FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

1. Capítulo Único


Fic: Isnt She Lovely - Songfic Rose&Scorpius


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

                                 ♫ Isn't She Lovely? ♫


                                Songfic Rose&Scorpius


 


A sala de espera do Hospital Saint Mungus parecia nunca ter estado tão peculiarmente cheia. De um lado, a maioria das pessoas era ruiva, do outro, loira. Os Weasley, os Potter, os Granger e os Malfoy não aguentavam mais esperar.


Não muito distante dali, na sala de parto, Rose estava prestes a dar a luz. Hermione afagava a testa da filha e Scorpius segurava a mão da esposa, que a apertava tanto que os nós de seus dedos embranqueciam cada vez mais.


Rose fazia uma força descomunal, maior do que qualquer força que já teve que fazer em sua vida. Nada a teria preparado para aquela dor, mas era reconfortante saber que depois dos longos nove meses de espera, depois da dor lancinante que quase a dominava, logo poderia acalentar seu bebê nos braços. Mesmo assim, foi inevitável se arrepender de ter cuspido a Poção Anestésica que deram a ela no início do trabalho de parto.


Lá fora, a chuva não dava trégua. Fustigava as janelas enquanto o céu escuro e nublado da noite era clareado de tempos em tempos por relâmpagos e recortado por raios que vinham com trovões ensurdecedores. O vento zunia forte e açoitava as árvores.


A madrugada parecia não ter fim. Rose estava tão exausta e concentrada em fazer força diante das contrações que se seguiam com demasiada frequência, que não percebeu que finalmente começara a amanhecer. Então, ela soltou um grito retumbante e sentiu uma enorme onda de alívio se espalhar por seu corpo quando um choro típico de bebê que acaba de fazer uso dos pulmões pela primeira vez pôde ser ouvido.


O medibruxo entregou o bebê já sem o cordão umbilical para a enfermeira, que o limpou e embalou prontamente. Ela se apressou em colocar a menininha de pequenos e brilhantes olhos azuis no colo da mãe, que aguardava ansiosamente. Hermione ficou olhando da filha para a netinha em meio às lágrimas. Scorpius e Rose, encantados, não tiravam os olhos do bebê.


 


                                             ♫  Ela não é adorável?


     Ela não é maravilhosa?


       Ela não é preciosa?


   Menos de um minuto de idade


    Nunca imaginei que através do amor


     Estaríamos fazendo alguém tão adorável quanto ela


                                                    Feita de amor ♫


 


– Eu te amo tanto, Rose! – Scorpius disse com a voz embargada ao beijar a testa da mulher – Obrigado por trazê-la ao mundo!


Entrementes, na sala de espera, todos escutaram quando a recém-nascida começou a berrar a plenos pulmões. Houve muitos abraços calorosos até o mais jovem pai da família chegar com um sorriso orgulhoso e anunciar o que todos tinham acabado de saber:


– Ela nasceu!


Era uma grande sorte que houvesse um extenso vidro dando para o quarto para onde Rose e a filha foram acomodadas, porque, além do pai da criança, o máximo de visitantes permitido eram quatro por vez. Os avós entraram primeiro, enquanto o tio, todos os primos, tios-avós e até bisavós contemplavam através do vidro a adorável garotinha enrolada em uma manta lilás que ressonava, dormindo a sono solto, no colo da mãe.


 


 


♫ Ela não é bonita?


Verdadeiramente a melhor dos anjos


Cara, estou tão feliz


Estamos sendo abençoados


Eu não acredito no que Deus fez


Através de nós ele deu a vida a alguém


Mas ela não é adorável


  Feita de amor ♫


 


– Ela tem os olhos de Rose! Os seus olhos, amor! – Hermione disse para o marido


– E a boca é igualzinha a sua, Mione! – observou Rony


– O nariz, ela puxou ao Scorp! – exclamou Astoria


– Ela é linda. – disse Draco simplesmente


– Que nome vocês escolheram, afinal? – perguntou Astoria ao filho e à nora


Rose e Scorpius se entreolharam.


– Joanne. – Rose disse com alegria ao acariciar delicadamente o rostinho do bebê


– Nossa pequena Jo será uma grande mulher um dia. – Hermione declarou sorrindo


– Tenho certeza que sim. – Scorpius concordou, pegando a filha nos braços e a aninhando com carinho.


Astoria e Hermione se abraçaram, emocionadas. Rony deu tapinhas no ombro do genro e o parabenizou; depois estendeu a mão a Draco e trocou com ele um amistoso aperto de mão.


Atrás do vidro, onde toda a família colava o nariz e observava a cena, Narcisa e Lucius Malfoy retribuíram o breve acendo de cabeça e o esboço de um sorriso que Molly e Arthur Weasley e o Sr. e a Sra. Granger lhes deram, após vislumbrarem mais uma vez o embrulhinho lilás com um ralo tufinho de cabelo loiro avermelhado.


Há coisas que não se pode fazer junto sem acabar convivendo em harmonia um com outro, e viver a expectativa do nascimento da primeira netinha e bisnetinha é uma dessas coisas.


Depois de uma noite fria e tempestuosa, Joanne nasceu junto com o sol naquela manhã e, como ele, chegara para aquecer e iluminar tudo ao redor.


                                             ♫  Ela não é adorável?


     Ela não é maravilhosa?


       Ela não é preciosa?


   Menos de um minuto de idade


    Nunca imaginei que através do amor


     Estaríamos fazendo alguém tão adorável quanto ela


                                                     Feita de amor ♫

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 3

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Neuzimar de Faria em 16/09/2012

Simplesmente linda! Você inovou, nunca havia pensado em um desdobramento da história, tornando concreto o casamento de Rose e Scorpius. Ficou maravilhosa esta fic. Parabéns!

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Rhanna em 09/07/2012

chorei lendo *-* 

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por mayaralima em 16/03/2012

Que coisa mais... linda *-*

Nunca tinha pensado no nascimento de um bebê da Rose e do Scorpius. Parece que nunca pensei neles realmente casados; só naquela parte do namoro e tal. Mas a sua fic ficou ótima!

A ansiedade dos que estavam esperando, toda a carga de emoção da Rose durante o parto, enfim, cada momento foi muito bem descrito por você. Sinceramente, amei... Muito fofa... *-*

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.