FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

7. Capítulo VII


Fic: SURPREENDIDOS PELA PAIXÃO fic de Dyone Smith


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Já era hora do almoço quando Hermione acordou, em menos de dois dias já era a segunda vez que ela se encontrava ali. A enfermeira a fazia comer enquanto resmungava que os jovens não estão mais se alimentando direito. Quando a mulher se afastou para preparar uma poção, Rony e Harry entraram pela porta.

- Mione! Que bom que acordou. Nos deixou bastante preocupados. – disse Harry sentando-se na ponta da cama da garota.

- É mesmo. Ninguém sabia o que tinha acontecido com você pela manhã, você simplesmente tinha sumido. A Prof.ª McGonagall nos avisou que você estava aqui e que poderíamos te visitar depois das aulas da manhã. Mas o que aconteceu? – Rony sentou na cama ao lado da garota.

- Bom, como ontem não estava me sentindo bem eu não me alimentei o di todo pra não piorar a situação. E depois que saí daqui sem comer nada, ao invés de ir jantar, eu continuei de estômago vazio. Fui fazer o monitoramento dos corredores e devo ter ficado fraca, só isso. – a menina explicava com tranqüilidade após tomar um pouco de suco.

- Menos mal. Pensamos que você poderia ter sido atacada, e ficamos nos culpando por tê-la deixado sozinha ontem. – Harry disse, passando a mão nos cabelos.

- Mas eu não fui atacada e estou bem! Agradeço a preocupação de vocês, vou ser liberada daqui a pouco e poderei assistir às próximas aulas. – ela disse enquanto limpava a boca com o guardanapo.

- Tudo bem. Nós vamos almoçar agora e voltamos aqui pra te acompanhar até a sala de aula, ok?! – falou Rony, enquanto se levantava e passava a mão em seu rosto.

- Ok.

- Até daqui a pouco então. – se despediu Harry, beijando-a no rosto e se juntando a Rony, que já estava próximo à porta.


Depois do almoço os garotos foram até a ala hospitalar para acompanhar Hermione para a próxima aula: dupla de Poções (com Sonserina).

Harry e Rony tratavam-na como se ela fosse uma criancinha que não sabia andar sozinha. Quando chegaram na sala de aula, Rony estava abraçado à garota e tinha uma das mãos em volta de sua cintura. Sentaram-se juntos, enquanto aguardavam a chegada do Professor Snape.

- É, parece que o casalzinho vai assumir. – disse Malfoy, quando eles sentaram-se na mesa em frente à sua.

- O que foi que você disse? – Rony perguntou virando-se para olhar o garoto.

O Professor entrou na sala.

- Que ceninha é essa? Sr. Weasley trate já de tirar as mãos de cima da Srta. Granger, isso aqui é uma sala de aula! – rosnou Snape, se encaminhando para sua mesa. – Ou melhor, Srta. Granger troque de lugar com a Srta. Parkinson. Aqui não é lugar pra esse tipo de coisa!

- Mas nós não estávamos fazendo... – Hermione tentou retrucar, mas foi interrompida pelo olhar nada amigável do Professor. Bufando, se dirigiu até a mesa, esperando Pansy se levantar.

- Mas que droga! Você que fica se agarrando e eu que me dou mal. – resmungava a garota, sentando ao lado de Rony.

Hermione sentou-se sem olhar na direção de Draco. Tudo aquilo era culpa dele e seus comentários sem propósito.

- Pode virar-se Sr. Weasley, a aula já começou.

Rony, que até então prestava atenção na cena, se virou para frente com a cara fechada. Malfoy deu um risinho cínico. A aula corria normalmente, Snape tinha separado os alunos em duplas para prepararem uma complicadíssima poção do pensamento.

- Como todos sabem, esta poção do pensamento faz com que pessoas possam compartilhar pensamentos sem utilizar qualquer meio de comunicação, e funciona por mais ou menos uma hora. Ela é utilizada para que não precisemos falar ou fazer sinais para se comunicar com outras pessoas, já que os pensamentos serão ouvidos sem necessidade de pronúncia. – explicava o Professor, enquanto observava o caldeirão de cada dupla. – Ela é parecida com a poção Polissuco, pois é necessário um fio do cabelo da pessoa para finalizar a poção. Por isso, cada um vai pegar o fio do outro e vai tomá-la.

- Como assim, professor? E se a poção estiver errada? – Hermione questionou virando-se na direção de Snape.

- Está com medo de ter errado no preparo, Srta. Granger? – Snape falou com uma sobrancelha erguida fitando a garota.

- Não é isso, Professor. Mas nem todos os alunos vão acertar de primeira e a contra-indicação da poção é perda de memória temporária. – ela dizia enquanto olhava a cara assustada de Neville, com certeza sua poção estava errada. Harry e Rony também não pareciam estar tendo muito êxito com suas duplas.

- Pois bem. Já que se preocupa tanto com seus colegas de classe, somente a Srta. deverá tomar a poção que fez com o Sr. Malfoy. – Snape disse cruzando os braços e colocando-se ao lado da garota.

Ela olhou para o caldeirão como se repassasse todo o processo da poção, conferindo se estava realmente correta, pelo menos a cor estava (azul claro).
Hermione olhava o caldeirão, depois Malfoy, voltava a olhar pro caldeirão e olhava pro Professor parado ao seu lado, e tornava a olhar pro caldeirão.

- E então, vai tomar ou vai ficar só olhando? – Pansy estava adorando a cena.

Hermione decidiu não esperar mais. Sem pedir permissão puxou o cabelo de Malfoy, retirando um fio. Mergulhou um copo na poção, colocou o fio dentro e bebeu tudo de uma única vez. Ela não sentiu nada de diferente e sorriu na direção do Professor, que possuía uma cara de desgosto e já se dirigia para sua mesa enquanto ditava os diversos modos de utilização da poção. Harry e Rony tinham um misto de receio e admiração pela coragem da garota, viraram-se para começar a anotar o que Snape dizia. Hermione não sabia ao certo se a poção tinha funcionado, porém também não estava errada, pois ela se lembrava de tudo o que tinha acontecido até aquele momento. Sentou-se na cadeira, pegou a pena e pergaminho a fim de anotar as informações que o professor ditava. Cruzou as pernas e antes mesmo que pudesse começar a escrever teve uma estranha sensação e ouviu Malfoy sussurrando em seu ouvido.

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.