FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

8. Capítulo 8


Fic: Suck me, James. UA


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Capítulo Sem Betagem

 Michael Bublé - Everything


PhotobucketCapítulo 8.Photobucket


Photobucket
PhotobucketNarrado por: James Potter
PhotobucketParando o carro na frente da casa da Lil.


Depois que saímos do restaurante, nós viemos conversando o caminho inteiro. É incrível como eu não consigo ficar sem assunto com a Lily. Gostamos das mesmas coisas e das mesmas músicas.
Conversamos sobre tudo o que você imagina - menos o que a sua mente poluída deve estar pensando agora, é claro. -, chegamos na frente da casa da Lily e eu estacionei o carro.

- Quer que eu desça? - Perguntei vendo a Lily tirar o cinto e balançou a cabeça.

Saí do carro, e abri a porta pra ela. A Lil desceu e seguimos até a porta da casa dela. Enquanto ela procurava a chave na bolsa, eu a segurei pelo braço e virei-a delicadamente e então me aproximei. Estavamos muito perto mesmo, e posso dizer que foi a única vez que eu fiquei tão perto dela assim.

- Não pode falar aqui? - Perguntei olhando em seus olhos.

Ela ficou vermelhinha, oun, que fofa. Ela corou só com as minhas palavras.

- Acho melhor conversamos lá dentro. - Ela disse se virando e abrindo a porta.

Ela segurou a porta aberta, entrei e ela fexou se encostando na mesma.

Olhei ao redor da sala, e era bem bonita. Tinha uma televisão de plasma na parede, e embaixo ficava a lareira, uma estante de livros do lado e dois sofás com uma mesinha no centro da sala.

Me virei e ela continuava encostada na porta me olhando.

- Lily, você anda meio... estranha. - Eu disse me aproximando dela com uma sombrancelha erguida.

- Estranha? Não, estou ótima James! - Ela disse sorrindo fraco e indo até a cozinha /chutei:x/ - Quer alguma coisa pra beber? Água, coca, cerveja?

- Não, valeu. - Falei seguiando-a até a cozinha. - Pra falar a verdade eu 'tô curioso pra saber o porque você me chamou aqui.

- Err, na verdade. É meio confuso. - A Lil disse voltando para a sala e eu a segui.

- Mas fale Lil. Você sabe que não precisa ter vergonha ou medo de falar comigo. - Eu me aproxei dela, mas ela se moveu rapidamente.

- Vamos conversar lá em cima.

Subimos as escadas, e entramos em um quarto rosa que eu chutei ser da Lily, e acertei. Tinha fotos dela no primeiro ano que ela foi líder-de-torcida, fotos com a Lene e a Dora, livros de meninas em uma prateleira, computador e sua cama de casal arrumada com usos de pelúcia em cima.

- Uau, você ama ursinhos, não é? - Perguntei me sentando na cama e pegando um deles. Cara, ela tem muitos mesmo. Acabei de ver na última prateleira que tem mais ursinhos.

- É. Esse foi o ursinho que meu pai me deu antes de morrer. - A Lil disse se referindo ao que eu segurava.

- Ahn, me desculpe. - Cara, que fora! x_x'

- Tudo bem! - Ela disse sorrindo e se sentando do meu lado. - James, eu falar sobre essa semana.

- O que tem? - Perguntei a olhando curiosamente (?).

- Essa semana que eu...bem, eu tenho fingido ser sua namorada. - Ela disse meio sem-graça.

- Relaxa Lily, eu sei que você deve estar muito cansada de fingir ser namorada de um cara que você odeia, mas a semana já está acabando e eu prometo que depois dessa semana eu não vou mais te encher, ok? - Falei tudo em um fôlego só.

Ela me olhou, e parecia estar escolhando as palavras antes de falar comigo.

- Não, não é sobre isso. É pelo contrário. - Ela disse segurando minha mão. - A verdade é que eu estou gostando, James.

OMG! Eu ouvi direito, ou estou com cera no ouvido? Sabia que não podia confiar no Sirius e mandar ele ir comprar cotonete pra mim, ele deve ter comprado aqueles mais baratos. ¬¬ Ele me paga!

- James? - A Lil me chamou, me tirando dos devaneios.

- Oi? E-eu acho que eu não entendi. - Respondi tentando sorrir, mas eu estava nervoso demais.

- Você ouviu o que eu disse, James. Eu não quero repetir. - A Lily disse se levantando, encostando na escrivaninha e cruzando os braços.

Obs: Eu já disse que ela fica sexy com esse uniforme de líder-de-torcida? Meldels, dá vontade de aguarrar e beijar.

- Ouvi? - Perguntei. Eu devo estar parecendo um palerma.

- James.. - Ela disse descruzando os braços e revirando os olhos.

- É, 'tá bom, eu ouvi. - Respondi me aproximando dela. - Mas.. mas você tem certeza? Quero dizer, você 'tá gostando mesmo? E não é uma pegadinha? Aha, descobri. Vai Lilian, me fala onde estão as câmeras.

- Eu não 'tô brincando, porra! - Ela disse bufando e me olhando brava.

- Ok, me desculpa. Eu acredito em você. - Eu disse me aproximando mais ainda dela, e colando seu corpo no meu. - Não vai se arrepender?

Encostei minha testa na dela e mordi meu lábio seximente (?).

- Nem um pouco.. - Ela disse me puxando pela camisa e me beijando.

Cara, que sonho! *_*' Esse é o melhor beijo da minha vida. /Ecagay!/

Photobucket
PhotobucketNarrado por: Remus Lupin.
PhotobucketVendo o aquário do restaurante, enquanto o Sirius tenta chavecar a Lene. 8-|



Cara, como é chato ficar de vela, hein! Quando eu percebi que a Lene e o Sirius queriam ficar sozinhos, eu tive que arranjar uma desculpa e vim ver o aquário. Puta coisa chata hein!
Odeio peixes. Tanto pra comer, quanto pra ter um de estimação.
São os bixos mais inuteis do mundo. Eles só sabem nadar, e fazer aqueles biquinhos horríveis.

Mas sabe que eu aprendi uma lição com esses peixinhos (?).
Eu estava lá, vendo o aquário, e lá tinha três peixes laranjinhas fofinhos. Um deles concerteza deveria ser uma peixa (?) porque os dois estavam seguindo-a.
Parecia que os dois laranjinhas estavam brigando pra ver quem ficava com ela.
Até que a peixa se virou e meteu a boca (?) nos dois. Um dos peixes abandonou-a e foi embora, desistindo da peixa.
Mas o segundo continuou seguiando-a e quando a peixa terminou seu trajeto, ela virou pra trás e o peixe ainda estava atrás dela.
Então ela percebeu o seu amor verdadeiro pelo peixe número dois, eles se casaram e viveram felizes para sempre.
Ok não foi assim, mas no final eles ficaram fazendo peixinhos juntos e felizes.

E então com isso eu tomei uma lição.
Eu vou atrás da Dora. /tanananan tanananan/ \éamusicadosuperman\.

Saí do restaurante, e peguei meu carro.
Bom, o Six e o Jay podem pagar a conta, que depois eu acerto com eles. E sem juros hein, q.

Então, depois de entrar no meu transporte /okeuvouparardeseridiota/, segui até a casa da Dora.
Estava até parecendo uma perseguição de polícia, só faltou a polícia pois eu passava em todos os sinais vermelhos e quase atropelava velhinhas com bengalas e lerdas no meio da rua.

Estacionei o meu carro na frente da casa da Dora, e desci rapidamente. Até que eu esqueci de trancar o carro. *bate na testa*

Corri sem fôlego e nervoso até a porta da frente, torcendo para os pais dela não estarem lá, e toquei a campainha.













Ninguém atendeu. Toquei denovo.

Vi a Dora aparecer na janela do quarto dela, mas rapidamente ela se escondeu.

Já estava me preparando para ir embora, quando vejo a porta se abrir rapidamente e ela me puxar para dentro da casa dela fexando a porta.

- O que você está fazendo aqui? - Ela disse me olhando espantada. E de pijama, que gatinha a Dora fica de pijama.

'Tá, mas esqueça essa parte. Porque quando eu percebi o quão perto eu estava dela, meu coração começou a disparar e minhas pernas bambearam.
Me deu voltade de agarrá-la e beijá-la assim como fiz ontem e hoje, mas agora eu tinha que me controlar.

- Por que você veio? - Ela perguntou cruzando os braços.

- Eu preciso conversar com você. - Eu disse me aproximando mais ainda dela.

- Nós não temos nada pra conversar, Remus! - Ela disse subindo as escadas e eu a segui.

- Então por que você saiu daquele jeito do campo, hoje? - Perguntei segurando seu braço e virando-a.

- Eu já disse, eu estava com dor de cabeça. - Dora disse mais baixo agora, com uma voz fraca e olhando nos meus olhos.

Cara, como ela é linda!
Soltei-a e ela continuou andando pelo corredor, até que entrou em uma porta que era o quarto dela, em que ficamos noite passada.

O computador estava ligado, e percebi que ela colocou 'ausente' antes de virar e me encarar.

- Diz logo o que você quer, e vai embora. - Ela disse se sentando na cama dela e ligando a tv.

- Eu quero você. - Disse me sentando do lado dela e beijando seu pescoço.

- Para com isso, Remus! Você tem namorada. - Ela disse me empurrando.

- Eu sei que eu tenho namorada. - Eu disse olhando-a.

- Então por que você faz isso? - Dora disse com uma voz inconformada e meiga ao mesmo tempo.

- E por que ontem e hoje no ármario a minha namorada nem importava? Huh? E por que agora ela importa? - Perguntei tentando me aproximar, enquanto ela se afastava.

- PORQUE EU NÃO QUERO SER A OUTRA, DROGA! - Dora disse um pouco mais alto doque seu tom de voz. Mas eu nunca a vi gritando.

Fiquei com a boca aberta por alguns segundos. O que eu poderia dizer?
' Ah, me desculpe. Eu vou terminar com a Angelina e vamos começar uma nova vida juntos?'
Claro que não. Até porque isso não seria justo com a Gê.

Quero dizer, eu me apaixonei por ela, e não pela Dora.
E largá-la também não seria justo.

- Tudo bem, me desculpe por tomar o seu tempo. Eu já vou indo. - Eu disse me levantando e indo até a porta do quarto dela.

- Acho que você já sabe o caminho. - Dora disse fexando a porta na minha cara.

Fui com as mãos no bolso e encarava o chão.
Quando cheguei na porta da sala, olhei para trás com alguma esperança. Mas ela não estava lá!

Abri a porta, e dei uma última olhada naquela sala e na cozinha, em que tudo aconteceu.
Porque eu tinha certeza que nada mais daquele tipo iria acontecer denovo.

Fexei a porta cautelosamente, e olhei para a janela do quarto da Dora. E ela não estava lá!
As cortinas brancas fexadas, e meu coração quebrado. (u).


Photobucket
Photobucket
Photobucket Narrado por: Lilian Evans.
Photobucket Em casa, no meu quaro, com o Jay *-*..



Ai meu Deus, eu já disse que eu adoro beijar o Jay?
Sim, eu amo. Quero dizer, foi a primeira vez que eu beijei ele, mas eu não queria mais parar. :x
Só tive que parar porque senão ia acabar rolando algo mais, e eu não respondo pelos meus atos! Ainda mais com um JAMES POTTER do meu lado, pls.

- Hey, vou entrar no msn. - Eu disse me separando de mais um beijo maravilhoso e ligando o computador.

Entrei no msn, e lá estava Dora online.

' Dora Tonks. - You've broken my heart (U). (ausente).

' Lily Evans. - Oioioi, alguém vai comigo no show do McFly?!? :(. diz:
oiiiiiiii gata..


...


Ela não me respondeu!
Legal, gela as amigas (Y'

' Lily Evans. - Oioioi, alguém vai comigo no show do McFly?!? :(. diz:
Legal, gela as amigas (Y) ¬¬'


- Vou pegar uma coca, qué? - Eu disse pro James que estava sentado na minha cama.

- Não, valeu. Eu tomo da sua. - Ele disse sorrindo, e então eu sorri de volta e desci para a cozinha.

Peguei minha coca, meu canudinho Ah se eu tivesse um canudinho amor, eu chupava você inteirinho (8). 'Tá parei.
E voltei pro meu quarto.

Percebi que o Jay saiu da cadeira do computador quando eu cheguei no quarto e me olhou com uma cara de culpado.

- O que 'tava fazendo? - Perguntei me sentando e colocando a coca do lado do pc.

- Nada, só vendo meu orkut. - Ele disse colocando as mãos no bolso e voltando a se sentar na minha cama.

- Humm, ok. - Eu disse.

Olhei para a janelinha do msn, e a Dora finalmente tinha me respondido!

' Dora Tonks. - You've broken my heart (U). diz:
Desculpa amiga, eu não tava aqui :s.

' Dora Tonks. - You've broken my heart (U). diz:
E esse nick rômantico, ai? UAEUAEHUAEH chonaaada!

' Lily Evans. - Namorado perfeito em casa, te amo Jay! (L). diz:
Que nick???

' Lily Evans. - Namorado perfeito em casa, te amo Jay! (L). diz:
UAHAUHAUHUHA, James fdp que mudou. Ele 'tá aqui em casa mesmo.
Depois que você foi embora a gente foi pro restaurante e ele me trouxe e acabou ficando pra uma coca, sabe? UEHAUEAH.

' Dora Tonks. - You've broken my heart (U). diz:
Entendo. ;)

' Lily Evans. - Namorado perfeito em casa, te amo Jay! (L). diz:
Dora, ta tristinha?:s q aconteceu? q nick eh esse?
Ah, e eu sei q vc não saiu pq tava cm dor de cabeça hj viu, eu te conheço e vc não mente pra mim!!!

' Dora Tonks. - You've broken my heart (U). diz:
Ah Lil, é um negócio tão complicado! acho q eu vo entra em depressão.
desde qdo o remus saiu daki eu to ouvindo system of a down, e comendo chocolate.

' Lily Evans. - Namorado perfeito em casa, te amo Jay! (L). diz:
QQQQ? O remus aiiiiii??? conta tudoooooooo...

' Lily Evans. - Namorado perfeito em casa, te amo Jay! (L). diz:
Ah, foi por isso q ele saiu sem pagar do restaurante? ¬¬' devia ta duro. EUAHEAUHAEU

' Dora Tonks. - You've broken my heart (U). diz:
Oun, serio que ele fez isso? UAHEUAEHU, q.
Bom foi tipo...


E depois disso ela me contou tudo, detalhe por detalhe. E agora sim eu estou achando o Remus um estúpido, e até eu estou com raiva dele. Como ele faz isso com a minha amiga?

- Que jumento! - Foi a única coisa que o Jay disse quando eu mostrei a história pra ele.


' Lily Evans. - Namorado perfeito em casa, te amo Jay! (L). diz:
Oun, não fiica assim =( Vc sabe q eu odeio ver minhas amigas tristinhas, e ainda mais por culpa de marmanjo que não presta! desiste dele amor...
AAAAAH, EU TIVE UMA IDÉIAAAA!!!!


' Lily Evans. - Namorado perfeito em casa, te amo Jay! (L). - Pediu sua atenção

' Lily Evans. - Namorado perfeito em casa, te amo Jay! (L). - Pediu sua atenção

' Lily Evans. - Namorado perfeito em casa, te amo Jay! (L). - Pediu sua atenção

' Dora Tonks. - You've broken my heart (U). diz:
Calma amor, vc tem toda a minha atenção do mundo, q.
Conte-me a sua idéia *-*'

' Lily Evans. - Namorado perfeito em casa, te amo Jay! (L). diz:
Bom, vamos fazer assim..


AAAAAAAAAAAAAAAAAHHHHH! PORRA DE INTERNET.
Por que tinha que cair justo agora?

- Que foi Lil? - O Jay disse dando um pulo. É, ele se assustou com o meu grito :x.

- A porra da internet caiu, justo na hora que eu ia falar o meu plano mirabolante pra Dora. - Eu disse desligando o computador e deitando na cama do lado do Jay, que deitou na minha frente e me abraçou.

- Liga pra ela, amor. - Ele disse tirando o celular do bolso e me entregando.

- AHHHH!! Você é um gênio, Jay. - Eu disse dando um selinho nele e discando o número da Dorcas.

- Alô? - A Dora atendeu o telefone com uma voz de choro. Coitada, ela devia estar chorando. :/

- Amiiiiiga! Sou eu, desculpa a minha net fdp caiu. - Eu disse rapidamente.

- Hum.. ok! Então, me conte o seu plano.

- Er, acho melhor a gente conversar amanhã na escola. Tem gente aqui que pode escutar, sabe? - Eu disse me referindo ao James, que fez uma careta quando ouviu.

- Haha, tudo bem! Até amanhã. - Ela disse tentando parecer animada.

- Até amiga! Melhoras.. e eu te amooooo, vou estar do seu lado pra tudo! - Nisso o Jay falou 'own' e eu sorri.

- Obrigada Lily, nem sei como agradecer.

- Você vai agradecer fazendo o plano direitinho, muhahaha! Tchau. - E então eu desliguei o celular e devolvi pro Jay.

- Então, acho melhor eu ir, temos aulas amanhã. - O Jay disse se levantando e indo até a porta to meu quarto.

- Hum.. ok! - Eu disse o acompanhando até a porta da sala. - Não está esquecendo nada?

Foi então que ele voltou me pegou no colo e me deu aquele beijo.

- Ui, assim eu vício. - Eu disse quando ele me botou no chão novamente.

- Víciado é mais gostoso. - Ele disse piscando e indo até o carro.

Então o Jay entrou no carro, me deu um tchauzinho e foi embora.
Fechei a porta ao vê-lo virar a esquina, e me encostei na mesma.
Escorreguei até o chão, segurando meu coração que batia rapidamente e um sorriso bobo se estampava no meu rosto.
O que é isso, hein?!






n/a: Espero q tenham gostado gentem *-*
amei os comentários, muito obrigada MESMO!!!!
ah, eu postei o capitulo hoje porcausa da Munique Negrão, então agradeçam ela, porque eu ia postar só amanhã hein!
UHEUHAEUHEHUAEHUE.
comentem, sim!? *-*

bjj.
Lê Grint.



Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2023
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.