que eu gosto de ver o sol nascer.


Encarei a janela, a única coisa que dava para ver era um grande muro de tijolos.


-Não da para ver nada daí!


-Você tem outra janela?


Essa menina é estranha -_-”. Por que essa necessidade de ver o sol nascer? Ela deve ter batido com a cabeça quando nasceu, só pode.


-Vamos lá ao terraço, tem uma vista muito boa da cidade. Pelo menos melhor do que a desse muro.


Ela riu de lado. Nós dois pegamos as nossas tigelas de cereal e subimos as escadas.


No corredor do andar de cima eu puxei um alçapão do teto que virava uma escada. Nós dois subimos e chegamos a um lugar que a gente usava como deposito. Muito mal iluminado e sujo. Nesse lugar tinha uma outra escada que levava ao terraço.


-Puxa, aqui é tão... Alto. – Hermione falou depois que a gente subiu. Dava para ver toda a cidade (por ser bem alto como a Mione falou a pouco). Ainda estava escuro, mas começava a ficar mais clarinho lá no horizonte. E o terraço não tinha grades então tinha que ter cuidado para não cair lá em baixo.


-O que foi? Algum problema? – perguntei a encarando. Ela tremia e suava frio.


-É que eu tenho muito medo de altura. – ela disse voltando aos poucos para a direção da escada. - Acho melhor a gente voltar e começar a se arrumar não é mesmo? Depois tem escola e...


-A não Mione, a gente já esta aqui. Senta ai no meio, você não vai cair lá em baixo. – falei a encorajando. Ela aos poucos se sentou. Eu me sentei ao lado dela.


-Por que você quer ver tanto assim? Eu tenho certeza que não é só porque é bonito.


Hermione me encarou. Ela parecia triste. Me arrependi na hora de ter feito aquela pergunta.


-Se não quiser contar, não tem problema.


-Não, tudo bem... É que meu pai, todo dia me acordava cedo e nós dois íamos até a varanda. – ela suspirou parecendo incrivelmente cansada. – Nós sempre víamos o sol nascer juntos, ele me contava que quando eu crescer nós dois íamos morar em uma praia. Só nós dois. Passaríamos o dia todo brincando no mar, descansado na rede. Vendo filme até desmaiamos de tanto cansaço. – ela riu. Um riso muito triste, o que fez os pelos da minha nuca se arrepiar. – E veríamos o sol nascer todos os dias, como a gente sempre fazia. Meu pai era o meu melhor amigo, minha mãe vivia viajando e eu nunca a via.


Já to vendo que essa história não vai terminar bem...


-Então ele era praticamente a única pessoa que eu tinha. – Hermione deixou uma lágrima escapar dos seus olhos e a secou imediatamente antes que eu visse (o que não deu muito certo). – Ele morreu de câncer há alguns meses enquanto a minha mãe estava viajando, e então eu venho ver o sol nascer, para matar um pouco a saudade.


Eu engoli em seco. Coitada, perder o pai tão nova.


-Mas agora eu estou bem. Depois disso, minha mãe praticamente parou de viajar para me dar uma força. – completou notando a expressão que tinha ficado no meu rosto e comendo uma colher e de cereal. – Você deve ter achado isso que eu faço uma bobagem não é?


-Na verdade não. Posso nunca ter perdido o meu pai, mas eu o amo muito. E sei como deve ser horrível perde-lo. Mas pelo menos eu teria meus irmãos e minha mãe que estão sempre comigo.


É... Acho que essa ultima parte não ajudou muito a consolá-la. Já que a mãe dela sempre viajava e eu acredito que ela não tem irmãos...


Ela me encarou. E para minha surpresa sorriu. Eu sorri de volta, sentindo o bem estar me invadir novamente.


Não demorou muito e o céu foi ficando laranja. Eu adoro quando ele fica assim. Parece que tudo tem mais vida sabe? Aos poucos os prédios, casas e árvores também ficaram banhados dessa cor. Até chegar à minha casa.


-E ai, não valeu a pena ficar aqui em cima?


-Muito. – ela respondeu admirada olhando a cidade. Parecia muito mais relaxada agora.


Puxa, ela até é bonita assim? Hã?! Eu acho que devo estar realmente com sono, da onde eu tirei isso?! Meu cérebro ainda não está processando tudo corretamente.


Bom, agora o sol já saiu totalmente, hora de descer.


Como se tivéssemos nos comunicado mentalmente a Hermione se levantou e começou a ir à direção às escadas. Eu caminhei atrás dela bem silencioso e a empurrei (claro que fiquei segurando o braço dela né? Eu só queria dar um susto xP).


-Ah!! – ela gritou se agarrando com toda a força em mim. – Seu besta! – ela falou e logo depois ficou muito vermelha ao ver que estava agarrada em mim.


Ela começou a dar alguns socos fraquinhos nas minhas costas em quando eu corria escada abaixo para não ser atingido.


Quando voltamos para o corredor ninguém tinha acordado ainda. Aproveitei para tentar cochilar um pouco. Mas adivinha? Sim, aquele rádio não esperou nem eu me tapar com as cobertas para começar a tocar.


 


<i>Quando me da uma louca
Eu saio pra rua pra beijar na boca
Numa calça desbotada e a cabeça virada
Pra chamar a atenção de você, só de você...


 


Eu nunca saio da linha
Só saio sozinha não tenho ninguém
Mamãe as vezes reclama
Que eu não vou pra cama com alguém

Ela não sabe a filha que tem
Ela não sabe a filha que tem
</i>


 


Desliguei o despertador com raiva e botei o travesseiro na minha cara de novo. Já o Harry acordou com um ótimo humor ¬¬.


-Bom dia Rony! Noite ótima não? – ele perguntou se espreguiçando e colocando os óculos.


-Só porque não foi você que ficou ouvindo roncos a noite inteira.


-Por quê? Não conseguiu dormir com o próprio ronco é?


-Vai te catar Potter! – falei pegando o meu travesseiro e acertando em cheio a cara dele.


-Vai você ô cabeça de tomate! – ele falou me batendo com uma almofada.


-Porco espinho!


-Cenoura podre!


-Vocês vão chegar atrasados meninos! As meninas já estão tomando café! – minha mãe falou entrando no quarto e nos interrompendo.


-Já vamos mãe. – falei me levantando e começando a botar a roupa. O Harry fez o mesmo e depois nós dois descemos.


-Bom dia meninos! – disse Gina com um sorriso enorme (algo muito incomum da parte dela. Pelo menos se for para mim).


-Só se for pra vocês dois! – falei pegando uma xícara de café puro e tomando tudo em um gole só. Cara, eu to morrendo de sono.


-Credo. Mas não vou deixar você estragar o meu dia! Porque hoje eu vou fazer compras!


Ah, minha maninha consumista ¬¬...


Ficamos mais alguns minutos tomando café. A Hermione não comeu mais nada depois do meu cereal, mas parecia estar com bastante sono.


-Vamos para a escola. Se não chegaremos atrasados. – disse Harry consultando o relógio.


A gente se levantou e fomos até o carro. O Harry sentou com a minha irmã lá atrás e eu e a Mione nos sentamos na frente.


Cara eu estou com muito sono... Já devo ter quase atropelado uns três cachorros e uma velha que me deu uma bengalada na minha cabeça pela janela. Isso até ajudou para eu ficar acordado alguns minutinhos.


-Rony, olha a sinaleira. – a Hermione falou tocando no meu braço e fazendo eu “acordar”.


-Desculpa. É que eu to com um sono desgraçado.


-Só não vai matar a gente! – falou Gina.


-Não se preocupa maninha. Eu espero quando só estiver você no carro.


Ela me encarou de cara feia e eu, o Harry e a Mione rimos. Não demorou muito e chegamos à escola.


Entramos na sala e eu entreguei meu trabalho pro prof. Binns. Depois o que aconteceu na aula eu não sei, foi só aquele velho começar a falar que eu dormi que nem uma pedra (pedras dormem? O.O” (?)). 


-RONALD ACORDA! – alguém gritou me sacudindo.


-Onde é o incêndio?! – perguntei tonto. Encarei a – Para que isso Mione? – perguntei segurando os braços dela para parar de me sacudir.


-Já é hora do recreio, o professor quase que te tranca dentro da sala de aula. – só estávamos nós dois dentro da sala de aula. – Vamos, o Harry e a Gi estão nos esperando. – ela falou me puxando pela mão. Não sei por que, mas eu senti alguma coisa estranha no meu estomago.


Quando eu estava saindo, Lilá adentrou na sala e praticamente arrancou a minha mão da Hermione. Puxou-me para fora da sala com raiva e a encarou com cara de poucos amigos.


-O que ouve? – perguntei a encarando.


-Não gosto que ande com ela. – ela respondeu lançando um olhar sobre o meu ombro enquanto caminhávamos pelo corredor.


-Por quê? Ela é minha amiga.


-Você não precisa de amigas. – ela falou séria, mas logo depois sorriu. – Você já me tem mesmo, e eu valo como dois em um. – e logo depois ela me beijou. Como eu vou discutir com isso? Ela beija muito bem. Claro que não ou deixar de ser amigo da Mione, só não sei por que a Lilá de repente começou a implicar com ela. – Passa o recreio comigo? – ela perguntou me fazendo a carinha típica do gato do Shrek.


-Ok.


Ela me puxou e nós saímos correndo corredor a fora. Consegui ver o Neville carregando os livros da Luna e conversando. A Cho e a Pansy o encarava de longe como se fosse um alienígena que tinha hipnotizado a amiga delas. Mas também, quem imaginaria a Luna Lovegood com o Neville Nerd Longbotton (como é conhecido pelos atletas, líderes de torcidas entre outros populares). Também passei pelo Harry e pela Gina que estavam escutando musica em um MP5 (e que MP5 *-* /momentoconsumistaoff/), só não vi a Mione.


A Lilá abriu uma porta e nós entramos. É o armário de vassouras, é sempre pra cá que nós vamos quando queremos matar aula ou se beijar mais a vontade.


Passamos o recreio todo lá dentro namorando e logo depois bateu para voltarmos para a aula.


-Cinema certo hoje né? – uma bala para quem acertar quantas vezes ela já me perguntou isso!


-Sim Lilá.


Ela me deu mais um selinho e foi se sentar no seu lugar.


-Onde você estava? – perguntou Harry se sentando do meu lado (para minha sorte nessa aula a gente se senta em duplas).


-Com a Lilá.


-Podia ter avisado! Eu e a Gina ficamos te esperando com cara de tacho. Quando nós perguntamos para a Hermione o que tinha acontecido ela só fez uma careta e se enfiou na biblioteca.


-Eu não sei o que deu na Lilá. Ela simplesmente me arrancou da mão da Mione e me levou para longe! Ela disse que não gostava dela.


-Você sabe o porquê?


-Não tenho idéia. Você viu o Draco hoje?


-Provavelmente estava se agarrando por ai com a Pansy.


Ficamos alguns minutos em silencio enquanto a professora de ciências dava a aula. Qual é o nome dela mesmo? Eu só sei que ela tem uma fixação por plantas O.O.


-Você quer ir lá em casa hoje? Jogar play 3?


-Não dá. Vou sair com a Lilá. – de repente senti um arrependimento de ter prometido isso para ela.


-Por quê?


-Porque eu não fiquei com ela no meu aniversario. Além de que é claro ela é minha namorada.


-Eu só ainda não sei o porquê. – ele murmurou.


-O que disse? – perguntei fingindo que não tinha ouvido.


-Nada, não.


-Empresta o teu MP5? Eu deixei o meu em casa. – perguntei, mesmo já sabendo da resposta. Ele nunca empresta o MP5 para ninguém, nem para mim :’(.


-Não da. Eu dei pra Gina.


Eu o encarei com uma sobrancelha erguida. Como assim?! Anos sem me emprestar e agora vem me dizer que deu para a minha irmã?! (não interpretem essa frase mal oks?).


-Como assim você deu para ela?!


-Ué. Ela não tinha um, então eu dei. Eu tenho dinheiro para comprar outro mesmo.


WTF?!!! Tenho certeza que agora eu devo estar babando. Mas o que foi isso?! Ah, ele vai ver só...


-O que, que tem? Eu não posso dar nada para as pessoas?


-Não quando você nem empresta as coisas para elas!


-Não exagera Rony.


-Não exagera? Você deve ter ficado doido! Foi a pancada na cabeça há alguns dias atrás né? Eu sabia que aquele cara tinha chutado muito forte.


-Srs. Potter e Weasley podem prestar atenção na aula sim?


-Está bem professora. – respondeu Harry abaixando a cabeça.


O resto da aula eu passei rabiscando a minha mesa (tenho um vicio de deixar todas as mesas que eu sento praticamente pretas de tantos desenhos), ainda inconformado por ele ter dado o MP5 para a Gina e não para mim. Por que ele fez isso? Logo depois bateu para a educação física.


Nós fomos conversando sobre coisas normais até a quadra. Não demorou muito e o Biff veio na direção dos alunos fazer um comunicado.


-Muito bem gente, chega de zoação. Eu vim comunicar que daqui a uma semana vai começar o campeonato de futebol entre as escolas!


Muitos alunos começaram a gritar e a assobiar. Todos nós amávamos ir ao campeonato. Se a gente ganhar esse ano vai ser a 1ª vez nos últimos 20 anos! E eu não quero desapontar Hogwarts inteira.


-Por isso, em vez de praticarmos voleibol, vamos treinar o nosso futebol. Os treinos vão ficar muito mais pesados que vários de vocês vão querer ficar em casa para não fazer a aula.


-Como se eu não quisesse dormir até tarde todo o dia. – cochichei para o Neville que segurou o riso.  


-Bom, o que estão esperando?! Time titular contra o reserva! Vamos!


Eu fui para a goleira do mesmo campo que o Harry (sim, eu estou no time titular! Podem babar). Enquanto alguns dos outros garotos iam para o outro campo (entre eles o Neville).


O tempo foi passando e eu defendi todas as bolas. E o Harry deve ter feito no mínimo uns 5 gols nos primeiros 15 minutos. Alguns minutos depois bateu para a hora da saída.


-Não se esqueçam! Treino para todos os titulares no sábado de manhã! As líderes de torcida vão treinar com a gente também!


Muitos garotos começaram a assobiar e eu e o Harry fomos à direção da saída.


-E ai maninha! – falei a abraçando.


-Sai de cima de mim demônio! – ela falou tentando me afastar. Ela odeia quando eu estou suado. E eu amo provocar ela :P.


-O que foi Gina? – falei a soltando. – Não gosta do abraço do maninho?


Ela me deu um soco no ombro e eu ri. Mas, cara. Como ela tem força!


-Vamos lá?


-Aham.


-Você vem Harry?


-Claro! De agora em diante eu sempre volto com vocês! – ele disse botando o braço sobre o meu ombro e o da Gina (que tentou se esquivar o máximo que pode por causa do suor). – Mas não se preocupe, eu ainda vou para o colégio sozinho.


Mais ao longe eu consegui identificar um grande maço de cabelos castanhos esperando para pegar o ônibus e me lembrei de uma coisa.


-Gente eu já volto! – falei me soltando do braço de Harry e correndo na direção de Hermione.


-Mione! – eu gritei a alcançando. Ela se virou para mim e sorriu. Mas tinha algo diferente naquele sorriso que eu não descobri o que era.


-Ah, olá Rony.


-Puxa, me desculpa por mais cedo. Sabe como a Lilá é né?


-Na verdade não. – ela disse séria. – Mas ela é sua namorada, então eu entendo. – ela voltou a sorrir como antes, afetada.


-Então está ok. – eu a fitei. – Esperando o ônibus?


-Sim, acabei perdendo o 1º. O próximo só daqui a meia hora.


-Quer uma carona?


Ela alargou o sorriso. Dessa vez vi que era verdadeiro, não como o outro de alguns segundos atrás.


-Eu ia adorar. Mas a minha casa é meio longe. – o seu sorriso sumiu.


-Não tem problema, eu dou uma volta. Vamos?


Ela me seguiu para o meu carro, onde Harry e Gina já me esperavam impacientes.


-Que demora heim!


-O que você esta fazendo aqui Mione?


-O Ron vai me dar uma carona. – ela disse sorrindo tímida e ficando levemente corada. Que mania que ela tem de ficar corada! E o pior que eu nunca sei o motivo...


Harry e Gina se tocaram olhares significativos, que eu também não entendi (gente, eu não estou funcionando muito bem hoje ok? Eu estava com sono até boa parte da manhã -.-).


Todos entraram no carro e eu fui largar o Harry primeiro. Depois comecei a ir para casa para largar a Gina e ela ir almoçando (minha casa já era no caminho mesmo).


-Ô Gi, já que o Rony vai me largar em casa não acha melhor você já ir almoçar lá? Assim não precisa pegar um táxi lá para casa mais tarde. Já que nós vamos sair.


-Boa idéia Mione. Rony, você pode avisar a mamãe?


-Fazer o que né? – eu falei desviando de caminho. – Onde você mora?


-Sou vizinha da Luna Lovegood. Sabe onde ela mora?


Como eu não saberia? Ela deu a maior festa de todos os tempos ano passado! Caraca, ela tem uma mansãooooo O.O. Ih, mas fica no fim de mundo... Acho que é uns 40 minutos daqui até lá.


-Sei sim.


Enquanto eu dirigia até lá a Gina começou a cantar um bando de musica (do ex MP5 do Harry ¬¬). Ninguém merece, é tudo pagode. Eu não quero ter mais pagodeiros na minha vida -_-. Parece que a Mione também não ficou muito feliz, vendo aqui a cara dela pelo retrovisor (PS: Nada contra pagodeiros, é que eu só não sou muito fã :D e já tenho o Harry para me irritar).


Depois de um baita engarrafamento eu finalmente consegui deixar aquelas duas na casa da Mione. A casa era branca, de apenas um andar e com um jardim. Vi uma mulher abrir a porta para elas, provavelmente a Sra. Granger. Ela abanou sorrindo para mim, mesmo não me conhecendo. E eu abanei de volta, simpático. Depois voltei para casa.


-Onde você estava Ronald Billius Weasley?! – perguntou a minha mãe fazendo o maior escândalo quando cheguei em casa. – Você sabe que horas são?! E cadê a sua irmã?!


-Eu dei uma carona para a Hermione que mora do outro lado da cidade, deixei Gina lá também porque ela teria que ir lá mais tarde. E eu sei que já são duas horas quando eu devia estar aqui 12h30min. – respondi me sentando na cadeira.


Ela me encarou e começou a servir minha lasanha a muito contra gosto.


-Me ligue da próxima vez.


-Oks.


Fiquei alguns minutos mastigando a minha comida.


-Mãe, eu vou ao cinema com a Lilá hoje, está bem?


-Você sabe o que eu penso dessa menina. – ela falou lavando a louça. Eu revirei os olhos.


-Mas não é você que decide com quem eu vou namorar, e sim eu.


-Eu sei. Mas quero que saiba que eu acho que ela não é gente boa.


Eu ignorei a minha mãe e continuei a comer.


Odeio quando ela fica implicando com a Lilá. Por que todo mundo odeia ela? ¬¬ Ok, odiar é uma palavra muito forte, mas...


Entrei no computador, botei uma musica e entrei no MSN. Depois dos bonequinhos girarem e girarem carregou. Só o Draco está on-line.


 


Roniz ;D diz: E ai?


Drako – Krum diz: Blz, e ctg?


Roniz ;D diz: Td na boa. Pq Krum?


Drako – Krum diz: Lembra do Victor? De ontem?


Roniz ;D diz: Aham


Drako – Krum diz: Ele vai ficar aqui casa alguns meses. Acho q até depois do meu aniver


Roniz ;D diz: Ele ta ai ctg?


Drako – Krum diz: Ñ, ele ta treinando embaixadinha aqui do lado, já chegou ao numero 73, 74... Sendo que ele ta a uns 50 e poucos segundos fazendo.


 


O cara é bom O.O. putz, eu queria saber fazer isso. Bem que o Draco falou que ele joga no time da Bulgária.


 


Roniz ;D diz: Vai fazer festa esse ano?


Drako – Krum diz: Com certeza! Qero superar a Luna q deu aquela festa ano passado


Roniz ;D diz: E q festa...


Drako – Krum diz: A melhor, m+ zoação. Eu to qerendo q a minha seja q nem aqeles filmes americanos sabe?


Roniz ;D diz: Ô loco. Qando vai ser essa festa?


Drako – Krum diz: Vai demorar ainda, to qerendo fazer bem no dia.


Roniz ;D diz: Sabe se + alguém vai fazer festa esse ano?


Drako – Krum diz: Ñ, mas ta m+ cedo para saber. Vc foi convocado para o campeonato?


Roniz ;D diz: Claro, e vc?


Drako – Krum diz: Tb, mas fui o único da turma


Roniz ;D diz: é q a maior parte dos titulares esta na minha. As outras duas acho q n tem ninguém


Drako – Krum diz: Espero q a gente ganhe esse ano. Se ñ vai ser m+ humilhação


Roniz ;D diz: Acho q sim. Mas ano passado nós n jogamos, nem o Harry. Por isso a gente perdeu sakas? ;D


Drako – Krum diz: Claro. É q a gente é m+ bom sabe? Kkkkkk Vai no treino sábado?


Roniz ;D diz: Eu pretendo.


Drako – Krum diz: Eu sou. As gatas das líder de torcida vão ir tb. Vc sabe ql vai ser a nova?


Roniz ;D diz: Vão escolher amanhã. A Lilá vai tentar ganhar


Drako – Krum diz: KKKKKKKKKKKKKKKK Vc ta brincando né?


Roniz ;D diz: Er... Ñ


Drako – Krum diz: Ok sem comentarios...  Mas vamos lá ver qm vai ganhar??


Roniz ;D diz: Aham, já combinei com o Harry.


Drako – Krum diz: Hj eu vou lá no shopping me encontrar c/ a Pansy. Vou ter q levar o Krum junto


Roniz ;D diz: Q chato


Drako – Krum diz: Nem tanto, ele vai ficar conhecendo o lugar, n vai nos incomodar


Drako – Krum diz: Vou ter q sair, falou ruivo


 


Drako – Krum parece estar off-line


 


Mas é possível que todo mundo decidiu ir ao shopping? Se eu combinar com o povo todo para irmos ao cinema juntos com certeza a Lilá vai ficar uma fera. Ela quer um encontro bem romântico. Bom, espero não me encontrar com o Draco por ai.


Agora vamos entrar com orkut.


Nenhum recado novo ¬¬ O povo me ama vai dizer? Muito bem, então vou fuxicar orkuts alheios...


Muito bem, entrei no orkut da Gina. Ih, muito recado de menino aqui pro meu gosto. Quem é esse tal de Frederico?! José? Edmundo?! Que nome horroroso! Coitado. Mi? Será que é a Hermione? No lugar da foto tem um gato bem felpudo e laranja. Vamos entrar...


Fotos, vídeos, recados... Tudo trancado! Desse jeito não tem como descobrir. Mas deve ser ela, nós temos 167 amigos em comum. Pois é, ela tem 502 amigos, acredita? E 398 fãs O.O”. Caramba, quase a mesma coisa do que eu. Só que eu tenho 817 amigos :D. Bem, vou adicionar.


Feito. Já são 14h30min, melhor eu ir pegar a Lilá. Combinei com ela as 15h00min.


Peguei o meu Ka vermelhinho *_* e sai. Em cinco minutos eu já tinha chegado à frente da casa dela. Uma casa gigante, lilás, com cortinas cor de rosa e uma Mercedes na garagem. Eu desci e fui tocar a campainha.


Uma mulher loira, usando plataformas e um vestido muito curto rosa pink veio atender a porta. Sim, é a velha de 43 anos (que acha que tem 25), cheia de plásticas na cara... A <s>bruxa da</s> minha sogra.


-Rony! Meu lindinho como você esta? – ela perguntou apertando as minhas bochechas.


-Oi Margaret.


-Eu já falei para me chamar de Ma, tchutchuco. Quer que eu chame a Lilá?


-Sim, por favor.


-Filhinha, o gatissímo do seu namorado já chegou! – ela gritou de depois foi meio que saltitando para dentro da casa. – Sente-se Ronron.


Bem agora eu sei de quem a Lilá puxou para apelidos ridículos ¬¬.


Eu entrei e me sentei em um pufe peludo bem rosa que tinha na sala. O pai da Lilá era um milionário, e quando os dois se separaram a Srta. Ma (como gosta de ser chamada) pegou 2/3 do dinheiro dele.


Não demorou muito e a Lilá começou a descer as escadas. Ela esta usando um vestido :O, gente, até fiquei sem ar aqui. Como é que ela vai me sair assim?! Vai passar um bando de vagabundos e alisar a bunda dela.


-‘Mosão! – ela falou com um gritinho histérico e praticamente pulou no meu colo. – Vamos?!


-Aham, tchau Margaret.


-Para você é Ma, gatinho!


Cruzes xP (me mata). Será que eu aviso a Lilá que a mãe dela está dando em cima de mim? O.O Eu preferia que fosse Dercy Gonçalves (?) ao em vez dela!


-Vamos lá Uon-Uon. – ela falou entrando no carro e eu comecei a dirigir para o shopping.


Alguns minutos depois nós chegamos ao shopping principal da cidade. Isso aqui está lotado! Eu precisei estacionar o carro na calçada. Eu peguei a mão da Lilá e tentei me enfiar entre as pessoas para ir ao elevador. Aqui está um cheiro de suor xP.


Depois que a gente saiu eu comecei a ir à direção ao cinema.


-Mas Uon-Uon, você disse que a gente ia comer um sorvete!


-Mas se nós não comprarmos os ingressos agora não vamos conseguir assistir o filme.


Ela fez de novo aquela cara do gato do Shrek e eu derreti.


-Ok, mas vamos logo.


Depois de a gente ir até o Mac Donald’s, um garoto ter roubado o sorvete da Lilá e ela sair atrás dele brigando de garra e unha (?), finalmente conseguimos comprar os ingressos do cinema.


-Afinal, que filme vamos ver? – perguntei segurando uma pipoca em quanto Lilá me arrastava pelos corredores do cinema.


-Xuxa em Sonho de Menina!  - ela falou super animada me arrastando para a sala de cinema.


O cinema estava lotado de pirralhos. E os únicos lugares vagos eram um bem lá na frente e o outro no cantão. Ou seja, precisamos nos sentar separado.


Eu me sentei lá na frente entre uma velhinha de uns 76 anos e uma criança remelenta. E a Lilá se sentou ao lado de um cara com 19 anos, pinta de bonitão que provavelmente veio ver o filme só para trazer a irmã mais nova. Pela cara dela, ela está bem animadinha ¬¬.


Bom o filme começou e a criançinha do meu lado não parava de berrar por que queria chocolate.


-Mas eu quero! Eu vou chamar o papai!


-Ok, queridinho! – falava a babá tentando acalmar o pirralho. – Eu prometo te dar 10 pirulitos quando acabar o filme ok?!


-Mas eu quero chocolate, e quero AGORA!!!


-Mas você é alérgico.


-Mas eu quero!!! – ele gritou começando a chorar.


Já depois de um tempo de filme (que eu não prestei a mínima atenção) a velha do meu lado começou a tossir. Mas a tossir tanto que começou a vir baba na minha cara. E ela tossia, se curvava para frente, voltava e tossia de novo. E o pirralho do meu lado chorava e chorava. Teve uma hora que eu explodi.


-ESCUTA, VOCÊ QUER CHOCOLATE?!! – eu perguntei encarando o garoto com raiva que de repente calou a boca. – ENTÃO SAI DO CINEMA E VAI COMPRAR! E SE VOCÊ MORRER SOZINHO, TODO SUJO DE CHOCOLATE E SEM OS SEUS PAIS NÃO VEM FALAR QUE EU NÃO AVISEI!


O menino me encarou com os olhos esbugalhados e depois foi ver o filme, quietinho.


-E VOCÊ, SE ESTÁ TÃO MAL POR QUE VEIO NO CINEMA?! VAI A UMA FARMÁCIA COMPRAR XAROPE ANTES QUE VOCÊ MORRA JUNTO COM ESSE MENINO! – eu falei para a velha apontando para o garoto do chocolate.


Ela também ficou séria e sempre quando precisava tossir botava a mão na frente e tentava disfarçar o máximo.


Para o meu alivio, o filme acabou. Eu sai correndo daquela sala e fiquei esperando a Lilá do lado de fora.


Ela apareceu um pouco depois vindo aos altos papos com aquele garoto que estava ao seu lado. Eu o encarei com um olhar mortal e ele logo depois se despediu da Lilá e saiu correndo. Adoro o poder que tenho sobre as pessoas :D.


-Gostou do filme? – ela perguntou tomando um gole de refrigerante.


-Gostei. – menti. Se eu pelo menos tivesse prestado atenção... Puxa, agora senti pena daquela velha. Ela não tem culpa de estar com o pé na cova.


-Hei. – ela falou jogando o resto de refrigerante no lixo. – Não é a sua irmã lá na frente? – ela me apontou para uma menina do outro lado do shopping.


-Acho que sim. – falei apertando os olhos para ver melhor. – Vamos lá falar com ela.


Lilá muito a contra gosto (percebi vendo a cara dela) me seguiu até um pontinho ruivo do outro lado do shopping. Aqui quase não têm ruivos, acho que só as pessoas da minha família e mais algumas.


Epa, ela não está sozinha. Ela esta com outra garota... A Hermione? Claro que é! Da para ver aquele monte de cabelos cacheados a km de distancia (além da parte de que foi para a casa dela que a Gina foi -.-” ). Nossa elas estão cheias de sacolas, algumas eu consegui identificar de uma tal marca... Chanel? Bem, eu nunca ouvi falar... Mas agora que eu estou mais perto vi que também tem da Tok, Gang, Duda Dreams, entre outras. Epa, quem é aquele com elas? Não... Será?


-Hermione, Gina como estão? – Lilá perguntou sorrindo (apenas) para Gina.


-Lilá, Ron. O que estão fazendo aqui? – perguntou Gina. Hermione parou de conversar com ele e se virou.


-Krum? – perguntei ao fita-lo. Ele estava conversando até agora pouco com Hermione.


-Olá Ronald, que prazer ver você de novo. – ele falou com aquele sotaque falseta da Bulgária ¬¬.


-Onde esta Draco?


-Com aquela menina por ai.


-Bom, nós já vamos indo. Não é Uon-Uon? – perguntou Lilá me arrastando para longe dali.


Conseguir ver o tal de Krum falar algo e a Mione cair na gargalhada. A Gina pegava novamente as sacolas e começava a indicar um salão e beleza para ela e Hermione entrar. Não sei por que, mas ver a Hermione conversando daquele jeito com o Krum me fez alguma coisa no estomago. Eu pude sentir minhas orelhas queimarem. Mas por que isso? Eu não entendi.


-Vem Ron! – Lilá pediu de novo vendo que eu tinha parado de andar.


-To indo Lilá.


Nós dois desviamos mais de varias pessoas, até finalmente chegar fora do shopping.


-Ron, que papelzinho é esse? – Lilá perguntou pegando um folheto em cima do vidro do carro.


-Deve ser propaganda de apartamentos, me deixa ver. – eu peguei o papel da mão dela. – PUT* QUE PAR*U! – eu gritei botando automaticamente a mão nos meus cabelos.


-Não fala palavrão que é feio Uon-Uon. Diga truta que pernil, como eu faço.


-Eu não acredito que eu levei uma multa de 300$!!!! – gritei ignorando o conselho da Lilá. – Porr*, minha mãe vai me matar! – eu falei encostando a cabeça no vidro do carro.


-Vamos logo Uon-Uon. Se não eu vou perder a minha serie favorita. – a Lilá falou ignorando totalmente o meu sofrimento ¬¬. Ela pode ser rica, mas eu não oks?!


Eu entrei super irritado no carro e comecei a dirigir. Alguns minutos depois deixei a Lilá em casa e fui para a minha. Ainda vou ter que agüentar quando for contar para eles a multa que levei.


-Onde você estava Roniquinho? – perguntou o Fred quando eu passei pela porta.


-Eu sai. – falei me sentando ao lado dele. – Não devia estar na faculdade?


-Eu e o Fred fomos expulsos... – o George falou vindo da cozinha em quanto tomava coca.


-A mamãe sabe?


-Ainda não. Mas foi até bom. Agora nós vamos abrir a nossa própria loja, não é Fred?


-Claro mano. Que papel é esse Rony?


Eu tentei esconder a multa dentro do meu bolso, mas o George arrancou da minha mão e leu.


-300$ é?! Se ferrou! – ele disse dando o papel para o Fred.


-Eu pago para ver a cara da mamãe quando ela souber!


-Vocês vão mesmo falar para ela? – eu perguntei esperançoso.


-Eu tive uma idéia! – falou George. – Você pode trabalhar para a gente!


-Cumé? – agora sim eu não entendi mais nada.


-Ótima idéia gêmeo! A gente só podia ser irmãos né? Inteligentes, bonitos...


-Muito bem maninho, é o seguinte. Quando a gente comprar o nosso negocio, você vai ficar trabalhando nele até... O final do ano? É, acho que está bom.


-Mas...!


-Me deixa acabar! Assim você nos ajuda lá na loja...


-... E nós pagamos a sua multa. Fechado? – perguntou Fred estendendo a mão.


Será que é uma boa idéia?


De repente veio a imagem da mamãe furiosa me perseguindo com um rolo de macarrão pelo bairro batendo na minha cabeça.


-Fechado! – falei apertando a mão dos dois.


-Ok, a gente de avisa quando deve começar. – Fred falou guardando a multa no bolso.


-Onde está a mamãe?


-Saiu para fazer compras.


Ótimo! Agora eu vou ter que trabalhar até o final do ano ¬¬. Pelo menos não foi até a formatura :D. Bem, vou no MSN.


Só o Harry está on-line.


 


Roniz ;D diz: Fala ae


Harrygatão - :P – diz: BLZ?


Roniz ;D diz: Já estive melhor...


Harrygatão - :P – diz: O encontro foi ruim é?


Roniz ;D diz: Nem te conto. Sabe qm tava lá?


Harrygatão - :P – diz: Qm?


Roniz ;D diz: Gina e Mione. E aquele tal de Krum


Harrygatão - :P – diz: O q eles estavam fazendo lá?


Roniz ;D diz: Elas eu ñ sei. Mas o Krum tava com o Draco (q tava se agarrando com a Pansy por ai). Ele é m+ estranho, parece q vai ficar aqui até a festa do Draco.


Harrygatão - :P – diz: Ele vai fazer festa?!


Roniz ;D diz: Sim


Harrygatão - :P – diz: Yes!! Cara, eu estou louco p/ uma festa. Com DJ, umas minas. Se bm q a minha época de pegador é passado.


 


Eu li direito??


 


Roniz ;D diz: Qm é vc e cadê o meu amigo galinha Harry Potter?!!!


Harrygatão - :P – diz: Cala a boca ¬¬ Eu só ñ qero + ficar na zoação. Qero uma coisa + seria.


 


Uia!


 


Acho_q_o_meu_amigo_virou_corno diz: Qm é o seu alvo?


Harrygatão - :P – diz: Indeterminado, mas estou de olho


Harrygatão - :P – diz: Q b**** de nick é esse?!!!!  


Acho_q_o_meu_amigo_virou_corno diz: Ué, a verdade.


Vcécorno_eusou_macho diz: ¬¬


Vcécorno_eusou_macho diz: Vou sair, falou


Vcécorno_eusou_macho diz: Ñ se esquece q nós vamos ver as lideres de torcida amanhã


 


Vcécorno_eusou_macho parece estar off-line


 


O Harry está interessado em alguém é? Hum... Bom, vou mudar o meu nick de novo só porque eu sou um bom amigo e além de tudo: Eu namoro ;D.


 


R_weasley


 


Pronto. Agora vou descer para jantar.


-Como foi o encontro Rony? – minha mãe perguntou guardando as compras.


-Interessante... – Não é tecnicamente mentira.


-Eu deixei a janta no forno. Pode se servir em quanto eu termino aqui.


Frango com vinho e batatas ;P. Gente, como é bom ter uma mãe que cozinha tão bem.


-Mãe, você já ta sabendo que a Gina vai dormir na casa da Hermione não é?


-Sim, ela me ligou avisando que não ia só passar à tarde lá. Como aquela amiguinha é encantadora. Tão meiga, gentil... Eu conversei com a mãe dela no telefone, parecia ser muito simpática. Diferente de outras que eu conheço...


Ok, isso nem foi uma indireta para a Margaret não é? ¬¬ Mas dessa vez eu tenho que concordar. Que piruá! Mas tipo... O que a minha mãe ta querendo dizer com essa comparação? O.O


Deixando isso de lado eu terminei de jantar e fui ver TV com a família toda. Meu pai chegou uns 30 minutos depois.


Depois de a gente ver meu seriado favorito House e de ver A Favorita (para o meu desgosto -_-) eu voltei para o meu quarto.


Uma última chegadinha no orkut antes de ir dormir...


0 recados, 0 comentários novos, 1 aceitação de amigo.


A Mione me adicionou ;D. Vamos fuxicar no orkut dela então! Hum... Vários recados (principalmente da Gina, do Neville e aparentemente do Krum ¬¬). Todos desse mané foram enviados hoje. Vídeos de musicas dos Jonas Brothers, Paramore, Rihanna, entre outros. Tem apenas cinco fotos.


Muito bem, uma de novo daquele gato, outra dela com o pai e a mãe... Outras duas dela abraçada com a Gina (sendo que uma delas o Neville estava junto) e a ultima acredito que é de uma prima dela. Porque, uau! Que gata! Cabelo liso, corpo escultural, com esse vestido azul forte... Sem legenda na foto... Hum, pena. Eu queria saber quem era.


Vou mandar um recado.


 


→Rony Weasley ←:


Oie, td bem?


Me add no msn :D rony_seeuqueroeuposso@hotmail.com


Beijão


 


Já são onze e pouco. Melhor eu ir dormir.


Em quanto eu tentava dormir uma duvida veio na minha cabeça. Além da Lilá quem vai ser as outras para tentar a vaga da nova lidere de torcida?


Todo ano uns montes de meninas feias e horríveis, que não sabem fazer pirueta nenhuma, tentam ganhar para tentar ficar popular. 


Bom o único jeito de descobrir é esperar até amanhã. Boa noite.

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.