FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

16. • Good Luck


Fic: Lily Muggles Diary UA


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Capítulo dedicado á Munique Negrão, Chris Black e Nessynha Girl

Photobucket


 Vanessa da Mata feat. Ben Harper - Boa Sorte (Good Luck)



- Lice, você 'tá falando sério? - A Lene perguntou se aproximando com uma cara maníaca da Lice. /quemeda/

- Sim. - A Lice disse, e agora as lágrimas começaram a escorrer pelo rosto dela, e nós a abraçamos.

- Poxa Lice, você sabe que mesmo estando longe, nós vamos estar do seu lado pra te ajudar sempre! - A Dora disse e eu confirmei com a cabeça.

- Obrigada meninas! - A Lice disse passando a mão na barriga, e então todas rimos. - Bom, mas hoje é do dia da Lil, e não vamos estragar isso chorando como bebêzonas.

- Isso ai. AGORA A LIL NÃO É MAIS SOLTEIRA. uhu! - A Lene gritou e então todas começamos a rir denovo.

- Ok Girls, agora chop chop, porque já está quase na hora. O Tiago já está indo para a igreja. - A minha mãe disse entrando no quarto.

Ele já está indo pra igreja? Mas... E se ele apenas disser que ele 'tá indo pra igreja, e ele estiver mentindo...
E se ele fugir com um travecão? E, e se ele me deixar plantada no altar esperando por ele?

- E-eu acho que e-eu na-ão quero ma-mais me casar. - Eu disse baixinho olhando para o nada.

As meninas pararam tudo o que estavam fazendo e começaram a me encarar?

- Como é que é? - A Lene perguntou com aquela aparência de 'incrédula'.

- Eu não quero Le-ene. - Eu disse pegando um lencinho e enxugando as minhas lágrimas.

- Por que não Lil? - A Dora perguntou se aproximando de mim, e ajoelhando-se.

- Te-em tantos mo-otivos Dora. Pri-primeiro que o Ti é-é muito bom pra-a mim, e eu nã-ão sou na-ada que ele merece. E se-segundo que-e e-ele não me ama... E se ele me lar-largar depois de um mês? - Eu disse chorando.

- Ele não vai fazer nada disso Lil. - A Lene disse segurando minhas mãos. - Relaxa, o Ti está seguro de que te ama, e ele não vai te deixar. E outra coisa mulher, que história é essa de que você não é boa pra ele? Você é bem mais do quê ele merece. E se vocês se amam vocês merecem ficar juntos.

Eu apenas sorri, e pensei em tudo que a Lene disse.

- Ah... ok. - Eu disse com a voz fraca.

- Lilian, você está LINDA! - A Tia Sarah, mãe do Ti disse entrando no meu quarto, e eu enxuguei as lágrimas rapidamente.

- Obrigada. - Eu disse sorrindo.

- Tenho certeza que meu filho fez a escolha certa, hein ruivinha? - O pai do Ti, o Tio James disse beijando a minha mão.

- Espero. - Eu surrurrei mais para mim mesma.

- Vamos, estão todos te esperando lá na igreja Lilian. - Minha mãe disse entrando no quarto novamente.

- Ok, vamos. - Eu disse pegando meu buquê, e entrando no carro junto com as minhas amigas.

***


A igreja parecia não chegar nunca, eu estava assando dentro daquele carro.
Mas isso era um bom sinal, era um dia de sol lá fora. Estava calor, e isso queria dizer que a festa seria muito melhor.
Eu senti um frio na barriga antes do carro estacionar na frente da igreja. Parecia estar lotada, com muitos carros estacionados na frente, eu ouvia a falação que estava acontecendo lá dentro.
A Lene, Lice e Dora, desceram primeiro e foram para dentro da igreja, com seus respectitivos parceiros.
A Lene estava com o Sirius, a Lice com o Frank, e a Dora eu a obriguei á ir com o Remo. (6)

Depois de alguns minutos sentada lá dentro,e pensando que meu coração iria sair pela boca, eu vi meu pai se aproximando do carro, ele abriu a porta e estendeu-me sua mão.
Era agora Lilian, eu não tinha mais volta; Não existia mais volta para a melhor fase da minha vida.

Eu aceitei a mão do meu pai, e sai do carro, um pouco ansiosa. Ele sorriu para mim, com lágrimas nos olhos, e a única coisa que eu pude fazer foi sorrir de volta, mas não com tanta intênsidade como ele.
Eu senti firmeza, e segurança na mão do meu pai. E só quando eu subi o primeiro degrau, eu senti.
Senti que a pessoa que eu realmente amava estava ali dentro, e eu queria sair correndo para poder ir até ele logo, mas eu não podia.

Respirei fundo, e subi os últimos degraus, chegando dentro da igreja. A música começou e todos os olhares viraram-se para mim.
Mas eu só tinha o olhar focado em um lugar, apenas nele.
Ele estava maravilhoso, mais lindo doque nunca.
O homem da minha vida, que era uma criança, um adolescente e um adulto ao mesmo tempo.
Ele me completava, e eu sentia aquela energia positiva cada vez que pensava nele.
Ele me alegrava, era minha razão, da vida e do amor.
Meu namorado, meu amante, meu marido, minha vida. Era ele, e sempre foi.

Eu caminhei devagar até ele, quando meu pai chaqualhou sua mão, e me entregou para ele. Agora sim, eu era só dele,e de mais ninguém. Todos se sentaram e ele cochichou para mim:

- Você está mais linda doque nunca.

Eu não pude ajudar, apenas desviei o olhar do padre, e olhei carinhosamente para ele, dando-o um sorriso.

O padre começou a falar e falar, mas eu não conseguia prestar atenção em mais nada doque ele falava. Apenas na pessoa que estava do meu lado. Aquele sem dúvida era o melhor dia da minha vida.
Eu não sabia oque ele estava sentindo, mas o que eu estava era pura perfeição.

Seus olhos brilhavam, e as lágrimas destacavam ainda mais aquelas jóias.

Narrado por: Marlene McKinnon


Caraca, aquele estava sendo o melhor casamento da minha vida. Não que eu estava me casando, mas essa era a sensação que eu estava sentindo.
Poder estar ali do lado dos meus melhores amigos, era tudo oque eu mais queria.
O Six estava do meu lado, segurando a minha mão por trás, e eu percebi que a sua mão também suava e tremia, assim como a minha.

E então, como segundos, tudo passou. Todas as palavras do padre, e logo o que todos puderam ouvir foi:

- E se há alguém contra esse casamento, fale agora ou cale-se para sempre.

Aquelas palavras ecôaram na igreja. A onda daquela voz suave do padre, fluiu até o final do corredor, passando pela grande porta de madeira que acabara de ser aberta.
Um garoto dos cabelos oleosos e pretos, acabara de entrar na igreja com um ar de cansado. Seu cabelo parecia ser seboso, e também tinha um nariz enorme. Ele era familiar.
Eu e Sirius trocamos olhares, mas antes do garoto poder dizer algo para "impedir" aquele casamento - que era oque estava me parecendo - Sirius desceu as escadas do altar correndo, agarrou o garoto e o levou para fora.
Ele pareceu estar abraçando-o, mas conhecendo como eu conheço o Sirius, ele estava é dando uma chave de braço no garoto.
Uii, ok, parei. :x
Voltando ao casamento.

O padre retomou o seu conceito, e eu voltei a respirar. Ufa!
Nada pode estragar o dia de hoje, simplesmente NADA!

- Agora, você pode beijar a noiva. - Eu ouvi o padre dizer.

A Lil e o Ti se beijaram de um jeito suuuuuper rômantico.
E agora? FESTA! :D

Narrado por: Lilian Evans


Agora sim, eu poderia afirmar e ter a certeza, de que ele era todo meu. Isso mesmo! todinho meu.

Depois de colocarmos as alianças, e nos beijarmos, nós saimos da igreja, com todos jogando arroz em nós, e nossos padrinhos de casamento, atrás da gente.
Estava tudo perfeito, como nós haviamos planejado, como eu tinha imaginado que sairia um casamento perfeito. *-*
Aquilo estava sendo um sonho. O melhor sonho da minha vida.

Eu e o Ti entramos na limosine, e seguimos para a festa.
O salão não era tão longe, mas o tempo que ficamos detro do carro, eu não tinha nem palavras para me expressar.
Nós apenas olhavamos um para o outro, com aquela de felicidade. Eu estava tããão feliz, que devia estar parecendo aquelas maníacas.
Eu não conseguia me expressar, além do meu sorriso. Estava tudo tão perfeito demais.

Enfim, chegamos á frente do salão.
Parecia que era dai que tudo ia começar. E não foi só impressão.
Quando o carro parou em frente ao salão, o motorista desceu, e abriu a porta. O Ti saiu primeiro, e logo eu sai. Quando eu botei o pé para fora da limosine, todos começaram a gritar. E as lágrimas começaram a escorrer.
Eram as melhores lágrimas de felicidade da minha vida.

Entramos no salão, os útlimos e de mãos dadas.
Tudo estava como eu tinha imaginado. Como eu tinha sonhado.
As luzes, as cores, as mesas, e os convidados. Todos estavam lá. Desde as nossas famílias, até nossos amigos do colégio, e alguns amigos novos da faculdade.
Todos sorriam para nós, e queriam nos abraçar. Era incrivel.

E então, logo tudo começou. Eu e Ti fomos cada um para um lado, para comprimentar os convidados, e logo depois teriamos os leilões. huhuhu :9

- Obrigada por vir. - Eu disse abraçando algumas meninas da nossa antiga escola, e assim foi por um longo tempo.

Eu vi o Ti do outro lado do salão, conversando com algumas pessoas também, e nos encontravamos poucas vezes, mas eu sempre dava um beijinho nele. *-*

- Lily, você está linda prima! - A Dine disse me abraçando e sorrindo.

- Obrigada Dine! E obrigada por fazer tudo isso acontecer.

- Shhh! - Ela fez, botando o dedo no lábio. - Esse é o nosso segredinho.

Ela piscou, e eu pisquei de volta. Afinal, ela era a melhor prima que alguém poderia sonhar.

- LENE, LICE, DORA, AQUI! - Eu gritei erguendo a mãozinha para as minhas amigas me enchergarem.

- LIIIIL! - As loucas gritaram quando chegaram perto de mim.

- Menina, você está liiiiiiiinda com essa roupa. - A Dora gritou mechendo os braços frenéticamente.

- Você realmente está maravilhosa. - A Lice disse sorrindo e a Lene concordou com a cabeça.

- HORA DA FOTO! - A Lene gritou, tirando uma câmera digital da bolsinha dela, e logo ela já estava pedindo para alguém que estava passando ali perto, tirar uma foto nossa. - DIGAM XIIIIIS!

- XIIIIIIIIIIIIS. - Todas gritamos, e a foto saiu realmente engraçada.

Mas derrepente eu senti alguém me segurando por trás, e senti meus pés sairem do chão.

- Ti, o quê você está fazendo? - Eu perguntei espantada, assim que eu vi que já estavamos em cima do palco.

- Vamos começar os leilões. - O Ti disse sorrindo e me deu um selinho.

Eu não exitei, e tirei a minha calcinha vermelha fildental, e comecei a girar no alto.

- O LEILÃO VAI COMEÇAR! - O Ti gritou e então todos olharam para o palco. - Quem vai começar?

Então eu ergui a calcinha denovo, e vários assovios tomaram o salão.

- EU DOU £25! - O pai do Ti, o Tio James gritou.

- £30! - O Six gritou do lado dele, então eles começaram a rir, e brindaram.

- £45! - Eu ouvi o meu pai gritar do outro lado do salão, e eu sorri.

- £45? Só? Mais nenhuma oferta? - Eu gritei levantando a calcinha novamente.

- EU DOU £70 !!! - Huhauahuahua, esse era o meu primo Tom de outra cidade.

- £90! - A Lene gritou levantando a taça de champagne e logo em segundos o Six gritou mais alto ainda.

- £150! - Veio um barulho tremendo do salão como se fosse uma onda de 'ooohs' e a Lene olhou brava pro Six. aueheauhueaheua =x.

- £500!!!! - Gritou um ser que acabara de entrar pela porta do salão. Aquele mesmo que eu vi o Six tirando-o da igreja. E eu sei quem era. Era o tal de Severus Snape, da nossa antiga escola, que fazia parte dos nerd's e diziam que ele gostava de mim. Mas ele nem foi convidado, então como ele conseguiu entrar aqui?

- VENDIDA PARA O SENHOR SEBOSO! - O Ti disse meio contra-gosto, mas o que valia era o dinheiro :D.

Eu desci do palco, com vários sons de assovios, entreguei a calcinha para o Snape, que tirou da carteira £500 e me entregou. Eu botei dentro do sutiã e subi ao palco novamente.
Então eu tirei a gravata do Ti e começamos a vender por pedacinhos...

Conseguimos uns £30 por pedaço. *-*
Colocamos todo o dinheiro do lado do palco, em um lugar onde ninguém consegueria pegar, e fomos nos divertir mais na nossa festa. :D

***



- Lil vem, tem uma surpresa pra você. - A Lene disse me puxando da mesa dos meus primos, e eu sai correndo.

- Já venho. - Eu disse fazendo um gesto com a mão, e logo corri atrás da Lene. - O quê foi sua maluca?

- Veja você mesma! - Ela disse apontando para o palco.

E lá estava o meu amor, sim o Ti (L).
Ele estava segurando um violão e estava sentado em um banquinho.
Quando ele me viu lá embaixo, ele pegou o microfone e falou com a voz bem calma.

- Bom, eu sei que isso não é nem um pedaço doque você merece. Mas eu fiz essa música pensando em você Lil. - Ele disse e começou a tocar uma melodia suave.

I had an angel
[ Eu tinha um anjo ]
And she appeared as a gift
[ E ela apareceu como um presente ]
A gift from far awat, with no reason
[ Como um presente de longe, sem razão ]
I thought she wasn't here to stay
[ Eu pensei que ela não estava aqui para ficar ]
But now I can see that I was wrong
[ Mas agora eu consigo ver que eu estava errado ]

She came to stay, she came to kiss and love me
[ Ela veio para ficar, ela veio para me beijar e me amar ]
Now I found the reason, the why she's here
[ Agora eu achei a razão, o porquê de ela estar aqui ]
She came to make me laugh, to make me happy day after day
[ Ela veio para me fazer rir, para me deixar feliz dia após dia ]

She showed me the right way in life
[ Ela me mostrou o caminho certo da vida ]
She showed what does love mean
[ Ela me mostrou o quê amor quer dizer ]
She showed how beautiful is life, when you love someone
[ Ela me mostrou como é bonita a vida, quando você ama alguém ]

She came to stay, she came to kiss and love me
[ Ela veio para ficar, ela veio para me beijar e me amar ]
Now I found the reason, the why she's here
[ Agora eu achei a razão, o porquê de ela estar aqui ]
She came to make me laugh, to make me happy day after day
[ Ela veio para me fazer rir, para me deixar feliz dia após dia ]

And now I can see, that there's no importance if we argue everyday.
[ E agora eu posso ver que não tem importancia, se nós discutimos todos os dias ]
'Coz the only thing important to me, is that I love my angel
[ Porque a única coisa que importa para mim, é que eu amo o meu anjo ]
And you're my angel, you're that angel Lilian
[ E você é o meu anjo, você é aquele anjo Lilian ]
You came to stay, and to make me happy
[ Você veio para ficar, e para me fazer feliz ]
I love you Lilian.
[ Eu te amo Lilian. ]


Ai que coisa mais liiiiiiiiiinda! Meus olhos estavam cheios de lágrimas, e assim como o som do violão morreu rápido, todos os aplausos começaram.
Eu subi no palco correndo e fui dar um abraço na melhor pessoa do mundo.
Eu o beijei, beijei assim como se fosse os nossos últimos dias na terra. Assim como se fosse o nosso último beijo.
Mas assim como dizia naquela música ' You came to stay... ' , eu sabia que seriamos felizes para sempre.

- Eu te amo demais Ti. - Eu disse abraçando-o.

- E eu te amo muito minha princesa. - Ele disse sorrindo e então nos beijamos novamente. E os aplausos ainda continuavam.

***

 Hillary Duff - Someones Watching Over Me


- Aceita essa dança, senhorita? - O Ti disse estendendo sua mão e eu aceitei.

- Claro. - Eu disse fazendo uma reverência com o meu vestido longuissimo. *-*

Ele me abraçou, segurando na minha cintura, e então começamos a dançar devagar, com várias cameras em cima de nós.

- Então, agora você já pode me dizer para onde vamos na nossa lua de mel? - Eu perguntei quase sussurrando no ouvido dele.

- Você saberá daqui a pouco. - Ele respondeu com aquele sorrizinho que me deixa louca.

- Ah, você me paga Ti! Você sabe que eu odeio ficar curiosa. - Eu disse dando um tapinha no ombro dele.

- E você sabe como eu amo te deixar curiosa. - Ele disse carinhosamente, e logo eu o beijei novamente. ;x

Aqueles lábios que me deixavam louca, á cada segundo. Logo eu me dei conta que tinhamos parado de dançar, e estávamos apenas nos beijando, parados no meio da pista.
Algo cutucou o ombro do Ti, que eu percebi pois agora tinhamos parado de nos beijar.

- Posso pegar a moça? - O meu pai falou sorrindo.

- Claro sogrinho! Toda sua. - O Ti disse estendendo a minha mão para o meu pai, e logo começou aquela valsa toda.

- Está feliz, querida? - Meu pai perguntou sorrindo.

- Feliz? Feliz é pouco. - Eu respondi com um sorriso de orelha á orelha.

- Fico feliz Lily, pois isso é oque eu mais quero. - Ele me deu um beijo na testa, e logo conversamos sobre todas as coisas, até acabar a música.

Eu e meu pai nos separamos, e eu dei um beijo na bochecha dele.

- Agora está na hora da noiva ir curtir a sua lua-de-mel. - Meu pai disse estendendo a minha mão e beijou-a.

Logo o Ti apareceu por trás de mim, e seguimos até a limosine, que agora estava toda pixada com a letra de todos da festa.
Eu sorri, e logo a minha atenção desviou-se para dois papeis que o Ti segurava na minha frente, que pareciam duas passagens de avião. Peguei uma delas onde a primeira coisa que eu pude ler foi: Brazil 07/08 to 19/08

- AHHHHHHHHHHHHHHHHHHH ! - Eu gritei pulando no colo do Ti, mas tomando cuidado pois eu estava sem calcinha ;x. - Obrigada, obrigada, obrigada.

- Tudo por você minha ruivinha. - Ele disse me dando a mão, e logo entramos na limosine.. seguindo até o final da rua, em direção ao aeroporto, com as latinhas balançando e o vidro pixado:

RECÉM CASADOS


Photobucket


N/a: aiii zenti, como é sexy estar de volta.
uahuahauhuahuahuahua :D
eu ameeeeeeeei a minha viajem *-*
curtii pra caramba, e obriigada por todos os comentários, amei-os. ok ? :D
bom, agora eu vou voltar a ativa (66.. e ler os novos capitulos na fic de vocês tb :))
Obriigada á todos aquelas que me dedicaram capitulos e etc..

acho que é só.
estou com msn novo, pois hackiaram o meu velho :p
le___5@hotmail.com

beijos amores.

p.s: a música que o Jay canta foi eeeeeu quem fiz *-*


p.s2: desculpem qlqer errinho, capitulo sem betagem ;D

p.s3: eu quero uma capa nooooooooova :(

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.