FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

6. A nova namorada do fuinha


Fic: Diário de Hermione Granger Mudanças


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

20 de Março de 2007 - A Nova namorada do Fuinha
Diário,
desculpa por ficar tanto tempo sem escrever, é que agora agente tem que estudar pros N.I.E.N's... De qualquer forma minha vida utimamente tem sido atormentada pro Malfoy que insiste em ficar me mandando beijos ¬¬ Mas hoje o que aquele IMBECIL fez foi demais!
Bem eu estava linda, leve e solta saindo da minha aula de runas, quando no corredor eu vi dois alunos do segundo ano, um da grifinória e outro da sonserina, bem... eles estavam quase se matando a tantas pancadas! Céus! Será que homens esqueçeram que se têm varinha dá para duelar sem usar a violência? u.u Enfim... cheguei lá gritando como de costume.

- MONITORIA! PAREM IMEDIATAMENTE! - Os dois se separaram e eu ergui minha varinha para os dois os encarando. - Muito bem crianças - Fiz questão de frizar o crianças - Quero que me expliquem muito direitinho o que aconteceu aqui.

Foi aí que o fuinha apareceu com a cara mais lavada do mundo.

- Deu para ameaçar alunos nos corredores Granger? - Disse o infeliz.
- Não Malfoy! Estou apenas prestes a tirar pontos da sonserina e da grifinória por que dois alunos estavam aos socos no corredor. - eu disse com a maior paciencia do mundo.
- Pois então tire 50 pontos da grifinória e desempaca logo do caminho!
- Primeiro quero ouvir a versão dos dois! E qual me parecer mais correta eu retiro os pontos, de qualquer forma as duas casas sairam perdendo... - Eu disse senssatamente
- Granger, Granger, Granger... Você não vai tirar pontos da sonserina! - disse o infeliz mais uma vez.
- Aí que você se engana Malfoy! - retruquei
- Para uma namorada você anda bem chata hein!
- EU NÃO SOU SUA NAMORADA MALFOY! - Eu gritei.
- Não precisa gritar meu amor eu não sou surdo! - cinico ¬¬
- EU NÃO SOU SUA NAMORADA E NÃO SOU SEU AMOR MALFOY! - A este ponto eu já berrava e os alunos que passavam pararam para ver a cena.

Os dois pirralhos da sonserina e grifinória até tentaram fugir mas antes disso eu gritei.

- E VOCÊS DOIS AÍ PARADINHOS SE NÃO QUISEREM QUE EU PETRIFIQUE VOCÊS!
- Nossa o Malfoy arrumo uma namorada bem esquentadinha - sussurou o menino da sonserina.
- Odeio concordar com você mas nesse ponto é verdade - disse o da grifinória.
- RAIOS EU NÃO SOU NAMORADA DESSE INFELIZ!
- Mas me ama não é Granger?

Bem aí eu quase vuei pra cima dele, só que me controlei, quando eu vi haviam vários alunos da Grifinória, Sonserina, Cornival e Lufa-Lufa nos cercando e gritando "BATE NELE GRANGER."

- Não respondeu... Então quem cala consente! - Disse o infeliz com um sorriso irônico nos lábios

.
Ahhh aí eu virei macaca! Baixo um santo em mim e eu simplismente voei em cima dele, mas ele me seguro na hora que eu ia lança um "estupefaça" no imbecil ele segurou meu braço forte e minha varinha caiu de minha mão, com isso eu fui bater nele com a outra mão mas ele a puxo e a seguro firme me colocando mais próxima a ele, fui chutá-lo mas ele se defendeu.

- Tsc, tsc, tsc... Que coisa feia Granger, usando golpes baixos.
- Vou fazer muito pior do que golpes baixos de você não me soltar AGORA.
- Então deixa eu fazer logo antes que você faça... - Ele disse sorrindo.

Bem aí você já imagina o que a fuinha loira fez né? ME TASCO UM BEIJO DAQUELES na frente de todo colégio, eu tava tentando me soltar mas ele não deixava me segurando cada vez mais forte, até que me deixei levar pelo momento, e quando ele me soltou com aquele sorriso no rosto.

- Realmente Granger, é fácil fazer você calar a boca.
- Uma pena Malfoy! Você beija muito mal.

Aí todo mundo começou a sussurar "Ela disse que o Malfoy beija mal!", bem aí ele me puxou ao encontro do corpo dele denovo e sorriu.

- Mentir é feio Granger.

E me beijou denovo, quando ele me soltou eu o empurrei, olhei para os dois alunos que estavam brigando e disse.

- Vocês dois! Menos 20 pontos para cada casa! E não quero ver a cara de vocês nem tão cedo! E VOCÊS SAIAM DO MEU CAMINHO!

Aí eu passei no meio da multidão falando que iria azarar quem não me desse passagem, Harry estava com um sorriso estranho e Rony com cara de quem iria esfolar o Malfoy, quando estava indo embora eu pude escutar Blás Zambini falar:

- Cara o Malfoy com tanta mulher no mundo foi arrumar a mais stressada! Só o Draco mesmo.

Continuei meu caminho, um tempo depois estavam um bando de meninas nos corredores me apontando e sussurando " Olha aquela ali que é a namorada do Draco Malfoy da sonserina, dizem que ela é muito stressada para tomar cuidado"
Agora me diz diário!
POR MERLIM ME RESPONDA?
EU MEREÇO?
O QUE EU FIZ A MERLIM PRA MERECER ISSO?
EU AGORA ESTOU SENDO CONHECIDA COMO NAMORADA DO FUINHAAAAAAAAAAA!
Eu vou me matar u.u ain diário nessas horas é que eu queria que você falasse.
Vou indo nessa, até logo...

-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-

22 de Março de 2007 - Duelo contra Pansy Buldog Parkinson

Diário,
Bem como hoje eu estou na efemaria a cuidados da Madame Pomfrey vou lhe contar o que aconteceu ontem. Bem... Eu estava saindo da aula de Poções, passei a aula explicando a Harry e Rony que eu NÃO TINHA NADA com o Malfoy que ele estava espalhando este boato apenas para infernizar minha vida que já não anda as mil maravilhas. Fui até a biblioteca e saindo de lá.

- AUTO LÁ GRANGER! - Era a voz da Buldog.
- Olha Parkinson eu não tenho tempo para pessoas inúteis como você então se me dá licença.
Eu ia passando mas então uma garota me puxou, olhei e vi que era Rebecca White da sonserina, uma menina muito forte, e ao lado dela estava Wanda Lungber e Trampie Zumk.
- O que foi Parkinson? Vai querer me da uma surra junto de suas amiguinhas? - Eu disse irônica.
- A quanto tempo granger? A QUANTO TEMPO VOCÊ E O MEU DRAQUINHO ESTÃO TENDO UM CASO?

Eu pisquei 1, 2, 3 vezes pra entender o que ela estava gritando... Em primeiro lugar Draquinho? QUE RAIO DE APELIDO RIDICULO ERA ESSE? E em segundo lugar EU TENDO UM CASO COM O "DRAQUINHO?" Ela só podia estar bêbada.

Eu pisquei 1, 2, 3 vezes pra entender o que ela estava gritando... Em primeiro lugar Draquinho? E em segundo lugar Ela só podia estar bêbada.
- Parkinson, acho que você deveria ir na Madame Pomfrey! Eu e o Fuinha Loira tendo um caso? Você andou bebendo? - Eu respondi com uma cara de "COMO ASSIMMMMMM?" O.O

Bem... aí a maluca sacou a varinha dela e apontou para mim, na hora não havia ninguém no corredor, saquei a minha e apontei para ela, apareceram então Harry, Simas, Dino e Ron e vendo a cena eles correram para me ajudar, afinal as amiguinhas de Pansy estavam apontando suas varinhas para mim também.

- Mione! - Harry e os outros sacaram suas varinhas e se puseram ao meu lado.
- Abaixa a varinha Harry! - Eu disse calma
- Como? - Rony Perguntou assustado
- O assunto é entre eu e a Buldog aqui!

Bem aí aconteceu algo surpreendente, as "amigas" da Buldog também abaixaram suas varinhas e sairam de perto ficando um pouco atrás da Buldo, Harry e os outros fizeram o mesmo. Então começaram a surgir vários alunos eu estava olhando para Harry quando escutei.
- ESTUPEFAÇA! - Pansy havia lançado um feitiço, eu me virei rápido e gritei
- PROTEGO! - Consegui me proteger por pouco e logo gritei - ESTUPEFAÇA!
- PROTEGO! AVADA...
- ESTUPEFAÇA! - Eu gritei antes dela terminar a frase.

Todos ali pareciam perplexos, ela iria usar uma maldição imperdoavel em mim, sorte a minha agir rápido, foi quando olhei rápido para o lado e vi Malfoy, parecia que havia corrido muito, ele estava indo em direção a Pansy, quando está se levantou e gritou:

- CRUCIO!

Eu não consegui me poteger, cai no chão e senti uma dor incrivel, eu gritava e gemia de dor, vi Harry e Rony correrem até mim e Malfoy gritar "ESTUPEFAÇA" acertando Pansy, despois disto eu desmaiei.
Acordando só hoje... Quando acordei dei de cara com Malfoy.

- Nossa como você dorme!
- O que... O que aconteceu? - Perguntei ignorando as palavras dele
- Você e Pansy duelaram e bem... Ela usou uma maldição imperdoável em você... Se não fosse por isto você teria ganhado o duelo. - Dizia ele passando as mãos no cabelo.
- Por que você azarou a Parkinson quando ela me lançou um Crucio? - Perguntei curiosa
- Porque não foi digno o que ela fez! Ela manchou o nome da sonserina, o pouco do nome que resta.
- E o que aconteceu com ela?
- Não sei... Os pais dela estão lá em cima conversando com Dumbledore.
- Entendo... Obrigada... - Sussurei.
- MEU MERLIM HOJE VAI CHOVER DEMENTADORES EM HOGWARTS! HERMIONE GRANGER ME DIZENDO OBRIGADO!
- Hey! Não seja chato! - Eu disse cruzando os braços e fazendo cara de brava.
- ELA NÃO ME CHAMOU DE FUINHA E NENHUM PALAVRÃO! O MUNDO VAI ACABAAAAARRRR!

Bem, vendo o Malfoy falar daquele jeito eu começei a ter uma crise de riso, aí já viu né? Madame Pomfrey apareceu dizendo que queria me examinar e começou a querer expulsar Malfoy.

- Por que eu não posso ficar aqui? - Perguntou com cara de criança
- Eu já disse senhor Malfoy! A senhorita Granger será examinada agora!
- Mas eu quero ficar aqui! - Só faltava ele bater o pé!
- SAIA LOGO SENHOR MALFOY! - Madame Pomfrey parecia exaltada
- Não obrigado.. - Ele respondeu calmo sorrindo para mim.
- SAIAAAAAAAAAAAAAA - Com isso ele saiu correndo até a porta parando e olhando para mim.
- Tá tá bom sua velha maluca não precisa grita mas que coisa! - Ele então mandou um beijo para mim e saiu pela porta, fiquei rindo da cena, Malfoy parecia uma criança pequena.
- Esse seu namorado é uma peste em pessoa!
- Ele não é meu namorado... - Eu disse baixinho, mais pra mim do que pra ela.
- Não? OH! Desculpe mas é que ele ficou aqui tempo todo, nem o Senhor Weasley e o Senhor Potter conseguiram o tirar daqui.

Achei engraçada a cara de Madame Pomfrey e cai na gargalhada, ela disse que eu deveria ficar ali mais um dia e que amanhã estaria liberada.
Agora diário me diz uma coisa EU MEREÇO O MALFOY? Só ele mesmo pra ter tanta cara de pau... E sabe o que é mais incrivel?
Eu gostei de vê-lo aqui.
É Mione você está ficando LOUCA!
Ai diário.
Graças a Merlim que você não Fala

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.