FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

5. Sirius quase me mata part2


Fic: Marotos e Garotas.


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Sirius quase me mata part2
Merlin, se ele pretende continuar assim o ano inteiro, eu com toda certeza, vou morrer antes do natal. Talvez seja uma boa ideia eu escrever uma carta pros meus pais, explicando que eu morri por causa de um certo moreno... Ou não, eles podem querer se vingar e tentar matar o Sirius. Se bem que se eu for pro céu, vai ser bem mais divertido com ele lá.


-MARLENE, QUE MERDA, O QUE TÁ ACONTECENDO COM VOCÊ HOJE?


Droga. Preciso parar de ficar pensando besteira. A ruiva tá MUITO vermelha. Isso nunca é um bom sinal. Ela pode me matar...


-Desculpa Lils!! É sério, eu só estava pensando em como o Remo e a Dora ficariam fofinhos juntos... Não me mata, por favor! – Sim, eu falei a ultima parte me encolhendo.


Uou. Como eu pensei nisso tão rápido é que eu quero saber... Dora imediatamente ficou vermelha, foi engraçado.


-Tá legal... – Lily deu de ombros – Eu AINDA não descobri o que é, mas se você acha que eu acreditei no que o Sirius disse, está muito enganada.


Acredite se quiser, a ruiva foi pro banheiro como se ela não tivesse me ameaçado. Sutilmente, eu sei, mas ela ameaçou mesmo assim.


A Dora me encarava com os olhos arregalados. Ela sussurrou o mais baixo possível:


-Tá louca?


-O que? É verdade!! Eu acho mesmo...


-Tá bom... Mas você está ferrada. Ela não vai desistir nunca.


-Eu sei, fazer o que?


A gente parou com a conversa assim que a ruivinha saiu do banheiro. Acho que ela percebeu, porque ela já saiu estreitando os olhos.


Dei de ombros e entrei no banheiro correndo, antes que a Lily resolvesse me interrogar. Tomei um banho gelado, lavei meus cabelos. Demorei o máximo possível e saí enrolada na toalha. Lily já estava deitada, dei graças por isso. Emmy tinha acabado de subir e Dora arrumava suas coisas.


Fechei a cortina em volta da minha cama e coloquei a camisa que eu usava de pijama. Me deitei e estava quase dormindo quando ouvi Emmy me chamar:


-Len, tá dormindo?


-Não. O que foi?


-Vai me contar o que o Sirius sussurrou pra você, ou vou ter que fingir que não vi nada?


Eu ri baixinho antes de responder:


-Vai ter que fingir que não viu nada.


Ouvi ela bufando e sorri. Comecei a me lembrar da sensação de ter aqueles braços em volta do meu corpo, aquela boca no meu pescoço, o hálito quente contra minha pele, e adormeci ainda sorrindo.


 


Acordei um pouco tarde no dia seguinte. Segunda-feira. Primeiro dia de aula. Eu gemi. Me levantei correndo e percebi que estava atrasada, não tinha mais ninguém no dormitório.


-Droga, logo hoje eu resolvo dormir demais.


Comecei a me trocar até que me lembrei do que havia me feito dormir demais. Sirius. Sacudi a cabeça com um sorrisinho no rosto.


-Precisa se controlar mais Marlene.


Terminei de me vestir e desci correndo, a mochila nas costas. Praticamente voava pelos corredores, tinha apenas dez minutos pra tomar café. Pulava degraus e deslizava pelo piso. Cheguei ofegante ao Salão e rapidamente fui até a mesa da Grifinória, procurando uma cabeleira ruiva. A encontrei do lado de alguém que parecia ser Remo, e marchei pra lá. Assim que cheguei perto deles, James que estava ao lado de Remo sorriu pra mim e abriu espaço entre ele e Remo. Me espremi entre eles e quando finalmente me concentrei no que estava a minha frente pra pegar o café, alguma coisa ruim se revirou no meu estômago. Sirius beijava, não, beijava não. Quase devorava a tal da Jullieta, na minha frente. Mais alguns minutos e provavelmente daqui a uns nove meses veríamos o resultado desse amasso. Sirius apertava fortemente a cintura da garota, e ela agarrava seus cabelos com força e muita vontade.


Fiquei no máximo uns dois segundos em choque, mas consegui segurar minha vontade de empurrar aquela garota dali e ficar no lugar dela. Transformei minha careta em uma máscara fria, como se fosse absolutamente normal ver aquilo, e comecei a comer, evitando cuidadosamente olhar pra frente. Fiquei conversando com Remo por alguns minutos e quando virei pra frente pra continuar a comer senti sua mão fechada em um pergaminho, descuidadamente colocada sobre minha perna.  Peguei o pergaminho o mais sutilmente que consegui, com medo que James percebesse. Era um pedaço rasgado as pressas e a letra também parecia ter sido feita correndo.


      Está mal por causa do Sirius.


Não era uma pergunta. Remo percebeu, não havia como negar. Peguei uma pena que achei em um bolso da minha capa e respondi sem que James percebesse. Sirius continuava agarrado com a garota.


      Podemos conversar depois?


Fiquei com um pouco de vergonha da minha letra, pois mesmo escrevendo com pressa, a letra de Remo era linda, mas passei o pergaminho mesmo assim. Olhei-o pelo canto do olho enquanto ele assentia imperceptivelmente.


Recebi meus horários da professora McGonagall e fui pra aula de Runas Antigas com Lily, enquanto os outros alunos se encaminhavam pras suas aulas, ainda pensando em Sirius e a garota, e pensando na conversa que teria com Remo.
 
 
 (N:A/ Ta aí. Que raiva que me deu do Sirius... Muitíssimo obrigada a Mónika Black, seu comentário me deixou super feliz, de verdade. Obrigada Giullia Galvão por comentar, espero que goste. Gente, vou dizer o mesmo de sempre tá? COMENTEM!)

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 2

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Lana Silva em 09/07/2012

Bem, eu imaginava que uma hora ou outra aconteceria isso porque Sirius é bem galinha, mas já ? Bem fazer o que né? Nossa senhora....

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Mónika Black em 24/10/2011

O sirius e a Jullieta?? Bem, já era de se esperar!

Concordo contigo, o Sirius também me meteu muita raiva, fiquei admirada, pois pensei que a Marlene fosse, começar aos gritos ou algo parecido!! Mas gostei da atitude dela, teve calma e conseguiu controlar-se! Fiquei muito supreendida com o Remo, ele é um rapaz espetacular e foi o unico que percebeu que a Marlene não estava nada bem!!!!

Porfavor posta o mais rapido possivel sim??

Beijinhos:)

MónikaBlack

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2023
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.