FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo



______________________________
Visualizando o capítulo:

7. Capítulo VII


Fic: Uma ruiva pertubada - Com capa nova


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Sorrisos, pirulitos, flores e pula-pula.
 
 
Como vão pessoas?
 
Hoje é um dia lindo pra a minha pessoa estrangular alguém!
Instintos assassinos? Não apenas logo hoje, que eu acordo feliz, com vontade de sair por aí pulando que nem uma gazela louca bêbada e cheiradora de Pó de Flú chove ¬¬º
 
Chuva é uma porcaria!
 
Você não falou um dia desses que amava a chuva Gina?
 
Chuva com o Harry cara Mary, com o lindo e maravilhoso do meu Harrylicia
 
Mas porque você está querendo estrangular alguém minha cara Gina?
 
Porque eu tive uma crise emocional, estou maléfica e virei emo!
 
Minha musiquinha de emo:
 
Eu virei emoooooooo!
Por tudo eu choroooooo!
Minha franja de lado
Meu jeito caldo
Eu virei emoooooooo!
Agora tô aqui
Eu virei emooooooooo
E depois de fudriiiiiii!
Wow!
 
E detalhes ainda tem o gritinho daquele carinha trouxa que andava pra trás. Ele era sinistro.
 
Olha, olha eu sei andar pra trás que nem ele. Omg *-*
 
~Tutx, tutx. Tuxt tuxt. Tuxt tuxt. Tuxt tuxt!Wow!~
 
 
AIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII!
 
Meu pezinho!!!  Eu estava aqui linda e maravilhosa dando o meu show quando bato o meu calcanhar no prego do é da minha cama.
 
Penta que pariu o meu gato pôs um ovo
Gato não põe ovo
Penta que pariu de novo
 
Isso doi pra caramba!
 
Omg, tem alguma coisa molhando o meu pée!
 
Ahhhhhh! Eu tô derretendo aos poucos! Minhas tripas derreteram e tão saindo de dentro do meu corpo! MEU ESTÔMAGO TÁ INDO EMBORA, EU SINDO AS FILHAS DA PATA DAS BORBOLETAS SE ESVASIANDO DELE!!!!
 
Socorro, eu ainda nem fiz meu testamento!
 
Ook, respira Gina, faz agora.
 
Eu deixo meu quarto e minhas roupas pra Hermione.
Deixo todas os meus pertences pro Ron
Meus sapatos pro Arn
Minha família pra a Mary
E deixo pra o Harry as minhas calcinhas!
AHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH
 
Pera, deixar as calcinhas com o Harry?
Tanto faz eu tô derretendo mesmo. Omg!!!! Eu vou ver meus amigos pela última vez
 
Eu to descendo as escadas do dormitório de pops. hehehe. Já que eu vou morrer não preciso me preocupar em ter hemorróida.
 
Eu tô aqui sentada no fim da escada e o Ron tá engolindo a Hermione e ainda nem me viram. ¬¬º Alôoo! Eu tô derretendo, podem olhar ou eu preciso usar meus dotes artísticos e desenhar?
 
-Toww! – Eu gritei e o Ron olhou pra mim, ele e a Hermione vieram me acudir.
 
- Gina o que houve?
 
- Eu tô morrendo Ron. Socorro!
 
- Rony, pega ela e senta no sofá! Faz alguma coisa seu retardado, ela é a sua irmã e minha amiga! – É isso ai Maçã. Bota pra ferrar, nos somos as fontásticas! YEAH!
 
- Certo, certo.
 
O Tow me pegou e me colocou no sofá, olha o Harry me viu tá descendo as escadas correndo! Tsc, Tsc, vai que ele cai tropeça e ganha uma hemorróida? Eu não quero a pops do meu futuro marido e pais dos meus 17 filhos com hemorróida. Ou vocês acham que eu não vou babar pela pops dele quando agente se casar? É ruim viu. (66)
 
- O que aconteceu Gina? – Ele perguntou se ajoelhando a minha frente.
- Eu estava lá, dançando pra trás, que nem aquele carinha trouxa sinistro...
 
- O Michael Jackson? – Maçã, carinha trouxa e sinistro é mais um nome mais legal.
 
- É esse mesmo! E ai eu bati meu calcanhar no prego e agora eu estou vazando por dentro e minhas tripas derreteram e tão saindo em forma de líquido pela a abertura do um pé. AHHHH E eu vou morrer a qualquer segundo.
 
- Gina, é só sangue.
 
Eu olhei pra baixo e o meu pé tava vermelho. Ahhhhhh. Agora tá explicado....
 
- O que sai do sangue são os glóbulos... – blá, blá, blá. Hermione chatona. – E não as suas tripas Gina.
 
- Desculpinha inha, inha.
 
- Você me fez quase morrer do coração e perder meu tempo livre antes das aulas pra estar apenas com o pé sangrando Gina Weasley? – Calma Tow, respira, inspira. Sem orelhas vermelhas. Deixe o sangue circular devagar. Respiração cachorrinho.
 
- Er... Eu já pedi desculpa não foi? – Eu peguei uma almofada. AHHH Fiquei deprê. Eu tô usando uma das irmãs de Sirius como escudo. Almofada, Almofadinhas. Sacou?
 
- Gina, pelo amor de Mérlin, você não olha para os próprios pés não garota? – Tow... Menos. Por favor. Você está me reprimindo de ser feliz.
 
 Não se reprima
Não se reprima
Não se reprima
Dança, canta, sobe, desce, vive, corre e pula como eu!
 
- Hey cara vai com calma. – Isso Harry! GO HARRY GO! Me protege! – Ela não queria atrapalhar vocês.
 
- Isso! Eu não queria atrapalhar o momento love de vocês dois. – Bico irresistível ON. Ele tá cedendo. u.u – Sério, foi super sem querer Tow, eu juro juradinho que nunca nunquinha vou fazer mais isso.
 
- Desculpa. - Ele disse sentando do meu lado e me abraçando.  – É que... sei lá! Quem você pensa que é pra me deixar preocupado desse jeito e depois ser nada tãaao grave? Poxa, você é minha irmã e se acontecer algo com você, nossa família me mata e se eu não morrer, eu me mato. – Depois eu sou a exagerada da família... Ele me deu um beijo da testa e eu me levantei.
 
- Eu estou bem pessoinhas do meu coraçãaaao! – Dá doendo ainda. – Vamos cafédamanhanzear agora tudo bem?
 
- Vamos! – O Amora me colocou nas costas e me levou. Detalhe eu tô com a gravata aberta, um pé com o sapato o outro sem e desabelada :D
- Me coloca no chão meu burrinho de carga!
 
- Nãaaaaaao! Você vai comigo até o Salão Principal!
 
- Então espera aí. – Ele parou e me sacudiu pra cima, para poder me segurar melhor. – Vamos propor uma diversão.
 
- Cuma? – Que lentinho...
 
- Tomate, coloque a Maçã nas costas e você e o meu burrinho de carga lindo, vão apostar corrida até o Salão Comunal.
 
- Eu tô dentro. – Ele falou pegando a Hermione sobre os protestos dela. – Amorzinho... – Que meigo *-* Que lindo *-* Que fofo*-* Eu tô vomitando filhotes de gatinhos fofinhos nesse momento *-*  - Só um pouco Mih...
 
- Se isso der confusão... – Ela falou subindo nas costas do meu Tow. Nós Weasleys temos poder de persuasão. GO FAMILY!
 
- O que o perdedor tem que fazer? – Ron-Ron perguntou segurando a “Mih” que já estava usando ele de burro de carga. Bate aqui amiga, nós mulheres temos o poder. Uhúu õ/\ô
 
-Cantar no salão comunal. – Disse o Amora. Que sem graça ¬¬ acho que ele tá com medo de perder e pagar a prenda.
 
Seria mais legal algo tipo. Quem perder vai ter que se declarar pra o Morcegão. Já pensou?
 
“Oh Snape, você é a flor do meu jardim. Meu coração bate só por você e me deixa louca de amor! Vamos nos casar e ter vário filhinhos ensebados *-*”
 
Deixa de ser burra Gina.

Cala a boca Mary!

...

Mary?

...

Mary? Você tá aí?

...

Mary não vá! Fique comigo, não deixe esses E.Ts trouxas malucos te abduzirem.

...
 
Maryylú!

Hehehe te peguei

Que sem graça.¬¬

Eu não achei. :D
 
What? Como assim? A minha consciência tá trollando com a minha pessoa? Tô de mal de você.
 
- Okay, preparar, apontar fooogo! – AHHHHH! O Harry tá correndo, agente tá na frente.
 
Cuma? O Ron tá passando agente. Não pode, não pode. Corre burrinho.
 
- Corre Harry! Para o infinito e além! – Ele me segurou mais forte e correu. Nananana eu tô na frente de novo. Like a boss.
 
-  Coma poeira seus idiotas. – Eu me virei fazendo o “L” com as  mãos na minha testa e fazendo a Hermione gritar com o Ron. Hehehe
 
Um, dois, três. Chegamooooooos! HAAAAAAAAAAAA ~le dancinha da vitória com o Harry~
 
- Não Valeu. – Hermione chata! Não sabe brincar não brinca =P
 
- Valeu sim. Agora vocês vão fazer um dueto. No Salão Principal.
 
- Cuma? – Mais lentos que o amora viu? Nem sei o que fazer. Tsc, tsc.
 
- Isso, isso, isso.
 
- Mas Gina, isso é covardi... – omg, a tia Minnie abriu os grandes tabletes de chocolate.
Tipo, já perceberam que a porta do Salão Principal parece um tablete gigante de chocolate? É cheio de quadradinhos, é marrom... Está me deixando com fome. Tortinhas, não chorem a titia Gina, vai acolher vocês. Tortinhas, tortinhas...
 
FOCO GINA! FOCO
 
Foco. Palavra legal. Será que o foco é o marido da foca? omg, ele deve ser fontalhãao *o*
 
Ah, sim, sim. Voltando. A Tia Minnie tá olhando para as nossas pessoas nesse exato momento.
 
- O que os Senhores fazem perambulando pelos corredores do castelo, antes da refeição matinal? – Minha filha! Era mais fácil dizer: O que a galera tá fazendo por aí na hora de cafédamanhaenzar?
 
- Er... Nós... Meio que... – Hermione sua feia! Usa essa cabeça cheia de informação e faz a coisa mais inteligente nessas horas. *pose do macaco azul da pops rosa do Rei Leão* Minta como uma pinóquia.
 
- É que a Gina se machucou Professora. – Vai Harryyyy! GO! GO! – E nós estávamos tentando convencê-la de ir a ala hospitalar.
 
- E o que os Senhores fazem aqui? O pé da Srta. Weasley ainda está machucado. – Minnie malvada. ¬¬ Eu vou falar pra o Dumby dá uns pegas nela. Hehehe Ai todo mundo fica feliz =D – Sr. Potter, pode acompanhar a Srta Weasley até a ala hospitalar?
 
- Sim Professora. – Vamos logo. Vamos logo antes que ela resolva mandar essa cambada de gente atrás de nós.
 
- E os Senhores, podem entrar. O café já está servido.
 
- Sim Professora.
 
- Srta Weasley, dependendo do seu estado físico, você pode está liberada das aulas de hoje. Mas só quem irá decidir é Papoula, então, dirija-se imediatamente a ala hospitalar.
 
- Valeu tia Minnie! – Eu gritei e abracei ela. Acho que o povão do Salão Principal escutou. Hehehe.
 
 - Vamos Gin. – O Harry me colocou nas costas de novo e formos para a ala hospitalar.
 
Chegamos lá o Harry me colocou em uma das camas. E foi chamar a Pompy.
 
- O que houve Sr. Potter? Quem foi dessa vez? A Srta. Granger ou o Sr. Weasley?
 
- Madame Pompy! – Eu falei balançando os braços no alto.
 
- Srta Weasley? – Ela fez cara de espanto. Omg, eu sou tão esquisita assim? – Qual seu problema.
 
- Meu pé Madame Pompy. Ele foi terrivelmente machucado.
 
- Deixe-me ver garota. – Eu levantei meu pé e ela olhou. Essa droga ainda tá sangrando ¬¬. Nem doi mais.
 
AHHHHHH *-* Será que eu posso me livrar das aulas, mentido e dizendo que não estou bem? E será que eu posso livrar o Harry dessa e agente sai pra passear por aí *-*
 
- Dói muito Pompy. – Cara de choro ON hehehe Sigam a mestra. – Mal consigo pisar no chão... O Harry teve que me trazer nas costas Pompy. Pobrezinho não?
 
- Sim, sim. Acho que tenho um remédio ideal para você. – Ela mexeu em uns vidrinhos lá e me deu um laranja pra tomar. *o* parou de sangrar. Tipo foi muitaaaço rápido.
Mas eu vou ficar sem aula! Ainda vou.
 
- Melhor não? – Ela perguntou sorrindo satisfeita. Vamos tirar esse sorrisinho daí. Tá de deboche comigo minha querida? Eu vou passar o dia hoje sem aula. Satisfação.
 
- Madame Pompy, eu acho que essa poção não me fez bem. – Eu disse fingindo Náuseas. – Está me dando náuseas. Não sei se poderei me concentrar nas aulas com náuseas e hiiiiiii... dor de cabeça.
 
- Tudo bem, tudo bem minha querida. São apenas efeitos colaterais. Mas eu vou avisar a Professora Minerva que você está dispensada.
 
- Pompy? – Ele virou pra mim antes de sair. Hora de fazer o Amora ser dispensado também. – Será que a Senhora pode falar com a Tia Minnie para liberar o Harry também? Sabe... Ele pode me ajudar e me vigiar. Vai que eu tenha uma febre ou algo do tipo e fique morrendo lá. E além do mais, que com o Harry, eu posso sair daqui e passar o dia quietinha no Salão Comunal lendo livros.
 
Ela suspirou depois do meu longo e convincente discurso e falou:
 
- Tudo bem Srta. Weasley. – Viva *-*  Eu sou ou não sou de mais? -  Você e o Sr. Potter estarão liberados das aulas da hoje. Podem se retirar.
 
- Mérlin Gina. – Ele falou quando agente tava no corredor. – Você é demais sabia?  Mas logo hoje três aulas com o lindo e sedução do Professor Snape?
 
- Nossa, eu não sabia que você tinha um amor reprimido pelo Snapinho... Me desculpe.
 
Eu olhei pra ele e começamos e rir que nem dois idiotas com sarapintose. =D
 
- Vamos. – Ele pegou na minha mão e saiu me puxando pelos corredores.
 
- Harry, esse não é o caminho pra o Salão Comunal...
 
- Eu sei. – ele respondeu andando mais rápido. – Mas é que hoje nós vamos fugir.
 
Uiiiiiiiiii
 
O jeito é dar uma fugidinha com você
O jeito é dar uma fugida com você
Se você quer
Saber o que vai acontecer
Primeiro a gente foge
Depois a gente vê.
 
******************
Estamos aqui, na passagem secreta que dá pro porão da Dedos de Mel.
 
O Harry tá na frente com o varinha acesa e segurando a minha mão, porque eu tô com preguiça de pegar a minha varinha e ajudá-lo. Hehehe Eu sou muito má.
 
Eu tô matando aula u.u  I’m bad girl :D
E ninguém vai nos pegar, nos somos fondolhões e ninguém tasca. Hehehe. Espera, mas se alguém decidi invadir o Salão Comunal e vir que agente não tá lá? Ou será que aquela poção da Pompy tinha algum tipo de rastreador? oOo  AHHHHH vamos ser rastreados e eu vou ser comida viva pela mamãe e o Harry também NOOOOOOOOOOOO
 
- Harry, não é melhor agente voltar? – Eu perguntei e ele apertou a minha mão. A minha e não a sua =PP
 
- Relaxa Gina. – Isso que eu vi foi o James Potter do Harry?
 
- Ô Harryyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyy... – Eu chamei fazendo uma pose de “Mãe, me tira dessa loja rosa e cheia de fru-fru porque eu quero ir ver os Artigos de Quadribol.”
 
- Sim Ginaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa... – Ele respondeu me fazendo rir em seguida. Foi engraçado.
 
- Se pegarem agente, fedeu o bagulho mano. – Eu falei. Uhúul Me dá um boné, que eu faço um rap e sou do gueto!
 
Rapzinho da MC Gina:
 
Hog-Hog Hogwarts é um lugar de bom rapaz
Só tem um professor que fica para trás
O nome dele é Snape e ele é um bobalhão
Tem que lavar o sebo do cabelo com o sabão
Nas casas de Hogwarts só tem gente bem legal
Eu tô é falando da Grifinória e Corvinal
Mas também tem uns caras que eu quero jogar na quina
Agora eu tô manjando da Lufa-Lufa e Sonserina
O rango de Hogwarts não é um fiasco
Tem os elfinhos feios pra fazer bolo de damasco
A Tia McGonagall comanda a geral
Ela pode ser severa mas também é bem legal
O Dumby é legal, o cara da direção
Ele é um pouco doido e deixa eu ficar de pijamão.
Yow Yow!
 
Eu sou do gueto manolos e manolas. Paz e amor manos.
 
- Não esquenta Gina. Você tá comigo. – E...?
 
- E daí?
 
- E daí que sou eu que agente tá falando né? Harry Potter O Garoto que sobreviveu ou o mais novo título, Harry Potter O Eleito.
 
Pera, pera. Cuma?
 
Eu parei e cruzei os braços. Ele tava rindo e parou.
 
Acho bom, não é nada engraçado.
 
Eu pouco me lixo dele ser Harry Potter o Cara ou seja lá o que for. Eu não gosto desse Harry. Eu gosto do Harry Potter que é amigo, eu gosto do Harry Potter que é estranho, eu gosto do Harry Potter que gosta de ficar com os amigos, eu gosto do Harry Potter que ri feito um bobo comigo, eu gosto do Harry Potter que quando acorda mal-humorado saí por aí descontando no pessoal, eu gosto do Harry Potter que fica sempre com os amigos, eu gosto do Harry Potter que não tem medo, que ri, que brinca e que fica horas e horas comigo no Salão Comunal só falando mal do Snape, eu gosto desse Harry Potter. E foi e sempre será por este Harry Potter que eu sou apaixonada.
 
- Não tem graça. Você está sendo idiota. Eu tô pouco ligando se você é um Deus que Merlin mandou pra fazer o bem para a nação humana. Eu não sou a Vane ou a Chang que “amam” você só porque é o fontástico. Nem eu, nem o Ron, nem a Hermione, nem os meus irmãos, a Luna, o Nev... Você acha que gostamos de você só porque é o Eleito? Não Potter, agente gosta mesmo de você. Pode aparecer o tatara tatara tatara tatara tatara tatara neto de Merlin aqui, e eu tenho certeza que vamos ainda gostar de você. Existem idiotas no mundo Harry, e não me confunda com um deles. – Quem ele acha que é? Ok. Eu sei quem ele é. Dãaan
 
- Desculpe, eu estava só brincando. – Ele disse me abraçando, eu ainda estava emburrada e de braços cruzados.
 
- Brincadeira sem graça. – Ele me apertou ainda mais.
 
- Desculpa, desculpa, desculpa. Me desculpa eternamente. – Ele beijou o topo da minha cabeça e entrelaçou os dedos nos meus. – Eu juro juradinho que nunca nunquinha vou fazer mais isso.
 
- Não faça mais isso. – Eu sorri e nós voltamos a andar.
 
Andamos,andamos e chegamos.
 
Eu subi com o Harry e logo chegamos em Hogsmeade. Não antes dele me comprar um monte de pirulitos. Tem um que muda de cor de acordo com o humor que quem está chupando *-*
 
Eu vou comer ele depois.
 
- Onde vamos? – Eu perguntei segurando a mão dele, que balançava pra lá e pra cá.
 
- Ah, eu quero te mostrar um coisa. – Ele falou sorrindo.
 
- Você quem manda. – Eu bati continência e ele riu. – Meus pirulitos tão com você Harry?
 
- Uhum. No meu bolso. – Nesse momento uma velhinha que tinha cara de fofoqueira deixou os ouvidos bem apurados. Hehehe eu quero brincar.
 
- Amora, tem uma velhinha olhando eu posso brincar? Posso, posso? – Eu perguntei bem baixinho.
 
- Mas só se você deixar eu brincar junto. – Isso serrrr uma marrravilhaa *isso foi um sotaque francês, com algo búlgaro e etc.*
 
- Amor, eu quero o que tem nas suas calças. – Eu falei alto o bastante pra ela escutar. Harry virou o rosto e riu.
 
- Enfia a mão e pega ele querida. – Racheeei. A velhota tá *O* e ainda tentando escutar mais.
 
- Deve ser uma delícia. – A velhota pegou as coisas dela e veio andando em nossa direção.
 
- Claro amor, claro. – Eu coloquei a mão no bolso dele e fingi que estava mexendo em algo.
 
- Que pouca vergonha! – ela bateu a bolsa de couro de dragão no braço do Harry. – Um casal deve ter intimidades, tudo bem, mas não em público.
 
- O que isso senhora. Eu não estou fazendo nada de mais. – Ela me olhou desconfiada e eu puxei o pirulito que muda de cor do bolso dele. – Eu só queria o pirulito que ele me comprou e guardou no bolso.
 
- Oh! Desculpem, desculpem. – Ela se falou saindo corada. Merlin. O Harry tá morrendo de vontade de rir.  – Vocês formam um lindo casal.
 
Três, dois, um...
 
Risadas eternas. omg, o Harry tá vermelho de tanto rir. Ahsahshaushaushauuuuuuasuahsaushaus
 
Ok, recompondo-me.
 
- Vamos.- ele me ofereceu a mão depois de se recompor também.
 
Andamos, eu chupei meu pirulito, que ficou amarelo a maior parte do tempo que segundo o folheto que vinha junto com a embalagem dizia que era extremamente feliz
 
Mas no meio do caminho algo ficou escuro! =O alguém me seqüestrou é o tarado da machadinha AHHHHHHH
 
Pera, eu conheço essas mãos no meu rosto, são as mãos do Harry *-*
- O que você tá fazendo Amora? – Eu perguntou colocando os meus braços em volta da cintura dele por trás. Tipo, assim você que está lendo, coloque a mão nas suas costas como se você fosse fazer uma asa, você consegue tocar as costas? *-* Ótimo, você é tão normal quanto eu. :B Mas como o Harry estava atrás da minha pessoa conseqüentemente eu peguei nas costas dele.
 
- Surpresa. – Ele sussurrou no meu ouvido. Ai paraaaaaaaa Assim eu fico com arrepios. Você quer sentir os meus arrrrepiiios?
 
Ele tirou as mãos do meu rosto o eu vi. Eu vi. Eu juro que vi.
 
Claro sua idiota, você não é cega.
 
Desculpe, eu só queria dar um ar de hipérbole.
 
Voltando, eu vi. Não foi a luz, nem foi Merlin dançando conga se sunga verde e amarela.
 
- Não é lindo? – Ele me perguntou. Tipo, agente tava em um campo de margaridas *-* Que lindo. Um mooonte de margaridas lá.
 
- Eu posso correr? – Eu perguntei pidona.
 
- Vai lá. Corre.
 
Iupyyyyyy! Correndo entre as flores.
 
Stop. Onde tem flores, tem bichinhos, onde tem bichinhos tem borboletas.
 AHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH
 
Eu voltei correndo para o Harry e me joguei nele. Literalmente. Eu estou neste exato momento nos braços lindos, maravilhosos, fortes, deliciosos, perfeitos, enfim do
Amora.
 
- O que foi ruiva? – Ele passou a mão no meu cabelo e me abraçou ainda mais. – Você não gostou?
 
- Será que aqui tem borboletas?
 
- Não. Eu tenho certeza que não. – Ele sorriu e beijou minha testa.
 
- Como você tem certeza. Você não fez um pacto com um ser maior para exterminar as borboletas não foi?
 
-Não Gina. Eu nunca faria um pacto com um ser maior.
 
- Ainda bem. – Ufa. Por um instante eu pensei que ele não era mais o Harry.
 
Eu apertei as bochechas dele, fazendo ele ficar com um biquinho. Que munitinho *-* ele tá tão totozo com essas bochechinhas assim.
- Fala: Eu sou o peixinho chato cheio de sono da Gina
 
- Eu xou um peixinho xato xeio e xono da Xina. – AHHHHHH gamei *-*
 
- Que lindo, que lindo *-*. Meu peixinho mais lindo do universo ^-^ -  Eu dei um beijo da bochecha dele e soltei.  Ele fez a mesma coisa com a minha bochecha.
 
- Sua vez. Fala: Acho que sou um peixinho azul e como Chu-chu chocho
 
- Axo que xou um peixinho axul e como xuxu xoxo.
 
- QUE FOFINHOOOO! – Acho que o Harry endoidou de vez.  Quem ensinou, hãn? Hãn?
 
Agente ficou um tempo lá. Correndo se jogando no chão e rolando até que...
 
Não gente, gente não tirou as roupas e fez coisas feias.
 
Começou a chover e agente correu. Harry me levou nas costas e pegamos a passagem de novo. Eu queria ficar na chuva, mas ele disse que não quer que eu fique dodói =D
 
- Que sem graça. Acabou a minha diversão. – Eu falei. O Harry pegou na minha mão e corremos de novo.
Assim eu vou ficar muito sexy com o meu corpinho de atleta. u.u Mas que fique bem claro que eu vou ficar sexy pro Harry okay? Ruun
 
- Chegamos. –Agente parou na frente de uma parede.
 
- A Sala Precisa! *-*
 
- Sim. Tenha as honras. – Ele falou dando um passo para trás e esperando.
 
Eu fechei os olhos e pensei. *-* omg, eu pensei que fontalhão *-* isso vai ser de mais.
 
A porta começou a se formar e taram!
 
- Vamos. – abri a porta e arrastei o Harry.
 
- Wow! – A Sala estava decorada com colchões. Tudo eram colchões. O chão, as paredes, o teto *-*
 
Eu tirei meus sapatos e joguei em um canto da sala e comecei a pular nos colchões. São colchões fofos que fazem agente pular bem alto.
 
Eu pulava de bunda, e depois ficava de pé, eu pulava e dava uma pirueta no ar.
 Cadê o Harry? Ele tá rindo e me olhando. Que sem graça.
 
- Vem Harry. – Eu pulei chamando ele. Ele tirou os sapatos e começou a pular também.
 
- Pula Gina! - Ele me derrubou delicadamente, mesmo sabendo que eu não iria me machucar.
 
- AHHHHHH! Vamos brincar de lutinha Harry! – Eu falei empurrando ele contra a parede fofinha.
 
- Vai ter volta Gina! – Ele segurou meu braços e me deu uma rasteira. Eu cai de bunda e ele me estendeu a mão.
 
- Eu me recuso a levantar com sua ajuda. – Eu segurei a barra da calça dele e puxei. Ele caiu e ficamos rindo. Oi, somos um casal de Neandertais.- Levanta essa bunda daí e vamos pular.
 
*OOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO*  o Amora é um ninja! Saca só, ele sabe fazer aquela coisinha de jogar as pernas pra frente e levantar o resto do corpo.
 
Eu me levantei e de repente algo me atingiu. Nada que machucasse, mas fui pega desprevenida.
 
Harry ria com um travesseiro na mão. Como?
 
Eu peguei um travesseiro que estava nos meus pés e taquei nele. O óculos dele caiu e olha *-* São mais verdes ainda sem os óculos. Que bonitinhos.
 
- Atacar!!- Ele jogou o travesseiro e começamos uma guerra de travesseiros. AHHHHHHH
 
Agora eu estou aqui, quietinha, abraçada com nada mais do que o meu Amora delicia. E com toda a licença do momento, eu vou dormir. Até mais.
 
_____________________________________________________________________
 
N/B: omg, a Gina é persuasiva e a criatividade dela não falha nunca com as musiquinhas. Me perdoem por qualquer erro ook. Mas é que esse capitulo ficou muuuito grande. Tipo 12 folhas no Word *o* o N/B vai ser curto por conta da chata da minha prima que por um acaso é a autora dessa fic está dormindo. (Ela fica fofinha enquanto dorme que eu quero apertar as bochechas dela. Ela tem bochechas fofinhas *annw*  ) e se ela acordar e me ver aqui eu morro. Então xauzinho.
 
N/A: Oiie! *-*  Como vão? Capítulo postado. Meio que a fic já tá tomando o rumo... Mas ainda tem epílogo. Hehe Eu demorei a postar porque estou nas últimas provas e eu não quero bombar em nenhuma matéria. =D Então sabem né... Mas falando do capítulo, eu estou aqui cheia de papeiszinhos de pirulitos na mesinha do meu note e sustentando meu vicio por pirulitos que é igual o da Gina  Essas coisas foram inspiradas nos momentos diversão que eu tenho com meus amigos. E o peixinho axul? Minhas amigas super desenvolvidas por bochechas fazem isso comigo. E ainda ficam apertando.  Eu vou denunciá-las! No fim do dia minhas bochecas fofinhas(sim eu tenho bochechas fofinhas) ficam dormentes.
 
Gostaram da Gina cantando rap? E o Yo-Yo no final deu um toque tão...
 
Mas como o natal tá chegando  eu vou fazer o próximo capítulo em clima natalino só pra vocês se situarem. E eu quero avisar que no dia 14 de dezembro eu vou postar um capítulo, e eu quero muitos comentários nele. Não sei se vai ser o capitulo 8 ou 9 ou 10 ou o epílogo. Eu sei que eu vou postar. Porque vai ser o dia do meu aniversário  e eu quero muitos comentário de presente dos meus leitores lindos e maravilhosos
 
Mas agora vamos ao comentários com uma pessoa especial de convidada porque um dos comentários foi dirigido a ela então...
 
Gina: Aqui estou eu! *dividindo a cadeira com a Angie*
 
Angie: Pronta pra responder os comentários Cenoura?
 
Gina: Mais que pronta minha goiabinha *-*
 
Angie: Eu sou uma goiaba linda e gostosa uuui.
 
Gina: Vamos logo *consultando os comentários na fic* Temos a sua fiel escudeira a Bárbara JR.
 
Angie: Vamos responde - lá sim *imitando a voz do macaco do Rei Leão*
 
Bárbara JR.
 
Angie: O final ficou fofo não foi? Ficou sim, ficou ficadinho *-*
 
Gina: O Harry é um fofo não é gente? *coro: Annnnw*
 
Angie: AHHHHHH de onde veio esse coro Cenoura?
 
Gina: Não sei Goiaba.
 
Angie: Acho que foram as formigas super desenvolvidas.
 
Gina: *coloca as pernas em cima da cadeira* por precaução. Mas voltando.
 
Angie: Os dotes artísticos da Cenoura são fontalhões de mais *-* Não é cenoura?
 
Gina: *desenhando alguma coisa*
 
Angie: Bom, a Gina sabe que os dotes delas são lindos e são tão abstratos que as vezes confundem as pessoas as vezes.
 
Gina: Eu desculpo você. Afinal, você se dedica tanto lendo a minha vida e não é uma coisa fácil de aturar e ainda gosta da minha goiaba então =D
 
Angie: O que é isso? * apontando pra o papel na mão da Cenoura*
 
Gina: O desenho que eu fiz.
 

 
Angie: Tá perfeito *-* Tem a cor do um cabelo, a minha camisa das Relíquias da Morte e até minha transversal
 
Gina: Esqueceu o all star vermelho *-* Eu achei umas canetinhas coloridas aqui e fiz com cor *-*
 
Angie: Gina, eu te amo. Na boa você é a irmã que eu nunca tive.
 
Gina: *abraçando a Angie* Eu te amo Goiaba. Minha irmã
 
Angie: u.u.u.u.u *dancinha* Agora eu sou uma Weasley *-*
 
Voltando. Bárbara JR. Obrigada por comentar a fic. Eu já disse que te amo? Não? Na boa eu te amo mesmo. Só você pra me fazer feliz comentando a fic u.u Comente sempre *-*
 
Gina: Próximo comentário Lorena Keyse
 
Lorena Keyse
 
Gina: Adorei você. Viu ela sabe que eu desenho bem. Não são pra todas heein?
 
Angie: Bala... Isso me dá vontade de comer algo doce... hm...
 
Gina e Angie: Pirulitos *-* AHHHHHHHHH
 
*Duas loucas dançando com um pirulito de laranja na boca*
 
De volta Lorena Keyse Valeu por comentar *-* Eu sei que as vezes a Gina confunde tudo, mas é o que dá não é mesmo? =3 Valeu comente sempre ook?
 
Notas de rodapé: Espero que tenham gostado do capítulo *-* Pergunta, tem algum garoto lendo a minha fic? Se tiver comenta pliss?
 
Outra pergunta, alguém sabe como mudar a idade no perfil do FeB? O meu perfil diz que eu tenho 21 anos, eu não tenho 21 anos, eu nem tô perto dos 16 imagina dos 21. (Nada contra com quem tem 21) E falando de perfil eu to me sentido a poderosa porque eu consegui colocar uma foto no meu avatar *-* Que lindo
 
Bom, é só isso pessoal.
 
Beijocas cheias de doce por causa do meu pirulito de laranja *-*

Sorrisos, pirulitos, flores e pula-pula.
 
 
Como vão pessoas?
 
Hoje é um dia lindo pra a minha pessoa estrangular alguém!
Instintos assassinos? Não apenas logo hoje, que eu acordo feliz, com vontade de sair por aí pulando que nem uma gazela louca bêbada e cheiradora de Pó de Flú chove ¬¬º
 
Chuva é uma porcaria!
 
Você não falou um dia desses que amava a chuva Gina?
 
Chuva com o Harry cara Mary, com o lindo e maravilhoso do meu Harrylicia
 
Mas porque você está querendo estrangular alguém minha cara Gina?
 
Porque eu tive uma crise emocional, estou maléfica e virei emo!
 
Minha musiquinha de emo:
 
Eu virei emoooooooo!
Por tudo eu choroooooo!
Minha franja de lado
Meu jeito caldo
Eu virei emoooooooo!
Agora tô aqui
Eu virei emooooooooo
E depois de fudriiiiiii!
Wow!
 
E detalhes ainda tem o gritinho daquele carinha trouxa que andava pra trás. Ele era sinistro.
 
Olha, olha eu sei andar pra trás que nem ele. Omg *-*
 
~Tutx, tutx. Tuxt tuxt. Tuxt tuxt. Tuxt tuxt!Wow!~
 
 
AIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII!
 
Meu pezinho!!!  Eu estava aqui linda e maravilhosa dando o meu show quando bato o meu calcanhar no prego do é da minha cama.
 
Penta que pariu o meu gato pôs um ovo
Gato não põe ovo
Penta que pariu de novo
 
Isso doi pra caramba!
 
Omg, tem alguma coisa molhando o meu pée!
 
Ahhhhhh! Eu tô derretendo aos poucos! Minhas tripas derreteram e tão saindo de dentro do meu corpo! MEU ESTÔMAGO TÁ INDO EMBORA, EU SINDO AS FILHAS DA PATA DAS BORBOLETAS SE ESVASIANDO DELE!!!!
 
Socorro, eu ainda nem fiz meu testamento!
 
Ook, respira Gina, faz agora.
 
Eu deixo meu quarto e minhas roupas pra Hermione.
Deixo todas os meus pertences pro Ron
Meus sapatos pro Arn
Minha família pra a Mary
E deixo pra o Harry as minhas calcinhas!
AHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH
 
Pera, deixar as calcinhas com o Harry?
Tanto faz eu tô derretendo mesmo. Omg!!!! Eu vou ver meus amigos pela última vez
 
Eu to descendo as escadas do dormitório de pops. hehehe. Já que eu vou morrer não preciso me preocupar em ter hemorróida.
 
Eu tô aqui sentada no fim da escada e o Ron tá engolindo a Hermione e ainda nem me viram. ¬¬º Alôoo! Eu tô derretendo, podem olhar ou eu preciso usar meus dotes artísticos e desenhar?
 
-Toww! – Eu gritei e o Ron olhou pra mim, ele e a Hermione vieram me acudir.
 
- Gina o que houve?
 
- Eu tô morrendo Ron. Socorro!
 
- Rony, pega ela e senta no sofá! Faz alguma coisa seu retardado, ela é a sua irmã e minha amiga! – É isso ai Maçã. Bota pra ferrar, nos somos as fontásticas! YEAH!
 
- Certo, certo.
 
O Tow me pegou e me colocou no sofá, olha o Harry me viu tá descendo as escadas correndo! Tsc, Tsc, vai que ele cai tropeça e ganha uma hemorróida? Eu não quero a pops do meu futuro marido e pais dos meus 17 filhos com hemorróida. Ou vocês acham que eu não vou babar pela pops dele quando agente se casar? É ruim viu. (66)
 
- O que aconteceu Gina? – Ele perguntou se ajoelhando a minha frente.
- Eu estava lá, dançando pra trás, que nem aquele carinha trouxa sinistro...
 
- O Michael Jackson? – Maçã, carinha trouxa e sinistro é mais um nome mais legal.
 
- É esse mesmo! E ai eu bati meu calcanhar no prego e agora eu estou vazando por dentro e minhas tripas derreteram e tão saindo em forma de líquido pela a abertura do um pé. AHHHH E eu vou morrer a qualquer segundo.
 
- Gina, é só sangue.
 
Eu olhei pra baixo e o meu pé tava vermelho. Ahhhhhh. Agora tá explicado....
 
- O que sai do sangue são os glóbulos... – blá, blá, blá. Hermione chatona. – E não as suas tripas Gina.
 
- Desculpinha inha, inha.
 
- Você me fez quase morrer do coração e perder meu tempo livre antes das aulas pra estar apenas com o pé sangrando Gina Weasley? – Calma Tow, respira, inspira. Sem orelhas vermelhas. Deixe o sangue circular devagar. Respiração cachorrinho.
 
- Er... Eu já pedi desculpa não foi? – Eu peguei uma almofada. AHHH Fiquei deprê. Eu tô usando uma das irmãs de Sirius como escudo. Almofada, Almofadinhas. Sacou?
 
- Gina, pelo amor de Mérlin, você não olha para os próprios pés não garota? – Tow... Menos. Por favor. Você está me reprimindo de ser feliz.
 
 Não se reprima
Não se reprima
Não se reprima
Dança, canta, sobe, desce, vive, corre e pula como eu!
 
- Hey cara vai com calma. – Isso Harry! GO HARRY GO! Me protege! – Ela não queria atrapalhar vocês.
 
- Isso! Eu não queria atrapalhar o momento love de vocês dois. – Bico irresistível ON. Ele tá cedendo. u.u – Sério, foi super sem querer Tow, eu juro juradinho que nunca nunquinha vou fazer mais isso.
 
- Desculpa. - Ele disse sentando do meu lado e me abraçando.  – É que... sei lá! Quem você pensa que é pra me deixar preocupado desse jeito e depois ser nada tãaao grave? Poxa, você é minha irmã e se acontecer algo com você, nossa família me mata e se eu não morrer, eu me mato. – Depois eu sou a exagerada da família... Ele me deu um beijo da testa e eu me levantei.
 
- Eu estou bem pessoinhas do meu coraçãaaao! – Dá doendo ainda. – Vamos cafédamanhanzear agora tudo bem?
 
- Vamos! – O Amora me colocou nas costas e me levou. Detalhe eu tô com a gravata aberta, um pé com o sapato o outro sem e desabelada :D
- Me coloca no chão meu burrinho de carga!
 
- Nãaaaaaao! Você vai comigo até o Salão Principal!
 
- Então espera aí. – Ele parou e me sacudiu pra cima, para poder me segurar melhor. – Vamos propor uma diversão.
 
- Cuma? – Que lentinho...
 
- Tomate, coloque a Maçã nas costas e você e o meu burrinho de carga lindo, vão apostar corrida até o Salão Comunal.
 
- Eu tô dentro. – Ele falou pegando a Hermione sobre os protestos dela. – Amorzinho... – Que meigo *-* Que lindo *-* Que fofo*-* Eu tô vomitando filhotes de gatinhos fofinhos nesse momento *-*  - Só um pouco Mih...
 
- Se isso der confusão... – Ela falou subindo nas costas do meu Tow. Nós Weasleys temos poder de persuasão. GO FAMILY!
 
- O que o perdedor tem que fazer? – Ron-Ron perguntou segurando a “Mih” que já estava usando ele de burro de carga. Bate aqui amiga, nós mulheres temos o poder. Uhúu õ/\ô
 
-Cantar no salão comunal. – Disse o Amora. Que sem graça ¬¬ acho que ele tá com medo de perder e pagar a prenda.
 
Seria mais legal algo tipo. Quem perder vai ter que se declarar pra o Morcegão. Já pensou?
 
“Oh Snape, você é a flor do meu jardim. Meu coração bate só por você e me deixa louca de amor! Vamos nos casar e ter vário filhinhos ensebados *-*”
 
Deixa de ser burra Gina.

Cala a boca Mary!

...

Mary?

...

Mary? Você tá aí?

...

Mary não vá! Fique comigo, não deixe esses E.Ts trouxas malucos te abduzirem.

...
 
Maryylú!

Hehehe te peguei

Que sem graça.¬¬

Eu não achei. :D
 
What? Como assim? A minha consciência tá trollando com a minha pessoa? Tô de mal de você.
 
- Okay, preparar, apontar fooogo! – AHHHHH! O Harry tá correndo, agente tá na frente.
 
Cuma? O Ron tá passando agente. Não pode, não pode. Corre burrinho.
 
- Corre Harry! Para o infinito e além! – Ele me segurou mais forte e correu. Nananana eu tô na frente de novo. Like a boss.
 
-  Coma poeira seus idiotas. – Eu me virei fazendo o “L” com as  mãos na minha testa e fazendo a Hermione gritar com o Ron. Hehehe
 
Um, dois, três. Chegamooooooos! HAAAAAAAAAAAA ~le dancinha da vitória com o Harry~
 
- Não Valeu. – Hermione chata! Não sabe brincar não brinca =P
 
- Valeu sim. Agora vocês vão fazer um dueto. No Salão Principal.
 
- Cuma? – Mais lentos que o amora viu? Nem sei o que fazer. Tsc, tsc.
 
- Isso, isso, isso.
 
- Mas Gina, isso é covardi... – omg, a tia Minnie abriu os grandes tabletes de chocolate.
Tipo, já perceberam que a porta do Salão Principal parece um tablete gigante de chocolate? É cheio de quadradinhos, é marrom... Está me deixando com fome. Tortinhas, não chorem a titia Gina, vai acolher vocês. Tortinhas, tortinhas...
 
FOCO GINA! FOCO
 
Foco. Palavra legal. Será que o foco é o marido da foca? omg, ele deve ser fontalhãao *o*
 
Ah, sim, sim. Voltando. A Tia Minnie tá olhando para as nossas pessoas nesse exato momento.
 
- O que os Senhores fazem perambulando pelos corredores do castelo, antes da refeição matinal? – Minha filha! Era mais fácil dizer: O que a galera tá fazendo por aí na hora de cafédamanhaenzar?
 
- Er... Nós... Meio que... – Hermione sua feia! Usa essa cabeça cheia de informação e faz a coisa mais inteligente nessas horas. *pose do macaco azul da pops rosa do Rei Leão* Minta como uma pinóquia.
 
- É que a Gina se machucou Professora. – Vai Harryyyy! GO! GO! – E nós estávamos tentando convencê-la de ir a ala hospitalar.
 
- E o que os Senhores fazem aqui? O pé da Srta. Weasley ainda está machucado. – Minnie malvada. ¬¬ Eu vou falar pra o Dumby dá uns pegas nela. Hehehe Ai todo mundo fica feliz =D – Sr. Potter, pode acompanhar a Srta Weasley até a ala hospitalar?
 
- Sim Professora. – Vamos logo. Vamos logo antes que ela resolva mandar essa cambada de gente atrás de nós.
 
- E os Senhores, podem entrar. O café já está servido.
 
- Sim Professora.
 
- Srta Weasley, dependendo do seu estado físico, você pode está liberada das aulas de hoje. Mas só quem irá decidir é Papoula, então, dirija-se imediatamente a ala hospitalar.
 
- Valeu tia Minnie! – Eu gritei e abracei ela. Acho que o povão do Salão Principal escutou. Hehehe.
 
 - Vamos Gin. – O Harry me colocou nas costas de novo e formos para a ala hospitalar.
 
Chegamos lá o Harry me colocou em uma das camas. E foi chamar a Pompy.
 
- O que houve Sr. Potter? Quem foi dessa vez? A Srta. Granger ou o Sr. Weasley?
 
- Madame Pompy! – Eu falei balançando os braços no alto.
 
- Srta Weasley? – Ela fez cara de espanto. Omg, eu sou tão esquisita assim? – Qual seu problema.
 
- Meu pé Madame Pompy. Ele foi terrivelmente machucado.
 
- Deixe-me ver garota. – Eu levantei meu pé e ela olhou. Essa droga ainda tá sangrando ¬¬. Nem doi mais.
 
AHHHHHH *-* Será que eu posso me livrar das aulas, mentido e dizendo que não estou bem? E será que eu posso livrar o Harry dessa e agente sai pra passear por aí *-*
 
- Dói muito Pompy. – Cara de choro ON hehehe Sigam a mestra. – Mal consigo pisar no chão... O Harry teve que me trazer nas costas Pompy. Pobrezinho não?
 
- Sim, sim. Acho que tenho um remédio ideal para você. – Ela mexeu em uns vidrinhos lá e me deu um laranja pra tomar. *o* parou de sangrar. Tipo foi muitaaaço rápido.
Mas eu vou ficar sem aula! Ainda vou.
 
- Melhor não? – Ela perguntou sorrindo satisfeita. Vamos tirar esse sorrisinho daí. Tá de deboche comigo minha querida? Eu vou passar o dia hoje sem aula. Satisfação.
 
- Madame Pompy, eu acho que essa poção não me fez bem. – Eu disse fingindo Náuseas. – Está me dando náuseas. Não sei se poderei me concentrar nas aulas com náuseas e hiiiiiii... dor de cabeça.
 
- Tudo bem, tudo bem minha querida. São apenas efeitos colaterais. Mas eu vou avisar a Professora Minerva que você está dispensada.
 
- Pompy? – Ele virou pra mim antes de sair. Hora de fazer o Amora ser dispensado também. – Será que a Senhora pode falar com a Tia Minnie para liberar o Harry também? Sabe... Ele pode me ajudar e me vigiar. Vai que eu tenha uma febre ou algo do tipo e fique morrendo lá. E além do mais, que com o Harry, eu posso sair daqui e passar o dia quietinha no Salão Comunal lendo livros.
 
Ela suspirou depois do meu longo e convincente discurso e falou:
 
- Tudo bem Srta. Weasley. – Viva *-*  Eu sou ou não sou de mais? -  Você e o Sr. Potter estarão liberados das aulas da hoje. Podem se retirar.
 
- Mérlin Gina. – Ele falou quando agente tava no corredor. – Você é demais sabia?  Mas logo hoje três aulas com o lindo e sedução do Professor Snape?
 
- Nossa, eu não sabia que você tinha um amor reprimido pelo Snapinho... Me desculpe.
 
Eu olhei pra ele e começamos e rir que nem dois idiotas com sarapintose. =D
 
- Vamos. – Ele pegou na minha mão e saiu me puxando pelos corredores.
 
- Harry, esse não é o caminho pra o Salão Comunal...
 
- Eu sei. – ele respondeu andando mais rápido. – Mas é que hoje nós vamos fugir.
 
Uiiiiiiiiii
 
O jeito é dar uma fugidinha com você
O jeito é dar uma fugida com você
Se você quer
Saber o que vai acontecer
Primeiro a gente foge
Depois a gente vê.
 
******************
Estamos aqui, na passagem secreta que dá pro porão da Dedos de Mel.
 
O Harry tá na frente com o varinha acesa e segurando a minha mão, porque eu tô com preguiça de pegar a minha varinha e ajudá-lo. Hehehe Eu sou muito má.
 
Eu tô matando aula u.u  I’m bad girl :D
E ninguém vai nos pegar, nos somos fondolhões e ninguém tasca. Hehehe. Espera, mas se alguém decidi invadir o Salão Comunal e vir que agente não tá lá? Ou será que aquela poção da Pompy tinha algum tipo de rastreador? oOo  AHHHHH vamos ser rastreados e eu vou ser comida viva pela mamãe e o Harry também NOOOOOOOOOOOO
 
- Harry, não é melhor agente voltar? – Eu perguntei e ele apertou a minha mão. A minha e não a sua =PP
 
- Relaxa Gina. – Isso que eu vi foi o James Potter do Harry?
 
- Ô Harryyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyy... – Eu chamei fazendo uma pose de “Mãe, me tira dessa loja rosa e cheia de fru-fru porque eu quero ir ver os Artigos de Quadribol.”
 
- Sim Ginaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa... – Ele respondeu me fazendo rir em seguida. Foi engraçado.
 
- Se pegarem agente, fedeu o bagulho mano. – Eu falei. Uhúul Me dá um boné, que eu faço um rap e sou do gueto!
 
Rapzinho da MC Gina:
 
Hog-Hog Hogwarts é um lugar de bom rapaz
Só tem um professor que fica para trás
O nome dele é Snape e ele é um bobalhão
Tem que lavar o sebo do cabelo com o sabão
Nas casas de Hogwarts só tem gente bem legal
Eu tô é falando da Grifinória e Corvinal
Mas também tem uns caras que eu quero jogar na quina
Agora eu tô manjando da Lufa-Lufa e Sonserina
O rango de Hogwarts não é um fiasco
Tem os elfinhos feios pra fazer bolo de damasco
A Tia McGonagall comanda a geral
Ela pode ser severa mas também é bem legal
O Dumby é legal, o cara da direção
Ele é um pouco doido e deixa eu ficar de pijamão.
Yow Yow!
 
Eu sou do gueto manolos e manolas. Paz e amor manos.
 
- Não esquenta Gina. Você tá comigo. – E...?
 
- E daí?
 
- E daí que sou eu que agente tá falando né? Harry Potter O Garoto que sobreviveu ou o mais novo título, Harry Potter O Eleito.
 
Pera, pera. Cuma?
 
Eu parei e cruzei os braços. Ele tava rindo e parou.
 
Acho bom, não é nada engraçado.
 
Eu pouco me lixo dele ser Harry Potter o Cara ou seja lá o que for. Eu não gosto desse Harry. Eu gosto do Harry Potter que é amigo, eu gosto do Harry Potter que é estranho, eu gosto do Harry Potter que gosta de ficar com os amigos, eu gosto do Harry Potter que ri feito um bobo comigo, eu gosto do Harry Potter que quando acorda mal-humorado saí por aí descontando no pessoal, eu gosto do Harry Potter que fica sempre com os amigos, eu gosto do Harry Potter que não tem medo, que ri, que brinca e que fica horas e horas comigo no Salão Comunal só falando mal do Snape, eu gosto desse Harry Potter. E foi e sempre será por este Harry Potter que eu sou apaixonada.
 
- Não tem graça. Você está sendo idiota. Eu tô pouco ligando se você é um Deus que Merlin mandou pra fazer o bem para a nação humana. Eu não sou a Vane ou a Chang que “amam” você só porque é o fontástico. Nem eu, nem o Ron, nem a Hermione, nem os meus irmãos, a Luna, o Nev... Você acha que gostamos de você só porque é o Eleito? Não Potter, agente gosta mesmo de você. Pode aparecer o tatara tatara tatara tatara tatara tatara neto de Merlin aqui, e eu tenho certeza que vamos ainda gostar de você. Existem idiotas no mundo Harry, e não me confunda com um deles. – Quem ele acha que é? Ok. Eu sei quem ele é. Dãaan
 
- Desculpe, eu estava só brincando. – Ele disse me abraçando, eu ainda estava emburrada e de braços cruzados.
 
- Brincadeira sem graça. – Ele me apertou ainda mais.
 
- Desculpa, desculpa, desculpa. Me desculpa eternamente. – Ele beijou o topo da minha cabeça e entrelaçou os dedos nos meus. – Eu juro juradinho que nunca nunquinha vou fazer mais isso.
 
- Não faça mais isso. – Eu sorri e nós voltamos a andar.
 
Andamos,andamos e chegamos.
 
Eu subi com o Harry e logo chegamos em Hogsmeade. Não antes dele me comprar um monte de pirulitos. Tem um que muda de cor de acordo com o humor que quem está chupando *-*
 
Eu vou comer ele depois.
 
- Onde vamos? – Eu perguntei segurando a mão dele, que balançava pra lá e pra cá.
 
- Ah, eu quero te mostrar um coisa. – Ele falou sorrindo.
 
- Você quem manda. – Eu bati continência e ele riu. – Meus pirulitos tão com você Harry?
 
- Uhum. No meu bolso. – Nesse momento uma velhinha que tinha cara de fofoqueira deixou os ouvidos bem apurados. Hehehe eu quero brincar.
 
- Amora, tem uma velhinha olhando eu posso brincar? Posso, posso? – Eu perguntei bem baixinho.
 
- Mas só se você deixar eu brincar junto. – Isso serrrr uma marrravilhaa *isso foi um sotaque francês, com algo búlgaro e etc.*
 
- Amor, eu quero o que tem nas suas calças. – Eu falei alto o bastante pra ela escutar. Harry virou o rosto e riu.
 
- Enfia a mão e pega ele querida. – Racheeei. A velhota tá *O* e ainda tentando escutar mais.
 
- Deve ser uma delícia. – A velhota pegou as coisas dela e veio andando em nossa direção.
 
- Claro amor, claro. – Eu coloquei a mão no bolso dele e fingi que estava mexendo em algo.
 
- Que pouca vergonha! – ela bateu a bolsa de couro de dragão no braço do Harry. – Um casal deve ter intimidades, tudo bem, mas não em público.
 
- O que isso senhora. Eu não estou fazendo nada de mais. – Ela me olhou desconfiada e eu puxei o pirulito que muda de cor do bolso dele. – Eu só queria o pirulito que ele me comprou e guardou no bolso.
 
- Oh! Desculpem, desculpem. – Ela se falou saindo corada. Merlin. O Harry tá morrendo de vontade de rir.  – Vocês formam um lindo casal.
 
Três, dois, um...
 
Risadas eternas. omg, o Harry tá vermelho de tanto rir. Ahsahshaushaushauuuuuuasuahsaushaus
 
Ok, recompondo-me.
 
- Vamos.- ele me ofereceu a mão depois de se recompor também.
 
Andamos, eu chupei meu pirulito, que ficou amarelo a maior parte do tempo que segundo o folheto que vinha junto com a embalagem dizia que era extremamente feliz
 
Mas no meio do caminho algo ficou escuro! =O alguém me seqüestrou é o tarado da machadinha AHHHHHHH
 
Pera, eu conheço essas mãos no meu rosto, são as mãos do Harry *-*
- O que você tá fazendo Amora? – Eu perguntou colocando os meus braços em volta da cintura dele por trás. Tipo, assim você que está lendo, coloque a mão nas suas costas como se você fosse fazer uma asa, você consegue tocar as costas? *-* Ótimo, você é tão normal quanto eu. :B Mas como o Harry estava atrás da minha pessoa conseqüentemente eu peguei nas costas dele.
 
- Surpresa. – Ele sussurrou no meu ouvido. Ai paraaaaaaaa Assim eu fico com arrepios. Você quer sentir os meus arrrrepiiios?
 
Ele tirou as mãos do meu rosto o eu vi. Eu vi. Eu juro que vi.
 
Claro sua idiota, você não é cega.
 
Desculpe, eu só queria dar um ar de hipérbole.
 
Voltando, eu vi. Não foi a luz, nem foi Merlin dançando conga se sunga verde e amarela.
 
- Não é lindo? – Ele me perguntou. Tipo, agente tava em um campo de margaridas *-* Que lindo. Um mooonte de margaridas lá.
 
- Eu posso correr? – Eu perguntei pidona.
 
- Vai lá. Corre.
 
Iupyyyyyy! Correndo entre as flores.
 
Stop. Onde tem flores, tem bichinhos, onde tem bichinhos tem borboletas.
 AHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH
 
Eu voltei correndo para o Harry e me joguei nele. Literalmente. Eu estou neste exato momento nos braços lindos, maravilhosos, fortes, deliciosos, perfeitos, enfim do
Amora.
 
- O que foi ruiva? – Ele passou a mão no meu cabelo e me abraçou ainda mais. – Você não gostou?
 
- Será que aqui tem borboletas?
 
- Não. Eu tenho certeza que não. – Ele sorriu e beijou minha testa.
 
- Como você tem certeza. Você não fez um pacto com um ser maior para exterminar as borboletas não foi?
 
-Não Gina. Eu nunca faria um pacto com um ser maior.
 
- Ainda bem. – Ufa. Por um instante eu pensei que ele não era mais o Harry.
 
Eu apertei as bochechas dele, fazendo ele ficar com um biquinho. Que munitinho *-* ele tá tão totozo com essas bochechinhas assim.
- Fala: Eu sou o peixinho chato cheio de sono da Gina
 
- Eu xou um peixinho xato xeio e xono da Xina. – AHHHHHH gamei *-*
 
- Que lindo, que lindo *-*. Meu peixinho mais lindo do universo ^-^ -  Eu dei um beijo da bochecha dele e soltei.  Ele fez a mesma coisa com a minha bochecha.
 
- Sua vez. Fala: Acho que sou um peixinho azul e como Chu-chu chocho
 
- Axo que xou um peixinho axul e como xuxu xoxo.
 
- QUE FOFINHOOOO! – Acho que o Harry endoidou de vez.  Quem ensinou, hãn? Hãn?
 
Agente ficou um tempo lá. Correndo se jogando no chão e rolando até que...
 
Não gente, gente não tirou as roupas e fez coisas feias.
 
Começou a chover e agente correu. Harry me levou nas costas e pegamos a passagem de novo. Eu queria ficar na chuva, mas ele disse que não quer que eu fique dodói =D
 
- Que sem graça. Acabou a minha diversão. – Eu falei. O Harry pegou na minha mão e corremos de novo.
Assim eu vou ficar muito sexy com o meu corpinho de atleta. u.u Mas que fique bem claro que eu vou ficar sexy pro Harry okay? Ruun
 
- Chegamos. –Agente parou na frente de uma parede.
 
- A Sala Precisa! *-*
 
- Sim. Tenha as honras. – Ele falou dando um passo para trás e esperando.
 
Eu fechei os olhos e pensei. *-* omg, eu pensei que fontalhão *-* isso vai ser de mais.
 
A porta começou a se formar e taram!
 
- Vamos. – abri a porta e arrastei o Harry.
 
- Wow! – A Sala estava decorada com colchões. Tudo eram colchões. O chão, as paredes, o teto *-*
 
Eu tirei meus sapatos e joguei em um canto da sala e comecei a pular nos colchões. São colchões fofos que fazem agente pular bem alto.
 
Eu pulava de bunda, e depois ficava de pé, eu pulava e dava uma pirueta no ar.
 Cadê o Harry? Ele tá rindo e me olhando. Que sem graça.
 
- Vem Harry. – Eu pulei chamando ele. Ele tirou os sapatos e começou a pular também.
 
- Pula Gina! - Ele me derrubou delicadamente, mesmo sabendo que eu não iria me machucar.
 
- AHHHHHH! Vamos brincar de lutinha Harry! – Eu falei empurrando ele contra a parede fofinha.
 
- Vai ter volta Gina! – Ele segurou meu braços e me deu uma rasteira. Eu cai de bunda e ele me estendeu a mão.
 
- Eu me recuso a levantar com sua ajuda. – Eu segurei a barra da calça dele e puxei. Ele caiu e ficamos rindo. Oi, somos um casal de Neandertais.- Levanta essa bunda daí e vamos pular.
 
*OOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO*  o Amora é um ninja! Saca só, ele sabe fazer aquela coisinha de jogar as pernas pra frente e levantar o resto do corpo.
 
Eu me levantei e de repente algo me atingiu. Nada que machucasse, mas fui pega desprevenida.
 
Harry ria com um travesseiro na mão. Como?
 
Eu peguei um travesseiro que estava nos meus pés e taquei nele. O óculos dele caiu e olha *-* São mais verdes ainda sem os óculos. Que bonitinhos.
 
- Atacar!!- Ele jogou o travesseiro e começamos uma guerra de travesseiros. AHHHHHHH
 
Agora eu estou aqui, quietinha, abraçada com nada mais do que o meu Amora delicia. E com toda a licença do momento, eu vou dormir. Até mais.
 
_____________________________________________________________________
 
N/B: omg, a Gina é persuasiva e a criatividade dela não falha nunca com as musiquinhas. Me perdoem por qualquer erro ook. Mas é que esse capitulo ficou muuuito grande. Tipo 12 folhas no Word *o* o N/B vai ser curto por conta da chata da minha prima que por um acaso é a autora dessa fic está dormindo. (Ela fica fofinha enquanto dorme que eu quero apertar as bochechas dela. Ela tem bochechas fofinhas *annw* (baby dormindo) ) e se ela acordar e me ver aqui eu morro. Então xauzinho.
 
N/A: Oiie! *-*  Como vão? Capítulo postado. Meio que a fic já tá tomando o rumo... Mas ainda tem epílogo.(dance) Hehe Eu demorei a postar porque estou nas últimas provas e eu não quero bombar em nenhuma matéria. =D Então sabem né... Mas falando do capítulo, eu estou aqui cheia de papeiszinhos de pirulitos na mesinha do meu note e sustentando meu vicio por pirulitos que é igual o da Gina (pirlitos) Essas coisas foram inspiradas nos momentos diversão que eu tenho com meus amigos. E o peixinho axul? Minhas amigas super desenvolvidas por bochechas fazem isso comigo. E ainda ficam apertando. (puxa bochecha) Eu vou denunciá-las! No fim do dia minhas bochecas fofinhas(sim eu tenho bochechas fofinhas) ficam dormentes. (coelho surtando)
 
Gostaram da Gina cantando rap? E o Yo-Yo no final deu um toque tão... (macaquinho yo yo)
 
Mas como o natal tá chegando (papy macacco) eu vou fazer o próximo capítulo em clima natalino só pra vocês se situarem. E eu quero avisar que no dia 14 de dezembro eu vou postar um capítulo, e eu quero muitos comentários nele. Não sei se vai ser o capitulo 8 ou 9 ou 10 ou o epílogo. Eu sei que eu vou postar. Porque vai ser o dia do meu aniversário (confeete) e eu quero muitos comentário de presente dos meus leitores lindos e maravilhosos (ursinho)
 
Mas agora vamos ao comentários com uma pessoa especial de convidada porque um dos comentários foi dirigido a ela então...
 
Gina: Aqui estou eu! *dividindo a cadeira com a Angie*
 
Angie: Pronta pra responder os comentários Cenoura?
 
Gina: Mais que pronta minha goiabinha *-*
 
Angie: Eu sou uma goiaba linda e gostosa uuui.
 
Gina: Vamos logo *consultando os comentários na fic* Temos a sua fiel escudeira a Bárbara JR.
 
Angie: Vamos responde - lá sim *imitando a voz do macaco do Rei Leão*
 
Bárbara JR.
 
Angie: O final ficou fofo não foi? Ficou sim, ficou ficadinho *-*
 
Gina: O Harry é um fofo não é gente? *coro: Annnnw*
 
Angie: AHHHHHH de onde veio esse coro Cenoura:
 
Gina: Não sei Goiaba.
 
Angie: Acho que foram as formigas super desenvolvidas.
 
Gina: *coloca as pernas em cima da cadeira* por precaução. Mas voltando.
 
Angie: Os dotes artísticos da Cenoura são fontalhões de mais *-* Não é cenoura?
 
Gina: *desenhando alguma coisa*
 
Angie: Bom, a Gina sabe que os dotes delas são lindos e são tão abstratos que as vezes confundem as pessoas as vezes.
 
Gina: Eu desculpo você. Afinal, você se dedica tanto lendo a minha vida e não é uma coisa fácil de aturar e ainda gosta da minha goiaba então =D
 
Angie: O que é isso? * apontando pra o papel na mão da Cenoura*
 
Gina: O desenho que eu fiz.
 
Desenho
 
Angie: Tá perfeito *-* Tem a cor do um cabelo, a minha camisa das Relíquias da Morte e até minha transversal
 
Gina: Esqueceu o all star vermelho *-*
 
Angie: Gina, eu te amo. Na boa você é a irmã que eu nunca tive.
 
Gina: *abraçando a Angie* Eu te amo Goiaba. Minha irmã
 
Angie: u.u.u.u.u *dancinha* Agora eu sou uma Weasley *-*
 
Voltando. Bárbara JR. Obrigada por comentar a fic. Eu já disse que te amo? Não? Na boa eu te amo mesmo. Só você pra me fazer feliz comentando a fic u.u Comente sempre *-*
 
Gina: Próximo comentário Lorena Keyse
 
Lorena Keyse
 
Gina: Adorei você. Viu ela sabe que eu desenho bem. Não são pra todas heein?
 
Angie: Bala... Isso me dá vontade de comer algo doce... hm...
 
Gina e Angie: Pirulitos *-* AHHHHHHHHH
 
*Duas loucas dançando com um pirulito de laranja na boca*
 
De volta Lorena Keyse Valeu por comentar *-* Eu sei que as vezes a Gina confunde tudo, mas é o que dá não é mesmo? =3 Valeu comente sempre ook?
 
Notas de rodapé: Espero que tenham gostado do capítulo *-* Pergunta, tem algum garoto lendo a minha fic? Se tiver comenta pliss?
 
Outra pergunta, alguém sabe como mudar a idade no perfil do FeB? O meu perfil diz que eu tenho 21 anos, eu não tenho 21 anos, eu nem tô perto dos 16 imagina dos 21. (Nada contra com quem tem 21) E falando de perfil eu to me sentido a poderosa porque eu consegui colocar uma foto no meu avatar *-* Que lindo
 
Bom, é só isso pessoal. (carangueijo danddo xaau)
 
Beijocas cheias de doce por causa do meu pirulito de laranja *-*

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 1

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Bárbara JR. em 27/11/2011

Só você me faz rir até lendo as respostas dos comentários KKKK' E cara... Velinha pervertida! Pensando coisas feias!

E ESSE CAPÍTULO ME FEZ VOMITAR ARCO-ÍRIS DE TÃO FOFO ^.^ E aliás, Gina querida seus dotes artísticos vem melhorando cada vez mais. 

HAHA, O RAP FICOU DEMAIS!

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2023
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.