FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

8. Leitura, jogos e uma surpresin


Fic: A fã pottermaniaca virando cupido


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

"O que deu em mim para entrelaçar meus dedos com os dela? Alias quando eu segurei a mão da Granger? Eu não lembro... Deve ter sido logo depois dela comentar sobre meu cabelinho naquele filme... Não, eu lembro, foi logo depois deles derrotarem o Trasgo. Eu acho que estou perdendo a consciência"


POV Hermione


Incrivelmente eu não tenho o que falar do resto do dia. Nós praticamente passamos lendo os livros do Harry Potter, e comentando uns com os outros. Pelo jeito o livro seis era bem interessante, por que Gina não parava de dar risinhos e olhadas para Harry, e se recusava a mostrar qualquer coisa para Rony... Nem quero ler aquilo.


O terceiro era extremamente fiel, me assustei, era como ter sido seguida! Mas eu não posso negar que dei gostosas gargalhadas quando Harry transformou sua tia-avó Guida em um balão! Quando comentei a cena com Harry ele riu até perder o ar, se lembrando do momento.


Mas o que mais me interessou foi Malfoy. Não que ele me interesse! Nunca! Mas ele não tirou os olhos do livro um por um segundo se quer. Às vezes ele segurava uma risada, ou abria um sorriso. Não que eu olhasse muito para ele!


"Quem você quer enganar Hermione?" Disse uma voz na minha cabeça "Você praticamente não tirou os olhos dele!"


"Isso é mentira, eu só olhei para ele algumas vezes!"


"Atá, me engana que eu gosto! Eu estou na sua cabeça eu sei que você olhava para ele a cada 15 minutos!"


"Não olhava não!"


"Olhava, mas quem pode te culpar? Quem não olharia o gato do Malfoy?"


"Bom, nisso você tem razão e... Aí, você está confundindo minha mente! Eu não gosto dele, e ele nem é tão bonito assim!"


"Hahahahahahahaha, boa piada! Aquilo é um deus grego! E quem falou em gostar dele? Você pensou nisso sozinha."


"Cala a boca e me deixa terminar de ler!"


Bom... Onde eu estava antes de ser interrompida pela voz desmiolada? Ah sim!


Bem, eu nunca vi nenhum de nós tão quietos! Quando anoiteceu, todos nós descemos para jantar. O pai de Bianca só chegaria de madrugada. Fiquei assustada do quanto de tempo ela era deixada sozinha, mas não comentei nada.


— Esses livros são... Assustadores —comentou Harry — eles têm até meus pensamentos.


— Eu sei — riu Gina — e eu estou adorando ler o sexto livro!


Harry corou.


— Eles têm meus pensamentos... Ahh —falou meu amigo e eu dei risada.


— O terceiro é bem estranho. Por mais que eu conheça a história, e esteja nela, é realmente intrigante... Sinto como voltar no tempo.


— Eu entendo — comentou Rony.


Estávamos nos servindo de macarrão. Rony praticamente fez um Monte Everest de massa e queijo ralado.


— Então — perguntou Gina —O que mais vocês tem a dizer sobre coisas que os fãs criam?


Eu juro que mato à Gina um dia. Os olhos de Agatha e de Bianca brilharam.


—Bom, zilhões de coisas... — começou Agatha.


—Zilhões de casais... — continuou Bianca.


—Zilhões de OCs...


—Zilhões de fãs — terminou Bianca. —Bom, temos além das fics e das imagens, os vídeos. Basicamente partes de filmes, que se colocadas juntas parecem outra cena, normalmente com uma musica que tem a ver com o assunto.


— Tem de Dramione? — perguntou Gina, esperançosa.


Draco revirou os olhos.


— Muitas — riu Agatha.


— Você também é fã de Dramione? — perguntou Rony, enjoado.


— Eu gosto, mas não sou viciada que nem ela. Prefiro ler aventuras ou crossover.


— Ah, claro, Crossover — falou Harry, irônico.


— Quando duas ou mais realidade se juntam — explicou Bianca.


Ninguém entendeu, Agatha suspirou.


— É como se alguém fizesse Percy ir estudar em Hogwarts. Duas realidades: A de vocês e a dele, num lugar só.


— Então isso é um crossover na vida real? — Eu perguntei.


— Não tinha pensado nisso — falou Bianca —, mas acho que não, contando que vivemos na mesma realidade não é?


— Não sei — confessei.


— Isso é bizarro —falou Malfoy —, não saber nem em que realidade estamos!


Tive que concordar com ele. Na verdade, todos nós tivemos.


— Bom, eu queria assistir um desses vídeos de Dramione —falou Gina, voltando para o começo da conversa —, mas não hoje.


— Por que não hoje? —perguntei curiosa.


Eu devia aprender a calar a boca.


— Quer ver vídeos seus beijando o Malfoy? — riu Gina.


Revirei os olhos, e não respondi.


— Eu queria jogar um Jogo hoje — falou Gina, vendo que eu estava quieta.


— Qual? —Perguntou Rony, curioso.


— Verdade ou desafio — falou Gina —, só que sendo só desafio, por que eu aposto que ninguém aqui está muito disposto a revelar segredos.


Gina sorriu maliciosamente para mim. Ótimo, uma amiga com mente poluída me jogando para cima do Malfoy. O que eu fiz para merecer isso?


— Eu topo — falou Harry.


— Tá — murmurei.


Rony concordou com a cabeça.


—Ok... Eu entro no jogo — falou Draco.


—Ah... — Falou Aghata —, eu tenho que ir embora. Volto amanhã!


Nos despedimos da menina e subimos para o quarto de Bianca.


Pela primeira vez, notei a bagunça que havíamos feito.


A cama de Bianca era encostada num canto do quarto, no chão, ao lado da cama, dois colchonetes haviam sido jogados, e do lado, um saco-de-dormir. No meio do quarto, dois sofás estavam posicionados. O de 3 lugares, onde eu havia dormido, e o de 2 onde Draco havia dormido. No canto do quarto o laptop de Bianca se encontrava, em cima das almofadas.


Sentamos em circulo nos colchonetes (que Harry e Gina usaram para dormir).


Gina pegou a própria varinha e colocou no meio de nós. Bianca resolvera jogar também. Finalmente eu não estava do lado de Malfoy! Ele estava bem a minha frente, me fazendo ter uma visão privilegiada, quero dizer, desagradável [N/a é claro! Por que privilegiada e desagradável são palavras fáceis de confundir '¬¬ | N/T Total! kkkk']


Gina explicou as regras. A ponta da varinha apontava quem iria responder. O cabo, quem desafiava. Ela girou. Draco desafia e Harry "responde". Malfoy sorriu diabolicamente.


— Vista um dos vestido da Bianca.


Harry olhou para Malfoy


— Eu não vou vestir um vestido!


Minutos depois Harry entrou pelo quarto usando um vestido preto com detalhes em roxo. Ele bem que podia depilar as pernas. Mas a única coisa que eu consegui pensar era como aquilo era HILÁRIO. Eu, Rony, Gina, Bianca e até Malfoy rolávamos de rir da cena. Acho que dá para imaginar a cara de Harry. [N/T GARGALHADAS ETERNAS!]


— Pronto! — Disse meu amigo (a?) irritado (a?) — Já riram o bastante?


— Não! — disse Draco, ainda rindo. — Só mais um pouco!


Tive que concordar com ele, pois nem eu estava conseguindo parar de rir. Bianca tirou disfarçadamente uma foto com o celular. Eu ia querer uma cópia!


Depois de um tempo paramos de rir, e voltamos ao jogo, ainda lançando olhadelas para Harry e contendo risinhos. Gina desafia Draco... Ótimo! Foi o suficiente para me fazer parar de rir.


— Bom… — começou Gina, sorrindo docemente — Você tem que beijar o pescoço da Mione por mais de 7 segundos!


Eu olhei indignada para ela


— Qual é! Eu não estou sendo desafiada!


— Considere isso um bônus do jogo! — Riu Bianca. — Não são todas que tem essa chance!


Draco sorriu presunçosamente. E se aproximou de mim. Eu não tive tempo de me perguntar por que ele sorria, pois senti seus lábios na dobra do meu pescoço.


Aquilo meio que me desligou do mundo. Podia sentir seu hálito de menta delicioso, e seus lábios quentes eram meio entorpecentes. Fechei os olhos inconscientemente. Espera, tenho CERTEZA que já se passaram mais de 7 segundos, mas quem está reclamando? Quero dizer… Eu deveria fazer alguma coisa!


Ele tirou seus lábios do meu pescoço e eu abri os olhos meio atordoada. Ele apenas sorriu e voltou para seu lugar.


Olhei para Harry que parecia meio perdido com o que virá, e para Rony, que parecia irritado e se segurando para não pular no Malfoy. Então olhei para Gina, que apenas sorria como se dissesse "me agradece depois". Dei meu melhor olhar de "eu vou te matar enquanto dorme", e girei a varinha.


O jogo foi rolando. Bianca havia recebido um beijo na bochecha de Malfoy, e parecia ter desligado depois disso. Rony havia abraçado a perna de Harry, Gina havia dançado até o chão em cima de uma garrafa [N/a dedicado a Julia-Granger-Malfoy | N/T #EURI!]. Eu havia sido maquiada pelo Malfoy, Rony havia arrumado meu cabelo (pobre cabelo). Estava cada vez mais bizarro. Eu desci até o chão em 20 segundos... Eu odeio o Malfoy! Harry havia dado uma de bicha para cima de Malfoy, que por sua vez tinha as unhas pintadas de vermelho e amarelo (não tinha dourado).


Acho que tinha álcool na nossa bebida, não é possível.


Após um tempo, cansamos dos desafios, e acabamos indo jogar apenas com verdades. A ponta é quem responde o cabo quem pergunta. Bianca havia saído do jogo. Eu pergunto pra Rony.


— Quem foi a primeira menina que você gostou?


Era para ser uma pergunta inocente, mas ele havia corado fortemente.


— Você.


Eu fiquei quieta olhando para meu amigo, até que Harry girou a varinha novamente. Não antes de eu olhar para Malfoy, e dessa vez, eu JURO, foi porque ele estava bem na minha frente. Ele parecia bravo.


Não vou entrar em detalhes, no final do jogo eu sabia: o primeiro namoro de Harry, Rony, Draco e Gina, sabia que Gina havia tido um rolo escondido com 2 sonserinos (nenhum era o Draco) e que Rony já havia sido visto jogando quadribol por uma trouxa, e segundos depois um bastão acertou a cabeça dela e ela esqueceu de tudo. Ele jura que foi um acidente.


Eu sabia de todas as melhores peças que Draco havia pregado na escola, e passei por um momento traumatizante enquanto Draco e Gina trocavam pegadinhas. Descobrimos da menininha que o Harry gostava quando tinha 8 anos e que Draco já havia fugido de casa.


Onze horas e estávamos cansados e desistimos de jogar. Cada um foi tomar banho, e contando que só haviam 2 chuveiros na casa, o "momento banho" demorou uma hora e meia.


Havíamos todos ido dormir, e confesso que dormi por algumas horas.


4 horas da manha fui acordada por uma luz meio azulada. Abri os olhos lentamente, e vi Malfoy sentado no sofá, com o laptop no colo. Dei um sorrisinho e levantei.


— Quem é o idiota no computador agora? — Murmurei, indo me sentar ao seu lado.


— OK, confesso — falou ele, brincando —, eu acordei as três da manha e vim ler, OK?


— Dramione? —perguntei usando o mesmo tom que ele usou comigo ontem – Sabia que tinha uma queda por mim!


Draco deu de língua para mim, e eu dei uma risadinha.


— Deixa eu ler, vai. —falei


Puxei o computador de modo que ambos podíamos ler. Ele estava começando a ler uma nova. Nem li o titulo, e já comecei a pensar como aquilo era estranho. Ele e eu, rindo e lendo juntos. Acho que era efeito do sono que eu estava sentindo.


—Você notou o plano de fundo do computador? —comentou Draco comigo


—Não... Dramione né?


—é — ele falou suspirando e minimizando as abas para eu poder ver.


Era uma imagem que eu havia visto no Deviantart, mas parecia melhor como plano de fundo. Eu, encostada numa arvore, sendo surpreendida por um beijo de Malfoy, enquanto vagalumes rondavam o ar.


—Até que não é um casal ruim — comentei sem notar o que havia dito


Ele me olhou divertido.


—Você entendeu! É tipo, se não fossemos nós, seria fofo.


Eu virei para olhar-lo e vi que ele estava com o rosto muito próximo do meu. Podia sentir seu hálito de menta me entorpecendo novamente. Senti o lugar onde ele havia me beijado pulsar, e senti uma vontade de avançar. Foi o que fiz, minimamente, mas fiz. Podia ver cada detalhe do rosto dele agora se quisesse, cada poro de seu rosto, mas só podia olhar para os olhos cinza-azulados profundos, me olhando. Eu sentia sua respiração se fundir na minha, eu estava sendo torturada. Ele finalmente acabou com a distancia que tínhamos, colando nossos lábios.


XxxxxxxxxxX


Yes baby eu parei ai. [N/T EU SÓ NÃO TE MATO PORQUE SENÃO FICAMOS SEM FIC!]


E não se precupem amados leitores eu já estou com o proximo prontinho!

 Novamente eu queria agradecer DE VERDADE  a todos que acompanham e ao que comentam *-* minha motivação são voces!
beijos a todos
luisa
P.S. as N/T são da minha beta/revisadora/amiga thay diAngelo, que atende com Tatalindx no FF.NET
beijos 

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 3

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por JuPJEWAL em 28/12/2011

OMG!

 

Ei, cadê o proximo capítulo??????????????????// Faz... *Olha o menu* praticamente duas semanas que você não posta!!!!!!!!!!!!!!!

Nota: 1

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Bárbara JR. em 09/12/2011

Own, Malfoy querido... Eu estou te amando cada vez mais ^^'

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Miss Perfection em 09/12/2011

OMG

amando mesmo continua, queria um Malfoy assim pra mim *-*

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.