FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

2. O beijo


Fic: A Vida Sexual de Dois Adolescentes Desastradamente Apaixonados (Harry e Hermione!!!) (enfim, novo cap.)


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

- Capítulo um -

O beijo



Você provavelmente está endoidando, pensou Harry consigo mesmo. Ele ainda contemplava Hermione, não conseguia parar de admirá-la. Então teve uma idéia.

- Hermione!

- Quê? - perguntou ela, ainda de costas, arrumando o guarda roupa.

- Eu... eu não agüento... - Harry falava em um tom exageradamente choroso.

Hermione se virou, assustada. Harry forçava lárimas saltarem de seu rosto.

- Que foi, Harry? - perguntou ela, docemente.

Ele fingiu chorar. Hermione foi até ele e o abraçou. Harry se sentiu extremamente confortável; se sentiu acomodado naqueles braços quentes.

- Você ainda está triste por causa do Sirius? - perguntou Hermione, acariciando as costas de Harry.

Ele sorria às costas dela.

- Na verdade, eu só queria um abraço seu - falou ele, a falsidade da voz, outrora chorosa, sumindo.

Hermione o soltou do abraço, e o fitou, sorrindo.

- Era só pedir - sorriu Hermione.

Mais uma vez, Harry se sentia no paraíso. Hipnotizado por aquele olhar.

- Harry, você está se sentindo bem? - perguntou Hermione, passando uma mão no rosto dele.

Harry passou os braços por Hermione. Puxou-a para mais perto. As bocas de Harry e Hermione se encontraram. As línguas quentes dos dois se entrelaçavam. Harry beijou aqueles lábios quentes e vermelhinhos.

Já havia feito isto antes, com uma garota chamada Cho Chang; mas não fora um beijo tão quente e apaixonado... fora molhado...

Hermione, de repente, abriu os olhos.

- Que você está fazendo?

- Desculpe - falou Harry, com um frio na barriga. - Desculpe, Mione, eu... Não sei o que deu em mim... Não sabia o que estava fazendo, é que de repente eu... bem, eu olhei para você e aí... aí eu não sei o que deu e...

Hermione levou um dedo ao lábio de Harry.

- Shhh. Você fala demais - disse Hermione, o puxando para continuar o beijo interrompido.

Ela era irresistível. Aquele beijo era a melhor coisa que acontecera a Harry até agora. Não queria parar. Não queria ser interrompido...

Alguém pigarreou.

Harry soltou a língua de Hermione e olhou para a porta.

- Desculpem, não queria interrompê-los - disse Dot, com meiguice. - Mas aqui está seu chá.



Dot preparara um jantar delicioso; totalmente vegetáriano. Uma nova moda de Hermione e os pais.

Harry e Hermione não paravam de sorrirem um para o outro, enquanto comiam.

- Então - disse Dot, se sentando à mesa, abrindo uma marmita - Acho que interrompi alguma coisa hoje à tarde.

- Não, senhora - mentiu Harry, depressa.

- Tudo bem - disse ela, com um gesto de impaciência. - Eu sei como é. Foi assim com o meu primeiro namorado.

Harry deu uma golada na água, mais para disfarçar do que por sede.

- Sabem - continuou Dot, pensativa. - Quando eu transei com o meu namorado pela primeira vez...

Harry engasgou-se, espalhando água pela mesa.

- Desculpe - disse ele, apanhando um paninho na mesa e tentando consertar o estrago.

Dot continuou a falar, como se não tivesse reparado:

... foi tão ruim. O garoto tinha um calombo enorme no traseiro.

Hermione quase derrubou a jarra de água.

Harry contemplava a comida, agora enojado. Não conseguia mais comer.

- ... e sabem do que mais? - continuou ela, como se aquele tipo de conversa fosse normal, especialmente à mesa. - O "coiso" dele era tão minúsculo, que quando eu fui pegá-lo com uma pinça, quase o desintegrei. Eu entendo que o coitado não devia agüentar o meu peso e...

- Hum, acho que vou me deitar - falou Harry, se retirando. - A comida estava deliciosa, Sra. Dot.

Hermione também fez menção de se levantar.

- Ah, não, querida, fique, eu insisto - disse Dot, sentando Hermione na cadeira. - Não fiz esta comida à toa, sabe...



Harry apagou a luz do quarto e deitou na cama, de barriga pra cima.

Ele ficou pensando no beijo de Hermione... e tentou esquecer o calombo no traseiro do namorado de Dot.

Meia hora depois, Harry saiu do quarto, procurando por Hermione. O garoto espiou por uma porta do corredor, que estava entreaberta. Harry a empurrou cuidadosamente.

Era o banheiro.

Harry viu as roupas intímas de Hermione penduradas em ganchos. O garoto ia saindo, quando...

Qual é? - dizia uma vozinha atentada, em sua cabeça. - Você vai mesmo perder esta oportunidade de vê-la nua?

Não faça isso - disse uma outra voz, séria.

- Sinto muito - sussurou Harry para a segunda voz. - Mas a oferta dela é bem mais tentadora - disse, se referindo a primeira voz.

Mas não seja idiota - disse novamente a voz atentada - Use a sua Capa de Invisibilidade, assim poderá chegar mais perto da garota.

Harry correu de volta ao quarto, abriu o malão e retirou sua velha Capa de Invisibilidade. O garoto se cobriu com a capa e voltou ao banheiro.

Harry andou, cautelosamente, atravessou a cortinininha que separava o box. Então o garoto viu. Hermione estava nua, por debaixo do chuveiro.

A água escorria por aquele corpo esculpido por anjos; passava por dois seios, de tamanho generoso; descia por aquela barriguinha; e chegava até a selvagem vagina de Hermione.

Harry teve de se segurar para não arrancar a capa e ir para debaixo do chuveiro com ela.

- Hermione - chamou uma voz feminina, fazendo Harry se sobressaltar.

O garoto conhecia aquela voz, mas não percebeu exatamente de quem era.

- Quem é? - perguntou Hermione, quase esbarrando em Harry, ao tentar espiar quem a chamava. - Ah. Oi, Gina.

Harry se esticou para dar uma espiada.

Uma garota ruiva, de cabelos flamejantes até a cintura, e olhos castanhos igualmente ardentes, se encontrava na porta. Seu nome era Gina Weasley.

- Dot disse para mim esperar, por que você estava no banho - disse Gina. - Mas eu resolvi vir. Será que eu posso entrar aí debaixo com você? Estou mesmo precisando de um banho...

- Claro - respondeu Hermione, voltando para debaixo da água. - Mas venha logo, está frio...



---------- Continua ----------


Será que o Harry vai resistir as garotas no chuveiro?

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 1

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Diênifer Santos Granger em 04/05/2014

Porra por essa eu não esperava!!!!

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.