FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

9. Nada e tão ruim que não possa


Fic: Diário de Hermione Granger Mudanças


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

28 de Março de 2007 - Nada é tão ruim que não possa Piorar...
Diário,
Malfoy não olha na minha cara desde que saímos da Ala Hospitalar, bem isto estava me inrritando e então começei a ignorá-lo também.
Entrei na sala comunal e ele tava deitado no sofá lendo um livro, falei autoritária:

- Malfoy!
- Que é?- Respondeu ele sem ao menos abaixar o livro
- Não quero mais ensaiar! - Bem ai ele caiu do sofá. - E farei a ronda sozinha agora! - Ele me olhava sem entender nada
- Não seja ridícula Granger! - Ele disse se levantando
- Escute Malfoy, eu já percebi que você quer me evitar e eu não estou afim de ficar atrás de uma pessoa que me evita! Então apartir de hoje EU ESTOU TE IGNORANDO! Vamos apenas dançar no Baile porque Dumbledore mandou e não tem como ir contra as ordens dele! Bem agora com licença que EU vou tomar meu banho!

Diário eu nunca havia falado daquele jeito antes, fiquei com medo de mim mesma! Mas pelo menos fui sincera, Malfoy abriu a boca, pensei que ele iria falar algo, então ele a fechou e a abriu denovo.

- Ótimo Granger! Pelo menos assim você me poupa de sua companhia desagradável!

Ele sempre faz essas coisas, virei de costas e entrei no banheiro, tomei um longo banho.
Malfoy me inrrita profundamente! RAIOS! Ás vezes parece que ele gosta de mim mas tem vez que ARRRGGG! que ÓDIO desse fuinha oxigenado! Quando sai do banheiro o vi deitado no sofá, quando passei por ele vi que ele estava dormindo e se encolhia de frio, bem eu fiz minha boa ação do dia, fui até o quarto dele (por Merlim o quarto daquele homem é todo preto e branco! dá MEDO!), peguei a coberta preta que estava em cima da cama e voltei a sala comunal, tirei o livro que estava em cima dele e o cobri. Pet e Bichento me olhavam e faziam um pouco de barulho.

- Shhhh! Vai acorda o Fuinha! - Sussurei.

Os gatos pareceram entender e entraram no meu quarto comigo.
E aqui estou EU escrevendo em você diário!
Agora me responde dá pra piorar?
Ai iai.. Vou indo Até logo...

-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-

29 de Março de 2007 - O Convite

Diário,
Estou feliz da vida! Bem vou contar o que aconteceu, acordei de manhã e vi que Malfoy não estava mais no sofá, tomei um banho me arrumei e desci pro salão principal. Chegando lá vi Malfoy setando ao lado de Blás Zambini, e sentei-me de costas para a Sonserina. Estava tomando meu café da manhã, quando uma mão tocou meu ombro. Era Marco!

- Olá Hermione! - Ele sorria "CÉUS QUE SORRISO LINDUUU "- Oh! Oi Marco! Desculpa ter me afastado de você durante esse tempo é que aconteceu muitas coisas.
- Tudo bem Mione! Sem problemas... Sei que enfrentou um período difícil, se quizer conversar estou aqui! - "COMO ELE FOI PARA NA SONSERINA MERLIM?"
- Obrigada! - Eu disse sorrindo
- Acabou que agente nem foi a Hogsmead juntos... - Ele disse triste - Mas eu tenho uma idéia melhor do que Hogsmead! - Ele sorriu e se ajoelhou. Bem todas as cabeças do salão principal olhavam para nós e um silêncio horrendo foi feito. Notei que Malfoy estava quase quebrando o copo em sua mão e olhei para Marco, ele tirou uma caixinha de cristal do bolso e sorriu.
- Hermione Granger, você gostaria de ir ao baile comigo? - Ele sorriu.

Escutei o barulho de algo quebrando, todos olharam para a mesa da sonserina, Malfoy havia quebrado um copo com suas mãos e estas estavam sangrando, ele não tirava os olhos de mim e Marco, escutei as garotas todas irem para cima dele e falaram "Oh Draquinho! Está duendo".

- Adoraria Marco! - Eu sorri de volta, notei um ódio profundo nos olhos de Malfoy.
- Bem então deve aceitar isto! - Marco abriu a caixinha de cristal mostrando uma linda pulseira prateada com um lindo pégasus. - Na tradição de minha família diz que se um garoto chama uma garota para ir ao baile ele deve presenteá-la com alguma jóia, para mostrar a ela o quão especial ela é para ele.

Bem nesse ponto eu fiquei mais vermelha do que os cabelos do Rony, olhei para a mesa da sonserina e vi Malfoy levantar-se num ato brusco enquanto Marco colocava a pulseira em meu braço. Malfoy saiu em passos largos do salão principal.

- Ficou linda em você... - Sorriu Marco
- Obrigada! - Retribui o sorriso e dei um beijo estalado na bochecha dele.
- Bem agora eu tenho que ir. Agente se vê Mione! - Ele levantou-se e beijou minha bochecha saindo do salão em seguida assubiando. ELE É LINDUUUUUUUUUUU DEMAISSSSSSS!

Conversei com Harry e com Rony. Rony disse que me preferia com Marco do que com Krum, quase chorei de ri nessa hora! Ele me contou também que a Luna havia o convidado para ir ao baile e ele aceitou, disse que estava reparando mais nela e que ela havia ficado bastante bonita.
Lembrei que havia esquecido meu livro de aritimancia no apto e despedi dos meninos correndo para lá, ao passar pelo quadro, Malfoy estava segurando meu livro em suas mãos, sendo que uma estava enfaixada.

- Me dá meu livro Malfoy! - Eu disse brava
- Não... - ele respondeu sacarstico
- Anda logo que eu não quero me atrazar!
- Não estou afim... - Parecia um menino teimoso!
- Não tenho tempo para suas brincadeirinhas idiotas! ME DA LOGO ISSO!
- Ora, ora! Granger só é simpatica com o Maquenzi!
- Deixe o Marco fora disso!
- Granger você não vê que está fazendo papel de idiota? Maquenzi vai usá-la e depois jogá-la fora! - Ele dizia sério
- MARCO NÃO É VOCÊ MALFOY! - Eu gritei e ele me olhou espantado, e continuei. - MARCO PODE TER MUITOS DEFEITOS MAS ELE SABE TRATAR UMA MULHER E SABE DEMONSTRAR O QUE SENTE! MARCO NÃO É COMO VOCÊ QUE APENAS BRINCA COM OS SENTIMENTOS DAS PESSOAS!

Bem aí ele jogou meu livro para o outro lado da sala e partiu para cima de mim, eu não me movi, ele então me encostou na parede e olhou nos meus olhos, pensei que ele iria me beijar ou algo do tipo, mas no momento parece que ele recobrou a conciência e se afastou de mim.

- Não vale a pena! - Ele disse saindo de perto de mim Eu o agarrei nos braços e ele me olhou.
- Sabe o que eu admiro em Marco e desprezo em você Malfoy? Marco sabe encarar seus sentimentos e lutar por eles, ele não é covarde.

Peguei meu livro e sai da sala comunal deixando um Malfoy perplexo.
Diário eu me senti tão feliz depois disso!
Foi como se eu desabafasse!
Fazia tempo que eu não me sentia tão leve!
Quando o jantar terminou subi tomei um banho e entrei no meu quarto.
Não vi Malfoy o resto do dia.
Ai diário.
Graças a Merlim que você não fala!

-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-

01 de Junho de 2007 - Jogo da Verdade

Diário,
Bem... Ontem foi sábado e eu decidi dormi no dormitório da Grifinória com as meninas, fazia tempo que agente não se divertia lá!
Fizemos a maior bagunça! A Sra. Weasley mandou para a Gina, um saco de goloseimas! Fizemos a festa! Tirando que a Parvati conseguiu quase um barril de cerveja amanteigada, e bem agente ficou um pouco "alegre" digamos de passagem, foi então que a Lilá teve uma idéia.

- VAMOS JOGAR O JOGO DA VERDADE?

Todas concordamos, era engraçado jogar aquilo, todas sentamos em uma enorme roda e giramos a escova de cabelo de Gina.
- Gina pergunta e Parvati responde. - Dizia Lilá - É verdade que você sente uma queda pelo meu irmão?

Parvati ficou vermelha feito um tomate arrancando riso de todas da grifinória.

- Err... O Rony é muito bonito... Mas ele parece que tá de rolo com a Lovegood.
- Então você admite que sente algo por ele? - falou Gina rindo
- Simm! - Disse Parvati escondendo o rosto com o tranvesseiro.

E o jogo ficou assim por horas, cada coisa que eu descobria que nem Merlim acreditaria! Bem no meio de tanto jogo logo chegou minha vez.

- Hermione! Me responde uma coisa, o que você acha do Draco Malfoy? - Perguntou Lilá Eu senti minhas bochechas arderem.
- Er.. han.. Ele tem um corpo muito bonito... - Eu parecia os cabelos de Gina!

Todas ali pararam de rir e me olharam com uma cara perplexa.

- VOCÊ VIU O MALFOY SEM CAMISA? - Gritaram em coro.
- Er.. Quando agente mora com uma pessoa agente costuma ver coisas que não deviam ser vista! - Tentei me explicar sem muito resultado.

Todas chegaram perto de mim e se acomodaram, me olhavam com os olhos brilhantes e começaram e me fazer perguntas do tipo:
"Que perfume ele usa"
"Os olhos dele são cinza ou azul"
"É verdade que ele deu o fora na Pansy"
"Vocês já se beijaram"

Bem as perguntas cessaram quando a Parvati pergunto isso, e eu fiquei vermelhassa!

- GENTE EU TÔ DE ROLO COM O MARCO! PAREM DESSAS INDECENCIAS!

Aí todas cairam em gargalhadas e mudamos de assunto para falar de Marco e de Vítor!
Foi engraçado, muitas ali diziam que eu tinha sorte com homens. Comparavam Marco a um Deus Grego e eu ria internamente.
Quando foi hoje eu acordei com uma ressaca tremenda e fui para meu dormitório, cheguei lá na sala comum e Malfoy estava sentado perto da janela, ele virou-se e me olhou

Aí todas cairam em gargalhadas e mudamos de assunto para falar de Marco e de Vítor!Foi engraçado, muitas ali diziam que eu tinha sorte com homens. Comparavam Marco a um Deus Grego e eu ria foi hoje eu acordei com uma ressaca tremenda e fui para meu dormitório, cheguei lá na sala comum e Malfoy estava sentado perto da janela, ele virou-se e me olhou
- Está com uma cara orrivel Granger!
- Ah não enche Malfoy! Eu tô de ressaca! - Eu disse.

Foi então que eu senti meu estomago embrulhar e corri para o banheiro. (nota: cerveja amanteigada em excesso não faz bem!). Malfoy foi atrás de mim e eu lavei minha boca e escovei meu dente.

- Granger acho que você bebeu demais... - ele disse olhando meu estado.

Eu não conseguia responder já que minha cabeça estava dando voltas, ele me pegou no colo e me levou para o quarto dele, eu apenas afundei minha cabeça no ombro dele e ele me deitou na cama.

- É melhor ficar aí, vou te dar um remédio.

Ele saiu do quarto e voltou com um comprimido na mão eu tomei e afundei minha cara no tranvisseiro preto e ele me cobriu.

- Por que está sendo legal comigo Malfoy? - Perguntei chorosa
- Porque você está de ressaca e aposto que me culpariam por isto! Agora dorme.

Dizendo isso eu dormi, acordei agora no meio da noite com ele ao meu lado, deitado na beirada da cama. Me levantei devagar e fui para meu quarto.
E aqui estou eu escrevendo Diário o Malfoy é esquisito eu realmente não o entendo!
Quem sabe um dia Merlim é gentil comigo e me ajude a descobrir o que passa na cabeça dele!
De qualquer forma... Eu sinto que amo o malfoy.
Mas eu vou esquecê-lo OU NÃO ME CHAMO HERMIONE JANE GRANGER! (nota: é melhor procurar outro nome para mim u.u )

  Graças a merlin que vc não fala

Comentem minha fic que eu faço até o voto perpétuo jurando que votarei na de vcs

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.