FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

11. Animagia


Fic: Viajantes no tempo- Quando algumas gerações se encontram CAP


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

POV Harry


O quarto já possuía alguma claridade mostrando que já era de manhã. Me lembrei que hoje é o dia em que os alunos chegam de suas casas e vem para Hogwarts estudar.


Sabe, eu ainda acho muito estranho que os meus pais estejam aqui. Não me entendam mal, eu estou adorando, mas é meio estranho… Afinal os meus pais são mais novos que eu! Eles possuem 17 enquanto eu tenho 18! Aposto que você estranharia se estivesse no meu lugar!


Tentei levantar, mas não consegui. Tateie a mesinha de cabeceira e peguei os óculos. Sorri ao constatar que Ted estava em cima de mim. Não me canso de ficar olhando para ele. Ted foi a alegria que nós tínhamos em meio ao resultado da guerra, que foi arrasador. Fiquei realmente para baixo com tantas perdas, mas Ted conseguiu aliviar um pouco o clima pesado que estava em nossa volta com um simples sorriso, que logo depois virava uma gargalhada contagiante! Não tem como não gostar desse menino!


Comecei a pensar no meu futuro, tenho que concordar com o Rony, ele já está praticamente feito. Eu realmente quero ser auror, quero pegar cada comensal que fugiu quando a guerra terminou. Foram poucos somente os mais fracos, pois os mais fortes estavam mortos como Belatrix e como Lucio Malfoy que está em Azcaban cumprindo pena. Não tive coragem de prender Narcisa e o Draco, eles não tem culpa disso. Draco é só um garoto assustado que queria dar orgulho ao pai, ele nem teve coragem de matar Dumbledore na hora “H”! Narcisa eu nunca a vi ter a marca, nunca vou esquecer o olhar dela quando estávamos no meio da busca. Quando fomos capturados e arrastados até a casa dela, o olhar era de quem estava assustada, com medo... E no final ela mentiu para Voldemort dizendo que eu estava morto. Não vi o porquê dela ir presa junto com Draco, e tanto que eu fui testemunhar a favor deles. Até hoje eu não vi Draco, e não creio que ele vá me agradecer por isso.


Voltando, eu quero muito ser auror, até hoje o Ministério só pegou cinco aurores de no mínimo trinta! Não que eu os ache incompetentes, mas o chefe deles que sem dúvidas não dá para o cargo! E o pior é que Quim- o ministro- quer que eu vá até as missões de captura, mas o chefe dos aurores diz claramente que não.  Rony diz que ele não vai com a minha cara, porque não demora muito eu é que vou ser o chefe dos aurores. Normalmente eu diria que é mentira, que eu sou muito novo para assumir essa responsabilidade, mas fica difícil quando Quim fica dando umas indiretas que na verdade são muito diretas sobre o meu futuro no Ministério.


E foi pensando no meu futuro como auror que eu propus virar animago. Tenho certeza que eu consigo. Eu estudei praticamente as férias todas. Dividi os meus horários entre os meus amigos, minha namorada e os estudos. Quando estou com insônia pego um livro sobre alguma a matéria e começo a ler. E o mais impressionante é que, os feitiços que estão nos livros eu consigo fazer de primeira! E não é só em feitiços, é na maioria das matérias como transfiguração, DCAT, e por incrível que pareça, poções! Se bobear estou melhor que a Mione nesses feitiços, não é a toa que eu não contei sobre essas facilidades, não quero ver a reação dela quando souber. E é pela minha nova facilidade em transfiguração que eu quero virar animago, além de que, se eu conseguir transformar esse ano, eu posso ajudar o Aluado nas transformações.


Resolvi levantar, coloquei Ted com cuidado na cama ao lado de Remo. E resolvi tomar um banho. Olhei para o lado e percebi que as garotas estavam com seus devidos namorados, procurei Gina e percebi que ela estava na cama do Aluado.


Devo ter demorado um pouco, pois quando saí todos já estavam acordados. Dei graças a Merlin por estar vestido e não de toalhas como costumo estar ao sair do banho. Fui em frente ao espelho para tentar pentear os cabelos. Não é novidade que eu não consegui. Mas, no meio das minhas tentativas sinto um cheiro floral, o de Gina.


- Não sei por que ainda tenta domar esses cabelos, não vê que eles são indomáveis?- disse divertida colocando os braços ao redor do meu pescoço. Resolvi virar um pouco maroto.


- A esperança é a ultima que morre! Não vê que estou tentando domar uma certa ruivinha da minha vida?- eu disse divertido me virando de frente para ela e colocando a minha mão em sua cintura. Me aproximei para beijá-la, vi que ela fechou os olhos, mas no último momento eu beijei sua bochecha. Segurei para não rir da cara de desapontamento e raiva que ela fez.


- Sabia que você é um bobo?- disse com os olhos faiscando, não me intimidei.


- Não. Por quê?- perguntei inocentemente.


- Sr. Potter, você sabe muito bem o porquê de você ser um bobo!- disse vermelha de raiva, já disse que eu amo deixá-la vermelha, ela fica uma graça, acho que isso é um mal dos Potter ‘s.


Aproximei-me dela novamente e vi que prendeu a respiração.


- Ainda estou com raiva de você!- disse num fio de voz, me aproximei mais.


- Por que mesmo?...- perguntei fazendo cara de cervo abandonado.


- Por que... Por que... Para de fazer essa carinha! Esse truquezinho barato não funciona comigo!- ela parecia um tanto desesperada ao falar isso, engoli de novo a vontade de rir.


- Que truque? Mas eu nem usei a minha cartada final!- Eu disse.


- Cartada final?- perguntou confusa e curiosa.


- É. Aquela que eu faço você esquecer o porquê de estar brava comigo!- expliquei, mas eu mesmo já tinha esquecido o motivo dela estar brava. Então me aproximei de vez, e a beijei. Não preciso dizer que esqueci que tínhamos companhia e que nem me importei com a hora. Só nos separamos quando o inconveniente do meu padrinho disse:


- Ei! Nós ainda estamos aqui!- ele disse. Gina estava mais vermelha que nunca de vergonha, eu estava só com um sorriso maroto, como se nada estivesse acontecido. Abracei-a por trás e perguntei?


- Funcionou?


- Porque eu estava brava mesmo?- disse divertida me fazendo rir.


 - Vamos tomar café logo?- perguntou Sirius.


- Sirius, em qual mundo que você está? Já são três horas da tarde!- disse Neville.


- Está brincando!- disse surpreso.


- Você queria o quê? Todos nós fomos dormir lá pelas três horas da manhã!- disse minha mãe.


- E agora, o que vamos fazer? Pois estou morrendo de fome!- disse Frank.


- É só irmos até a cozinha!- disse Lice como se fosse o óbvio.


- Então vamos que eu não sei como estou em pé! Minha barriga está gritando de fome!- disse Rony.


- Quando é que você não está com fome?- murmurou Mione fazendo todos rirem e Rony fechar a cara, mas que logo foi embora com o beijo que a Mione lhe deu.


E logo estávamos na cozinha engatados em uma conversa animada, até que eu me lembrei da animagia.


- E quanto as aulas de animagia?- perguntei e vi que os marotos trocaram olhares.


- Pelo jeito você não vai mudar de idéia!- disse Remo depois de um suspiro.


- Que estória é essa de animagia?- perguntou Mione.


- Nós vamos nos tornar animagos, sugeri, que já que os marotos estão aqui eles serão os nossos professores!- quem melhor do que os marotos para ensinar isso? Talvez a Minerva, mas tenho certeza que não vai ser uma boa idéia perguntá-la.


- Vocês estão loucos! Virar animagos é muito perigoso! Coisas horríveis acontecem com pessoas que se transformam errado!- disse Mione- Você concorda não é Gina?


- Eu só acho interessante!- disse Gina passando geléia no pão.


- Interessante Gina! Eles estão pensando em virar animagos!- Mione estava sem dúvida desesperada.


- Sim Mione, interessante!- afirmou Gina.


- Não acredito que você concorda com isso!- disse Mione.


- Mione, quem é esse aqui?- perguntou Gina apontando para mim.


- Hum... É o Harry...- respondeu Mione confusa.


- Justamente! Ele é Harry Potter! Um dos caras mais teimosos que eu conheço. Você realmente acha se ele quiser se transformar em um animago eu poderei impedir? Tenha dó Mione! Até parece que você não conhece o Harry, quando se trata de proteger os outros e ajudar, não tem ninguém que o faça mudar de ideia. Se ele quiser virar animago para ajudar Remo nas transformações, o que nós podemos fazer? Apenas apoiá-lo! – disse Gina impressionando todos com o seu discurso, que é realmente a verdade. E também completou- E eu sou a última pessoa que vai conseguir fazer o Harry mudar de ideia, pois ele é bem convincente quando quer!- disse corando levemente e eu me lembrei da cartada final de hoje.


- Entendo. Ele é um Potter. Então eles conseguem ser bem persuasivos quando querem. - disse minha mãe.


- Mas UAU! Estou impressionada com você Gina!- disse Mione.


- O que foi?!- disse inocentemente- Só disse a verdade sobre o Harry, é melhor nós os apoiarmos, porque eles vão fazer isso de qualquer jeito mesmo!- disse dando de ombros.


- Mas, e quanto ao futuro de vocês? Vocês realmente querem ser aurores?- perguntou Remo.


- Eu e o Harry sim. Mas às vezes eu me pergunto se eu não quero ser goleiro profissional, mas isso é uma profissão muito instável. Mas a Mione quer ser advogada e o Neville quer ser professor de herbologia - disse Rony.


- Sério Neville?- disse Lice animada.


- É. Tanto que a Professora Sprout vai dar umas aulas particulares. - disse meio envergonhado.


- Ele é o melhor da turma!- disse Mione fazendo Nev corar ainda mais.


- Como podem ver já temos um futuro feito, nossos trabalhos já estão garantidos.


- Não é bem assim Rony!- retrucou Mione.


- É sim Mione! Só o fato de sermos quem somos já nos garante emprego em qualquer lugar no mundo bruxo!- disse Rony.


- Não é certo isso Rony! Nós temos que fazer por merecer!


- Nós não precisamos disso. É só dizer os nossos nomes, que qualquer porta se abrirá!- insistiu Rony. Mas Neville, Gina e eu não estamos nem prestando atenção. Quando se convive com Rony e Mione se acostuma com as brigas deles. Mas o resto do pessoal estava com os olhos vidrados neles como se fosse a coisa mais interessante do mundo.


- Rony! Você é... - começou Mione mas foi interrompida por um beijo que Rony lhe deu. As brigas deles sempre terminam assim. Eles brigam, mas, Rony sempre a beija fazendo Mione ficar quieta. Para mim é normal, mas ao que parece isso é uma coisa nova para o resto do pessoal, já que aplaudiam os dois, fazendo-os se separarem muito corados.


- Só faltou a pipoca!- disse Lice.


- Ah... Senti muita falta das brigas de casal!- exclamou Sirius.


- Como assim?- perguntou Gina.


- É que não assistimos uma boa briga desde que o Pontas e a Lily namoram. - disse Aluado.


- Mas elas sempre terminaram diferentes. Ou terminava com a Lily dizendo um “Não” capaz de a escola inteira ouvir- disse Frank.


-Ou com o Pontas com 5 marcas de dedos na cara- disse Sirius.


- Ou com a Lily com a cor dos cabelos. Espera! Em todas ela ficava vermelha!- disse Lice divertida.


- Mas era mais normal ela falar que o Pontas era Metido... - começou Remo.


- Galinha... – disse Frank.


- Egocêntrico... - continuou Remo.


- E para completar... - começou Sirius.


- “Eu prefiro sair com a Lula gigante do que com você Potter!”- disseram em coro fazendo todos rirem, e James e Lilian ficarem corados.


- Sinto falta das brigas deles... - suspirou Lice.


- Eu não sinto a mínima falta!- disse James.


- Ok! Mas e quanto as nossas aulas de animagia?- perguntou Rony.


- Pode ser hoje a noite de dez horas até a meia noite, que tal?- sugeriu Sirius.


- Mas vai estar fora do horário!- disse Mione.


- Mione, o Rony é monitor, então ele pode estar fora do horário, além disso, temos dois mapas e duas capas!- eu disse.


- Não tinha pensado nisso... - desculpou-se Mione. Mas isso é normal, logo depois que os dois se beijam eles ficam um pouco fora do ar.


- Tudo bem, mas e quanto as nossas aulas?- perguntou Sirius interessado.


- Eles nos dão aulas de animagia e nós damos aulas sobre alguma coisa do DCAT para eles, para ajudá-los quando forem aurores. - explicou Rony ao pedido mudo de explicação das garotas.


- Eu acho que amanhã no mesmo horário de dez a meia noite. - sugeri e todos aceitaram. Comemos, conversamos e fomos para o salão comunal.


Jogamos xadrez e é claro que Rony ganhou de todo mundo. Brincamos com o Ted até ele ir embora, Monstro o levou através da aparatação, Ted não queria, mas depois de despedir de todos ele foi embora.


Depois jogamos snap explosivo até dar a hora dos alunos chegarem. Subimos e colocamos o uniforme. Seguimos em direção ao salão principal, acabamos atrasando e quando chegamos o salão já estava cheio, chequei pela última vez o feitiço para mudar de aparência nos nossos visitantes.


 


 


 


 


POV Autora


 


Eles chegaram ao salão e como sempre chamaram atenção. As garotas trataram de abraçar os namorados em sinal que eles já tinham donos. Eles não reclamaram já que tinha um monte de marmanjo olhando elas também.


Alice estava um tanto desconfortável com os olhares que recebia da ala masculina, e tentava a todo custo ignorar o ciúmes que sentia de Frank. Não estava acostumada a ver o namorado receber olhares femininos, pois os olhares eram dirigidos em sua maioria para os marotos. E ainda tinha aquela indignação das garotas que suspiravam pelo Neville, era um absurdo!”Parecem cadelas no cio!”, pensava.


Mione estava segurando a vontade de rir das meninas. Era muito engraçado ver todas agarrando cada vez mais seus namorados. Rony estava tranqüilo completamente indiferente aos olhares que recebia. Ao passar dos anos o trio maravilha tinha ignorado muitos comentários desnecessários e hoje não tinham muitos problemas com isso. E ao que parecia os marotos também estavam acostumados já que nem ligaram. Mione teve pena das garotas, que estavam desconfortáveis, pois eram acostumadas com os olhares bem discretos, afinal mexer com os seus namorados não era uma coisa muito saudável a se fazer, e tudo isso tinha mudado . Mas as meninas de Hogwarts estavam bem impressionadas com os garotos, principalmente com Harry que sem dúvidas tinha sido o que mais mudou, parecia que tinha mais vida.


Gina estava soltando fogos pelas ventas de tanto ciúmes que estava, mas não era para menos. Harry sem dúvidas estava muito diferente desde a guerra. Estava mais alto, seu corpo estava sarado devido aos longos treinos de DCAT e quadribol, estava esbelto, seu rosto já mostrava que já era um homem, e tinha um certo ar maroto adquirido com um simples fato dos visitantes estarem ali e não ter nenhum peso nas costas. Sem dúvida era o mais lindo do grupo. Gina simplesmente ignorava os olhares que recebia da ala masculina, pois sabia que Harry era um tanto ciumento e facilmente azaria o coitado e ela não queria confusão.


- Sério, vamos sentar logo? Eu não estou com muita paciência!- disse Gina arrastando o povo até o banco da Grifinória.


- Calma Gina!- disse Harry tentando acalmar a namorada.


- Até parece que nunca viu um garoto na vida!- exclamou Lilian e as garotas concordaram com ela.


Os garotos se entreolharam e pensaram a mesma coisa: O que eu fiz para merecer uma namorada tão ciumenta?


O jantar foi ótimo, cinco meninos foram selecionados para a Grifinória. O pessoal comia e se divertia como ninguém.


A noite chegou, e com ela a hora do treino de Animagia. Hermione estava temerosa, mas Harry e Rony estavam eufóricos e morrendo de ansiedade.


As 22:00h da noite, todos estavam na sala precisa.


- Tudo bem! Lembrem-se, animagia é um estudo bem complexo. Poucas são as pessoas que conseguem completá-la. Nós mesmos levamos um ano inteiro praticamente, para nos tornarmos animagos. - começou James.


- Para saber qual animal vocês vão virar basta um único feitiço. Mas ele é muito complexo, é chamado expecto patronum. - disse Sirius e Rony revirou os olhos.


- Só isso? - ele perguntou.


- Como assim só isso? Esse é um feitiço muito avançado!- disse Sirius.


- E sei fazer esse feitiço desde o quinto ano, e o Harry desde o terceiro. - explicou Rony e brandiu a varinha e disse: - Expecto Patronum.


Um lindo cachorro apareceu da varinha de Rony, Sirius parecia que tinha engolido uma bomba de bosta, afinal ele demorou praticamente seis meses só para saber conjurar esse feitiço e os outros seis para se tornar animago. Mas estava feliz em saber que Rony tinha o mesmo animal que ele.


Foi a vez de Harry.


- Expecto Patronum- saiu um feixe de luz, e logo um cervo apareceu galopando pela sala inteira. James estava radiante, pois seu filho iria ser o mesmo animago que ele.


- Metade do caminho está andada. – disse Sirius.


- Agora vocês têm que se concentrar bastante. Fechem os olhos e busquem a forma animaga dentro de vocês. Pensem nas coisas que mais gostam, nas coisas que os fazem felizes. Busquem uma floresta dentro de vocês, um lugar onde um cachorro e um cervo vivem. - disse James- Você primeiro Rony.


Rony se concentrou bastante, limpou a sua mente e se concentrou nas coisas que mais gostava: Mione, Família, Harry, Neville, Comida. Sem perceber, ele começou a levitar sozinho, ele estava meio brilhante. Dez minutos ele cai no chão sem progresso nenhum. E fica meio frustrado.


- Toma aqui esse chocolate- deu Remo a ele.


- Agora você Harry!- disse Sirius animado.


Harry se preparou, limpou a mente e se concentrou nas coisas mais importantes em sua vida: Gina, seus pais, Remo, Sirius, Rony, Mione, Neville, Ted, quadribol e etc. Estava tão concentrado que não via no que se transformava.


Enquanto se concentrava, seu corpo levitou igual ao de Rony. Cinco minutos se passaram até o primeiro avanço parecer. Seu corpo estava se transformando em um cervo. Todos olhavam para a cena admirados. Em dez minutos Harry já era um cervo, mas uma coisa extraordinária aconteceu. Em vez de seu corpo voltar ao normal, ele foi tomando uma nova forma.


Em cinco minutos ele era um leão transformado. Todos olhavam a cena confuso e maravilhados. Como pode alguém conseguir se transformar em duas formas animagas?


Mas não acabou por ai. Em cinco minutos o seu corpo começou a modificar novamente, agora ele era uma águia. Todos olhavam a cena abobados.


E mais uma vez, ouve uma transformação. Dessa vez ele era um texugo.


E cinco minutos depois Harry volta a sua forma humana, e cai desacordado no chão. Os garotos levam um tempo para voltar ao normal, mas logo o levam para a enfermaria.


- Madame Pomfrey! – gritavam. Uma senhora com uma camisola rosa aparece na porta e ia dar uma bronca neles, mas ao ver Harry desmaiado flutuando no ar por um feitiço de Hermione, ela os manda entrar e depositar Harry a maca.


- Meu Mérlin! O que houve com esse menino?? – ela perguntou e Gina respondeu:


- Nós estávamos treinando uns feitiços, e ele lançou um muito poderoso e ficou assim!- disse Gina depressa, e os marotos olharam para ela agradecidos pela meia desculpa arranjada, porque ela tinha um pingo de verdade.


- Se foi isso, ele só teve sobrecarga mágica. Nada que uma poção restauradora resolva. E uma noite aqui também. - ela disse e caminhou em direção a estante de poções, pegou a uma e deu para Harry. - Está tudo sob controle, é melhor vocês irem para o dormitório, assim eu não tenho que dar detenções para vocês por ficarem depois do horário! Vão! Vão!- e os enxotou da enfermaria.


Mas quem disse que isso resolveu?


Eles pegaram as duas capas de invisibilidade e colocaram por cima de todos, esperaram ela entrar no quarto onde dorme. E entraram de novo na enfermaria.


- Abaffiato!- laçou Rony o feitiço e disse: - Ok. O que foi aquilo?


- É o que eu estou me perguntando até agora!- disse Gina.


- Eu não acredito. - disse Sirius.


- Não acredita em quê?- perguntou Lilian.


- Nosso filho é um animago múltiplo!- disse James orgulhoso.


- Como assim?- perguntou Lice.


- Isso quer dizer que ele pode se transformar em mais de uma forma animaga. - explicou Remo.


- Mas o porque dessas formas?- perguntou Frank.


- É claro! Como eu ao pensei nisso antes?!- disse Mione que até agora estava calada pensando- Está meio óbvio! Vocês lembram do discurso de Dumbledore quando chegaram?


- Ahã.- concordaram todos.


- Ele disse: ”você sempre mostrou ser um bruxo dotado de poderes extraordinários, e agora você conhecerá todos eles, afinal você tem visitantes que precisam de você!”. Ele quis dizer que ele teria novos poderes, e que tinha uma pessoa que precisaria dele. Essa pessoa é o Remo, pois ele é um lobisomem, então ele teria a capacidade de virar animago para ajudá-lo nas transformações!


- Faz sentido. Mas por que uma águia, cervo, texugo e leão?- perguntou Neville.


- O que esses animais possuem em comum? - perguntou Mione, já sabendo a resposta.


- Eles simbolizam a casa de Hogwarts!- disse Lily depois de algum tempo em silêncio.


- Sim. Menos o cervo, que é o animal que Harry herdou do pai. O que eu quero dizer, é que foi um meio dos fundadores de Hogwarts presentear o Harry por ter vencido na batalha!- terminou Mione.


- Então quer dizer que Godric deu a ele a forma de leão, a Rowena deu a forma da águia, a Helga a de um texugo. - disse Mione.


- Mas e o Salazar? O Harry pode virar uma cobra?- perguntou Rony assustado.


- Não! Primeiro porque a Sonserina só perdeu essa batalha, ela não teria a obrigação de presentear o Harry por isso. E segundo, o Harry já tem um dom da Sonserina. - disse Mione.


- Ele é ofidiglota. - completou Rony.


- Isso.


- Isso tudo é muito UAU!- disse Lice.


- Concordo. - disse Neville.


- ok! Foi muita coisa para um únicpo dia! Acho que nós temos que ir para o dormitório e descansar! - disse Lilian e todos concordaram, menos Gina que queria ficar com o namorado, mas Lily a convenceu de ir ao dormitório 

*********************


N/A: Desculpa pela demora,

mas os estudos começaram a ficar meio apertados,
era trabalho para cá e para lá
Mas agora eu conseguir tem um tempo e aqui está um novo cap para vcs!
Obrigada pelos comentários!
Continuem comentando, ok?


**** Mariana****


 

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2023
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.