FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

8. Eight days a week


Fic: Amor é tudo que se precisa [terminada]


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Capítulo 8 – Eight days a week


Oh, I need your love, babe
Yes you know it’s true
Hope you need my love babe,
Just like I need you
Hold me,
Love me




Se dois minutos, duas horas ou dois meses se passaram, Hermione não poderia dizer. Ela havia perdido a noção de qualquer coisa acontecendo ao seu redor. Deus, o mundo poderia acabar que ela não perceberia nem ligaria, contanto que pudesse continuar assim.

O fato de que Ron Wealsey segurava o seu rosto e tinha os seus lábios junto aos dela, a beijando devagar, explorando a boca dela com sua língua, fazendo as pernas dela tremerem e a cabeça dela voar, era só o que ela podia pensar no momento.

A princípio, Hermione assistiu em choque enquanto Ron se aproximava, e grudava seus lábios nos dela. Após um momento, no entanto, as mãos de Hermione, recuperaram seus movimentos, e foram até a nuca do garoto, segurando a cabeça dele junto à dela. Encorajado por isso, ele passou suas próprias mãos nos cabelos castanhos da garota, enquanto a beijava com mais força.

E assim eles ficaram, durante minutos, horas ou meses, até ela soltar um pouco seu pescoço, e ele levantar o rosto do dela. Ela respirou, soltando um murmúrio baixo, e tentou reorganizar seus pensamentos antes de abrir os olhos.

Ron Weasley havia a beijado. Ron Weasley. Aquele Ron, em quem ela havia acabado de jogar um buquê de flores. Aquele Ron, que há seis anos a chamava de sabe-tudo e discutia com ela por inúmeros motivos. Aquele Ron, que ela havia atacado com um bando de passarinhos há alguns meses. Aquele Ron, com quem ela estava brigando alguns minutos atrás. Aquele Ron, que fazia seu coração bater aceleradamente toda vez que encostava nela, e que a fazia perder a cabeça. Aquele Ron que ela amava.

Ela abriu os olhos devagar, para ver o rosto de Ron perto ao dela, uma expressão de alívio e surpresa nos seus olhos, como se ele mesmo não acreditasse no que havia feito. Ele tinha a boca entreaberta, como que querendo dizer algo, mas sem achar as palavras certas. Ela não o culpava, era exatamente como ela se sentia no momento. Bem, ele havia feito sua parte, ela tinha que tentar fazer algo também.

- Ron... – ela conseguiu balbuciar sem muita força. As mãos do garoto continuavam em meio ao seu cabelo, segurando seu rosto perto ao dele, enquanto ela ainda tinha as suas em volta do pescoço dele.

- Hermione, me desculpe – ele falou antes que ela continuasse. Ron Weasley havia a beijado, e agora a pedia desculpas. Ela teria se beliscado para ver se não estava sonhando, mas a idéia de soltar a mão da nuca de Ron não a agradou. Ela olhou surpresa para ele.

- Pelo quê? – ela perguntou baixo

- Por ter sido um idiota – ele disse olhando nos olhos dela, e ela pode ver claramente uma mistura de remorso e medo nos olhos azuis dele. Ela entendeu que ele não estava falando somente sobre aquele dia.

- Ron, você não foi um idiota... – ela disse sorrindo fracamente. Ele levantou os olhos para ela. – Ok, talvez, um pouco – ela adicionou e ele também deu um sorriso fraco. As mãos dele acariciaram a nuca da garota, e ela fechou os olhos involuntariamente – Mas você conseguiu compensar isso... bastante bem. – ela abriu os olhos sorrindo.

- Eu não queria ter demorado tanto, mas... – ele olhava sério para ela – Eu não queria correr o risco de te perder. – ele tinha uma expressão extremamente séria, e a mesma voz estranha que ele havia usado anteriormente. Ela finalmente a reconheceu, era medo. Medo de fazer a coisa errada, medo que Hermione desistisse dele... Ela não se conteve e segurando os cabelos da nuca dele, puxou o rosto de Ron junto ao dela, o beijando firmemente.

E novamente, ela se encontrava fora de si, tendo atenção somente para a boca de Ron que se mexia junto à dela, e para as mãos do garoto, que ele havia tirado de seu pescoço e agora seguravam a cintura de Hermione, a mantendo o mais perto dele possível.

Após um tempo que Hermione novamente não saberia dizer a duração, ele afastaram o rosto um do outro, e Hermione o abraçou. Ela fechou os olhos ao sentir a respiração do garoto no seu pescoço.

- Ron, você nunca vai me perder. – ela disse, ao ouvido dele, e ele a abraçou com mais força. Hermione sabia que uma hora ou outra ela teria que soltar Ron, mas foi como que um balde de água fria tivesse caído em cima dela quando ela ouviu a voz da Sra. Weasley, magicamente amplificada.

- Está na hora da primeira dança dos noivos! – a voz dela foi seguida por uma comoção em todo o jardim, e Hermione deduziu que todos estivessem voltando aos seus lugares e virando-se para olhar a pista de dança. Ela sentiu Ron soltando-se dela, e contrariada, ela se separou do garoto. Porém a mão dele encontrou a dela, e ele passou os dedos nos dela antes de a encarar.

- Acho que a gente devia voltar para a mesa – ele disse com um sorriso levemente envergonhado. Ela acenou concordando, e eles se dirigiram para a mesa onde os gêmeos, Harry e Ginny estavam sentados.

Hermione imaginou que houvesse uma pequena chance de ninguém ter notado Ron e ela, mas ela logo viu que estivera errada. Ela sentiu-se corar ao ver uma boa parte dos convidados olhando para eles, alguns cochichando entre si, alguns com um sorriso no canto da boca. Ron parecia estar pensando a mesma coisa, pois ele apressou o passo e o casal logo estava na mesa.

Eles se sentaram, e ele teve que virar de costas para ela, para poder encarar a pista de dança. Hermione sentiu-se levemente decepcionada somente por suas mãos estarem novamente separadas. Ela simplesmente ignorou a expressão dos outros adolescentes sentados na mesa, e lutando para não rir, virou-se para o lugar onde agora Bill guiava Fleur pela mão. Eles pararam um de frente para o outro, e ele beijou a mão dela. Logo uma música instrumental começou a tocar, Fleur passou a mão em volta do ombro de Bill, enquanto ele colocava a sua na cintura dela, e eles começaram a dançar.

A Sra. Weasley chorava mais uma vez, enquanto abraçava seu marido. Hermione arregalou os olhos ao perceber que ela dava olhares furtivos na direção de Ron, um sorriso no rosto aparecendo e aumentando toda vez que o fazia. Ela tentou olhar para outro lado, só para achar um Hagrid que ao encontrar seus olhos deu um sorriso enorme, erguendo os polegares em aprovação. Ela esboçou um sorriso fraco e abaixou o rosto, encarando seu colo. Felizmente a dança dos noivos acabou, e após todos aplaudirem, Bill chamou todos para dançar, enquanto uma música animada com a batida rápida começava a tocar.

Em meio ao barulho de cadeiras sendo arrastadas e das várias pessoas se dirigindo à pista de dança, tornou-se novamente seguro conversar. Ela voltou a encarar os outros bruxos sentados a mesa, e achou os gêmeos, Ginny e Harry com sorrisos divertidos no rosto. Ela suspirou.

- Tá, falem logo. – ela disse rolando os olhos.

- Falar o quê? – disse George com uma cara de desentendido que a teria convencido, se ele não fosse George Weasley.

- Que meu irmãozinho finalmente tomou vergonha na cara e falou para pessoa certa o que ele vem repetindo e enchendo o saco da gente há anos... – disse Fred erguendo um dedo como se enumerasse fatos.

- Ou que vocês roubaram a cena enquanto Percy tentava fazer um discurso.. – continuou George – obrigada por isso, por sinal.

- Ou que a Tia Muriel tirou uma foto...

- Que nós teremos prazer em mandar para Hogwarts, se a escola abrir esse ano.

- Ou simplesmente.. que já não era sem tempo.

Hermione encarou os gêmeos com a boca entreaberta. Harry e Ginny já haviam desistido de esconder o riso. Ela virou-se para Ron, que mirava os irmãos com uma expressão nervosa e surpresa.

- Eu nunca falei nada sobre isso com vocês! – ele disse franzindo os olhos.

- No seu caso, caro irmão, palavras não eram necessárias... – disse Fred com uma piscada.

- A Tia Muriel realmente tirou uma foto? – perguntou Hermione aflita.

- Ah sim... Ela chegou no fotógrafo antes de nós.

- Parem, meninos... – Ginny começou séria, apesar de logo sorrir novamente. Ela olhou para Ron e Hermione – Falando sério, nós estamos felizes por vocês.

- E falando sério, até que enfim. – completou Harry. Dessa vez nem Ron e Hermione conseguiram segurar o riso.

- Acho que não adianta discutir... – disse Ron encontrando o olhar de Hermione. Ela sorriu.

- Parece que não – ela disse baixinho. Ron achou a mão dela embaixo da mesa e a pegou, entrelaçando os dedos dele nos dela. Ela se sentiu corar levemente mas apertou a mão do garoto em retorno.

- Então, vamos lá, contem logo. – disse Fred com uma expressão interessada – Quem deu o primeiro passo?

Hermione arregalou os olhos e Ron franziu a testa.

- Como assim? – perguntou o garoto

- Ah, vocês sabem... Quem foi que teve a iniciativa de dar o beijo, ou declarar amor incondicional pelo resto da vida, o que quer que vocês tenham feito – continuou George

- Eu já disse, George, foi o Ron, vocês não viram? – disse Ginny virando-se para irmão. Harry tentava esconder o riso com a mão ao lado dela. – Você me deve dois galeões.

- Só eu não, o Fred também tinha dito que ia ser mútuo, lembra...

- Ah, sim, dois de cada! – disse Ginny animada estendendo a mão direita – Vamos lá, podem ir pagando...

- Irmãzinha, é contra a etiqueta trazer dinheiro para um casamento! Pode passar no Beco Diagonal, número 93 a partir de amanhã! – Fred piscou para a irmã.

- Do que vocês estão falando?? – Hermione conseguiu finalmente recuperar sua voz.

- Eu não acredito que vocês apostaram... – Ron olhava para os outros bruxos na mesa em choque.

- Eu não tive nada a ver com isso! – disse Harry tentando esconder o riso.

- Mas queria entrar agora, não é? – disse Ginny virando para o garoto.

- Ora, se vocês tivessem me contado antes... – o garoto moreno deu de ombros.

- Vocês são inacreditáveis... – Hermione disse ainda com os olhos arregalados – vocês estão no casamento do irmão de vocês e ficam...

- Ah, não, a gente apostou isso há dois anos. – disse George com naturalidade.

- Depois do Yule Ball, lembra? – Fred completou com um sorriso.

Hermione piscou e virou-se par encarar Ron. Ele mirava os irmãos sem expressão. Então ele virou-se para Hermione e disse balançando o rosto.

- Bem, eu entenderia se você não quisesse continuar com isso...

Ela sorriu e balançou a mão que apertava a do garoto.

- Eu acho que já estou envolvida demais para isso – ela disse o encarando.

Ele também sorriu e se inclinando até ela beijou sua bochecha.

- Exatamente, Hermione. – falou Fred do outro lado da mesa, apanhando o buquê de lírios. Ele jogou o arranjo para Hermione, que o apanhou com a mão esquerda. – Bem vinda à família Weasley!

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 1

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Mariana Berlese Rodrigues em 04/03/2013

SIMPLISMENTE P-E-R-F-E-I-T-O ESSE CAP. A-M-E-I *.*

#MORRI 
A-M-E-I <3 <3 <3 
MUITOOOOOOOOOO LINDAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA *.*
CHOREI E RI MUITO AQUI :)

KERIA SER A MIONE NESSAS HORAS kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk'

A-M-E-I ESSE CAP.

EU IAMGINEI MSM UMA APOSTA DOS GEMIOS + A GINA TBM EM?! kkkkkkkkkkkkkkk' 

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.