FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

5. Capitulo 5


Fic: Apaixonada NOVA CAPA!


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Cápitulo 5.



A Descoberta.



 



 



Estou-me sentindo um pouco feliz hoje.



Agora você me pergunta: Por quê?



Bom, eu vou ti dizer o por que. Mas eu acho que já está bem obvio não é?



Ai você pergunta novamente: O que está bem obvio?



E eu respondo: Por que o Harry me deu um beijo. Bom, foi mais um selinho, mas foi um beijo.



Agora a reação do Harry que eu achei estranho... Mas, vamos esquecer isso por um momento.



Bom, eu acordei na enfermaria hoje e me deparei com um par de olhos verdes olhando atentamente para mim. Quando percebeu que eu estava acordada deu um enorme sorriso como se eu fosse à pessoa que mais importasse na vida dele. Sorri de volta.



– Bom-dia bela adormecida – falou ele e me deu um beijo na bochecha.



– Bom-dia – falei. – Será que podemos ir?



–Bom, Madame Pomfrey disse que você ja estava liberada.



– Então vamos.



Peguei minhas vestes um pouco hesitante. Por alguma razão, eu estava um pouco ofegante, meu coração disparado, estava começando suar e me sentia um pouco tonta. Olhei pelo canto do olho para Harry e ele estava franzindo a testa.



Limpei a garganta.



–Será que da pra olhar pro outro lado? – perguntei arqueando as sombrancelhas.



–Que?...Ah, certo – ele ficou de costas para mim.



Ri baixinho e comecei a colocar minhas vestes enquanto eu conversava com ele.



–Então... Por que a pressa toda ontem? – Perguntei



– É que eu tinha umas coisas para resolver.



– Posso saber quais são as coisas?



– Ja posso virar?



– Não fuja do assunto



– Eu não estou fujindo do assunto.



– Então responda.



Ele suspirou frustado.



– Vamos, se não você perde o café-da-manhã. – falou Harry me levando para o corredor.



– Você vai me responder?    



Harry parou então se aproximou de mim e falou.



– Na hora certa, você saberá.



– Que papo é esse agora?



Ele riu.



– É serio em breve você vai saber – Então sorriu.



– Por que não posso saber agora?



Harry abriu a boca para responder, mas foi interrompido pela chegada de uma Mione ofegante.



– Mellody – falou então olhou para Harry – AH, oi Harry – Ela disse meio fria – Mell, eu preciso falar com você.



– Hermione – chamou Harry – Você não vai...?



– Eu ja falei para você o que é certo, e o que você esta fazendo não é o certo! – Falou Hermione quase gritando.



–O que esta havendo? – Eles me ignoraram.



– Eu ja disse para você e é isso o que eu vou fazer – falou Harry respondendo no mesmo tom de voz que Hermione.



– Você está sendo idiota! Por que não quer adimitir logo que você está... – Mas Hermione foi interrompida.



– NÃO – berrou Harry – Eu não posso arriscar! Você não percebi? Se eu disser isso, e não ser correspondido vai acabar com tudo. Então é melhor eu fazer ela...



– ISSO É ERRADO, eu sei o que ela quer, e sei que ela vai concordar comigo se souber dessa sua opção ridicula. Harry não seja idiota eu sei o que está tentando fazer. Eu também ficaria indecisa, mas o melhor é você dizer tudo. Essa sua escolha vai te magoar, e também vai magoa-la, mas – Hermione baixou o tom de voz – Você corre o risco de perdê-la, e eu sei que você não quer isso.



Harry olhou para ela, seus incriveis olhos verdes estavam cintilantes e suplicantes e era impressão minha ou ele tinha lágrimas nos olhos?



– Eu...



– Esquece Harry – falou Hermione – Venha Mellody – disse ela que ja estava no fim do corredor.



Olhei para ela e depois para Harry. Aproximei-me dele



– Harry o que...?



– Nada, vai com ela – ele falou com a voz rouca.



–Harry...



Ele balançou a cabeça e correu.



Olhei para onde ele desapareceu.



O que estava acontecendo? Por que Harry e Hermione estavam brigando? Quem era essa tal garota de tanto falavam? Será que era Gina? Que plano é esse? E pela primeira vez eu tinha visto Harry chorando... Ta, quase chorando... Na verdade nem isso, mas ele tinha lágrimas nos olhos. Nossa o que será que estava havendo para ter deixado Harry tão... abalado?



– Mell? – chamou a voz de Hermione um pouco destante.



Continuei olhando para o corredor.



– Mellody – Hermione pegou meu braço e começou a puxar para o lugar oposto onde Harry havia desaparecido.



 Eu continuava parada.



– Mellody! – Hermione chamou mais alarmada.



Então virei e encarei Hermione.



– O... O que foi que houve?



Hermione suspirou.



– Só o que eu posso dizer é que essa briga toda – Hermione balançou a cabeça um pouco indignada. – Surgiu depois que Harry e Gina terminaram ontem. Apesar de eu estar certa – acrescentou.



Se eu não ja estava surpresa fiquei mais ainda.



– Eles... Eles terminaram?



– Sim



– Serio?



Mione balançou a cabeça concordando.



Não podia ser verdade. Mas podia sim. Então essa tal garota deveria ser Gina, claro devia ser ela. Eu devia apoiar ele, e consolar o coitado. É isso o que eu vou fazer. Vou mostrar meus pêsames... Quero dizer, vou demostrar que como estou triste... Mas por que não é isso o que estou sentido? Estou sentindo outra coisa... acho que é alegria? É isso? Eu estou feliz, não na verdade estou estonteante, explodindo de felicidade... NÃO! O que está havendo comigo? Será que eu estava...?



Uma sombra se um sorriso surgiu nos meus lábios.



– Bom, eu so queria dizer para você ter cuidado com a Gina.



– Por que eu tenho que...



– Nada, so estou te dando um alerta.



Que alerta mais estranho.



– Mione, me explique melhor.



Ela pareceu entender do que eu estava falando, pois começou a falar.



– Bom, eu não sei qual foi exatamente o motivo, mas o salão comunal se encheu de gritos da Gina – ela falou o nome dela com desgosto – e do Harry. Foi horrivel, atrapalhou minha leitura. Bom, Gina acha que foi por sua culpa que Harry terminou com ela e ‘ta Pê da vida com você. Ela jurou vingânça.



Me arrepiei.



– Mas, como pode? Eu? Ela deve esáa é maluca!



– Está enlouquecida – falou Hermione concordando. – Meu conselho é: não ande sozinha por ai.



– Medo.



Mas na verdade eu não estava com tanto medo. Estava era pensando no motivo que eles terminaram.



Fala sério, eu não tenho esse poder todo de fazer um casal, que vamos dizer são “lindos” juntos terminarem... Ou será que eu tinha? Não, não tinha! Isso é ridiculo! E Gina ja erá ridicula o bastante para pensar isso!



Eu não consigo ficar com medo. A minha alegria ja tinha passado dessa barreira. Agora meu estômago estava revirando. Ja não conseguia conter o sorriso. Por quê? Será que eu... Vou tirar minhas duvidas.



– Hermione – murmurei.



– Hum?



– E-eu – Meu sorriso começou a aparecer – Eu sei, eu sei que deveria estar com medo da Gina e tal, mas estou, sei lá – Joguei os braços pra cima, mostrando a minha frustação e então comecei a falar rápido – Eu estou feliz... Não, não, não, eu estou explodindo em felicidade. Mal cabe felicidade em mim. Eu acho que estou tão feliz que sou capaz de emprestar essa felicidade, e... – baixei o meu tom de voz e baixei os meus braços – Eu acho que estou assim por que Harry e Gina terminaram.



Um sorriso apareceu nos lábios da morena.



– Eu sabia! Eu sabia – Hermione começou a pular que nem uma doida fazendo um tipo de dancinha da vitória.



– Mione?



– Eu sabia, eu sabia – continuou ela pulando e dançando.



Comecei a rir.



– Mione – falei rindo alto – Que tipo de dança é essa?



– Eu sabia! Eu sabia! Eu sabia! – cantarolou.



– Ok, Mione está começando a me irritar. – falei ainda rindo. – Você sabe de que?



– Eu sabia que você gostava do Harry, sabia!



– Ei, calma ai, eu não disso nada disso.



– Ah, pelo amor de deus Mell, vai começar a negar? Você sempre teve ciume toda vez que você estava com o Harry e Gina aparecia, não minta – acrescentou Hermione apontando o dedo para mim – Harry pode ser um pouco obtuso para perceber, mas eu sim, eu vejo o modo como você olha para ele. Não minta, você está apaixonada por ele e se tiver, corra atrás dele. Lute pelo seu amor.



Essa verdade me atingiu como se Hermione tivesse me dado um tapa na cara.



Desde que eu havia chegado eu sabia que toda vez que eu olhava para ele, eu sentia alguma coisa por ele. Isso só cresceu mais depois que nos beijamos pela primeira vez e viramos amigos.



Hermione tinha razão, por tudo, por tudo. E eu estava agindo feito uma boba.



Corei e olhei para Hermione e meu sorriso cresceu parecendo aquele sorriso que aparece todos os dentes.



– É Hermione, eu estou completamente, desesperadamente apaixonada pelo Harry.



N/A : AAAAAAUWW *--*


Eu ameei escrever esse cap hehehe


Espero que gosteem (:


Beijos

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 1

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por rosana franco em 02/07/2011

Vamos la agora é só ir a luta o caminho ta livre.

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.