FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

2. Coisas importantes


Fic: Os amores do meu melhor amigo


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Hermione não conseguia dormir... Estava muito ocupada pensando no que ela e Harry fariam no dia seguinte. Queria que esse dia chegasse logo. Parecia que já estava na cama há horas. Olhara para a janela.


“E esse sol que não aparece...” – Pensou a menina nervosa.


Olhou para o relógio. Ainda marcava 1 da manhã.


“Ah... tá me gozando, né? Não pode ter passado só isso! Não pode! Eu to ficando louca? Pareceram muito mais que só 4 horas! E eu só consigo pensar nisso... No fato de que daqui a algumas horas eu vou estar com o Harry... Vou passar o dia INTERINHO com ele. Ah... Que sonho! Mas eu tenho que pensar em outra coisa! Se não, não vou me acalmar e o tempo vai parecer passar mais e mais lento... OK... vamos ver... Ah! Tem uns livros que estou querendo ler da biblioteca... Mas não faço ideia de qual quero ler primeiro... O de Runas Antigas me parece interessante... mas daqui a algum tempo tem a prova de transfiguração, e seria bom eu ler alguma coisa sobre o assuntou, nem que seja uma história ou pode ser um livro mesm... AH! QUEM EU QUERO ENGANAR?!?!?! Eu não vou conseguir pensar nisso!!! Ah... será que o Harry vai me levar a algum lugar? Ah! Que emoção!”


Foi assim a noite inteira... ficou pensando nisso... até mais ou manos umas 5:30 da manhã, quando ela conseguiu adormecer.


- Hermione! Hermione, acorda!! – Hermione não conseguiu reconhecer quem era... estava irritada por alguém ter interrompido seu ciclo do sono.


- Ah... vai embora! – Disse a castanha mal humorada.


- Mas, Hermione! Já ta todo mundo tomando o café! Você vai se atrasar!


Nesse momento Hermione abriu os olhos e levantou num salto! Notou que era Lilá Brown com quem estava falando.


- Atrasada? Não! Eu não posso me atrasar! Não hoje! – Disse a menina indo ao banheiro e escovando os dentes – Ai... e se ele quisesse tomar café comigo? Eu não ia poder ir por que a droga do sono não chegou na hora certa!!


- De quem você esta falando, Hermione? Por acaso é de algum garoto? – Perguntou Lilá desconfiada


- Sim! – Respondeu a Castanha colocando o uniforme apressadamente.


- E... Esse garoto... Por acaso... é seu amigo??


- É! É sim, Lilá, mas eu não entendo por que voc...


- Não é o meu Won-Won, é? – Interrompeu a garota, preocupada com a resposta de Hermione.


- O que? Não! Não é o... “Won-Won”? – Disse ela, rindo-se internamente com o apelido – É o Harry!


- Ah... mas o Harry não tá namorando com a Cho?


- Sim! A gente só vai sair como amigos! – “Mas espero que daqui a algum tempo não seja assim...” Pensou a garota, esperançosa.


- Ah tá... Mas, você não acha que ela vai se incomodar com isso? Por que, se fosse comigo, eu acho que eu surtaria... – Perguntou Lilá, vendo a Castanha tentando pentear os cabelos violentamente.


- Como eu acabei de dizer, eu e o Harry somos só amigos!


- Tem certeza? Tem MESMO certeza que vocês são só amigos, ou pelo menos, que é isso o que você quer? – Perguntou ela desconfiada e desafiadoramente.


Nesse momento, Hermione parou tudo o que estava fazendo... Olhou lentamente para a garota, que a observava com um meio sorriso e uma sobrancelha levanta.


- Ahm... B-bem... – Ela tentou...


- Eu sabia! Eu sabia que você gostava dele! – Interrompeu Lilá com um grande sorriso no rosto.


- N-não, eu nã...


- Tá escrito na sua cara! Não sei como o Harry ainda não notou isso. Não adianta negar! – Interrompeu.


- Tá bom, você tá certa...


- Eu sempre estou... – Disse Lilá convencida – Bem, eu particularmente não gosto muito da Chang. Ela pode ser bonita e tudo mais, mas acho que o Harry não combina com ela. Acho que você combina mais com ele.


- Mesmo? – Perguntou a castanha esperançosa.


- Claro! E, só pra confirmar, é do HARRY que você gosta, né?


- Sim! Eu já disse!!


- Ok, então. É melhor você ir logo, ou vai se atrasar!


- Oh! É mesmo! – Disse Hermione pegando a mochila e indo em direção a porta – Vamos!


As duas saíram correndo do quarto e foram para o Salão Principal, onde encontraram Harry e Rony sentados na mesa da Grifinória.


- Ah! Finalmente! – Disse Rony vendo Lilá se aproximar rapidamente dele e depois lhe dando um longo beijo – Já estava achando que tinha acontecido alguma coisa.


- Não se preocupe Won-Won, não aconteceu nada!


- Nossa Hermione! Pensei que tinha desistido ou esquecido de hoje! Quer dizer, você ainda lembra né? – Perguntou Harry


- Claro que lembro! – Respondeu a Castanha com um sorriso no rosto


- Ah... E por que vocês não chegaram antes?


- Por que a Hermione é MUITO preguiçosa e tem um sono MUITO pesado. Por isso! – Disse Lilá, simplesmente, vendo que fez nascer em Hermione um olhar assassino direcionado a ela.


- Ok, então é melhor vocês comerem logo! As aulas já vão começar. – Informou Harry


Então as duas atacaram o café-da-manhã. Hermione pegou uma torrada amanteigada, passou geleia de uva e praticamente a engoliu sem ao menos mastiga-la. Comeu uma banana tentando ser o mais rápida possível. Tomou um copo de suco de abóbora e disse que já havia terminado. Já Lilá, apenas tomou o suco e disse que eles já poderiam ir.


- Mas Lilá você não comeu nada! – Disse Ron, preocupado.


- É que eu estou de regime. – Falou ela, simplesmente.


- Mas, isso não vai te fazer mal, você não vai desmaiar ou algo assim?


- Já disse pra não se preocupar! Eu ficarei bem! – Disse Lilá, segurando firmemente no braço do namorado e andando em direção à saída do salão.


Harry e Hermione já estavam mais adiantados. Eles teriam aula de Feitiços com a Corvinal, mas Hermione não conseguia pensar nisso. Ela estava preocupada. E se Harry desistisse de passar o dia com ela por causa de Chang? Ela morreria! Será que ela sabia? Será que Harry contara a ela que não passaria o dia com sua namorada, mas sim sua melhor amiga a quase 5 anos? Hermione devia mesmo se preocupar? Pois eles são só amigos e Chang não a impediria de passar o dia com ele por puro ciúme, ou impediria? Hermione pensou no que Lilá dissera há ela minutos atrás. “Mas, você não acha que ela vai se incomodar com isso? Por que, se fosse comigo, eu acho que eu surtaria...”. Chang iria se incomodar? Ela diria isso a Harry? Harry se arrependeria e não passaria mais o dia com ela? Ela precisava saber.


- Então... O que vamos fazer? – Perguntou ela, tentando descobrir o que queria.


- O que você quiser. – Respondeu ele sorrindo pra garota e voltando a olhar o caminho


“E se eu quiser te beijar, como é que faz? Você dispensa a Changalinha ou seremos amantes?” – Pensou ela maliciosa.


- Mas... – Disse Hermione – Você falou pra Changalin... – Nesse momento, Harry olhou para a Castanha com os olhos arregalados – Quer dizer... você falou pra Cho que nós vamos passar o dia juntos?


- Não... Mas, d-do que você chamou a Cho? – Perguntou ele com um tom de dúvida, mas nenhum de ameaça.


- Nada... nada não... Mas por que você não disse pra ela ainda? – Perguntou a castanha.


- Eu ia dizer hoje. Mas, Hermione, eu tenho quase certeza de que você chamo...


- Ah! Olha ela lá! – Desconversou a garota.


Cho estava encostada na parede do lado da sala de feitiços, aparentemente esperando para dar bom dia ao namorado.


- Harry! – Disse Cho correndo em direção ao namorado e lhe dando um longo beijo.


“Olha aí a Changalinha... Não consegue ficar um dia sem me atormentar” – Pensou Hermione rolando os olhos para o lado, não querendo ver a cena.


- Oi Cho! – Disse Harry ao finalizar o beijo – Olha Cho, podemos conversar? – Finalizou o garoto olhando rapidamente para Hermione


- Claro que sim – Ela disse franzindo o cenho – O que foi?


Eles foram até um canto no corredor conversar. Hermione se perguntava o que eles estavam falando. Sabia que era pra dizer que ele não passaria o dia com ela. Mas ela queria tanto que fosse diferente.


“- Olha Chang, não está mais dando certo. Sério, eu quero terminar com você. Não, não chore, não é você sou eu. Quem eu estou enganando? É claro que é você. Você não me agrada mais, não me atrai mais! Você acha que só por que tem esse cabalo liso e esse corpo esbelto que vocês pode fazer e tem quem quiser? Não! Na verdade, sabe qual é o seu maior defeito? Quer dizer, o seu maior PROBLEMA, você tem UM MONTE, começando por esses braços finos. Tá precisando comer mais, em? Mas, o MAIOR deles, é você não ser ela! Isso mesmo! Aquela garota ali! A Hermione. Se você fosse ela, aí sim eu gostaria de você, mas você não é, por isso eu estou terminando com você. Pra poder ficar com ela, ok? Adeus!”


Hermione imaginava essa cena com um sorriso de orelha a orelha. Como era bom a ver Chang se humilhar por causa dela! Se essa cena fosse real, ela seria a garota mais feliz da face da Terra. De repente, viu Harry dando um estalinho em sua namorada, se virando e vindo em direção a Hermione.


- O que você disse? Exatamente? – Perguntou a Castanha assim que o Moreno parara na sua frente.


- Falei pra ela que eu não podia passar o dia com ela por que tinhas coisas importantes pra tratar com você. – Respondeu entrando na sala logo atrás da garota.


- Ela reclamou? Disse alguma coisa?


- Não. Ela só falou que estava tudo bem.


- Então... tá tudo certo? – Perguntou a garota preocupada


- Sim, tá tudo certo.


Nesse momento o professor Flitwick entrou na sala apressadamente. Todos sentaram e ele disse para fazerem duplas para treinarem o feitiço que ele iria dizer. Hermione fez dupla com Harry e Lilá com Ron.


A aula correra normalmente, Hermione estava muito feliz por passar aquele dia com Harry, que parecia compartilhar o mesmo sentimento. Rony parecia estar com dificuldades de concluir com êxito o feitiço que o professor passara, mas Lilá fazia de tudo para ajuda-lo.


Mas nem tudo estava feliz naquela história. Cho Chang não parava de pensar em Harry. Sua expressão não era das mais amigáveis, na verdade, parecia que continha uma pontada de raiva no canto do seu olhar. Uma mistura estranha de ódio e ciúmes. O quê ele tanto queria com Hermione a ponto de não passar o dia com a própria namorada? O que era mais importante do que ela? Mas, a questão ali não era o que ele iria fazer de tão importante, mas por que ele tinha que fazer com Hermione. Se Harry tivesse dito que era com a Castanha e com o ruivo, tudo bem. Mas, não. Era somente com ela. Nunca gostou muito do fato de Harry ter uma melhor amiga. Ele era amigo de Lilá Brown e de Gina Weasley também, mas com ela era diferente. Sentia que eles eram muito próximos e, mesmo a Castanha não sendo a garota mais bonita de Hogwarts, a fazia se sentir preocupada. Pois, ela via nos olhos da garota, que o que ela queria com Harry não era amizade, e sim, algo bem maior. Isso a revoltava, não queria perder seu namorado para uma sabe-tudo com o cabelo desgrenhado. Mas, Harry sabia se cuidar. Não deixaria se levar por causa dela. Não. Ela podia ficar tranquila. Não precisava se preocupar com isso. Além do mais, Harry não a trocaria por Hermione. Ela era muito mais bonita e com o cabelo mais bem cuidado. Não... isso não aconteceria.


Depois daquela aula os alunos da Grifinória foram para a torre de astronomia e os da Corvinal para a estufa de Herbologia. Harry estava conversando com Hermione animadamente e a garota ria de tudo o que ele dizia. O que eles não sabiam era que Cho estava observando tudo de longe. Queria ver se estava acontecendo alguma coisa que faria ela perder a confiança em seu namorado. Não viu nada de mais, mas ela continuava preocupada, não com Harry, mas com Hermione. Pelo jeito que Hermione olhava pra ele era bem possível que ela o agarraria no mesmo momento se ele não estivesse namorando, ao ver de Cho. Ela sabia que Hermione não era tão inocente, e iria ficar de olho neles o dia inteiro.


Na hora do almoço estavam todos à mesa, se servindo de variadas coisas que havia no local. Rony, como sempre, parecia um saco sem fundo, comendo tudo o que via pela frente e ignorando a presença da namorada com cara de enojada.


- Rony, você precisa parar com essa mania de achar que toda refeição será a sua última. – Orientou Lilá olhando, perplexa, Rony mordendo, gulosamente, uma coxa de peru.


- O quê?! Eu só tô com fome! – Explicou o ruivo.


- Você sempre fala isso! Parece um saco sem fundo! Não sei o que você comeu no café da manhã, mas tomara que a resposta seja “Nada” – Retrucou a garota olhando tediosamente para seu namorado.


- Claro que eu comi! Não sou você!


Lilá fez cara de ofendida, colocando a mão sobre seu peito, e disse.


- Para a sua informação eu só fico sem comer ás vezes por você. Quero ficar cada vez mais bonita pro meu Won-Won. E você devia fazer o mesmo!


- Primeiro: Deixar de comer só vai fazer você desmaiar. E Segundo: Você está dizendo que eu tenho que deixar de comer pra te agradar? – Disse ele com uma voz magoada.


- Não... Eu não quis dizer isso! – Disse Lilá tentando amparar o namorado e abraçando-o – Eu só estou dizendo que você poderia fazer um esforçinho maior pra me agradar. Não precisa ser em relação a sua aparência, você dá pra deixa-la melhor, mas você poderia fazer outra coisa. Alguma coisa romântica! – Disse Lilá com expectativa.


- Ok, vou tentar...


- Ah... Que bom! – Disse a garota animadamente abraçando e beijando Ron por toda a sua face.


Neste momento Harry e Hermione apareceram no salão.


- Nossa... O casalzinho esta feliz hoje! – Disse a Castanha se sentando à mesa.


- Pois é... E, Hermione, nós não vamos almoçar aqui. Hoje não. – Disse Harry olhando pra garota com um pequeno sorriso.


- Ah, não?


- Não... Então pegue o seu prato e vamos. – Disse ele pegando um prato e colocando um pouco de purê de batatas.


- Ok então... – Disse Hermione fazendo a mesma coisa com um grande sorriso no rosto – “Ah... Que lindo! Ele vai me levar pra almoçar em algum lugar! Eu sabia que o Harry tinha alguma coisa na manga! Ele é tão meigo!” – Pensou a garota.


Os dois, com os pratos já montados, saíram do salão e foram para fora do castelo.


- Onde estamos indo? – Hermione perguntou curiosa


Ele não respondeu. Ela não sabia por que, mas achava que nem ele sabia aonde iriam. Parecia que estava procurando um lugar naquela hora, até que ele disse:


- Chegamos.


Não era um lugar MUITO especial, claro, eles não eram um casal. Mas, para Hermione, era perfeito, mesmo não tendo nada a mais, apenas a paisagem. Harry sentara no chão, embaixo de uma árvore bem grande em frente ao lago. O sol refletia no lago calmo, fazendo tudo ficar mais iluminado e mais bonito. Havia algumas nuvens no céu, Que faziam o sol ser coberto algumas vezes, deixando no ar uma sensação mais fresca. Hermione sentou-se ao lado do amigo ainda olhando para a paisagem.


- É... eu sei... não é o melhor lugar de Hogwarts e nem é muito especial. – “Ele esta lendo meus pensamentos?” pensou a garota.


- Pra mim está ótimo. Além do mais... nós estamos aqui pra conversar.


- Quem bom. Pensei que você fosse jogar seu prato em mim quando visse onde estávamos. Aqui... Ao ar livre... Na grama.


- Eu adorei... Eu nunca faria isso com você e você nem precisava fazer isso. Mas, eu adorei – Disse a Castanha, agora, com um grande sorriso.


- Que bom... – Disse o moreno carinhosamente.


O almoço dos dois estava correndo muito bem... Sem preocupações e nenhuma palavra que envolvesse Cho. Mas, só por que não falam dela não quer dizer que ela está longe. Não... Ela estava ali atrás, observando os dois conversando e rindo. Olhava com um olhar assassino em direção a garota. Por que ela sempre tinha que estar lá?


“Então é isso... Harry acha a Granger mais importante do que sua própria namorada? Ele mesmo disse que tinha coisa mais importante a fazer do que passar o dia comigo. Ele está me abandonando? É isso o que eu vejo? Claro que sim! Isso está diante dos seus olhos! Eu tenho que falar com ele... mas não agora. Vou falar com ele depois da reunião da AD... e ele vai me explicar direitinho o quê que está acontecendo!” – Pensou Cho furiosa.


A hora do almoço passou e o dia também. Hermione estava radiante se lembrando de cada detalhe do dia que passara. O almoço, os intervalos entre as aulas, o jantar e todas as conversas entre ela e Harry (É... ela tem uma ótima memória). A seu ver, tudo perfeito. Harry também estava pensando no dia que passara com a amiga. Estava feliz por ter passado um tempo com ela e por fazê-la não se sentir tão “abandonada”. Rony passara o dia com sua namorada. Ela, como sempre, agarrada em seu braço a todo tempo. E ele tentava fazer todas as suas vontades depois da conversa que tiveram no almoço.


Todos os integrantes da AD já estavam reunidos na sala precisa. Harry passava as instruções e eles faziam, ou pelo menos tentavam. Tudo corria bem, até que Harry olhara para o relógio.


- Muito bem pessoal, já é o bastante por hoje. Vocês se saíram muito bem. Nos encontramos aqui novamente na quinta-feira. – Concluiu ele simpaticamente.


- Harry! – O garoto virara assim que ouvira seu nome – Precisamos conversar. – Era Cho Chang.


Rony e Hermione estavam esperando o amigo, mas logo se direcionaram a porta quando o ouviram falar “Eu vou depois” e fazendo um movimento com a mão indicando que eles podiam sair.


- O que foi? – Perguntou Harry assim que a sala ficara vazia. Não se atreveu a beija-la ou ao menos abraça-la, pois o garoto percebera que ela estava um pouco mal-humorada pela sua expressão e pelo jeito em que ela estava cruzando os braços.


- O que você fez hoje? – Perguntou ela em um tom fingido de inocência.


- Ah... Nada de mais...


- Mas, você não disse que tinha uma coisa importante pra fazer? Que era TÃO importante que nem poderia passar o dia comigo? – Perguntou a garota ainda com um tom de inocência, mas agora um pouco mais desafiadora.


- É... Mas, por que a pergunta? – Perguntou o moreno confuso


- Você, por acaso, fez essa coisa “importante” com alguém além da Hermione? – Perguntou ela fazendo um gesto com as mãos representando as aspas.


- Não estou entendendo aonde você quer chegar.


- Você passou o dia inteiro com ela, não foi? – Perguntou a garota (realmente, ela adora fazer perguntas) já brava.


- O que?


- Não adianta negar, Harry. Eu vi! Você estava com ela! E não parecia que estava fazendo algo TÃO “importante” assim.


- A Hermione?


- Eu passei o dia INTEIRA observando vocês! Você abraçava ela, conversava com ela, ria com ela, beijava o rosto dela. E eu... Só observando... Não negue!


- Eu não estou negando! Eu realmente passei o dia com ela! Era isso o que eu...


- Ah, então você admite que você está me trocando por ela?...


- Eu não estou trocando ninguém, eu só...


- Você está dando as costas pra mim pra ficar com aquela garota o cabelo ridículo. – Disse Cho sem perceber.


- NÃO FALA DA HERMIONE DESSE JEITO! – Disse Harry gritando – VOCÊ NÃO TEM ESSE DIREITO! – Ele dera um pesado suspiro e continuou com a voz mais calma - É melhor a gente conversar sobre isso amanhã.


- Harry! Eu preciso saber agora se...


- Já está tarde, Cho. É melhor a gente ir! – Interrompeu o garoto decidido.


- Tá. – Disse Cho dando um suspiro de quem se deu por vencida e saindo da sala.


Harry ficou uns 2 minutos observando o chão exatamente onde Cho estava. Pensando por que ela estava fazendo tudo àquilo só por que ele não passou o dia com ela. Logo ele estava saindo da sala precisa, passando pelos corredores escuros de Hogwarts, entrando pelo quadro da Mulher Gorda (que já estava estressada por tantos alunos estarem fora da cama), colocando seu pijama e indo se deitar. Encheu sua mente com pensamentos sobre sua namorada e sua melhor amiga. Será que Cho estava brava não pelo fato de ele não ter passado o dia com ela e sim por ele não ter falado o que iria fazer? Ou até pelo fato de ter passado o dia com Hermione? Não sabia. Teria que descobrir. Mas, isso não era assunto para ficar pensando naquele momento e desperdiçar uma noite de sono. Teria que fazer isso depois. Em uma hora em que seus pensamentos estivessem livres e não tivesse nenhuma aula estressante no dia seguinte.


 


N/A: Oi gente! Finalmente aqui está o segundo capítulo. Eu sei... ta meio ruim, a fic ta parecendo mais uma série infantil americana que juntam episódios um diferente do outro e que (na maioria das vezes) mostram o dia-a-dia dos personagens, mas eu prometo que melhoro! Eu juro! Estou guardando partes mais interessantes para outro momento na fic.  Não posso falar o que vai acontecer, mas, eu posso dizer que num momento muito próximo Hermione vai ficar nervosa com Rony e Harry. Não a ponto de acabar a amizade, mas mesmo assim nervosa por uma coisa que eles a farão fazer. Bem, espero que tenham gostado. E fiquem atentos por que daqui a alguns dias tem mais um capítulo fresquinho pra vocês! :)


PS: Como prometido, esse cap. tá mais longo.


PPS: Comentem, please.

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.