FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

1. Capitulo 1


Fic: Apaixonada NOVA CAPA!


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Capitulo 1.



O acidente á noite



Eu acordei na enfermaria. Sentia-me confortavel e quentinha naquela cama. Não queria me levantar. Mas, logo me ocorreram os acontecimentos da noite passada.





Eu tinha acabado de chegar aos portões de javalis alados do Castelo de Hogwarts. Estava carregando meu malão e estava meio nervosa. Qual seriaa reação de todos se eu entrasse de repente? O será que diriam de mim? Será que me aceitariam?



Eu estava meio hesitante quando alguma coisa veio de trás de mim e me atacou. Fiquei tão nervosa que nem me lembrei de pegar a minha varinha e começei a gritar. Foi uma tremenda burrise.



A coisa ou pessoa, seja la o que foi tentou me arrastar para fora de Hogwarts mais eu com minha linda inteligência de lesada tentou fugir. Pessima ideia. A coisa agarrou meu braço e apertou forte que eu senti perfurar minha pele e começar a sangrar. Depois me jogou no chão e eu bati minha testa. Foi ai que eu me lembrei da varinha. Oh Gloria! Ganhei um ponto no quisito se lembrar de coisas obivias que podia me ajudar em algo. Com rapidez eu peguei a varinha estuporei a coisa.



Sai correndo feita louca, chorando desesperadamente esquecendo meu malão nos portões e adentrei o castelo. Entrei em um salão e percebi que todos se calaram. Ha eu sabia! Aposto que se eu não entrasse correndo, chorando, toda descabelada, arranhada e de aparência grotesca, todos ainda me olhariam como se eu fosse uma pessoa louca ou coisa do tipo como estão olhando agora.



Corri direto para o diretor e expliquei o porquê do meu estado. Disse-me para me alcamar e falou que procuraria quem me atacou. Antes de Madame Ponfrey (uma enfermeira que Dumbledore me disse) me levar eu olhava para o salão e vi mais ou menos um milhão de pessoas me olhando. Ta, exagerei, acho que umas 300 por ai. Reparei que em uma mesa havia uma pequena quantidade de pessoas de cabelos cor de fogo me olhando. Fiquei sem graça. Continuei a olhar, e perto onde eu estava tinha um garoto olhando na direção do diretor que estava ao meu lado. Não sei o que me deu so sei que fiquei la encarando e admirando o garoto de olhos verdes e cabelos negros bangunçados que te davam um certo charme. Senti um friozinho na barriga. Então o olhar do garoto recaiu em mim. Eu senti minhas bochechas arderem e desviei os olhos para outra mesa. Senti vontade de me bater. Sua besta só faltou você começar a babar pelo garoto.



Então Madame Pomfrey, me levou para a emfermaria curou meus arranhões e me deu uma poção para dormir sem sonhos. Simples assim.





Agora aqui estou eu na emfermaria. Que bom começo de ano letivo em uma nova escola em Mellody?



Olhei para meu relógio e vi que ainda era 5 da manhã. O QUE? COMO ASSIM? Vamos Mellody você consegue dormir mais. Vamos colega se não você terá que encarar seus novos colegas de classe. ARRR, não adianta. Será que ainda tem poção? Olha, olha... Droga bebi tudo de uma vez. Fechei meus olhos e continuei assim por mais alguns minutos. Sem resultado.



Reabri meus olhos e percebi que Madame Ponfrey estava com a Profª Minerva (não me pergunte como eu a conheço) e elas viram que eu estava acordada.



– Se senti melhor querida? – Perguntou Madame Ponfrey



Confirmei com a cabeça.



– A Srta já esta liberada. Creio eu que você sabe qual é a sua casa? – perguntou Profª McGonagall



– Grinfinória – falei timidamente.



– Certo. E sabe onde fica a Torre da Grifinória?



Tornei a confirmar.



– Bom, seu malão foi levado para o dormitorio das meninas junto com seu uniforme. A senha para entrar na torre é Pudim de caramelo.



 Vesti minhas roupas, agradeci e sai da enfermaria.



 



 



Cheguei ao dormitorio das meninas andando silênciosamente para não acordar ninguem. Mas eu percebi que tinha uma garota acordada de cabelos castanhos lanzudos.



– Ah, olá ! – falou ela



– Oi – murmurei



– Tudo bem? Meu nome é Hermione Granger e o seu?



–Mellody Sopsberry – falei – você sabe onde...



–Onde esta suas coisas? Logo ali – disse ela apontando para uma cama diante da dela.



– Obrigada.



– Denada.



Fui para a cama que ela apontara e procurei meu malão. Peguei meu uniforme e fui para o banheiro. Lá eu tomei um banho e me vesti. Quando ia saindo me deparei com um espelho e resolvi olhar minha aparência. Péssima ideia. Nossa sinceramente eu estava um bagaço. Meus cabelos castanho-avermelhados que costumavam a ser lisos agora estavam todo bagunçado, embaraçado e cheio de nós. E meu rosto. Jesus eu parecia uma zumbi. Debaixo dos meus olhos azuis clarissimos estavam olheras e eu estava muito pálida. Suspirei, peguei uma escova e pentei meus cabelos.



Quando eu sair Hermione Granger ainda estava la me esperando.



– Quer descer comigo para tomar o cafá-da-manhã? – perguntou



– Claro – sorri, parece que estava ganhando uma amiga.



 



Chegamos ao salão principal, estava vazio. Exceto por nós, claro. Hermione se dirigiu a uma mesa e eu a segui. Sentei-me ao lado dela e me servir de mingau de aveia, e suco de abobora.



– E ai? De onde você é? – começou Hermione



Então começamos a conversar sobre varios assuntos. Sobre mim, sobre ela, sobre livros, sobre estudos, sobre feitiços, sobre escolas e tal. Era uma blá blá blá danado, mas eu estava gostando de conversar com Hermione. Ela é simpatica e estou começando a achar que ela vai virar minha melhor amiga bem rapido.



– E então – disse Hermione – Por que se transferiu?



– Bom, acredito que o motivo principal é que minha mãe quer que eu tenha um ensino melhor. Ela não gostava muito da escola onde eu estudava de la onde eu vim. Então ouviu falar de Hogwarts e saiu procurando tudo sobre ela. Então nos mudamos e ela falou com Dumbledore para eu poder me transferir. Eu vim aqui nas férias para poder conhecer melhor o castelo ...



Fui interrompida pela chegada da Profª Minerva entregando nossos horarios.



Olhei para o meu. Depois olhei para o de Hermione e a morena fez o mesmo.



– Nossos horarios são iguais – dissemos juntas. Começamos a rir.



– Bom... – fez Hermione em meio aos risos – Er...



– O que?



–Desculpe perguntar, mas, você viu quem te atacou?



– Ah, eu...



Mas eu fui interrompida denovo pela chegada de dois garotos. Um deles era o garoto de cabelos negros. Senti minhas bochechas ficarem vermelhas, olhei para Hermione e de repente fingi esta interessada nos meus pés.



– Bom-dia Mione – ouvi os garotos comprimentando Hermione.



– Bom-dia ­– disse



Por favor, não me apresente, por favor, não me apresente. Se ela me apresentar eu juro que eu correria de la.



– Aqui estão seus horarios, a Profª Minerva passou aqui mais cedo e deixou aqui. – disse Hermione – e...



Ai, ai, ai, vai ser agora. Respira fundo e se prepará para inventar uma desculpa e correr Mellody.



– Eeer...



– O que foi Mione?



– Ahn... Nada.



Suspirei aliviada. Hermione se levantou.



– Eu vou à blibioteca – disse e virando para mim mecheu os labios formando as palavras “Siga-me”.



Bom, claro eu acompanhei ela para poder sair de la. Ja estavamos perto da porta da saída quando eu olhei para a mesa e percebi o moreno olhando para mim. Pensei ter visto um sorriso. Enrubecir e corri para poder acompanhar Hermione.



Ja no corredor Hermione me parou e perguntou:



– Impressão minha, ou você ficou envergonhada quando viu os garotos?



Encarei-a. Ela me olhava de um jeito confortador e sorria.



– Aaar...Eer...



– Tudo bem Mell – disse



– Obrigada.



– Os amigos servem para isso – sorri



 



Bom, depois disso eu fui as aulas e quando eu percebi o dia ja havia acabdo. Ja se passaram semanas da minha chegada em Hogwarts. Que rapido. Bom, se vocês querem saber eu agora me encontro no meu dormitorio deitada na cama. Estava pensando no garoto e tinha um sorriso no rosto. Por que eu estou assim? Nossa eu so vi o garoto algumas vezes e ja estou desse jeito. Eu passo o dia todo colada a minha nova amiga e ja a chamava de Mione e ela me chamava de Mell. E o garoto? Agente mal se falava. Normalmente eu evitava ele mas as veses é inevitavel. Ele dizia oi eu respondia, agente se encarava ele sorria, eu corava e saia correndo.



Tentei dormir, mas não consegui. Então descidi pegar o livro de Aritimancia e estudar. Fui até o meu malão e não encontro. Procurei no quarto e não acho em lugar nenhum. Lembrei-me que tinha deixaido no salão comunal (Mione e eu estavamos estudando mais cedo)



Desci as escadas arrastando os pés. Fui até a mesa em que Mione e eu estavamos pego o livro e volto, mas no caminho eu esbarro em alguem. Nossa ,você não sabe a minha surpresa quando eu olho pra cima e me deparo com o garoto moreno de olhos verdes. Deixei cair o livro.



– D-d-de-desculpa – balbuciei.



–Tudo bem – disse.



Abaixamos-nos para pegar o livro e nossas mãos se tocam. Senti minha mão arder e recuo ela.



– Aqui está – disse ele



– Obrigada – disse um pouco trêmula



– Você é a garota que foi atacada né?



– Sim.



– Meu nome é Harry Potter – disse



– O meu é Mellody Sopsberry. – Agora eu estava tremendo e sentia meu rosto arder.



Harry sorriu.



Ah, golpe baixo. Agora eu estava tremendo, estava corando furiosamente e tinha aquela sensação de borboletas no estomago.



– E-er melhor eu subir – falei



Mas quando eu andava tropecei em alguma coisa e cai em cima dele. Ele não conseguiu se apoiar em nada e caiu no chão. Tententamos levantar so que minhas pernas se prendem nos deles e caiamos. Dessa vez ele caiu em cima de mim. Nossos rostos estavam a centimetros de distância. Ficamos nos encarando. Os olhos de Harry brilhavam a noite, soltei um suspiro. Podia sentir a respiração dele e o cheiro do seu perfume. Inspirei profundamente.



Então, Harry começa a aproximar seu rosto do meu deixando a distância dos nossos lábios bem pequena. Eu podia ter feito alguma coisa. Mas eu não consegui. Fechei os olhos.



Quando os lábios deles fez contato com os meus, eu joguei meus braços ao redor do pescoço dele e o beijei. Seus labios eram macios e doces. O beijo começou suave, mas foi ficando mais urgente. Logo estavamos sem folego e nos separamos.



Harry ficou me encarando quando paramos para respirar. Eu me desvencilhei dos braços dele e me levantei. O que foi que eu tinha cabado de fazer?



– Preciso ir – falei ofegante – Noite.



E sair do salão comunal apressada deixando Harry lá.



 


N/A : Taaai ii gente o primeiro capitulo logo com um beijo =O


Polemico.


Espero que gostem logo postarei mais (:


Cometem e deem sugestões. Please. (:

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 2

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Lalaisinhaa em 23/05/2011

KKKK, eer

Nota: 1

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por rosana franco em 23/05/2011

Parece que não adiantou nada ela tentar fugir dele.

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.