FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

1. Capítulo I


Fic: O casamento dos meus sonhos...


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

N/A: fic nova ;), baseada em “O casamento dos meus sonhos. Espero que gostem! Se houver algumas modificações não liguem xD precisando de alguém que faça capa...

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket


Capítulo I – A garota mais sortuda...



Hermione falava para a noiva nervosa parada à sua frente.

- Não se preocupe. De agora em diante ele vai cuidar de você e você vai cuidar dele. Vai lhe fazer sanduíche de mortadela e você vai comprar meias para ele...

Parvati Patil estava visivelmente impaciente. Mione continuava.

- ...E você trará sua valise branca e viverão felizes para sempre. Repita. Você é a garota mais sortuda do mundo. Agora repita.

- Eu sou a garota mais sortuda.

- A mais sortuda de todas! – a morena sorriu.

-Você é a garota mais sortuda do mundo. – Parvati repetiu baixinho para si mesma.

- Quando fiz o casamento da sua irmã ela estava ainda mais nervosa que você. E você parece dez vezes melhor do que ela!

- Não está certo. Não vai funcionar. Estou gorda! E vou casar com o cara errado! – Parvati tremia dos pés a cabeça.

- Olhe para mim. Você está linda de morrer! – falou Hermione, forçando Patil a encará-la. Esta sorriu.

- Mas eu não sou linda – parou um pouco - Você é linda, tem uma beleza clássica.

Hermione revirou os olhos. “Noiva difícil...” tomou ar de um modo que não a fizesse parecer cansada e falou:

- E você é invejada pela sua amiga Margareth. Quando você foi á loja ela disse: "Olha para estas coxas. Daria tudo para ter as coxas da Parvati!” Mas você tem muito mais do que isso... tem o amor do Neville. Um homem que chegou há alguns dias no ensaio do casamento e disse: Não posso acreditar que ela tenha me escolhido!"

- Sério?!

- Sim... e soltou outra também: “Não posso acreditar que vou me casar com a mulher mais linda que já vi!” Isso quer dizer que o teu casamento, não só vai dar certo como vai durar para sempre.

- Nunca vou esquecer disso. Obrigada Mi.

Ela sorriu de leve.

- Tenho que ir. – falou apressadamente.

Mione ia passando e vistoriando tudo, afinal, essa era sua principal função. Coordenar para que tudo saísse perfeito.

- Mantenham-se nas áreas A, B e E. Não quero interferências no vídeo.

Ela passou por um jovem de sua equipe.

- Sei quem você está procurando. Estão lá em baixo.

- Obrigado.

O padre passava apressado.

- Padre, aonde pensa que vai?

- A natureza me chama. – ele estava visivelmente “apertado”. Mas Hermione não tinha tempo para desculpas, o casamento ia começar.

- Responda-a depois. Estamos prestes a começar. Vamos!

Hermione colocara um mini-comunicador, era incrível como podia ser tão eficiente e dar atenção a todos.

- Penny, pare de namorar. Vídeo começando em um. – falou para a assistente. - Não espera! Penny, na M-12 tem uma "torre negra" tampando o vídeo. Tira ela de lá!

Penny dirigiu-se ao banco onde havia uma senhora enorme. Sorriu gentil.

- Olá. Você está na lista dos melhores lugares, por isso, siga-me. Não vai assistir ao casamento aqui atrás. – sua voz era delicadamente ensaiada. A senhora sorriu satisfeita e seguiu-a.

- Torre demolida. – falou Penny baixinho.

- Todos aos seus lugares. – Mione ordenou. - Todd, baixa as luzes. Maestro, no três... – Hermione ia começar a contar quando Penny cutucou-a.

- Falta o pai da noiva!

Hermione revirou os olhos.

- Penny, manda procurar o PDN (pai da noiva).

- Já mandei há 15 minutos. – Penny era um misto de ansiedade e diversão.
- QUINZE?

- Calma. Respire. Conte até cem e comece de novo.

O padre chamou-a.

- É pra hoje?

- Padre, vai ter que esperar! Vai ter que esperar! – Mione estava aflita quando percebeu os padrinhos apenas de camisa. - Rapazes, vai começar!Vistam os casacos.

Ela saiu em busca do bendito pai da noiva.

- PDN localizado. – falou Mi, suspirando de alívio. Durou muito pouco, porém, pois o PDN estava razoavelmente bêbado.

- A minha filhinha vai casar hoje. – Ele falou meio choroso. - Lembro quando ela acabou o Jardim da Infância. Quando era menina... lembro dela...

- ...como se fosse ontem. – completou Mione.

- Quem é você?

- A organizadora de casamentos.

- Olha! A organizadora de casamentos. Sabe, a sua vida deve ser tremendamente romântica.

Hermione riu irônica.

- Talvez... Mas chegou a ora PD... quer dizer, Sr. Patil.


*********************


Na manhã seguinte. Hermione jogava cruzadas distraidamente.

- Earwax". O "X" vale o dobro.

- “A" na palavra tripla... 72 pontos! – Mione jogou feliz.

- Não. Desafio. "Earwax" são duas palavras. – Rony discordava, dando uma de sabichão.

- É uma! – defendeu-se Mione.

- Você está blefando.

- "Munch", 16 pontos!

- 16? Claro que não!

A confusão começava. O Sr. Granger cutucou-a.

- Já sei que sou um chato.Só quero que você seja feliz. Vou dizer uma coisa e talvez você não concorde, mas às vezes os pais têm que agir...

- O que diabos está falando?

- Encontrei um homem que aceitou casar com você. Se a sua mãe estivesse viva,
e ouvisse isto, voltava a morrer.

- "Shaft"... 22 pontos. – falou Miranda.

- Você o conhece, lembras de Mark?

- Quem?

- Mark Adams. Foi o teu companheiro no verão que passamos na França.

- O garoto que comia lama? – Hermione fez cara de nojo.

- Esse mesmo!

- Vi-o na "Noite dos Recém Chegados”. – falou Hermione sem emoção. Depois mudou completamente a voz. Esta ficou ironicamente animada. - Este é o dia mais maravilhoso da minha vida... Um homem só para mim! Leve-me até ele imediatamente!

- Não é necessário!

Hermione engasgou-se com o suco.

- Ele está aqui?

- Ele está aqui? Ele está aqui... – repetiu seu pai. – Mark!

- Não pode ser. – Mione fechou os olhos com força, reabrindo-os em seguida. - Meu Deus! Meu Deus!

Um belo jovem de olhos castanho claro e cabelos negros entrou na sala.

- Lembra de Mark?

- A lama fez bem a ele. – foi tudo o que conseguiu dizer.

Mark sorriu.

- A última vez que te vi, você era fraquinha e feia, sua cabeça era grande demais para seu corpo.
Ela sorriu amarelo.

- Que lindo. Obrigada.

- De nada. Viveremos muito felizes juntos. Quero três filhos e um jardim com tomates.

Mione pegou sua bolsa rapidamente.

- Bom, então...

- Hermione, espera!

Mas ela já havia saído.

“Vou me casar com um ex-comedor de lama que gosta de tomates. Que ótimo!”


N/A: comentem please?

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2023
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.