FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

16. Contando à família


Fic: Ted Lupin & Victoire Weasley


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Eles haviam decidido dizer aos pais de Vic que eles eram um casal (oficialmente) agora antes que ela voltasse para Hogwarts. Teddy contou a novidade à Gromeda no dia em que ela tinha dito que o amava, assim como ele. Para a surpresa de Teddy, sua avó não ficou surpresa.


Um dia antes de Vic embarcar no Expresso de Hogwarts, foi o dia escolhido para o primeiro encontro oficial deles. Vic estava muito animada e também nervosa; certeza de que ela havia saído com Teddy mil vezes, mas nunca como namorado e namorada. Sem contar que eles iriam contar aos seus pais hoje à noite.


Vic passou horas tentando encontrar algo para vestir, mas nada parecia ser bom o suficiente, ela não poderia surpreendê-lo com um vestido novo e espetacular, Teddy tinha visto ela em tudo o que possuía. Depois de passar por seu armário mais uma vez Vic gemeu na derrota e caiu em sua cama, cobrindo o rosto com um travesseiro. Ela estava começando a pensar que namorar o melhor amigo era mais uma façanha impossível, quando houve uma batida leve na porta de seu quarto.


- Entre - ela disse sua voz abafada pelo travesseiro. Ela ouviu a porta se abrindo completamente e sentiu alguém sentando do seu lado. - O que você quer? - ela perguntou ao invasor desconhecido de seu quarto.
- O que aconteceu com o travesseiro? - ela ouviu Dominique perguntar, antes de abafar um riso.
- Eu estou escondendo minha cara de vergonha e irritação - lamentou Vic.
- Oh... - ela reconheceu, como se este fosse totalmente normal. - Eu queria saber se você tem alguma coisa que eu possa usar para corrigir o meu cabelo...?
- Você não vai perguntar por que eu estou envergonhada e aborrecida? - Vic perguntou, ainda debaixo do travesseiro.
Dom pensou por um momento.
- Eu não ia. Você não vai me perguntar por que eu quero alguma coisa para consertar o cabelo?


Vic não tinha pensado sobre isso, mas não era como se Dom perdesse seu tempo com esse tipo de coisa. Ela geralmente só fazia um rabo-de-cavalo frouxo, que na opnião de Vic, era muito charmoso.

- Tudo bem, eu vou tentar de novo. Porquê você quer algo para corri... - Vic perguntou, mas quando ela tirou o travesseiro viu porquê. - Oh meu Deus! Você cortou o cabelo... - Dom parecia extremamente feliz com ela e Vic teve que admitir que o cabelo curto parecia bom em sua irmã.


Dom tinha o mesmo tipo de cabelo de Victoire: longo, brilhante, sedoso. A diferença era que Dom tinha herdado o famoso ruivo-Weasley. Agora o cabelo dela, que antes ia até abaixo dos seios, estava só alguns dedos abaixo dos ombros. Ficou incrível. Não foi uma mudança radical ao estilo la Dominique realmente, mas fez uma diferença inacreditável. Agora estava muito mais a moleca Dom e não a versão cabelos-fogo de sua mãe, Fleur.


- Você gostou? - Dom perguntou ansiosamente.
- Sim, ficou demais, mas a mamãe vai matar você - Vic apontou.
- Ela já viu e, é verdade, não está muito feliz. Mas ela vai superar, acredito eu. O máximo que poderá fazer é gritar em francês comigo por uma semana. - Vic riu junto com Dom, que continuou sua história fascinante. - Aliás, acho que Roxie fez um trabalho excelente.
Vic olhou para a irmã em estado de choque:
- Você deixou uma garota de treze anos cortar o seu cabelo?
Dom apenas deu de ombros:
- O que importa a idade se ela é boa nisso? E agora que nós já apreciamos o meu incrível visual novo, vamos voltar ao seu ponto. Você não iria me dizer por que estava envergonhada e aborrecida?
Vic gemeu, por que Dom tem que lembrá-la?
- Eu estou envergonhada porque eu vou no meu primeiro encontro com Teddy essa noite e não consigo encontrar nada para vestir! E aborrecida porque... bem, é pela mesma razão.
Dominique olhou ao redor do quarto de sua irmã: várias roupas jogadas aos montes pela cama e pelo chão. Mas quando eu digo 'várias', é 'várias' mesmo.
- Você não pode simplesmente pegar um desses?
- Teddy já me viu em tudo isso.
- Eu não acho que Teddy se importa com o que você veste, mesmo.
- Mas eu me importo! - Vic gritou, colocando o travesseiro de volta no rosto.
- Certo, certo! Só...espere um segundo - ela sentiu Dom sair da cama e alguns segundos depois ouviu sua voz perguntar: - Que tal este?


Vic removeu o travesseiro do rosto para olhar para o vestido que sua irmã estava escondendo em seus braços. Não era nada especial, mas também nada que passasse despercebido: um vestido de tonalidade azul escuro levemente brilhante. Também pertenceu à Dom.


- Teddy viu isso também - Vic resmungou.
Dom revirou os olhos e murmurou algo como "rainha do drama".
- Mas ele não viu em você - ela ressaltou.


Vic sentou-se imediatamente e apanhou o vestido.

- Você está certa! Ah, obrigada Dom! - disse ela, abraçando a irmã.
- Sim, sim...mas eu acho que se preocupar com o que vai vestir é um estúpido desperdício de tempo. Teddy já está apaixonado por você, você não pode fazer muita coisa sobre isso.
- Eu sei, só estou nervosa. É que vamos dizer para mamãe e papai que somos um casal esta noite - Vic explicou ao mesmo tempo que colocava o vestido.
- Mesmo? - Dom perguntou, balançando as sobrancelhas. - Isso deve ser interessante. Com certeza estarei lá embaixo! - Dom virou para ir embora, mas depois voltou atrás, lembrando de algo. - E a coisa para corrigir o meu cabelo?
- Oh, sim... - Vic pensava. - Eu tenho um pouco de gel no banheiro, se você achar necessário.
Dom sorriu:
- Obrigada.


Depois que Dom tinha ido embora, não demorou muito para Vic estar totalmente pronta para seu encontro. Ela fez seu caminho até o térreo para esperar pelo seu namorado que a fez sorrir até mesmo por pensar nisso. A família inteira estava na sala de estar, aparentemente, Dom convenceu Lou para sair de seu quarto porque ele estava prestes a assistir um grande show e Gui foi a primeira pessoa a notar em como Victoire estava bem arrumada.
- Porquê tão arrumada, Vic? - ele perguntou, olhando por cima de um jogo de xadrez que estava tendo com Louis.
Vic não poderia deixar de sorrir, ela havia prometido esperar por Teddy, mas isso não significaria que ela não pudesse ter um pouco de diversão, não é?
- Eu tenho um encontro hoje a noite - disse ela, alegremente.
Ambos seus pais e Lou olharam para ela, alarmados.
- Você não disse nada sobre um novo namorado. Sabemos quem é ele? - Fleur perguntou, sorrindo ligeiramente para a filha mais velha.
- Sim, vocês o conhecem. Muito bem, na verdade.
- Você vai nos dizer quem é? - Gui perguntou.
- Você vai ver, ele estará aqui para me pegar - Vic olhou para o relógio da cozinha - em dois minutos.
- Mesmo? - Dom perguntou, tentando esconder um sorriso perverso e cúmplice.
Vic não disse nada no começo, mas, aparentemente, sua irmã teria iniciado o resto da curiosidade da família.
- É sério, Victoire? - seu pai perguntou numa voz tensa.
Vic não conseguia parar de sorrir.
- Sim, é muito sério.
- Como você sabe? - Gui entrou em pânico. - E se esse menino está mentindo só para usar você? Meninos vão fazer isso, Victoire! Além disso, você é muito jovem para estar em um relacionamento sério. Você só tem 17 anos!
Vic revirou os olhos.
- Esqueceu que mamãe era um pouco mais velha que eu quando o senhor a conheceu? E eu duvido que o meu novo namorado está mentindo para mim, eu o conheço há anos!
- Vic, eu não ach... - mas Gui foi cortado pelo toque da campainha.
- É ele! - Vic exclamou correndo para a porta, com seus pais e irmãos aos seus calcanhares. Vic abriu a porta para revelar seu novo namorado e Teddy estava mais do que confuso por encontrar toda a família de Victoire na porta, parecendo esperar por ele.


- Mas é apenas Teddy - ela ouviu Louis sussurar para Dom que, imediatamente o mandou calar a boca.
Teddy percebeu os olhares astutos da família de sua namorada todos voltados para si.
- Você disse a eles sem mim, não é? - perguntou ele, com o canto de sua boca.
- Não necessariamente, eu, por acaso, mencionei que eu teria um encontro hoje - Vic sussurrou de volta.


A família de Vic olhou para Teddy, todos mudos, e Teddy olhou altamente desconfortável sob tantos olhares.


Dom foi a primeira a quebrar o silêncio.
- Oh meu Deus! Seu namorado é Teddy! Teddy Lupin! - ela disse em um tom surpreso que qualquer pessoa pensaria que fosse real. Qualquer pessoa que não fosse Victoire Weasley.
- Dom! Você sabe há uma semana, pare de agir surpreendida só porque você quer ver uma luta - Vic disse, cansada de sua irmã tentando manipular a situação.
Dom parecia ferida.
- Eu não quero uma luta. Eu só quero tornar as coisas mais interessantes!


O intercâmbio entre Victoire e Dominique foi ignorado pelo resto da família quando o que realmente estava acontecendo finalmente foi aprofundado:


- Então, você está namorando a minha filha? - Gui perguntou, olhando diretamente para Teddy, antes de lançar um olhar pelo canto do olho para sua filha.
- Sim, - Teddy disse - senhor - ele acrescentou após receber o olhar de Gui: não exatamente louco, mas calculista.
Gui respirou fundo.
- Bem, suponho que, se Vic tiver que ter - ele encolheu-se, lembrando como Vic tinha explicado antes - um sério relacionamento, então eu prefiro que seja com você. - Vic e Teddy sorriram com alívio e estavam prestes a agradecer à Gui por sua, embora relutante, benção, mas parecia que ele ainda não havia concluído. - Eu sei que até agora eu dei a você praticamente toda liberdade com a minha filha como seu melhor amigo, Teddy, mas agora que você está namorando eu creio que é necessário estabelecer algumas regras.


Teddy balançou a cabeça com um rápido "sim senhor", enquanto Vic olhava para o pai, incrédula.
- Papai! - Vic gritou em indignação. Gui levantou a mão para silenciá-la.


Gui então passou a explicar as regras do namoro de sua filha mais velha, levando Vic a ficar indignada. Resumindo as tais regras: ser respeitoso, trazê-la para casa até as 11 horas da noite, e saber onde ele morava. Típico.


Até que Gui chegou ao fim de seu discurso e Vic pôde finalmente sair de casa e ir para seu tão esperado encontro. Ela agarrou a mão de Teddy e praticamente saiu correndo de sua casa.
- Depressa, - ela insistiu para ele - antes que ele pense em mais alguma regra estúpida!


Teddy riu de sua angústia:
- Não foi tão ruim assim, Vic. Eu acho que foi tudo bastante razoável. - Vic bufou. Teddy riu novamente - Você tem que ver o ponto de vista dele. Ele confiou em mim por anos, era apenas uma questão de tempo antes que inventasse algumas regras agora que você está...crescidinha - ele brincou e Vic riu genuinamente - Poderia ter sido pior, - continuou. - pelo menos ele não bateu em mim.

N/A: Foi mal a demora novamente! Mas enfim, tá aí! O que acharam do Gui-super-protetor? Hahahaha, acho que é assim com todos os pais que tem filhas moças. Gui é extremamente parecido com o meu pai nesse quesito...por isso compreendo a Victoire perfeitamente, hahaha. E vocês? Curtiram? Beijão. 

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 4

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por leleticia Le Parckinson em 22/04/2012

FOFO, LINDO, ESPECIAL! (L) 

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Lana Silva em 20/04/2012

Eu ameiiiii o capitulo, a Dom é uma louca kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Teddy se saiu muito bem. Acho que se fosse meu pai primeiro atterrorizaria o garoto depois brincaria, é a cara dele fazer isso, sempre que eu o encontro ele pergunta se eu já estou namorando kkkkk e olha que eu tenho 17  kkkkkk . O capitulo foi tão perfeiiiito *-----------------* e se você tá ocupada não tem nada demais não flr, é assim mesmo *-*
bjoooos! 

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Lunna Evans em 19/04/2012

Aii com migo é igualzinho....meu pai diz que eu sou muito nova mas eu jah tenho 14 anos!! Affff.....entendo a vic tbmém *---* ela e o teddy taõ lindolindos juntinhos, eu amo esse casal, eu amo essa fic! A cada capítulo uma novidadaide *-* Gui superparecido com meu pai.....Vic eu ti entendo! Continua postando agente não liga se demorar, com tanto que sejem ta~~o boms quanto este captulo C: beijos2

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por potter e weasley em 19/04/2012
com o meu tb ele e super parecido... afinal eu sou filha unica entao r mais uma coisa... mas tou amando a fic... adoro msm aguardo o proximo cap... bjs
Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.