FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

23. Crise de gravida


Fic: Diário de Hermione Granger Mudanças


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

20 de Novembro de 2007 - Crise de Grávida

Diário,
Eu estou numa depressão TERRIVEL! Engordei quatro quilos! ISSO MESMO Q-U-A-T-R-O! E como eu tenho um namorado que ME AJUDA MUITOOO nessas horas minha depressão não podia ser maior, levantei-me da cama nesta manhã, a noite passada havia sido quente, puxei todo lençol para mim e me enrrolei nele, Draco abriu os olhos e me viu levantar-me da cama

- Você ainda tem essa mania? - Ele girou os olhos
- Não enche! - Respondi seca e ele sorriu e me puxou o lençol me deixando NUA
- Assim é melhor! - Ele ria e eu parei enfrente ao espelho, notei que minha barriga tinha aumentado.
- DRACO! - Eu gritei e ele se assutou
- Que foi?
- Eu... Quero dizer... você acha que eu tô gorda? - Falei o olhando nos olhos, ele relutou a responder.
- Er.. Bem.. Você engordou um pouquinho sim... quero dizer... Err.. Tá um pouco rechonchuda!

VOCÊ VIU DIÁRIO! RECHONCHUDAAAAAAA! MERLIM QUE TIPO DE NAMORADO É ESSE? Olhei para Draco e senti meus olhos encherem de lágrimas, chorei como doida e ele tentava me amparar dizendo que era normal toda mulher grávida ficava gorda e num sei mais o que! Eu quase enfiei uma meia na boca dele para ele parar de falar TANTA ASNEIRA! Corri para o banheiro e depois de me analisar sai de lá enrrolada na toalha e ele entrou no banho, fui para meu quarto e começei a me trocar, a blusa estava um pouco mais curta que o normal até que...

- NÃÃÃÃÃÃÃOOOOOOOO! - Eu berrei e começei a chorar feito doida, Draco que estava no banheiro tomando banho saiu correndo de lá completamente nu, escorregou quando foi entrar no meu quarto e eu o olhei furiosamente, notei que ele tinha shampoo no cabelo e seu rosto estava com uma espuma de creme de barbear.

- O que foi? - Ele dizia se levantando assutado.
- O QUE VOCÊ ESTÁ FAZENDO AQUI MOLHANDO MEU QUARTO TODO? - Eu berrei - Err... Bem... Você gritou e.
- FOOOOOORAAAAAAAA!

Nem precisei gritar duas vezes ele correu devolta pro banheiro e eu girei os olhos, realmente o fuinha é inrritante! Passaram-se dez minutos e eu experimentei todas minhas roupas, nenhuma cabia, aquilo estava me deixando mais frustrada do que o normal, fui até o quarto de Draco e peguei uma das camisas largas dele e tirei o uniforme a vestindo, fui curar minhas mágoas comendo sapos de chocolate quando Draco saiu do banho e me olhou de cima a baixo.

- Tudo bem meu amor eu te empresto minha camisa! - Ele dizia girando os olhos
- Não enche! - Eu disse sentindo que ia chora novamente e ele sentou-se ao meu lado me puxando para abraça-lo
- O que há com você? - Ele dizia acariciando meu cabelo
- Eu tô feia, gorda, e insuportável! - Voltei a chorar e ele continuava a me acariciar
- Bem... Você não está feia, um pouco gorda mas é normal e sim está insuportavel! - Ele ria
- Grande namorado você! - Disse girando os olhos e ele enchugou minhas lágrimas. - Nenhuma roupa minha me cabe mais, eu tenho passado mal, me sinto desconfortável e essa barriga tá crescendo!
- Granger isso é normal! - Ele girava os olhos.
- Mas é que... Você... Você não vai me querer quando eu ficar gorda como a lula-gigante! - Voltei a chorar
- Hey! Quem disse isso? - Ele ficara sério. - Eu já te disse que não vou te abandonar, e eu acho que você vai ficar linda com um barrigão! - Ele sorriu. - Gosto de você Granger e isso não vai mudar porque você vai ganhar ums quilos a mais, além disso você é a mulher que carrega meu filho no ventre! - Ele piscou pra mim e eu abreaçei mais forte
- Eu tenho me sentido tão insegura, tô com medo... - Respondi sincera
- Bem... Isso também é normal, digamos que isso chama-se crise de grávida!
- Você não presta mesmo! - Eu ri e ele me abraçou
- É por isso que você me ama! - Ele deu um sorriso galante e eu beijei a face dele.
- Você não tem que ir pra aula? - Ergui a sombrancelha
- Prefiro ficar aqui... - ele ria
- VAI PRA AULA! Não quero um filho com um pai burro!

Ele riu e me beijou, passou pelo quadro do homem decapitado e me deixou aqui absorta em meus pensamentos, Draco pode ser um fuinha maldito mas... ele vai dar um ótimo pai! Tomara que ele nunca leia isso! Graças a Merlim que você não fala diário! Graças a Merlim!

-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-

01 de Novembro de 2007 - Baile de formatura/Pedido de casamento

Diário,
Ontem foi meu útimo dia de aula em hogwarts e eu não tenho palavras para descrever como foram esses anos... Esse ano em especial já que eu e Draco nos acertamos, mas é estranho pensar que agora minha vida vai ser diferente. Hoje foi o baile de formatura, minha barriga está visivel mas não enorme, estou apenas ocm 3 meses de gravidez! Foi complicado achar um vestido descente para mim, mas acabei achando um dourado lindo! Me arrumei o máximo que pude, quando sai pela porta de meu quarto vi Draco me esperando em pé enfrente a lareira, ele estava lindo de smoking! Sorri e ele se virou sorrindo galante para mim.

- Espero que tenha ficado linda assim para mim! - Ele sorria
- É quem sabe! - Eu sorri.

Descemos as escadas e todas as cabeças voltaram para nós, aquilo me lembrou quando todos de Hogwarts descobriram de minha gravidez, até apareceu no profeta diário... Coisa que é normal já que minha vida inteira aparece nesse maldito jornal! Desci sorridente com Draco e sentamos numa mesa esperando a hora que abririamos o baile, eu e Draco descidimos que dançariamos um tango já que não tinha muitos movimentos bruscos e eu dançaria sem problemas, Dumbledore nos chamou e lá fomos nós para o centro do salão.

It's not her fault that she's so irresistible
But all the damage she's caused isn't fixable
Every twenty seconds you repeat her name
But when it comes to me you don't care If I'm alive or dead

Não é culpa dela que ela seja tão irresistível
Mas todo o estrago que ela causou não tem conserto
A cada 20 segundos você repete o nome dela
E quanto a mim você nem liga
Se estou viva ou morta

Draco caminhou até mim e eu sorri, ele beijou minha mão e ajoelhou-se acariciou minha barriga e subiu com tudo me levantando e beijando levemente meu lábios me girando em seguida e me rodando, nos separamos.

So objection
I don't wanna be the exception
To get a bit of your attention
I love you for free and
I'm not your mother
But you don't even bother

Então, objeção
Eu não quero ser a exceção
A ter um pouco de sua atenção
Eu te amo de graça e nem sou sua mãe
Mas você nem se importa

Ele vinha se aproximando de mim e eu fazia "não" com o dedo e rebolava um pouco, virei-me de costas e ele me agarrou pela cintura (se é que eu ainda tenho uma!)

Objection
I'm tired of this triangle
Got dizzy dancing tango
I'm falling apart in your hands again
No way
I've got to get away

Objeção
Eu estou cansada desse triângulo
Fiquei tonta dançando tango
Estou me desfazendo em seus braços novamente
De Jeito nenhum, eu tenho que escapar

Draco beijava meu pescoço e me rodava, eu o olhei nos olhos e o empurrei levemente com a ponta dos dedos e acariciei o rosto dele com as costas de minha outra mão, ele sorriu maliciosamente.

- Se continuar me provocando desta maneira eu vou te carregar e te levar de volta pro nosso quarto! - Ele sorrira
- Pervertido! - Eu disse risonha e nos separamos novamente

Next to her cheap silicon
I look minimal
That's why in front of your eyes
I'm invisible
But you gotta know small things also count
You better put your feet on the ground
And see what it's about

Perto do silicone barato dela eu pareço mínima
É por isso que aos seus olhos eu sou
Invisível
Mas você tem que saber que coisas pequenas também contam
Melhor colocar os pés no chão
E ver de quem se Trata

Ele me puxou ao encontro dele novamente e beijou meu pescoço, eu me afastei e girei, nossos corpos se encontraram e fizemos pose de valsa, viramos nossas cabeças para um lado e caminhamos lado a lado a direção.

- Só falta a rosa vermelha em sua boca! - Eu sorri
- Não seja por isto! - Ele riu

I wish there was a chance for you and me
I wish you couldn't find a place to be
Away from here

Eu queria que houvesse uma chance pra você e eu
Eu queria que você não pudesse encontrar um lugar para
Estar longe daqui

Ele correu até Padma Patil que tinha uma rosa vermelha no cabelo, sorriu para ela e pegou a rosa enquanto eu dançava sozinha, ele correu de volta e colocou a rosa na boca, eu ri, aquilo era cômico, colamos nossos corpos novamente.

This is pathetic and sardonic
It's sadistic and psychotic
Tango is not for three
Was never meant to be

Isso é patético e sardônico
É sádico e psicótico
Tango não é para três
Nunca foi

Dançamos um pouco juntos e nos separamos eu ainda tinha um sorriso no rosto, muitas pessoas gritavam "É ISSO AII!", Draco veio andando lentamente até mim e se ajoelhou, beijou minha barriga e muitas meninas falaram "QUE LINDUUU!".

But you can try it
Rehearse it
Or train like a horse
But don't count on me
Don't you count on me boy

Mas você pode tentar ensaiar
Ou treinar como um cavalo
Mas não conte comigo
Não conte comigo garoto

Ele subiu e beijou mes lábios, uma explosão de palmas invadiu o salão, me senti um pouco tonta e Draco me levou para sentar-me na mesa, muitos ali vinham me comprimentar, Gina e Harry estavam abobalhados com a noticia de serem os padrinhos de meu filho que até hoje não tem nome! Eu estava tendo uma conversa animada com Luna, Parvati, Padma, Lilá e Gina quando começou a tocar uma música lenta e eu começei a chorar, notei que aquele era um fim de um ciclo em minha vida, Draco que estava com uns sonserinos os largou e veio até minha mesa.

- Dança comigo? - Ele disse calmo e frio, eu concenti com a cabeça e ele pegou em minha mão, fomos até o centro do salão, todos ali se afastaram ao nos ver.

No woman no cry
No woman no cry
No woman no cry

Não, mulher Chore
Não, mulher não Chore
Não, mulher não Chore

Draco Enlaçou minha cintura e eu enlaçei o pescoço dele, depositei minha cabeça naquele peitoral e senti aquele doce perfume que vinha dele.

Say I remember when we used to sit
In a government yard in Trenchtown
Observing the hypocrites

Porque me lembro quando costumávamos sentar
Num jardim público em Trenchtown,
Observando os hipócritas

Era bom estar ali juntinho dele, me sentia protegida, me sentia mulher dele. Ele sorriu ao ver que eu derramava lágrimas de alegria, limpou calmamente meu rosto.

- Você é linda... - Ele disse numa voz rouca que me fez arrepiar

As they would mingle with the good people we meet
Good friends we have
Oh, good friends we've lost

Misturando-se com a boa gente que encontramos
Bons amigos temos
Bons amigos perdemos

Dei um sorriso doce e ele beijou ternamente meus lábios, se separou de mim e me olhou nos olhos, pigarreou e eu sorri, sentia que ele queria me falar algo importante mas não conseguia.

- Fale o que tem a dizer... - Falei sorrindo
- Como sabe que eu tenho algo a te dizer? - Ele erguia a sombrancelha
- Eu te conheço muito bem para isso! - Sorri novamente e ele corou

Along the way
In this great future,
You can't forget your past
So dry your tears, I say

Pelo caminho,
Neste grande futuro,
Você não pode esquecer de seu passado;
Então enxugue suas lágrimas, eu digo

- Eu... Estou feliz por ter você em minha vida e... E por termos esse bebê... - Ele me disse olhando nos olhos.
- Eu também... - Dei um suspiro e coloquei minha cabeça no peitoral dele e senti que ele me abraçou com mais força como se não quizesse me perder de jeito nenhum.

No woman no cry
No woman no cry
Little darling, don't shed no tears
No woman no cry

Não, mulher, não chore
Não, mulher, não chore
Benzinho, não derrame nenhuma lágrima
Não, mulher, não chore

- Essa música me lembra você... - Ele disse e suspirou

Prestei atenção na letra e sorri, ele começou a cantar com uma voz rouca no meu ouvido, eu me arrepiei até a nuca.

Said I remember when we use to sit
In the government yard in Trenchtown
And then Georgie would make the fire lights
As it was, log wood burnin' through the night

Eu disse que me lembro quando costumávamos sentar
Num jardim público em Trenchtown,
E então Georgie fazia fogueiras,
E a lenha ardia a noite toda

- Eu quero te perguntar algo... - Ele falou com a voz um pouco mais grave
- Pergunte... - Sorri ainda abraçada a ele

Then we would cook corn meal porridge
Of which I'll share with you

Então nós cozinharíamos mingau de farinha de milho,
O qual compartilharei com você

Ele se afastou um pouco de mim e ficou me analisando, senti minhas bochechas corarem, ele beijou minha testa e me abraçou.

- Nunca pensei que isso ia ser tão dificil! - Ele disse meio risonho
- Isso o quê? - É eu não estava entendendo onde ele queria chegar

My feet is my only carriage
And so I've got to push on through,
Oh, while I'm gone

Meus pés são minha única carruagem
Portanto, tenho que ir em frente
Oh, enquanto eu estiver fora.

Ele beijou o lóbulo na minha orelha e eu novamente me arrepiei, acariciou minha nuca e minhas costas.

Everything's gonna be alright
Everything's gonna be alright

Tudo ficará bem!
Tudo ficará bem!

- Isso o que? - Tornei a perguntar mas num tom mais impaciente e ele me abraçou mais forte

No woman no cry
No woman no cry

Não mulher, não chore
Não mulher, não chore

- Hermione Jane Granger... - Ele começou numa voz rouca sussurando em meu ouvido. - Você... Quer ser minha esposa?

I say little darlin'
Don't shed no tears
No woman no cry

Minha pequena querida
Não derrame nenhuma lágrima
Não, mulher, não chore

Meu sorriso veio de orelha a orelha, pensei que ele jamais me perguntaria isto, minhas lágrimas escorriam pela minha face e eu o olhei nos olhos, ele sorriu quando a música acabou.

- Mais do que tudo nesse mundo! - Eu disse sorrindo e o beijando com força e carinho, Draco sorriu dentre o beijo.

Nunca havia me sentido tão completa em minha vida, todos ali bateram palmas para nós, eles que viram nossas brigas, lágrimas, beijos, stripper e confusões, eles agora viam o nosso amor! Nosso verdadeiro amor! Ai diário nunca estive tão feliz!
Nessas horas eu queria que você falasse apenas para me parabenizar! Até depois diário!

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.