FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

1. ~*Mudando de Lado*~


Fic: O Acordo


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Primeiro Capítulo: ~* Mudando de Lado*~

Mais uma noite de verão,e lá estava ela,mais uma vez,chorando por aquele que habitava incessantemente seus pensamentos e seu coração.


Hermione Granger não era mais a mesma.Agora ela tinha 16 anos,prestes a fazer 17,e estava para começar seu sétimo e último ano na Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts,e mesmo que não gostasse de admitir,tornara-se uma linda mulher.Seus cabelos,outrora lanzudos e sem vida,estavam em um cacheado perfeito,quase assimétrico.


Seu rosto,parecia doce e angelical,transmitindo um certo constraste com o seu corpo,com curvas perfeitas,embora não achasse e nem se importasse muito com isso.


Mas o que muitos não tinham conhecimento,era que por trás da armadura forte e decidida que mantinha,habitava uma garota frágil e insegura,com todos os temores e receios de uma adolescente com essa idade.Essa era a verdadeira Hermione Jane Granger.


E era essa Hermione,que sofria,nutrindo um amor desmedido por seu melhor amigo,Harry Potter.


Quando era apenas uma jovem bruxa,achava que seu coração pertencia à Ron.Só depois veio a descobrir que nutria apenas um forte carinho pelo rapaz,um amor fraternal,como à um amigo,ou à um irmão.E era exatamente isso que Ron era para Hermione.Um irmão-amigo.


Só que quando a dura e dolorosa verdade veio à tona,já era tarde demais.Quando finalmente esclarecera seus sentimentos,outrora confusos,pelos dois rapazes,para sí mesma,Harry já estava envolvido com Cho Chang,e depois,com Gina Weasley,que num pasado difuso fora sua melhor amiga.



Ela já estava farta de escutar por Gina o quão Harry era perfeito,pois ela mesma tinha tal conhecimento sobre-quem não tinha!-E queria isso para sí,queria "provar' um pouco disso,queria participar,mandar Gina para escanteio,em vez de ficar apenas assistindo de camarote Gina deleitar-se nos braços do SEU Harry.


Mas no fundo Hermione sabia a verdade.Harry via-a apenas como uma irmã,e não como uma mulher,e que isso só por um milagre mudaria.


Mas ela estava decidida.Se Harry queria ou não o seu amor,não importava mais.Para ela já bastava.Não iria mais chorar por ele nem por mais ninguém.E com esses pensamentos,determinada,a linda jovem adormeceu.


~~~*~~~
Muito longe dalí,um certo loiro escorava-se à varanda de seu quarto para admirar as estrelas.De certa forma,isso sempre o acalmava,e ajudava a colocar seus pensamentos no lugar.Pensar que todos os seus problemas,por mais complicados que fossem,tornavam-se mínimos à imponência e à magnitude da Lua,do céu e das estrelas o ajudava a clarear a mente,o tranqüilizava,por mais difícil que fosse a situação em que estivesse.


Draco Malfoy não era,nem de longe,o mesmo.
Agora ele estava com recém 17 anos,e possuía uma beleza estonteante,de fazer derreter quaisquer reles mortais.No momento,estava para ingressar,em exatamente em uma semana sem seu sétimo e último ano na Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts.


Mas Draco não havia mudado apenas fisicamente.Ele continuava com o seu jeito "Malfoy" de ser,mas era só uma farsa,que disfarçava a confusão em sua mente e em seu coração.Ele era um homem marcado,sabia disso,mas não era o que ele desejava,ele já estava cansado de ser quem ele não era,já estava cansado de ser(ou pelo menos fingir)quem seu pai queria que fosse.


Ele queria se livrar de toda aquela angústia em seu peito.Ele não queria ser um Comensal,queria apenas ser ele mesmo.Mas esse "apenas",pensou ele amargurado,enquanto admirava as estrelas,ele não podia,do nada,deixar de ser quem ele "era",pois as conseqüências seriam,no mínimo,dolorosas.


Mas ele nunca havia se dado por vencido,e não era agora que iria mudar.Ele iria encontrar uma solução para seus problemas,a todo custo.


Ainda lembrava,dolorosamente,do dia em que Lord Voldemort,ou "aquele moribundo estúpido",como Draco o chamava intimamente,tentara marcá-lo como seu seguidor,e ainda hoje ele não entendia como,e ao mesmo tempo agradecia aos céus por isso,o "Lorde" não tenha conseguido completar a cerimônia.




Flashback...




Lá estava ele,cercado de Comensais da Morte.Dentro de poucos minutos,a Marca Negra estaria gravada à ferro em sua pele para todo o sempre em seu braço esquerdo.


Ele estava apavorado,não queria e nunca quis se tornar Comensal.Mas alí o que contava não era o que ele queria,e sim o que seu pai,sua tia e Lord Voldemort queriam.E ele teria de se conformar com seu triste destino,que seria sua sentença de morte.


Aparentava estar totalmente indiferente e despreocupado à situação,enquanto queimava de nervosismo,medo e ansiedade,por dentro.


Chegou a hora.Macnair,que fizera questão de ser ele a gravar a Marca Negra em Draco(n/a:tbm,o desgraçado tarado por sangue do jeito que é,não é de se admirar),vinha lentamente com o ferro mágico,quase como em uma marcha fúnebre,e era assim que Draco se sentia;como se estivesse em seu próprio funeral.Ele estava perdido,sabia,depois que marca fosse gravada em sua pele,não teria mais volta.


Mas,como que por "milagre",alguma coisa ocorreu,que mesmo depois de meses,Draco não entendia.Simplesmente,Macnair não conseguiu gravar a Marca Negra em Draco.Como em uma avalanche,a felicidade invadiu seu ser,pela primeira vez na vida,o garoto sentiu-se feliz.


fim do flashback




Draco,mesmo não fazendo idéia de como aquilo ocorrera,dava Graças à Merlin pelo ocorrido.Pois ele sabia que ser Comensal era um "emprego" para a vida toda,e quem pensasse em sair,acabava morto.


O garoto resolveu se deitar,estava cansado,e o dia seguinte seria um longo dia.


Determinado,e com a idéia de que tudo iria mudar,e de que tudo acabaria bem,o belo rapaz adormeceu como um anjo.

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2023
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.