FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

6. Capítulo VI


Fic: SURPREENDIDOS PELA PAIXÃO fic de Dyone Smith


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Estava quase na hora da ronda de Hermione. Ela estava sentada no sofá, abraçando as pernas, olhando o crepitar da lenha na lareira. Ela não conseguia parar de pensar no que acontecera mais cedo no banheiro dos monitores. “Como ele teve coragem de me beijar novamente... e como pude corresponder o beijo daquela forma?”. Ela estava com raiva de si mesma por ter se deixado levar pelo perfume dele, pelo aroma de menta que emanava de sua boca, pelo seu corpo perfeitamente definido. O beijo em si não a deixava tão aflita (já havia beijado antes: Krum no baile de inverno, e Rony durante um jogo de desafios), porém era quem a havia beijado que a deixava daquele jeito. Afinal fora o frio, arrogante e metido Draco Malfoy!

Mas o beijo não teve nada de frio. Na verdade tinha sido totalmente o contrário: era quente e envolvente, e por isso ela não conseguiu resistir. Era diferente dos beijos que havia dado em Rony ou Krum, porque quando os beijou não sentiu aquele frio na barriga que ela teve no momento em que Draco se aproximou dela (nem mesmo em seu primeiro beijo). E o pior, era que queria de novo aquela sensação. Ela não conseguia entender... ela mesma tinha dito que nunca mais aconteceria novamente. E não deveria mesmo acontecer, porque ela só se machucaria. Quanto mais se envolvesse com Malfoy mais ela sofreria, ele não era do tipo fiel, apaixonado... Mesmo ele estando diferente nos últimos dias ainda continuava sendo Draco Malfoy. Ela tinha que tirá-lo da cabeça!

Draco estava andando pelas masmorras. A ronda parecia estar durando um século! Ele devia estar prestando atenção se via alguém fora da cama, mas não conseguia se concentrar em nada. Seu pensamento estava não muito longe, num certo dormitório feminino de um certo salão comunal de uma certa grifinória, que por acaso ele tinha beijado num certo banheiro horas atrás.

E como tinha beijado! Ele nunca imaginaria que ela corresponderia daquela maneira a um beijo seu. Tá que ele era irresistível, modéstia à parte, e que sabia que beijava muito bem, mas não acreditava que ela tinha beijado um sonserino metido (como ela mesma dizia) no banheiro dos monitores com apenas uma toalha enrolada no corpo. E que corpo! Lembrou que enquanto a beijava sentia todas as curvas da morena sob a toalha felpuda, a pele macia, a cintura fina, os ombros delicados e a boca... Ela não era igual às outras que ele já tinha ficado, ela era diferente e por isso não conseguia tirá-la da cabeça. Ela era meiga, suave e sensual ao mesmo tempo. O cheiro de shampoo nos cabelos recém-lavados e o aroma de pêssego de sua pele o entorpeciam e ele não conseguia parar de tocá-la e beijá-la. E esse foi seu erro, porque ficou tão envolvido naquele momento que ultrapassou um pouco os limites. A imagem dela dizendo aquelas palavras e indo embora o deixou agoniado. Porque tinha beijado ela daquele jeito? Estava louco? Ela era a Granger! Aquela garota sem graça da Grifinória! (sem graça?) Longe disso... Ela agora tinha muita graça, incluindo o rosto delicado, o corpo escultural, a boca mais doce que já tinha provado. Ele não se arrependia nem um pouco! Seu sonho não tinha chegado nem aos pés da realidade.

Pensando nisso, continuou a caminhar pelos corredores até ver uma cena não muito agradável.

Hermione estava indo pro salão comunal, pois já havia terminado sua ronda noturna. Ela começou a se sentir estranha, ficando tonta, suas vistas escurecendo e seu corpo amolecendo como se tivesse sido sugado pra baixo.
Draco a viu um pouco a sua frente, Hermione caminhava em direção às escadas, quando de repente começou a desmaiar. Nesse instante a escada mudava de lugar, deixando-a de frente a um precipício. Ele tinha pouco tempo para agir, mas numa questão de segundos correu na direção da garota, segurando-a com toda sua força, impedindo que ela caísse no vazio que a escada havia deixado. Ele suspirou aliviado quando viu que tinha conseguido, ela parecia dormir tranqüilamente, porém estava pálida e gelada. Levou-a até a ala hospitalar, e deixou-a aos cuidados de Madame Pomfrey.

N/A Galera, espero que comentem, ok?!

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2023
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.