FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

ATENÇÃO: Esta fic pode conter linguagem e conteúdo inapropriados para menores de idade então o leitor está concordando com os termos descritos.

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo



______________________________
Visualizando o capítulo:

22. "El Tango de Roxanne"


Fic: Moulin Rouge - Amor em Vermelho


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Capítulo 22: “El Tango de Roxanne”




No quarto de Malfoy, junto à lareira, Gina dizia enquanto tirava as luvas.

- O rapaz tem uma ridícula obsessão por mim. Eu alimento sua fantasia porque ele é talentoso. Precisamos dele, mas só até amanhã à noite.

***

- Temos uma dança! – disse Simas descendo as escadas e indo até o meio do salão enquanto todos o olhavam – Nos bordéis de Buenos Aires. – ele estalou os dedos e Neville tocou uma nota no piano, continuando a seguir com uma música baixa e triste sendo acompanhando por violinos. As luzes apagaram um pouco – Conta-se à história, de uma prostituta...

Uma luz acendeu iluminando apenas Hermione e vários homens assobiaram para a garota que foi descendo as escadas até Simas.

- ...e de um homem, que se apaixona, por ela.

Hermione ficou a uns três metros de distância de Simas e os dois começaram a dança com o mesmo passo marcado, era um tango argentino que demonstrava poder e sedução.

***

Gina e Malfoy jantavam silenciosamente. Malfoy olhando-a toda hora e Gina só de vez em quando.

***

- Primeiro, ao desejo! – disse Simas já bem perto de Hermione. Um dos cafetões foi o primeiro a se encantar com a dança e se levantara indo em direção aos dois – Segundo, a paixão! – já notava-se que outros cafetões se encantavam com a dança pelo modo que observavam – Depois, suspeita! – Simas segurava o pulso dela com um pouco de força a mais do que era necessário – Ciúme! Raiva! Traição! – os passos eram rápidos e marcados, mas parecia que Simas era um pouco rápido demais para ela, pois, pela cara de Hermione ela já estava cansada – Quando o amor é do lance mais alto, não há confiança. Sem confiança, não há amor! – Hermione além de cansada, já fazia cara de dor e de alguém que não estava conseguindo mais e já fazia o possível – O ciúme o levará a LOUCURA!

Simas a largou e Hermione segurava as próprias mãos doloridas, mas um dos cafetões a abraçou por trás e queria que ela dançasse com ele.

Simas começou a cantar enquanto o cafetão e Hermione dançavam, embora ela já estivesse cansada.

SIMAS
Roxanne!
(Roxanne!)
You don’t have to
(Não precisa colocar)
Put on that red light
(Essa luz vermelha)

Harry observava tudo com um aperto no coração pelo que acabara de ouvir de Simas.

Hermione já começava a dançar com o segundo cafetão e outros mais já se aproximavam deixando-a cada vez mais cansada de dançar.

Rony percebia o que se passava com Hermione, mas quem era ele para interferir naquilo tudo? Eles não estavam namorando e ele não tinha direito de mandar nela. Aliás, Hermione já lhe disseram há algum tempo atrás que, nas atuais circunstâncias, ela faria qualquer coisa e dançaria qualquer coisa com quem quer que fosse só para ganhar dinheiro, mesmo que ela estivesse sofrendo. Fazia parte do trabalho dela aquela vida.

SIMAS
Walk the streets for money
(Andar nas ruas por dinheiro)
You don’t care if it’s wrong
(Você não liga se é errado)
Or if it’s right
(Ou se é certo)
Roxanne
(Roxanne)
You don’t have to
(Você não tem que usar)
Wear that dress tonight
(Esse vestido esta noite)
Roxanne
(Roxanne)
You don’t have to
(Não precisa vender)
Sell your body to the night
(Seu corpo esta noite)

Harry também começara cantar baixinho só para si com muita tristeza.

***

No quarto de Malfoy em que ele e Gina jantavam, Malfoy encarou-a mais uma vez tomando uma decisão.

***

HARRY
His eyes upon your face
(Os olhos dele no seu rosto)
His hand upon your hand
(A mão dele na sua mão)

***

Malfoy se levantou de sua cadeira e começou a andar lentamente em direção a ruiva que ficou em estado de alerta.

***

HARRY
His lips caress your skin
(Seus lábios acariciam sua pele)
It’s more than I can stand
(É mais do que eu posso suportar)

Agora todos tinham um par e estavam espalhados pelo salão, cafetões com prostitutas dançavam todos iguais.

SIMAS
Roxanne

HARRY
Why does my heart cry?
(Por que meu coração chora?)

SIMAS
Roxanne

HARRY
Feelings
(Sentimentos)
I can’t fight
(Que não posso enfrentar)
You’re free to leave me
(Você é livre para me deixar)
But just don’t deceive me
(Mas não tente me enganar)
And, please, believe me
(E, por favor, acredite)
When I say
(Quando digo)
I love you
(Eu te amo)

***

Malfoy chegou perto dela que o olhava.

- Com o sucesso dessa produção, você deixará de dançar o can-can para ser uma atriz. – ele falou no ouvido dela – E você será, uma estrela.

Ele colocou uma caixa preta e felpuda em cima da mesa na frente dela e a abriu.

Havia uma gargantilha enorme e prateada que cobria todo o pescoço e um pouco abaixo. Era feito de detalhes minuciosos e daquilo que Gina mais adorava: Diamantes.

Ele colocou no pescoço dela deixando-a sem ar e de boca aberta tal sua beleza.

- Aceite-o, – disse ele – como um presente deste marajá à sua cortesã.

- E o final? – perguntou ela tentando recobrar os sentidos.

- Deixe Zidler manter o final de seu conto de fadas.

***

SIMAS
Roxanne

HARRY
Why does my...
(Por que meu...)
...heart cry?
(...coração chora?)

Harry caminhou para fora do salão de teatro ainda cantando com um aperto no coração.

SIMAS
Roxanne

HARRY
Feelings
(Sentimentos)
I can’t fight
(Que não posso enfrentar)

SIMAS
Roxanne

HARRY
You’re free to leave me
(Você é livre para me deixar)
But just don’t deceive me
(Mas não tente me enganar)
And, please, believe me
(E, por favor, acredite)
When I say
(Quando digo)
I love you
(Eu te amo)

Harry parou de cantar e andar no meio da rua escura e silenciosa, olhou para o alto de uma torre próxima que pertencia a Malfoy e onde Gina estava naquele momento.

No entanto, ela estava na soleira da janela de frente para a aldeia e olhava para a rua lá embaixo, Malfoy a abraçava por trás e lhe beijava o pescoço.

Os olhares muito tristes de Harry e Gina se encontraram, mas não podiam fazer mais nada. Apesar do momento triste, Gina ainda cantava baixinho.

GINA
Come what...
(Haja o que...)
...may
(...houver)
I will love you
(Eu amarei você)
Till my dying...
(Até o dia da minha...)
...day
(...morte)

Harry parecia começar a sofrer em dobro ao vê-la ali com Malfoy e não poder fazer nada, acabou abaixando a cabeça.

***

- Não. – disse Gina sem conseguir segurar a palavra e Malfoy parou de beijá-la.

- Não? – ele olhou na direção que ela olhava e viu Harry – Entendo. É o seu pobre tocador de cítara.

Gina se soltou dele e entrou no quarto muito abalada, virou-se para ele a tempo de vê-lo entrar muito zangado.

- Meu caro duque...

- SILÊNCIO! – gritou ele furioso agarrando os dois pulsos dela e os forçando para baixo fazendo-a se ajoelhar – Você me fez acreditar que me amava!

Foi com brutalidade que Malfoy arrancou a gargantilha do pescoço dela, ela saiu correndo pelo quarto e ele a perseguiu.

***

SIMAS
Roxanne

HARRY
Why does my...
(Por que meu...)
...heart cry?
(...coração chora?)
Feelings
(Sentimentos)
I can’t fight
(Que não posso enfrentar)

***

Gina tropeçou e caiu com tudo no chão, Malfoy começou a tirar seu vestido enquanto ela chorava.

***

No salão, todos foram parando de dançar aos poucos e voltando aos seus lugares em que estiveram sentados, no final, só restava uns vinte cafetões que queriam dançar mais com hermione que estava exausta, machucada e era passada de homem a homem com violência.

***

Harry em seu apartamento gritava desesperado e morrendo de raiva de tudo e todos.

***

Malfoy jogou Gina na cama que agora estava só com as roupas íntimas e a machucava.

***

Hermione agüentou o máximo que conseguiu e acabou chegando no seu limite caindo desmaiada no chão.

***

Harry parara de gritar, isso colocou uma boa parte das sua angústia para fora e aliviara um pouco sua dor, mas não completamente, agora sentia-se arrasado.

***

Gina fechara os olhos desejando mais do que nunca que aquilo parasse, então, ela ouviu um barulho e Malfoy escorregar de cima de si e cair no chão. Ela abriu os olhos e viu ali um dos cafetões que se preocupava com ela chamado Chocolá, ele segurava um pedaço de madeira grossa e olhava para baixo, ela olhou também e viu Malfoy desmaiado no chão e sangue escorrendo de sua testa.

_____________________________________________________________________________________

Continua...

No próximo capítulo...

“- (...) Teremos um ao outro, isso é tudo o que importa. – ele segurava o rosto molhado dela entre suas mãos.”

“- Eu não pude, eu não quis mais fingir, eu não quero mais mentir, não quero. E ele sabe, ele sabe e...”

Bjus a todos

Lady Potter

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.