FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

9. Dois Anos


Fic: Gémeo


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Verão


 


O Verão passou rápido.


Passou duas semanas em Durmstrang a estudar várias disciplinas, mas, principalmente, Magia das Trevas, onde temia estar atrasado.


Magia das Trevas é toda a magia cuja utilização num outro ser humano pode danificar a alma, é uma arte que exigia respeito. E uma das disciplinas preferidas de Gwydion.


Depois, passou uma semana na Alemanha, em casa de Tok, onde se encontraram com Valkyrie, e a melhor amiga desta, Aurora.


Aurora tinha cabelos loiros, meio morenos, e olhos azuis. Todos os rapazes do primeiro ano tinham tido uma panca por ela, e Gwydion não era excepção. Ela era querida e simpática, e tinha um sorriso ainda mais querido.


Mas nessa semana nada aconteceu. Juntou-se a Draco, Blaise, Daphne e Hermione na Mansão Malfoy, na semana seguinte. Se se tinha sentido atraído por Aurora, o seu cérebro parou quando viu Daphne. E nessa semana conseguiu realizar os seus sonhos, beijou Daphne debaixo de um Plátano, quando os dois se viram sozinhos.


Passaram o resto da semana mais ou menos juntos, por entre alguns beijos inocentes e de mãos dadas.


Hermione devolveu-lhe o seu colar de dente de tubarão, com a promessa de o recuperar dentro de um ano.


E, por fim, passou duas semanas em casa dos Krum.


Eles eram ricos e elegantes, mas acreditavam no respeito, no esforço e no empenho. Não eram arrogantes. Ambos adoravam Gwydion, o sorridente e misterioso rapaz, que adorava o mar e a sua liberdade.


As últimas semanas foram passadas na praia, numa cabana de Alek junto ao Mediterrâneo, onde viu o jovem que todos tinham tido como exemplo a embebedar-se e a correr nu pela praia. Ninguém o deixou tocar em álcool ou quaisquer outras substâncias. Teve oportunidade de surfar, e ensinou alguns dos feiticeiros a jogar futebol. Era um grupo de secundário, e Alek só o convidara porque sabia que ele estava com os Krum, mas a verdade é que ninguém parecia incomodado com a sua presença. Gwydion conseguia ser muito maturo mesmo.


 


Natal


 


Estava cansado no dia de Natal, nem parecia que estava de férias. Não havia uma disciplina a que não estivesse cheio de trabalhos, principalmente a Herbologia, onde tinha trabalho ao nível de OWL’s.


Descobriu que a sua varinha de cerejeira era melhor para Transfiguração do que a sua varinha de Fénix, e começou a utilizá-la nas aulas de Borr.


Skadi passou-o para o quarto ano de Encantamentos. O seu cérebro latejava. Krum decidiu passar o Natal em Durmstrang, como já o tinha decidido no ano anterior. Valkyrie e Aurora juntaram-se-lhes.


Gwydion quase que chorou com saudades dos pais. Pelo segundo Natal, não lhe diziam nada. Ele tinha-lhes mandado uma carta no início do Verão, a contar o quanto adorava Durmstrang, e a explicar que não eram um bando de maníacos cheios de vontade de matar pessoas, simplesmente valorizava-se o conhecimento da área, por ser uma das mais fundamentais da magia. Ninguém incentivava ao uso de Magia das Trevas noutros seres humanos, mas consideravam importante eles conhecerem o seu próprio poder, e as consequências que este podia ter.


Não obtivera resposta.


Mas Krum, Aurora e Valkyrie conseguiram animá-lo. Valkyrie exibiu-lhes um longo punhal, com um rubi na ponta, todo esculpido num aço branco, que era chamado de aço dos anjos e tinha propriedades mágicas que se assemelhavam aos núcleos das varinhas. A magia existia, os feiticeiros sentiam-na e conseguiam utilizá-la, as varinhas ajudavam a canalizar toda a energia. As espadas mágicas conseguiam desempenhar a mesma função, mas era mais complicado, mas ganhava-se na possibilidade de ataque corpo a corpo. Valkyrie adorava armas de metal.


Aurora e Valkyrie tinham-lhe oferecido um par de patins de gelo, e ensinaram-no a deslizar num dos lagos gelados.


Recebeu postais dos seus amigos em Hogwarts, e um livro de Hermione, a quem tinha oferecido, também, um livro. Soubera que Malfoy se tornara seeker dos Slytherin, mas perdera contra Ethan. E que tinham um novo professor de DCAT, por quem Hermione tinha um ligeiro fraquinho, mas que todos os Slytherin consideravam uma fraude.


 


Páscoa


 


Foi um daqueles dias que Gwydion nunca esqueceria.


Tinha beijado Aurora uma semana antes, para inveja de todos os seus colegas do segundo ano.


Ele e Krum continuavam a voar durante a noite. Estavam ambos ansiosos que o Quidditch começasse.


Nessa manhã, ele, Krum, Alek e Natt apoderaram-se do navio de velas negras. Gwydion agarrou o leme, e foi ele a pilotar até Svalbard. Os ursos polares tinham acabado de despertar da sua hibernação.


Alek soubera que um bando de caçadores ilegais andavam a abater os ursos, e resolvera emboscá-los. Eram sete feiticeiros que comerciavam peles com os muggles, abatendo a população de ursos que se protegia, em o saberem, com a magia, vivendo em áreas que os muggles não conseguiam alcançar.


Eram quatro, mas venceram-nos com elegância, apesar da vantagem numérica. Tinham a vantagem do ataque surpresa, e o talento. Levaram-nos para a escola, onde Viktor e Gwydion tiveram de reconhecer que não tinham autorização para ir a Svalbard, e conseguiram ganhar uma semana a limpar frascos de poções e caldeirões, devido a isso. Mas não importavam estavam felizes.


 


Junho


 


- Expelliarmus. – Gritou Gwydion.


Alek sorriu do outro lado do estrado, e bloqueou com facilidade. Malditas apostas de Tok. O seu amigo apostara que ele conseguira vencer Alek, e tinham-no obrigado a aceitar o desafio.


Dominava, agora, as duas varinhas com facilidade, quase como se ambas fossem uma extensão natural de si. Era essa a sua maior vantagem contra Alek, e foram os seus ataques sucessivos que o fizeram cair ao chão, para espanto da multidão.


Mas o loiro levantou-se e conseguiu vencê-lo uns quantos feitiços depois. Mas tinha-o obrigado a esforçar-se minimamente, e isso chegava para o deixar feliz.


Iria ter saudades de Alek e Natt, mesmo mais velhos e presenças um tudo-nada distantes.


A final de Quidditch chegou dois dias depois do duelo.


Gwydion e Viktor montavam a mesma vassoura, a nova Nimbus 2001.


Gwydion mergulhou na direcção do solo, com Viktor atrás de si. A escassos metros do chão, subiu, novamente. Viktor foi contra o chão. Gwydion voou na direcção dos aros de Haus Land, onde estava a snitch.


Conseguira. Vencera Krum.


- Até os melhores seeker podem ser fintados. – Comentou Moro, um dos novos beater da equipa, um rapaz do terceiro ano, com uma pontaria fantástica.


Krum felicitou-o num tom meio sombrio, fora ele quem lhe ensinara aquela finta.


- Foi bem jogado, Black. – Foi o que conseguiu dizer.


Mas Gwydion vencera com toda a justiça, e sentiu-se feliz ao segurar a Taça de Quidditch.


O seu curto namoro com Aurora terminou antes do Verão chegar, porque ela alegou que ele não lhe ligava nenhuma, o que era verdade.


 


Novamente Verão


 


Natt foi convidada por Gringotts, para se tornar uma Quebra-Maldições. Tornou-se colega de Bill Weasley.


Alek convidou-os, novamente, para a sua Cabana.


Krum fez doze OWL’s. Gwydion voltou a passar duas semanas com os Krum, e uma outra em casa de Valkyrie, cujos pais ficaram espantados por ela o ter escolhido a ele e não a Aurora, mas Gwydion era o único que duelava com uma espada mágica contra ela, e ela adorava duelos que envolviam esgrima e magia.


Não pôde ir visitar os Malfoy, uma vez que o seu botão de transporte internacional não foi autorizado, devido à fuga de um prisioneiro em Azkaban. Peter Pettigrew conseguira escapar.


 A segurança de Hogwarts, também, foi reforçada com medo que o antigo espião de Lord Voldemort pudesse atacar o Rapaz-Que-Sobreviveu. Mas um ano inteiro passaria, sem que nada de invulgar acontecesse em Hogwarts.


Krum foi convidado a tornar-se seeker da equipa da Bulgária, posição que aceitou. Os jogos de apuração para o Campeonato do Mundo já tinham começado, e a Bulgária precisava desesperadamente de um seeker.


Krum rapidamente os colocou na liderança, e cedo foi considerado um dos melhores seeker do mundo.


Soube que Neville Longbottom se afastara de Ethan, e acabara por se juntar a Hermione e aos Slytherin. Aparentemente, a atitude arrogante de Ethan já começava a irritar Neville, a gota de água fora o ruivo atacar um estudante de primeiro ano, nascido muggle, só porque ele não sabia que ele era o Rapaz-Que-Sobreviveu.


Neville era aparentemente muito simpático, e Gwydion ficou feliz que Hermione tivesse, finalmente, criado uma estreita amizade com um dos Gryffindor, mas invejou-o, quando soube que ele agora namorava Daphne Greengrass.


 


Novembro


 


Magia das Trevas continuava a ser a sua disciplina preferida, e Tyr resolvera recompensar o seu trabalho árduo, ao longo dos últimos dois anos, colocando-o na turma de Quarto Ano.


Segundo Krum, ele conseguiria vencer qualquer aluno do Quinto Ano num duelo. As suas duas varinhas eram uma vantagem que muitos não conseguiam superar. No Quarto Ano, iniciava-se o estudo de Necromancia, a criação de Zombies e Inferi.


Escolhera Cuidados com Criaturas Mágicas e Runas Antigas como disciplinas de Terceiro Ano. E CCM rapidamente se tornou uma das aulas pela qual ele esperava ansiosamente a semana toda.


Eram aulas muito dinâmicas. Começaram por estudar as populações de unicórnios nos arredores, depois, as fénix, que eram mais raras, mas havia uma população selvagem no topo das montanhas geladas. Na última aula, Zaytsev trouxera-lhes um Deminguise, um primata franzindo, muito difícil de capturar e cujos pêlos eram utilizados para se fazerem os mantos de invisibilidade.


Ninguém ficou mais espantado do que o próprio Gwydion, quando Borr, o velho e ríspido professor de Transfiguração, que passava a vida a criticá-lo disse que ele estava ao nível das turmas de Quinto Ano dele.


Soube que em Inglaterra, Gilderoy Lockhart se vira envolvido num caso de fraude, por ter alegado que conseguia capturar Pettigrew, e fora afastado do castelo. O padrinho de Ethan, Remus Lupin tornara-se professor de DCAT. Todos reconheciam que era bom professor, mas havia ainda mais favoritismo na direcção de Ethan.


 


Fevereiro


 


No dia de S. Valentim, Gwydion curtiu com uma miúda de Haus Luft, Brenda. E descobriu que Hermione Granger e Blaise Zabini andavam enrolados. Riu-se ao ler a carta da amiga, confusa, surpresa e deliciada, depois do rapaz se ter declarado no meio do almoço, com um ramo de rosas na mão…


 


Junho


 


Com Krum a jogar em jogos Internacionais, Gwydion perdia o seu rival, e Haus Feuer voltou a vencer a Taça de Quidditch.


Fora um longo ano, por entre aulas difíceis, crises amorosas. Ele e Aurora tinham voltado e acabado, novamente. A própria Valkyrie dera-lhe um estalo, depois de ele ter curtido com Brenda no dia de S. Valentim, quando ele e Aurora ainda eram um casal. E ele reconhecia que fora um idiota.


Tok ganhara muitos galeões a apostar nele em duelos, obrigando-o a duelar com metade da escola. Gwydion tornara-se, sem dúvida, um dos melhores duelistas de Durmstrang.


Valkyrie começara a forjar a sua própria espada, sob as instruções de Bowscar.


Tinham visitado Svalbard, nadado no Árctico, apoderado do navio. Aurora e ele acabaram por se tornar bons amigos.


Krum contou-lhe que o actual seeker inglês voava pior do que Gwydion, e que ele o esperava defrontar nos campos internacionais um dia…


 


N/A: Pronto, este foram alguns pedaços da vida de Gwydion ao longo do segundo e terceiro ano. Espero que tenham gostado. Próximo capítulo começa o Cálice de Fogo, num modo de escrita mais desenvolvido =)


 


Ceci96: Eu agora devo demorar um bocado mais a postar, porque vou entrar em época de exames. Mas prometo tentar ser o mais breve possível. Aqui tem a vida dele antes do Cálice, :P O romance não foi muito sério, porque eles são jovens ainda, mas tentei que houvesse qualquer coisa aqui e ali. Gostou?


D.Mary: Fico muito feliz que esteja a gostar. Adorei o seu comentário. Vá-me deixando a sua opinião, é sempre bom saber o que os leitores pensam J


Vitoria67: Bem…o Krum está um bocado diferente é verdade, mas eu acho que ele assim se adequa melhor à minha ideia, e acho que continua a ser um tipo fixe J. O Gwydion vai ser um grande feiticeiro, sim senhora.


Azarael: Eu não sei se este capitulo está muito bem escrito, mas vou tentar recuperar no próximo….Bem, espero que continue a gostar e vá comentando J H

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 4

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por D.Mary em 24/06/2013

Oi é claro que eu estou gostando da historia, ela esta ficando cada vez melhor eu mal posso esperar para ler o proximo capitulo, e ver as reações dos pais dele quando o reconhecerem. :) ^-^

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Azarael em 18/06/2013

MUITO BOM ENTRO DIARIAMENTE PRA VER SE VC ATT ESPERO ANSIOSAMENTE 

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Ceci96 em 02/06/2013

Não se preocupe com o tempo, estude com tranquilidade mas caprichi no próximo capitulo! Gostei muito de vc ja começando a inovar alguns fatos que ajudasse no cálice de fogo!

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por vitoria67 em 02/06/2013

ola,entendo que tenha que passar um pouco da vida dele antes do calice de fogo( por que tenho uma ideia de que vc vai aprontar com alguns personagens) que vai ser bom. gostei de neville largar o idiota ele e um dos personagens que mais gosto mais geralmente se da mal.quanto a demora bem va lar mais nao esqueca de nos ta......
vitoria

ps eu sabia que ele seria um grande bruxo.....kkkkkk
vc quem disse

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.