FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

25. Feliz ano novo


Fic: Diário de Hermione Granger Mudanças


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

01 de Janeiro de 2008 - Feliz Ano Novo

Diário, É estranho ver como o ano passado passou de uma forma tão inesperada... Daqui a uma semana eu estarei casando com Draco Malfoy, quem diria? Se me falassem isso a uns quatro anos eu com toda certeza iria lhe indicar uma estadia no . De qualquer forma o Draco tem se apresentado a pessoa MAIS INRRITANTE E INSUPORTÁVEL DO UNIVERSO! Pra começo de história, ontem foi a virada do ano, bem... Meu amado noivo me privou de tudo que eu mais amo no ano novo!

- HERMIONE JANE GRANGER! - Ele berrou ao me ver com uma taça de champanhe na mão.

"Droga... Pega com a boca na butija..."

- Que foi Draco? - Perguntei inocentemente
- O que foi draco? FICOU MALUCA GRANGER! - Quando eu digo que ele é o escândalo em pessoa NINGUÉM ACREDITA!
- Maluca por que querido? o.O
- Você está GRAVIDA, não pode BEBER... Se você quer beber, beba, mas NÃO QUANDO ESTIVER ESPERANDO UM FILHO MEU NA BARRIGA!

Dizendo isso ele arrancou o copo da minha mão, eu senti uma imensa vontade de voar no pescoço dele e eu mesma o esfolar, o matar, o trucidar, o pisar... e... ARGG! Calma Mione! Respira, Inspira, Respira, Inspira!
Pra completa minha linda infelicidade eu decidi ir dançar e a ANTA me arrancou da pista de dança alegando que iria prejudicar o bebê! O que meu AMADO NOIVO não se toca é que essa paranóia dele está prejudicando a linda noiva dele, no caso EU... Isso tudo é tão injusto diário! Eu que sintos os enjôos, eu que sinto a dor dos chutes do pequeno ser, eu que tenho que aturar um noivo paranóico, eu que estou ficando gora... EU, EU, EU, EU ,EU TUDO EU! TUDO HERMIONE JANE GRANGER, FUTURA HERMIONE JANE MALFOY! Acho que estou prestes a entrar em estado histérico! Melhor parar de escrever e curar minhas mágoas com doce de abóbora.

Graças a Merlim que você não fala diário! Graças a Merlim!

o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o

04 de Janeiro de 2008 - Desejos...

Diário,
Já sentiu uma imensa vontade de comer tudo que é quase impossivel de ser digerido facilmente? Pois bem... Eu ando tendo desejos, digamos que cabulosos... Ontem eu só consegui dormir depois que o pobre do Draco trouxe para mim 18 sapos de chocolates molhados na pimenta recheados por doce de abóbora! Bem... a cara de nojo que o Draco ao me ver devorar os sapos foi quase impossivel de fazer!
Hoje eu tive que preparar uma lista das coisas que eu sinto vontade de comer para ele comprar e guardar, para que na hora que os desejos chegarem ele não tenha que sair de casa no meio da madrugada!

Lista:

120 sapos de chocolate
2 vidros de pimenta
100 caixas de doces de abóbora
18 litros de suco de abóbora
1 bolo de chocolate

É eu sei que parece estranho mas tenho sentido vontade de comer essas coisas, e tenho me sentido muito carente, choro por qualquer besteira, fazendo que o Draco fique me mimando, coisa que ele DETESTA fazer pois ele diz que não faz o estilo dele ficar mimando os outros, bem ai eu começo a chorar dizendo que ele não me ama, que ele tem uma amante porque estou gorda e feia como a Lula Gigante, que ele ainda ama a Parkinsin... Aí ele se desespera... Aí diário... Tô me sentindo péssima e muito disconfortável.
Graças a Merlim que você não fala!

o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o

07 de Janeiro de 2007 - Casamento

Diário,
Hoje foi o dia mais feliz de minha vida, Draco e eu nos casamos! Bem... Antes eu tive uma crise achando que estava gorda e orrivel que todos iam falar mal de mim e que o Draco não iria querer se casar comigo e fugir com a Parkinsin!

- Para de bobeira Mione! - Gina falava docemente me ajudando a me arrumar. - Se ele está aqui é porque gosta muito de você!
- E você está esperando um filho dele lembra? - Luna falava sorrindo sonhadoramente.
- E verdade... Mas eu tenho tanto medo... - Eu respondi sincera.

Bem.. Os dias que eu e Draco estavamos passando juntos eu estava realmente insuportável, eu faltava matar o pobre todos os dias, e bem... Ontem dia 6 eu.. er... quase o acertei com uma panela... u.u Não foi culpa minha! Ele estava pedindo oras! Ele não parava de torrar minha paciência! Enfim... Quase assassinei meu amado, mas mesmo assim ele foi se casar comigo! O amor não é lindo? xD Bem.. O jardim da mansão Malfoy estava lindo, com flores brancas e vermelhas para todos os lados, os convidados chegavam e se acomodavam nas cadeiras, o Juiz de cerminônia já estava ali esperando, e eu ainda estava me arrumando, eu queria estar perfeita!
Gina e Luna me arrumaram e elas estavam as madrinhas mais lindas do mundo! Coloquei a Meggy, a pequena filha de Gui e Fleur como dama de honra, ela estava fofa demais num vestidinho branquinho com detalhes vermelhos, uma princesinha!
Meu pai encontrou-se comigo, e fomos entrar pelo lindo tapete vermelho, Draco estava perfeito de terno, ele me olhava sério e percebi que ele tremia e suava.
Uma música começou a tocar para que entrassemos...

Quando se sentir só
E o mundo lhe der as costas
Dê-me um momento por favor para acalmar seu coração agitado
Sei que se sente como se estivesse encurralada entre paredes
É difícil encontrar alívio as pessoas são tão frias
Quando a escuridão bate a porta e você sente que não agüenta mais

- Filha... Eu quero muito que você seja feliz... - Meu pai sussurrou

Todas as cabeças ali presentes no jardim viraram-se para nós dois parados prestes a entrar.

Chame apenas por mim Se cair, não a deixarei cair
Vou leva-lá e juntos
Voaremos pela noite
Se precisar desabafar
Posso cuidar de seu coração
Se precisar desmoronar-se então
Solte-se
Você não está só

- Obrigada papai... - Eu disse sentindo as lágrimas no meu olho.
- Vamos entrar agora sim? - Ele disse e eu concenti com a cabeça.

Quando se sentir só
E for difícil achar um amigo leal
Se estiver num beco sem saída
Com monstros no seu pensamento
Quando esperanças e sonhos se acabarem
E não conseguir encarar o dia

Andando em passos lentos eu fui vendo cada um naquele jardim, vi muita gente da sonserina, da grifinória, da cornival e lufa-lufa, a professora McGonagall tinha lágrimas nos olhos e Dumbledore estava ao lado dela com aquele típico sorriso, vi a cabeleira ruiva dos Weasleys, a Sra. Weasley chorava sem parar, chegava a soluçar. No altar estavam os padrinhos e madrinhas, Blás Zambini, Harry Potter, Ronald Weasley, Luna Lovegood, Gina Weasley e Suzy Landan

Chame apenas por mim
Se pular não a deixarei cair
Vou levanta-la e juntos voaremos pela noite
Se precisar desabafar posso cuidar do seu coração
Se precisar desmoronar então solte-se você não está só

Um filme passou por minha cabeça, eu já havia passado por tanta coisa, minha infância em Hogwarts, os sofrimentos de Harry, a amizade com Rony, o ódio por Draco... Um ódio que virou amor... Sorri levemente ao me ver chegando perto dele, em breve eu estaria sendo entregue a ele, a meu destino.

Sempre haverá sofrimento e mágoas
E quando tudo acabar
Você vai respirar de novo
Vai respirar de novo
Quando se sentir só e o mundo lhe der as costas
Dê-me um momento por favor
Para acalmar seu coração agitado

Finalmente eu estava em pé frente a ele, Draco me olhava e parecia enfeitiçado, sorri e ele sorriu com o canto dos lábios, meu pai e ele apertaram as mãos.

- Cuide bem dela ouviu meu rapaz? É minha única filha! - Papai dizia num tom autoritário e Draco concentiu com a cabeça.

Papai se afastou e Draco beijou minha face sussurrando em meu ouvido.

- Acho que seu pai não sabe a filha que têm! Eu é que preciso de cuidados... Ontem você quase me matou sabia?
- Essa era a intenção querido! - Eu sorri e ele franziu o cenho.
- Muito engraçada! - Ele se afastou.

Chame apenas por mim
Se pular não a deixarei cair vou levantá-la
E juntos voaremos pela noite
Se precisar desabafar posso cuidar do seu coração
Se precisar desmoronar então solte-se você não está só
Chame apenas por mim se pular não a deixarei cair
Vou levantá-la e juntos voaremos pela noite se
Precisar desabafar posso cuidar do seu coração
Se precisar desmoronar então solte-se você não está só
Chame apenas por mim
Se pular não a deixarei cair
Vou levantá-la e juntos voaremos pela noite

Draco pegou em minha mão e ficamos um frente ao outro, ele levantou meu véu mostrando meu rosto, ele piscou algumas vezes e sorriu, é eu estava perfeita! A música acabou e todos sentaram-se, o júiz começou a falar várias coisas sobre o verdadeiro amor, magia, paz... Finalmente chegou a parte em que Draco falaria seus votos.

- Quando eu conheci Hermione Granger, jurei que a odiaria o resto da vida, por ser a típica sabe tudo, ironia do destino eu me apaixonar por ela... Tudo que eu odiava em uma pessoa ela tinha, mas ela conseguiu amolecer meu coração, me fazer notar um outro lado da vida... E hoje não poderei chamá-la mais de Granger, e sim , porque EU, juro sobre tudo e todos que ficarei ao seu lado em todos os momentos e prometo lhe amar todos os dias de minha vida...

Lágrimas escorreram de meus olhos e eu falei

- Quando conheci Draco Malfoy, vi nele um gigantesco ego e uma enorme falta de modéstia, loirinho, chato e metido, quem diria que se transformaria no homem de minha vida e me faria a pessoa mais feliz que existe? Ele me amou e me deixou com um ser dentro de mim, me fez ver que a vida é mais do que estudos ou farras, a vida necessita de amor, e com ele em minha vida eu me senti completa, eu prometo a você que o amarei pelo resto de minha vida e farei de tudo para que seus dias sejam felizes! Trocamos as alianças e uma salva de palmas invadiu o jardim, nos beijamos ternamente, depois dançamos a bela valsa, eu nunca havia me sentido tão feliz! Quando fomos para nosso quarto, falei no ouvido de Draco.

"A propósito ... Você terá um filho"

Draco piscou várias vezes e sorriu, "vamos ter um menino?" eu concenti com a cabeça e ele me beijou, fizemos amor e dormimos, acordei agora e o vi dormindo como um anjo.
Diário... Estou tão feliz! Você não imagina o quanto!



  

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.