FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

7. Descobrindo


Fic: Uma brincadeira do destino - Epilogo postado


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Dois dias depois, na mansão Malfoy


Draco mais uma vez se prepara para ir ao mundo trouxa. Pra quem pensou que não iria precisar voltar tão cedo, o destino mostrou toda a sua ironia. Ele sabe que talvez tenha que frequentar o mundo trouxa mais do que gostaria, tudo por causa de uma criança que ele não desejou, mas que alheia as suas vontades está sendo gerada neste exato momento por uma mulher desconhecida


O loiro procurou um advogado de confiança que tivesse certo conhecimento do mundo trouxa e depois de explicar a situação o mesmo lhe disse que teria que pesquisar já que este tipo de caso não é comum e ele não tinha nenhum conhecimento de coisa semelhante


As notícias que ele lhe deu não foram animadoras. Não existem precedentes e caso não haja um acordo, provavelmente o caso iria aos tribunais trouxas já que seria impossível levar o caso aos tribunais bruxos sem expor perigosamente o seu mundo. Isso sem falar que a mulher que carrega seu filho no ventre poderia achar que ele era completamente louco


Uma coisa de cada vez, Draco Malfoy... Ele fala para si mesmo. Primeiro, vamos ver o que a clínica tem a dizer, depois que eu conhecer a mãe do meu filho eu penso em qual atitude tomar


XXXXX


Na clínica


Finalmente o prazo dado se esgotou, Draco respira fundo para conter a ansiedade. Ele olha para as feições das mulheres na sala de espera imaginando se alguma delas carrega a sua semente. O loiro tenta em vão não encará-las, mas é mais forte que ele. Felizmente antes que alguma delas ache estranho e o questione, Draco é chamado. Mas o que ele ouve não é em absoluto o que ele esperava


Como assim, vocês não têm uma resposta ainda? – ele fala tentando não lançar uma ou duas azarações nos homens a sua frente


Nós conversamos com... (O advogado para por um momento sem saber como se referir a Hermione, não lhe parece certo referir a ela como mãe do filho dele) bem... Com a mulher que foi inseminada e ela pediu um tempo pra pensar. O senhor tem que admitir que ela provavelmente ficou chocada com a história. Ela esperava um doador anônimo, alguém que não tivesse interesse algum no ser gerado. Eu peço um pouco mais de paciência, por favor, senhor Malfoy


Bem... (Draco suspira enquanto olha para o homem a sua frente) quanto tempo?


Um dia ou dois (ele fala) apenas isso, eu prometo. Depois resolveremos isso da melhor forma para ambas as partes


O loiro parece pensar por alguns minutos e depois Draco assente com a cabeça. O advogado fica visivelmente aliviado por protelar mais um pouco a situação, no entanto, se ele conhecesse a mente sonserina de Draco Malfoy saberia que a última coisa que passa pela cabeça do homem loiro neste momento é esperar...


XXXXX


Naquela madrugada


Draco aparata na clínica. Ele não se sente exatamente bem em invadir um local trouxa e ele sabe que se alguém no mundo bruxo souber talvez ele tenha problemas, mas Draco o faz sem arrependimento algum. Os fins justificam os meios. Ele pensa consigo mesmo


Bem vamos começar... Ele fala para si mesmo enquanto percorre as dependências da clínica. Eu pedi a destruição do meu material há cerca de dois meses, então eu preciso ver as... Como é mesmo o nome? Inseminações que ocorreram na mesma época...


Ele para em frente a um arquivo com várias gavetas e para sua tristeza vê que eles não são organizados por datas e sim pelo nome dos pacientes. Draco suspira. Pelo jeito a noite vai ser longa...


XXXXX


Na mesma madrugada


Hermione revira-se em sua cama. Desnecessário dizer em que ela está pensando, aliás toda a história absurda não saiu de sua cabeça desde o momento em que deixou a clínica. Ela leva a mão ao ventre, mil possibilidades já passaram pela sua mente e ela precisou fazer um esforço sobre humano para se manter centrada e não fugir para algum lugar onde ninguém a encontrasse, muito menos esse homem que quer sabe-se lá o que com seu bebê


Ela se recorda que depois de passar algum tempo caminhando a esmo pela cidade, literalmente apavorada, finalmente Hermione se acalmou e seu lado racional veio à tona. Então ela procurou um advogado de confiança. Alex, um vizinho e amigo de infância, um dos poucos amigos trouxas que tinha e com quem ela mantinha ainda algum contato, tomando todo o cuidado pra não revelar mais do que deveria, ou seja, que era uma bruxa. Então a morena contou o ocorrido...


XXXXX


Alguns dias antes


Hermione está sentada em uma lanchonete, em uma das mesas mais afastadas. Na sua frente um homem um pouco mais velho que ela. A morena não pode deixar de notar que o tempo fez muito bem a seu velho amigo e que várias cabeças femininas voltaram-se durante a sua passagem. Sim... Alex se tornou um homem muito bonito. Quem diria que o garotinho magricela e implicante iria se tornar um homem tão atraente? Mas ao contrário das outras mulheres, isso não a afeta. Para Hermione Alex, sempre foi apenas um amigo, talvez pelo fato de se conhecerem a tanto tempo. Um amigo... Hermione pensa. Talvez nem tanto, pois a convivência dos dois foi se tornando cada vez mais escassa depois que ela descobriu que era uma bruxa, Alex também foi estudar fora e os dois raramente se viam. No entanto, ao receber a fatídica notícia na clínica seu nome foi o primeiro que lhe veio à cabeça e por isso ela está agora contando a ele a sua bizarra história


Desculpe meter você nisso, mas eu precisava de alguém com conhecimentos jurídicos. Alguém de confiança... – Ela fala sentindo uma súbita vontade de chorar. Malditos hormônios... Ela pensa


Ora Mione... (Alex fala sorrindo) eu sei que a gente não se vê muito, mas eu espero considerar você como minha amiga apesar da distância... E para que servem os amigos?


Ela sorri e limpa uma lágrima que teima em escapulir – e por sorte esse meu amigo é um advogado (ela fala e fica séria) e então, Alex? O que você acha do caso? Você acha que esse homem pode ter algum direito sobre meu filho?


Sinceramente eu não sei (Alex fala, pensativo) eu precisaria pesquisar, mas não me lembro de ter visto nada semelhante no meio jurídico. Não sei se há precedentes (ele segura a mão da morena) eu vou procurar saber, se precisar peço ajuda. Não se preocupe (ele diz ao ver seu semblante assustado) não citarei seu nome. Sigilo entre advogado e cliente (ele diz em seu melhor tom profissional)


Obrigada... – Hermione sorri e não deixa de notar, meio desconfortável, que ele ainda está segurando a sua mão


Então Mione (ele fala sorrindo) deixando o advogado fora dessa e falando como amigo... O que deu em você para fazer uma produção independente? Eu sei que não é da minha conta, mas você ainda é jovem, é linda... Poderia...


Eu sei (ela interrompe procurando não parecer rude) eu sei que poderia ter meus filhos de maneira normal. Mas o tempo estava passando...


Ela se cala, a morena já cansou de dar essa explicação


Você não tem nem trinta anos ainda. Poderia muito bem encontrar uma pessoa (Alex não se dá por vencido)


Ela suspira – É complicado... Há anos eu não consigo ter um relacionamento sério, acho que eu assusto os homens


Ele olha pra ela como se a analisasse – realmente uma mistura de inteligência fora do comum e beleza extraordinária pode assustar um pouco alguns homens (ele sorri e olha fixamente) mas não todos


A morena fica cada vez mais sem jeito, ela não consegue dizer ao certo se o homem na sua frente está agindo apenas como um amigo ou se na verdade está começando um flerte. Então Hermione resolve trazer novamente a baila o assunto que a levou a procurá-lo – o que você acha que eu devo fazer? (ela pergunta temerosa) devo entrar em contato com esse homem? Devo me negar? Devo sumir?


Ora Mione... (Alex sorri) sumir? Você não me parece uma mulher que foge dos problemas! E depois, é praticamente impossível sumir de verdade nos dias de hoje


Seria se eu ficasse no mundo trouxa... Ela não pode deixar de pensar. Então ela pergunta novamente – Qual seu conselho como advogado?


Ele pensa por alguns minutos – tente ganhar tempo, diga que ainda não se decidiu... Fale que está confusa, invente algo. Assim eu posso tentar achar uma solução...


XXXXX


De volta aos dias atuais


Tempo... Ela pensa enquanto se revira na cama, buscando o sono que não vem. Sempre o implacável tempo. Tempo é algo que eu não sei se tenho. Então ela se dá conta que ainda não contou para seus amigos que espera uma criança e que talvez agora tenha muito mais que a sua boa notícia para contar...


XXXXX


De volta à clínica


O tempo passa para todos e no caso de Draco mais rapidamente do que ele gostaria, já faz horas que ele vasculha os arquivos e nada. O que lhe angustia ainda mais é que tem que fazer tudo do modo trouxa, não há como utilizar um feitiço convocatório sem saber direito o que convocar. Droga! Ele pensa desanimado. Ainda não cheguei nem na metade. Ele fala para si mesmo iniciando agora os arquivos com a letra G


Por um minuto ele pensa em desistir, em dar a clínica o tempo pedido e seria isso o que ele iria fazer se neste exato momento Draco não houvesse batido o olho em um nome conhecido...


Ele não precisa sequer ler o prontuário para ter certeza de que ela é a mulher que procura. Sim, ele sabe, ele sabe que o implacável destino não perderia a chance de fechar a sua trama com chave de ouro


Hermione Granger vai ter um filho seu!




NOTA DA AUTORA


Bem, o que eu posso dizer?


Em primeiro lugar eu quero deixar claro, mesmo já tendo falado isso inúmeras vezes, que eu não desisto das minhas fics. Detesto quando estou lendo uma história e um autor simplesmente a abandona. Acho isso uma tremenda falta de respeito e nunca faria isso com vocês!


O problema é que acho que abocanhei mais do que posso engolir. Estou postando quatro fics ao mesmo tempo e isso está me tirando o sono, simplesmente não consigo escrever com a frequencia que gostaria. O mundo real me toma um tempo muito grande isso sem falar que eu não tenho inspiração guardada no armário pra usar quando bem entender.


Estou falando isso pra me justificar dos meus atrasos. Março foi um mês muito complicado pra mim. O trabalho me tomou muito tempo e energia, houve alguns dias que eu chegava em casa e tudo que eu queria era descansar. Quando finalmente as coisas entraram nos eixos foi o pc que deu pau. Resultado, alguns dias sem poder pegar nas fics. Quando o problema se resolveu (era apenas sujeira, acreditem se quiser. Um conselho, computadores também precisam de limpeza!) eu viajei (um outro vício meu, não posso ter uma folguinha, arranjar um trocado e ver uma promoção de passagens que coloco o pé na estrada) e isso acabou me enrolando ainda mais. Mas, por favor, não pensem que foi descaso com minhas fics ou com meus leitores. Eu amo escrever, adoro ler os comentários e em momento algum pretendo parar


Vou continuar postando as quatro fics pois já comecei e deixar alguma em hiatus seria um desrespeito com as pessoas que lêem, mas garanto que é a última vez que faço isso. Quando estas acabarem provavelmente começarei outras histórias (já tenho várias idéias na cabeça), mas nunca mais do que duas ao mesmo tempo.


No mais, só tenho a agradecer pela paciência e pedir encarecidamente que não desistam de mim! Quem puder deixar uma palavrinha eu agradeço, nem que seja pra dizer que me entendem ou me xingar pela demora


Bjos

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 8

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Diênifer Santos Granger em 08/04/2014

Eu falei que era dele! kkkk 
Quero só ver a cara da Mione! kkkkkkkk 

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Hermione Rosier Black Malfoy em 06/08/2012

kkkkkkkkkk.......bendito destino!!!! na minha opiniao é claro...
adorei...acho q alex ainda pode dar ´´problemas`` 

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Bsgp em 30/05/2012

Nossaaaa Perfeitaaa :)

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Greicy Salazar em 09/05/2012

OOOOMG!!!

OOOMG!!! CHOCADA!

Quero saber logo como essa trama vai se desenrolar.

beeijo, posta logo.

Nota: 1

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Catii Tonks Lullaby em 26/04/2012

Ahhhh Cap muito bom !!!  *feliz.feliz* :)

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Hellen Luisa em 19/04/2012

ahhhhhhhhhhhhhhhhhhhh sua fic tá ficando muito boa!!!

valew por postar!

Espero que você não demore :D

estou mto anciosa! ^^

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Nana-moraes malfoy em 15/04/2012

Tá bem, eu te perdoo! Agora que tal um cap rápido para compensar? 
Beijos! Gostando muito da trama.
nana 

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Déborah Rogers Poynter Potter em 15/04/2012

OMGGGGGG!!!!! QUEL SERÁ A REAÇÃO DO DRACO MESMOOOO????????

 E A DA MIONE????????

 HEHEHE BJU BJU POSTA LOGO 

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.