FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

ATENÇÃO: Esta fic pode conter linguagem e conteúdo inapropriados para menores de idade então o leitor está concordando com os termos descritos.

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

10. [A05C10] O Coração de Mione.


Fic: FreGeMione: How Can I Resist U?


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________


* * *


H E R M I O N E


 




— Parabéns Gui! — Gina sussurrou contente, procurando ver se Rony notava o que ela dizia — Já tinha certeza de que você ganharia.


 


— Obrigado, cara irmãzinha. — ele riu debochado, esfregando os nós dos dedos no topo da cabeça dela, escutando reprovações enquanto ela se afastava devagar na direção do irmão mais novo — E então Hermione, o que achou disso tudo?


 


— Um pouco... nojento— eu ri — Mas foi divertido, parabéns por ter ganho.


 


— Achei que já tivesse se acostumado com a fome de urso dos Weasley depois de cinco anos convivendo conosco. — Gui presenteou-me com um sorriso verdadeiro, me fazendo corar involuntariamente — Ei, o que acha de comemorarmos?


 


— Claro, por que não? Vou chamar a Gina e o Harry.


 


Mal virei os calcanhares para seguir na direção dos meus dois amigos, que estavam surpreendentemente se evitando por algum motivo que eu depois descubriria, e a mão de Gui apanhou meu braço com uma leve autoridade. O rosto dele estava com uma expressão ilegível para mim, mas havia alegria ali.


 


— Que tal se... fôssemos só nós dois— ele questionou em um tom inocente.


 


Pisquei algumas vezes sem esboçar reação alguma. Gui Weasley, o irmão mais velho dos meus melhores amigos, estava me sugerindo que comemorássemos sozinhos?Só nos dois? Parem o Night-Bus, eu quero descer desse mundo louco!


 


— Ham, não seria um pouco... estranho?


 


— Não acho que pudesse ser. — ele riu divertido, me embalando pelo ombro com doçura — Somos amigos, não somos? Afinal, Gina não poderia vir porque ela diz ser 'imparcial'. Roniquinho se sentiria tão magoado— o ouvi gargalhar ao imitar a expressão emburrada de Rony, me fazendo rir também.


 


— Pensando desse jeito, acho que seria divertido. — o presenteei com meu melhor sorriso genuíno.


 


E lá fui eu, segurando o braço de Gui Weasley, rumo à lareira para que fossemos a qualquer lugar que ele tivesse em mente. A sensação da viagem via flu ainda me incomodava um pouco e ele pareceu notar isso, já que me abraçou de modo protetor.


A questão é que eu nunca tinha sido muito ligada a ele até então. Ele costumava ser simplesmente Gui, o irmão mais velho de Gina e Rony. Não era como Percy, que conversava comigo sobre livros, cargos do Ministério ou as tarefas de um monitor. Também não chegava a ser como Fred e George, com quem eu trocava algumas frases, mas sempre me divertia pelas coisas que faziam.


Ele era um meio-termo. Até então. Porque ali, num pub sofisticado do Beco Diagonal, ele passou a ser mais que tudo isso.


 


— Acho que nunca conversamos muito, não é? — ele disse, como se estivesse lendo meus pensamentos — Mas isso não muda o fato de que te acho uma garota incrível.


 


— Incrível? Eu? — ri nervosa, abaixando o rosto — Não vejo razão, mas obrigada.


 


— É sério que você não vê o quão fantástica é? — Gui me olhou com curiosidade, aproximando a ponta dos dedos e tocando meu rosto a fim de levantá-lo para que eu o olhasse novamente — Você não é apenas a amiga do Eleito, como todo mundo diz. Eu sei disso porque aguentei um Rony bobamente apaixonado por longos quatro anos contanto qualquer mínimo detalhe a respeito de você. — riu.


 


— Rony era apaixonado por mim? — perguntei assustada de verdade.


 


— Sim, ele era. — Gui revirou os olhos entre risos de deboche — Mas então houve toda aquela coisa de Krum ter criado coragem pra te convidar ao baile antes dele, e o final disso você já sabe.


 


— Lilá Brown. — eu disse em tom magoado.


 


— Sim, eles andam se correspondendo muito por pergaminhos. — disse ao me olhar — Entristecida a respeito?


 


— Não pela garota em si, apenas por talvez tê-lo magoado, agora que você me esclareceu as coisas.


 


— Não se preocupe. — Gui se aproximou ainda mais de mim, fazendo minhas bochechas arderem em chamas cálidas — A paixão juvenil que ele sentia, se transformou nessa amizade forte que vocês tem. Isso é excelente.


 


— Sim, acho que sim. — respondi, me sentindo mais confiante — E você, o que tem a me dizer sobre si? — perguntei, na tentativa de afastar qualquer pensamento negativo — Visto que sabe uma lista de manias e defeitos meus, acho que devemos tornar isso tudo mais justo.


 


— Pretende me estudar como a um dos seus livros? — ele perguntou docemente, rindo. De repente, me senti confortável ao seu lado — Não tenho nada de muito interessante a dizer.


 


— Duvido muito. — revirei os olhos, rindo.


 


— Que tal deixarmos a incrível vida de Gui Weasley para um almoço amanhã? — ele perguntou, lendo o meu rosto a espera de qualquer sinal nítido.


 


— Oh, seria ótimo. — sorri para ele, até que um pensamento surgiu em minha mente — Mas amanhã nós vamos fazer as compras no Beco Diagonal e...


 


— Ei, não se preocupe. Eu encontro você e podemos aproveitar um bom tempo juntos. — disse ao me olhar com intensidade — Apenas diga que sim.


 


— Sim. — eu falei com um sorriso triunfal no rosto.


 


Havia magoado Rony, não percebendo os sentimentos dele por mim. Fora magoada por Krum diante de uma das histórias mais catastróficas da minha vida. Escutara uma conversa equivocada dos gêmeos. Estava num pub bruxo com o irmão mais velho dos meus amigos. Talvez fosse a hora de encontrar um amor que conseguisse quebrar as barreiras que eu construíra e, talvez, esse alguém pudesse ser um Weasley. Gui Weasley.


 


 


* * *


Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2023
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.