FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

ATENÇÃO: Esta fic pode conter linguagem e conteúdo inapropriados para menores de idade então o leitor está concordando com os termos descritos.

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

5. [A05C05] Nossa Weasleyzinha.


Fic: FreGeMione: How Can I Resist U?


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________


* * *


F R E D


 


 


 


Quando eu acordei naquela manhã, rolei o corpo pela cama numa alegria imensa. Desde quando ela havia ficado tão grande, eu não lembrava, mas era excelente. Isso até o momento em que meu corpo encontrara outro pelo caminho, emanando um calor conhecido. Eis que, assustado, eu abrira os olhos e encontrara George dormindo um sonho intenso.


 


— George! — eu gritara enquanto o chacoalhava pelos ombros, recendo ofensas múltiplas — Ande logo, acorde!


 


— Como ousa me acordar tão cedo, seu trasgo?


 


— Já é quase hora do café.


 


Eis então que meu gêmeo se sentara na cama com rapidez. Uma rapidez que até me assustara, por mais incrível que parecesse. A hora do café era sagrada naquela casa e jamais que ele ousaria permanecer dormindo durante ela. Parando por um momento, ele esfregou os olhos repetidas vezes e estendeu os braços para o ar, espreguiçando-se e batendo na minha cabeça pelo caminho.


 


— Onde está... Hermione? — ele questionou em um sussurro.


 


— Não sei. — respondi, me lembrando da noite anterior — Quando acordei, ela já não estava mais aqui.


 


— Deve ter achado mais seguro voltar para o quarto antes que Gina acordasse.


 


— Nossa Weasleyzinha está ficando esperta. — eu concluí.


 


— E gostosa.


 


Ok, George estava certo. Eu nunca havia visto Hermione com aqueles olhos até então. Ela sempre fora a melhor amiga dos meus irmãos mais novos, até mesmo minha amiga, quase uma criança. O que estava acontecendo conosco? Desde a semana anterior estávamos nos aproximando aos poucos, principalmente porque Gina estava mais obcecada por Harry do que nunca, ao mesmo tempo em que Ronald estava em um caso de amor com sua vassoura nova de quadribol e a chance de entrar para o time de Grifinória naquele ano. Bobagem.


De todo modo, a visão da noite passada me deixara muito mais curioso em relação à Hermione. Ela estava linda daquele jeito e dificilmente eu e George tiraríamos a visão daquela camisola de nossas mentes. Argh. Hermione era zona proibida, praticamente nossa irmã.


 


— Isso é errado, George...


 


— Você tem razão, me desculpe.


 


— ...Mas é tão irresistível. — concluí meus pensamentos.


 


— Fred! — meu gêmeo berrou — Ela é uma criança!


 


— Ela não parecia com uma criança noite passada, você viu muito bem.


 


— Isso não muda o fato de que ela o é.


 


— Uma grifinória certinha, amiga dos nossos irmãos mais novos. — eu revirei os olhos — Existe algo mais desafiador para conquistar? Ela mostrou ontem que vale a pena.


 


— E ela nem sabe o efeito que causou em nós.


 


— Garanto que não. — concordei.


 


— Mas fique tranqüilo. — George começou a se levantar da cama, arrumando o cabelo bagunçado com os dedos — Tenho certeza de que ao descermos para o café, só vamos encontrar a mesma Hermione de sempre.


 


— Sem mais desejos.


 


— Sem mais perigo.


 


Isso era o que eu esperava, do fundo do coração. Por Merlin! Seria difícil resistir à tentação no quarto ao lado, mas era preciso. O que Hermione faria se ele ou o irmão resolvessem se aproximar? E seus irmãos, seus pais? Era uma loucura, não importava como tentasse analisar. De todo modo, se meu irmão pensava do mesmo modo que eu, jamais investiria em algo com Hermione. Era regra entre nós.


Assim, me levantei da cama e segui o exemplo de George. Logo o furacão Molly gritaria da cozinha anunciando o café e nós teríamos a certeza de que toda essa loucura sobre Hermione não passara de equívocos em uma noite.





* * *


Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2023
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.