FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

ATENÇÃO: Esta fic pode conter linguagem e conteúdo inapropriados para menores de idade então o leitor está concordando com os termos descritos.

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

2. Segunda Transa


Fic: As Amantes de Harry Potter


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

“Aquilo que sempre foi proibido, sempre foi mais gostoso”


 



 


No fim não era nada fácil ser professor, sim havia conseguido o emprego, mas minha vingança havia parado na Fleur, pensei que encontraria alguma colega professora gostosa, mas só tinha a Hermione, a única que se enquadrava nisso.


Hermione estava prestando um favor à diretora, defino a falta de pessoas no mercado para ensinar Runas Antigas. Então ela era simplesmente a professora mais linda, mais tudo de bom que existia ali, só tinha um problema, ela era a minha melhor amiga, e esposa de meu melhor amigo.


Eu pensava que o banheiro dos monitores era chique, isso por que eu não conhecia o banheiro dos professores, neles não existiam apenas uma banheira imensa com bolhas de todas as cores, existia uma verdadeira fonte termal asiática, o teto do banheiro era enfeitiçado, fazendo parecer que estava em ar livre, assim como as paredes mostravam uma paisagem asiática, como se estivesse no interior do Japão. Na realidade existia vários banheiros para os professores, e todos eram temáticas, um representava a Disney, mas confesso que gostava mais desse, do banheiro japonês.


Estava super relaxado dentro da fonte termal, nesse momento escutei o som da porta correndo, olhei pra entrada e vi Hermione, ela estava com uma toalha amarrada no corpo, devia estar usando só isso, amaldiçoei a toalha por tampar sua gostosura, depois me amaldiçoei por pensar isso.


 


“Vira pra lá” ela dizia.


“Por quê?” perguntei.


“Amo esse banheiro, somos melhores amigos” ela dizia “Não vejo o porquê já não podemos usá-lo juntos”


 


Fiz o que ela falou e me virei, vi a água se movimentar, ela deve ter entrada na fonte, lutei com todas as forças para não me virar, a fonte era magicamente feita para parecer grande, mas na realidade era bem pequena, senti o calor do corpo dela quando ela encostou sua costa na minha, ficamos assim, sentados na fonte de costas um pro outro, e para meu desespero já estava completamente excitado.


 


“Harry melhor não nos movemos” ela dizia.


 


Fiquei em silencio, aquilo era a maior tentação do universo, confesso que durante muito tempo tive sonhos pervertidos com a Hermione, tais sonhos que fazia eu acordar maluco e completamente culpado.


 


“Já imaginei algumas cenas parecidas com essa” não podia acreditar que eu estava falando isso.


“Pervertido!” Hermione dizia em um tom de brincadeira “Imaginou com a Gina?”


“Não” respondi “Foi com você mesmo”


 


Silencio.


 


“Fleur me mandou uma carta me contando umas coisas!” ela falou uns três minutos depois.


“Contou o que?” perguntei meio desesperado “Não me diga que...”


“Gostou dela?” Hermione perguntava em um tom estranho, podia jurar que parecia ciúmes.


“Hum...” pensei no que ia falar, então decidi não mentir, eu nunca mentia para Hermione “Gostei!”


“Estou muito desapontada” ela dizia.


 


Silencio, só que dessa vez ela não disse nada, notei que ela devia estar triste comigo mesmo.


 


“Então acho que vou sair” falei meio que sem graça.


“Espera!” Hermione dizia “Pensou...nem que fosse” ela deu uma pausa, como se estivesse decidindo se iria devia dizer aquilo sim ou não. “Sabe Harry, quando eu e o Rony brigamos, e eu penso em terminar com ele, ou me vingar dele, é você a primeira pessoa que vem em minha mente” ela parou novamente “Que droga...to tentando perguntar, se pelo menos por um momento...tipo...você pensou em me procurar invés da Fleur!”


“Hum...” falei entendo o que ela perguntava, depois sorria “Lógica que sim, Hermione você é tara antiga” dava uma pausa ficando completamente corado “Sabe...eu sempre sonhei, fantasiei com você”


“Já fez aquilo pensando em mim?” ela perguntou.


“Aquilo o que?” perguntei.


“Não se faz de idiota” Hermione dizia em um tom ansioso “Você sabe!”


“Se ta falando sobre masturbação” comecei a falar, escutei um som diferente vindo dela, parecia um gemidinho. “Sim, muitas e muitas vezes” não podia acreditar que estava confessando aquilo para minha melhor amiga.


 


Silencio, senti o corpo da Hermione se esquentar, começou a surgir ondinhas na água.


 


“Deixa eu ver você fazendo?” ela perguntava.


 


Eu não podia acreditar no que estava ouvindo, era um sonho que estava se tornando realidade, eu estava com a minha deusa aqui, e ela estava pedindo pra ver eu me masturbando.


 


“Não” falei “Deixo você fazer pra mim”


 


Ela se virou de uma vez, vi que ela estava com a mão em sua bucetinha, parecia que estava brincando sozinha, olhei para o corpo nu dela, nossa era perfeição demais, cintura fininha, quadril largo, seios belos com biquinhos rosados, não agüentei me segurar, avancei pra cima dela colocando minha mão direita em sua nuca, ela hesitou afastando a cabeça, mas eu não deixei ela se afastar, simplesmente avancei em seus lábios colando meus lábios nos dela, ela abriu um pouco a boca e eu a invadi com minha língua, nos beijamos com intensidade, nossas línguas se entrelaçando como duas cobras, suas mãos deslizavam por minhas costas me apertando, arranhando, comecei a acariciar seu corpo alisando suas coxas subindo por sua cintura até preencher minha mão em um dos seus seios, o massageando, apertando, esfregando seu mamilo entre meus dedos, em seguida descii meus beijos por seu queixo o mordendo e continuava minha descida até chegar em seu pescoço a onde beijava, deslizava minha língua e chupava bem gostoso. Desci meus beijos do seu pescoço e fui até seus seios, fiquei louco vendo aqueles biquinhos durinhos apontados pra mim, coloquei minhas mãos em seus seios os juntando, apertando com força, isso fez a Hermione soltar um gemido alto, em seguida abocanhei os dois biquinhos de uma vez, os chupando bem gostoso, depois soltei seus seios e cai de boca em um biquinho, lambendo....chupando...mordendo, os gemidos dela aumentaram.


 


“Ainn...para um pouquinho” ela dizia com a voz tomada pelo o desejo “Senta na borda”


 


Tive que usar toda minha força de vontade para fazer o que ela mandou e parar minha caricias. Senti um pouco de vergonha ao me sentar na borda da fonte, pois estava muito excitado, meu pau estava duro como pedra, erguido como uma grande torre, a cabecinha inchada a pele cobrindo só a metade dela.


 


“Hummm” ela dizia se ajoelhando na minha frente, seu rosto tomou uma expressão bem safada. “Você é bem dotado Harry!”


 


Senti a mão quente dela me envolver, arrepiei inteiro com isso, ela o segurava com as mãos puxando a pelinha pra trás e depois começava a lamber a cabecinha inteira, fazendo eu soltar um gemido abafado, ela chupava a cabecinha enquanto massageava minhas bolas e eu ia a loucura, nunca tinha sentindo nada assim antes.


 


“Quer que eu chupe ele todinho?” ela perguntava erguendo os olhos para me olhar com aquela cara de safada que estava começando a me deixar maluco.


“Quero! O engole vai, chupa ele todinho” dizia com a voz cheia de desejo.


“Só se prometer me avisar quando for gozar” ela dizia me lançando um olhar serio “Não se esqueça”


“Ok, eu prometo” falei.


 


Ela começou a chupar com toda vontade, o engolindo inteiro, chupando todinho, fazendo movimentos de sexo com a boca, chupando, movimentando a língua enquanto o engolia, chupando bem gostoso, eu gemia, sentia meu corpo inteiro ficar em chamas, iria gozar, segurei ela pelo os cabelos e soquei meu pau na boca dela fudendo aquela boquinha, socando fundo como se estivesse comendo, socando sem parar, penetrando a boca dela, urrava de prazer, minha mente ficava em branco, sabia que estava esquecendo alguma coisa, mas não podia me lembrar o que era, por fim senti aquela sensação chega e gozava, enchendo a boca dela de porra quente, preenchendo todinha, fazendo escorrer pelo os lábios dela, ela ergueu o olhar e vi muito irritação naquele olhar, foi ai que vi que fiz besteira, simplesmente esqueci de avisar, ela continuou com meu pau na sua boca, observei ela engolindo, senti a língua dela movimentar na cabecinha depois ela deu uma longa chupada nela e por fim tirou meu pau da boca.


 


“Que droga, Harry!” Hermione exclamava “Eu pedi pra você me avisar”


“Desculpa” falei curvando minha cabeça “Estava tão gostoso que minha mente ficou em branco” era sincero.


“Eu nunca tinha bebido isso! Morria de nojo” ela falou “Mas...não foi ruim, posso dizer que foi gostoso, principalmente por ser seu, ser do homem que eu mais desejei em toda minha vida”


 


As palavras dela me deixou duro de novo, entrei pra dentro da fonte pronto pra pegar ela de jeito, mas no momento que eu entrei ela saiu se sentando na borda, fiquei louco ao vê-la com as pernas bem abertas, bucetinha molhadinha.


 


“Sua vez” Hermione dizia com um rosto completamente safado.


 


Ajoelhei-me em sua frente, estava louco de tanto desejo.


 


“Chupa-me, Harry...quero sentir sua língua!” ela começava a falar “Me lambe todinha...chupa meu clitóris” ela apontava um pontinho um pouco a cima da entrada, seu clitóris “Diferente se sua esposa que só sente prazer no ponto G, é no clitóris que eu sou mais sensível, me leve para as nuvens!”


 


Usei minhas mãos para abrir os lábios da bucetinha dela, fiquei louco a olhar ela toda rosadinha linda, não agüentei segurar mais, deslizei minha língua pela a parte interna dela, dando apenas uma passadinha, depois soltei seus lábios e mordi ela inteira chupando todinha, voltei a deslizar minha língua por ela inteira me deliciando com seu sabor, mordi o lábio direito de sua buceta e chupei, depois fiz o mesmo com o esquerdo, escutei o som do seu gemido e  aumentei o ritmo enfiando minha língua entre seus lábios vaginais lambendo tudo, Hermione soltou um grito alto e começou uma serie de gemidos constantes, usei minhas mãos para abrir sua bucetinha de novo e comecei a lamber lá dentro bem fundo, chupava o  seu clitóris, o lugar a onde ela dizia que era mais sensível, decidi abusar muito daquela parte, lambia o clitóris durinho dela e ficava brincando com ele, colocava dentro da minha boca e comecei a chupar sem parar, ela gritava de tanto prazer, enquanto isso comecei a socar meu dedo médio pra dentro de sua buceta, movimentava ele circularmente dentro dela e depois comecei e enfiar e quase tirar, em alta velocidade, parei de chupar seu clitóris e comecei a lamber, deslizando minha língua por ele inteiro, senti suas mãos segurava em meus cabelos forçando meu rosto contra sua bucetinha. Hermione colocou suas pernas em meus ombros, e apertou meu pescoço com elas.


 


“Vou gozar....vou gozar...to gozando!” ela gritava sem parar. “Delicia...delicia...sua boca é gostosa demais...vou gozar nela”


 


Ela não parava de gritar e gemer em seguida senti a buceta dela se contrair seguidamente, seus gemidos não pararam, logo seu prazer se encheu do seu liquido gostoso, abri minha boca mordendo ela inteira, seus macios lábios me deixavam louco, chupei toda sentindo o gostinho bom de seu melzinho. Ela continuou forçando minha cabeça contra sua bucetinha e depois relaxou bem gostosinho.


 


Ela puxou minha cabeça pra cima e me beijou com intensidade, quase que insanamente, depois deslizou pra dentro da fonte já se sentando meu colo, senti meu pau roçar na intimidade gostosa dela, mas não penetrar.


 


“Tem certeza disso?” ela perguntou já segurando meu pau com sua mão, o esfregando em sua bucetinha. “Estou completamente louca pra continuar isso aqui, mas só se você prometer que não vai me olhar diferente amanhã!”


“Tenho sim” falei com convicção. “E vou te olhar diferente, sempre te desejando mais!”


“Vou confiar que você não vai contar pra ninguém o que rolou entre nós” ela falou esfregando a cabeça do meu pau em seu clitóris “Eu e o Rony estamos separados, mais ele morreria se soubesse transei com você antes de me separar de fato no papel dele”


“Não vou falar pra ninguém!” Exclamei.


 


Ela foi enfiando meu pau bem devagarzinho para dentro dela, vibrei por dentro, estava transando com minha melhor amiga, a garota mais linda que conhecia, a mulher mais sexy que já vi, a mulher que sempre tive um desejo escondido, estava gostoso demais, senti o calor da sua bucetinha envolver meu cacete inteiro, me arrepiei inteiro quando ela enfiou ele todo dentro de si, se sentando no meu pau, com ele todinho dentro. Ela abriu um sorriso deslumbrante passando os braços ao redor do meu pescoço.


 


“Ta dentro...você finalmente ta dentro de mim...ainn delicia, é quente” ela dizia com a voz tomada pelo o tesão “Harry...sempre que me quiser eu serei sua!”


 


Hermione começou a se movimentar, subir e descer em meu colo, engolindo meu cacete com sua bucetinha linda, senti um delicioso arrepio, era gostoso demais. Ela continuou fazendo o mesmo movimento de subir e descer só que agora ia aumentando a velocidade aos poucos, subia lentamente e descia com força fazendo meu pau estocar bem fundo dentro dela, ela me lançou um sorriso safado e começou a me beijar fazendo nossas línguas brincarem fora de nossas bocas, coloquei minhas mãos em sua bunda apertando com força enquanto a velocidade ficava bem mais rápido, ela pulava em meu colo agora, fazendo eu enlouquecer de tanto prazer.


Mesmo adorando aquilo eu não podia deixar ela fazer tudo sozinha, movimentei meu corpo inteiro pra cima estocando fundo, ela gritou alto, e eu continuei forçando, criando um ritmo rápido e forte, movimentando meu quadril pra cima e pra baixo, estocando sem parar fazendo ela gemer e gritar alto.


 


“Vou gozar” falei com a respiração acelerada.


“Segura” ela ordenou “Quero gozar nesse seu pau gostoso!” exclamou me deixando louco.


 


Fechei meus olhos e mordi meus lábios com forças, senti aquela sensação perfeita tomar conta de mim, mas forcei para ela parar, não podia gozar, queria que ela gozasse também, e eu estava ficando quase louco, era difícil demais segurar o gozo, ela não diminuiu o ritmo, continuou pulando no meu pau, rebolando gostoso, senti a buceta dela se contrair inteira, ela gritou alto gemendo, urrando sem parar.


 


“To gozando...” ela gritava “Anda goza comigo!!”


 


Ela não precisava pedir duas vezes, eu simplesmente comecei a estocar ela de novo, movimentando meu quadril pra cima e pra baixo em alta velocidade, senti aquela sensação perfeita chegar de novo e dessa vez não a segurei, deixei ela invadir meu ser me provocando o maior prazer de toda minha vida, estava gozando, enchendo a bucetinha dela com meu gozo, sua intimidade se contraiu de novo enquanto eu gozava, dava as ultimas bombadas quando senti ela relaxar deitando a cabeça em meu ombro.


 


“Amo você, Harry Potter! Eu te amo demais.” ela dizia baixinha dando beijinhos no meu ombro “E sim, você foi incrível, bem melhor do que eu fantasiava”


“Obrigado” falei sorrindo “Eu quero mais”


“Hummmm...vai judiar de mim essa noite?” ela perguntava.


“De quatro!” Ordenei.


Ela sorriu para mim, um sorriso safado, e depois fez exatamente o que eu mandei, se ajoelhou em frente à borda e deitou seus peitos ali, depois ergueu a bundinha linda pra mim, bem empinadinha, sua bucetinha ensopada escorria seu melzinho mesclado com a água da fonte, ajoelhei na frente de sua bunda e mordia cada ladinho, deixando as marcas de meus dentes, levantei e passei minha mão em sua buceta linda a deixando toda meladinha com o melzinho dela, depois melei meu pau passando a mão melada com o melzinho dela nele, segurei ele com a mão direita e passei a cabecinha no cuzinho dela, fazia entrar a metadinha da cabecinha e depois tirava passando ela na bucetinha dela, Hermione começava a rebolar no meu pau, ela gemia bem gostoso, não resisti mais e fui enfiando ele dentro dela, enfiava bem devagarzinho, nunca tinha me sentindo desse jeito antes, a buceta dela parecia ser mais quente do que de qualquer mulher, era quente demais, parecia em brasas, senti aquele calor envolver meu cacete, cada pedadinho dele, mesmo depois de meter gostosinho nela a bucetinha dela ainda estava apertadinha, bem gostosa, ia socando forçando a entrada, delirando...nunca tinha provado uma buceta tão gostosa, devia ser minha imaginação por causa de minha tara por ela, forcei meu corpo todo pra frente e estoquei fundo, ela gritou e voltou a rebolar, eu não precisava fazer nada, apenas fiquei parada enquanto ela rebolava fazendo meu cacete mexer dentro dela, fiquei assim durante um tempo, e depois comecei a fuder com força, queria arrombá-la, rasgá-la, ela voltou a gemer em gritos enquanto eu fudia nessa velocidade, movimentava meu corpo inteiro pra frente e depois voltava estocando e metendo sem parar, dando firmes tapas em sua bunda, deixando as marcas do meu dedo, na primeira vez tínhamos feito amor, bem gostosinho e carinhoso, agora era sexo, sexo selvagem, e ela parecia amar isso, pois seus gemidos eram histéricos e sua bucetinha transbordava melzinho, enrolei seu cabelo em minhas mão e puxei enquanto estocava, ela gritou novamente, senti a buceta dela enforcar meu cacete de tanto que se contraia, o corpo dela tremia e seu mel escorria, sorria com aquilo, era bom demais, continuei fudendo ela com força e velocidade, puxava seus cabelos toda vez que a estocava, ela olhou pra trás com lagrimas nós olhos, só que não parecia estar sofrendo, pois ela sorria, um sorriso de puro prazer, ela chorava de prazer, isso me deixou ainda mais louco.


 


“Isso meu dono...puxo o cabelo de sua mulher” ela dizia em meio ao delírio do prazer “Abusa de mim vai...sou sua!” gemia histericamente.


 


Isso me deixou ainda mais empolgado, toda vez que enfiava meu cacete mais fundo eu puxava seus cabelos, isso fez a buceta dela apertar ainda mais meu pau, estava quase chegando em meu limite, senti sua bucetinha se contrair e relaxar seguidamente, ela pulsava em meu pau, piscava, voltei dá tapas em sua bunda deixando os meus cincos dedos lá, ela gostou, pois sorria animada a cada tapa que eu dava.


 


“Vou gozar...vou gozar.” Dizia em meio a minha respiração ofegante.


Goza... goza.” Ela gritava. "Goza dentro de mim novamente"


 


Aquela sensação tomou conta de mim, eu urrei de tanto prazer e gozei, era como se eu fosse pro céu e voltasse, sentia minha porra sair como um jato e invadir aquela bucetinha ensopada, dei as ultimas bombadas e parei, Hermione notou que parei e rebolou mais algumas vezes pra depois cair sentadinha em meu colo, seu sorriso largamente aberto, seu rosto suado, respiração cansada e ofegante.


 


“Dorme em meu quarto hoje?” perguntei.


Ela abriu um sorriso super animado “Só se me prometer que não iremos dormir!” Hermione dizia em um tom safadinho.


“Eu prometo!” falei dando um selinho nela “Não tenho intenção nenhuma de dormir”


 


###


 


Ter ficado com a Hermione naquela noite no banheiro dos professores, mais precisamente no banheiro japonês dos professores, foi a melhor coisa que me aconteceu. Eu só não sabia que transar com ela não seria algo incomum, na realidade a partir daquele momento ela se tornou a minha principal amante, aquela que eu mais amava, a mais importante.


 


**********************


Nota autor:


 


Fala galera, espero que tenham gostado da segunda transa!


Eu sou um H&H, amo esse casal, então simplesmente seria impossível eles não terem sua noite, o porem é que eles iriam ter mais transas do que qualquer outro nessa fic, então fiquem de olho!


Obrigado pelo os comentários ^^ eles motivam!


Então galera, digam no próximo comentário com quem querem que Harry transe no próximo capitulo, pode ser alguma personagem tradicional, ou podem apenas dizer o ano da aluna que ele vai transar, a personagem eu crio ^^


Fico de olho na interação de vocês na historia, essa fanfic terá muito disso, vocês escolheram muitas coisas aqui!


Até o próximo capitulo. 

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 14

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Diênifer Santos Granger em 27/06/2013

Tonks! Faz a Tonks! *--------------*
O Aluado merece pela falta de comparecimento! TOOOOOOONKS!


Amaaaaaaaaaaaaaaaaaando! 

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Herms_Granger Potter em 30/05/2013

Harry e rose  uma palavra pra descrever: excitante 
 

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Talisman José da Silva Moraes em 04/05/2013

Faz um Harry/Fleur/Hermione!

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Lizzie Riddle em 22/05/2012

Não sei com quem Gina esta traindo Harry, mas caso fosse com Draco, poderia fazer uma do Harry traçando Astória - ou seja lá com quem Draco tenha casado na sua fic. Mas amo H²  e esperando mais cenas entre eles e é claro quem sabe um avanço mais serio/amoro entre eles =D amei posta logo

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Lana Silva em 11/01/2012

Tô amando a fic apesar de não ser fã de H/H tô curtindo bastante *-* 

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Azula Kuran em 28/11/2011

Amei a fic!

Mas tem um problema estão tirando algumas fics do ar principalmente as que contem pedofilia, então tome cuidado.

 Acho isso uma idiotice tirá-las do ar, mas que decide são eles, né?

Continue, ok!

 

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Amanda A. em 01/11/2011

AH, QUE ISSO GENTE, CHEGA DE TANTA SURUBA. HERMIONE E FLEUR JÁ TÁ ÓTIMO. AHAHUAHUHAUHAUHAUHAUAHUAHUHAUHA. Adorei. Estou adorando, continue. H/Hr sempre. ♥

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por vivi couto em 11/10/2011

faz um harry e luna e um harry e angelina.

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por rosana franco em 29/09/2011

H/H é sempre fascinante mas se a Tonks não morreu sempre imaginei os dois juntos.

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por arielsenna em 29/09/2011

cara muito legal adoro fics assim!!!!!!!!!!
vc poderia colocar o harry e alguma sonserina acho que ia ficar legal !

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Victoria Weasley em 27/09/2011

Adorei o cap, e gostei da ideia do Gui de fazer o Harry tranzar com as sobrinhas dele KKK.

Nota: 1

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Gui_Hawk em 26/09/2011

Vc poderia fazer o Harry transar com as sobrinhas dele também, como a Victorie e a Rose.

Nota: 4

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Beraldo em 26/09/2011

mto bom jair xDDD quem sabe vc coloque a irmã da fleur no meio da história, ia ser uma boa xDDD abrço, nota 10 a fic ^^

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Sirius Padfoot Black em 26/09/2011

KKKKKKKKKK jair jair, sempre pervertido não?

Só a título de curiosidae, essa fic será uma sexfic somente? porque se for  cara eu recomendo que vc tire desse site antes que te peguem:S tão ezcruindo umas fanfics aí por terem essas coisas , triste eu sei zD

Eu posso nunca ter comentado em nenhuma fic sua, mas pelo menos as de HP naruto e eragon, saiba que li/leio todas :D era mais preguiça mesmo,, e eu lia do celular entao é um saco ficar digitando xD

mas here i am from now on

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.