FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

21. Epílogo


Fic: Os Novos Marotos 4 De volta a Hogwarts


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Epílogo


12 anos depois




Mansão Malfoy

Uma garotinha de cabelos loiros lisos na altura dos ombros descia as escadas correndo, seus olhos azulados e sua pele alva a declaravam unânime uma Malfoy. Entretanto esta menina não corria a toa, já que estava preste a agarrar um menino mais novo do que ela com feições bem parecidas, entretanto de olhos castanhos.

- ME DEVOLVE ISSO KEVIN! – Ela berrara nervosa.
- Uuuhhh!!! Stacy ‘tá apaixonada! Stacy ‘tá apaixonada! – O menino cantarolava enquanto pulava o sofá desviando das garras da irmã mais velha.
- Argh! Como você é infantil! – A loirinha declarava de braços cruzados.
- Pelo menos eu não estou apaixonado! – O menino sorria abertamente. – Uuhh Caios como você é lindo! Me joga na parede e me chama de lagartixa! – Kevin ironizava fazendo a face alva da menina ganhar um tom róseo engraçado.
- Mas que bagunça é essa? – Uma mulher ruiva adentrara a sala, sua barriga bem grande demonstrava que estava grávida e bastou ela lançar um olhar feio para que as crianças parassem de brigar instantaneamente.
- Na-nada mãe! – Stacy falava corada.
- Não minta para mim Stacy, sabe que nesta casa não são admitidas mentiras! – Suzan Malfoy falava severa.

Não demorou nem dois segundos até um homem loiro se colocar ao lado de Suzan, em seu colo ele segurava uma pequena menina ruivinha de olhos azulados, esta esfregava os olhos com as costas das mãos demonstrando que havia despertado há pouco tempo.

- Vocês acordaram Apple! – Draco falara sério. – Posso saber o por que de tanta gritaria e confusão?
- Estou esperando a mesma resposta Draco. – Suzan comentara com o marido ainda fuzilando os filhos mais velhos com o olhar.

Stacy era a mais velha com seus 12 anos, um gênio muito parecido com o de Suzan, entretanto andava aprontando em Hogwarts como Draco fazia quando criança, entretanto havia entrado na Grifinória assim como sua mãe, Kevin era o do meio com apenas 11 anos conseguia ter o gênio do pai mais o do avô e era a esperança de Draco para entrar na Sonserina. Já Apple era a caçula, com três anos, extremante parecida com a mãe por ter herdado os cabelos ruivos, entretanto os olhos havia herdado de Draco.

- Kevin pegou uma carta que Caios mandou para mim. – A garotinha falara cabisbaixa.
- Kevin devolva a carta de sua irmã. – Draco falara logo bocejando. – Não acredito que estavam brigando por isso!
- Na verdade ELA estava brigando COMIGO pelo fato DELA estar APAIXONADA pelo CAIOS papai! – Kevin falava estendendo a carta para a irmã fazendo uma pose pomposa em seguida.
- Apaixonada? – Draco arregalara os olhos e Stacy ficara extremamente corada.

Antes que ela pudesse socar o irmão até a morte, este se escondera atrás de Suzan que girara os olhos categoricamente.

- Kevin vá terminar de arrumar suas coisas, ou você pretende perder seu primeiro ano em Hogwarts? – A matriarca falara séria.

Kevin sorrira maroto e correra escadaria acima enquanto Stacy suspirava e contava mentalmente até 10 para não correr atrás do irmão e tortura-lo com um Cruccius.

- Stacy... – Suzan voltava a filha com um olhar maternal. – Vá e feche seu malão, em breve já estaremos saindo ok?
- Ok... – A garota sorrira para a mãe subindo as escadas.

Draco ainda estava atônito com Apple no colo, a ruivinha, entretanto estava se confortando na curva do pescoço do pai, cerrando os olhos demonstrando que iria tirar uma nova soneca.

- Minha filhinha, apaixonada? – Draco falara com um tom um tanto quanto melancólico.
- Não seja dramático Draco! Kevin só estava a enchendo, como sempre! – Suzan sorrira marota. – Quero lhe dizer o nome que escolhi para nosso filho...
- Humm... E qual seria? – Draco perdia o ar melancólico arrumando Apple em seu colo despertando a menininha.
- Hunter! Hunter Malfoy!
- Hunter? – Draco franziu o cenho. – É, gostei! Pelo menos não é Xonovisco!

O casal logo caíra na gargalhada o que fez a pequena Apple tampar os ouvidos e tentar dormir novamente no colo do pai, despertando mais ainda gargalhadas no casal.



Mansão Zabine

Duas crianças brincavam no balanço dos jardins, enquanto um homem moreno de olhos verdes as empurrava sorridente. Blake parecia se divertir enquanto seus filhos voavam ao céu e voltavam.

- Mais forte papai! Mais forte! – A menininha de seus sete anos de cabelos castanhos e olhos da mesma cor falava empolgada.
- É papai! Mais forte! – O menininho de seus nove anos falava igualmente, entretanto ele possuía cabelos loiros e olhos verdes iguais ao do pai.
- Assim eu os mandarei para Marte! – Blake falava risonho.
- Se quiser eu os mando com maior prazer papai! – Um menino de seus onze anos aproximava-se com um sorriso maroto no rosto.
- Não comece cedo Sirius, você sabe como sua mãe anda estressada com você depois do que você aprontou com os brinquedos da June! – Blake falava risonho.
- Eu ainda quero minha boneca da Johnson! – A menininha cruzava os braços descendo do balanço.
- Ah não enche June! A boneca já estava sem cabeça! Trevor pode depor ao meu favor – Sirius revirava os olhos.
- Isso é verdade papai! – O garotinho mais novo falava animado. – Eu mesmo vi a cabeça da boneca no chão do quarto da June...
- Não importa isso agora! – Blake coçava a cabeça. – O que importa é o humor da mãe de vocês!

Os três pareceram um tanto quanto contrariados e Blake apenas suspirou fundo. June tinha o gênio de Ashlee assim como sua aparência só tinha cinco anos e já era bastante mandona. Sirius o mais velho com 11 anos estava a ponto de ingressar em Hogwarts, possuía olhos incrivelmente azuis-esverdeados e cabelos iguais aos de Blake, além disso possuía a marotice de Blake e Ashlee juntos, Trevor com seis anos era praticamente mandado por Sirius, sempre seguindo os passos do irmão, e por último Ivvy...

- O seu malão já está pronto Sirius? – Ashlee adentrava os jardins com um bebezinho lindo em seu colo.
- Desde ontem quando a senhora me perguntou pela vigésima vez mãe! – Sirius falava pomposamente arrancando risinhos dos irmãos mais novos.
- Ótimo! – Ashlee sorria largamente. – Blake cuide de Ivvy eu irei tomar banho!
- Eu? – Blake arregalava os olhos enquanto Ash empurrava a bebezinha de cabelos castanhos e olhos verdes para o homem. – Eu cuidarei de todos eles SOZINHO?
- Nãããooo... Merlim irá te ajudar! – Ashlee sorria debochada. – Crianças fiquem de olho em seu pai, confio mais em Ivvy do que ele para tomar conta de vocês

Os três fizeram pose de exército para a mãe que logo gargalhara adentrando a casa, Blake apenas gargalhou junto.

- Ok, quem quer ver a mamãe congelar durante o banho? – Blake murmurava e logo três mãozinhas suspendiam no ar.



Mansão Potter

- JAAAAAAAAAAAAAAAMMMMMMMMMMEEEEEEEEEEESSSS!!!

Um berro ecoara pela mansão Potter, um garoto de seus 12 anos que estava tomando alegremente seu café da manhã arregalou os olhos, a sua frente sua mãe alimentava sua irmã caçula, enquanto seu irmão do meio parecia brincar com a comida. Logo a visão de seu pai apenas de toalha e com os cabelos roxos adentrando a cozinha arrancaram gargalhadas de todos ali.

- Adorei o visual querido! Combinou com seus olhos! – Megan falara risonha arrancando mais gargalhadas dos pequenos.
- James Potter Jr... – Harry começava olhando o filho como se fosse mata-lo.
- Sim amado e estimado papai? – James falava quase gaguejando.
- O que aconteceu com o MEU cabelo enquanto EU tomava BANHO?
- Hã... Bem eu acho que meu xampu das Geminialidades foi parar acidentalmente no seu banheiro... – James colocava a mão no queixo pensativo. – Max eu não pedi para você guardar no meu quarto? – Ele se virava para o irmão caçula.
- Não lembro Jay... – O pequeno ruivinho falava coçando a cabeça.
- Ok... Não Importa! Como eu faço para TIRAR isso? – Harry falava quase desesperado.
- É só lavar com xampu normal! – Max falava risonho. – Quer que eu te empreste o meu papai?
- Não precisa pegarei o de sua mãe!

Harry logo desaparecera da cozinha arrancando mais gargalhadas.

James era maroto, extremamente maroto, embora sua semelhança com seu avô Harry Potter I fosse inigualável até mesmo com os óculos redondos e os cabelos negros bagunçados e os orbes verdes que herdara. E além do mais entrara na Grifinória de primeira.

- Vamos Andy, come tudo deixe a mamãe orgulhosa! – Megan colocava mais uma colher na boca da menina.
- Não acredito que você vai voltar para Hogwarts hoje! – Max falava tristemente.
- Não se preocupe cara, ano que vem você entra!

Max era o do meio com apenas nove anos, faltando dois anos para ele adentrar em Hogwarts, possuindo os cabelos ruivos da mãe, entretanto despenteados como o do pai, os olhos bastante azuis como os de Megan, os traços dos Weasley’s eram bem marcados. Andy era a caçula, com apenas um ano de idade, possuindo olhos azuis e cabelos ruivos, idêntica à mãe o que deixava Harry mais derretido ainda por ela.

- Bem vou subir, não quero me atrasar como no ano passado e eu ainda tenho que colocar algumas coisas no malão! – James falava animado levantando-se da mesa.
- Pode deixar que eu te ajudo! – Max levantava animado seguindo o irmão mais velho para fora da cozinha.



Mansão Trent

- Mais empenho Caios! ISSO! CONSEGUIU GAROTO! – Carter gritava sentado em uma arquibancada de um campo de quadribol que ele montara para os filhos.

Um menino de seus doze anos voava em uma vassoura e acertava a goles dentre os aros, Carter aplaudia e sorria orgulhoso, Caios tinha muito talento para o quadribol. Seus cabelos muito loiros o lembravam muito Amy, entretanto os olhos verdes ele herdara de Carter.

- Papai quando eu vou voar que nem o Caios? - Um garotinho loiro perguntava sentando-se ao lado de Carter na arquibancada.
- Em breve Joe! Você tem treinado muito, logo estará que nem seu irmão, talvez até melhor! – Carter sorria gentil.

Joe tinha apenas seis anos, sempre era passado para trás por Caios que parecia ter como esporte favorito azucrinar a vida de Joe contando historias horripilantes sobre Hogwarts, deixando o menino ficar sem dormir por dias. Joe tinha olhos verdes que nem os de Caios e os cabelos eram muito loiros, era a cópia de Caios, entretanto bem mais novo.

- Ah! Achei vocês! – A voz de Amy ecoara nas arquibancadas.

Levada pela mão da mãe uma menininha loirinha de olhos muito azuis, a cópia de Amy vista de longe, ao ver o pai a menininha sorriu correndo em direção ao pai e se jogando no colo do mesmo.

- Dalilah eu falei para não contar para a mamãe nosso esconderijo! – Carter fazia cócegas na menininha que delirava no colo do pai.

Dalilah era a caçula, com apenas dois anos era o xodó da família, mimada e paparicada por todos.

- CAIOS DESÇA DAÍ! ESTAMOS ATRASADOS! – Amy gritara.

O garoto num instante estava ao lado da mãe depositando um beijo terno no rosto da mesma, em seguida jogando a vassoura nos ombros e andando para fora do campo.

- Caios! Me espera! – Joe corria atrás do irmão mais velho.
- Qual é Joe! Você não é grudado em mim! Desgruda cara! – Caios revirava os olhos ainda sendo seguido pelo irmão.

Amy olhava tudo acariciando a têmpora, Dalilah estava nos ombros de Carter brincando com seus cabelos, a loira sorriu para o marido e o beijou levemente.

- Caios herdou seu gênio! – Amy murmurara saindo do campo.
- Por isso ele é sonserino! – Carter falara orgulhoso. – Você também vai ser Sonserina não é Dalie?

A menininha apenas bateu na cabeça do pai e gargalhara.

- Se continuar parecendo assim com sua mãe teremos uma grifinória nessa casa... – Carter girara os olhos categoricamente.

Estação King Cross

- Onde será que eles se meteram? – James perguntava andando em círculos enquanto Sirius parecia contar o número de voltas que ele dava.
- Logo estarão aqui, eles sempre se atrasam! – Stacy declarara ao lado de seu pai.
- O importante é que hoje FINALMENTE, nós estamos indo a Hogwarts! – Kevin falava pomposamente apontando para si mesmo e Sirius, ambos possuíam sorrisos marotos nos lábios.
- Não vejo a hora de ir também! – Declarara Max.
- Logo irá filho! Dois anos passam depressa... – Harry bagunçava os cabelos ruivos do pequeno.
- James tente levar detenção apenas na segunda semana ok? – Megan falava beijando o rosto do filho e tentando endireitar seus cabelos.
- Olha! ELES CHEGARAM! – Kevin falava animado ao ver cinco pessoas se aproximando.
- Atrasados como sempre! – Blake comentara cumprimentando Carter.
- Até parece que eu sou o único que me atraso! – Carter sorria para o amigo enquanto Amy lhe dava Dalilah para segurar.
- E agora começa a grande confraternização de pais! – Caios falava debochado.
- E aí Caios beleza? – Sirius cumprimentava o garoto.
- Claro! – Caios piscava maroto.

O apito do expresso soara o que fez os pequenos sorrirem abertamente sobre os olhos carinhosos de seus pais.

- Não acredito! – Joe cruzava os braços e fazia bico ao ver Caios despedindo de Carter, Amy e Dalilah.
- Não se preocupe Joe eu mando a tampa do vaso de Hogwarts para você! – Caios falava maroto já pulando para dentro do expresso.
- CAIOS SEM DETENÇÕES NA PRIMEIRA SEMANA! – Amy gritara. – Não agüento mais receber berradores da Tonks sobre o comportamento dele! – A loira baixava a voz para comentar com Ashlee que sorrira abertamente.
- Creio que teremos o mesmo problema esse ano... – A mulher abraçava o filho mais velho fortemente. – Cuide-se e apronte muito!
- Só não deixei saberem que foi você quem aprontou! – Blake falava animado.
- Podem deixar comigo! – Sirius falava orgulhoso. – Até logo Ivvy! – Ele beijava a testa da irmã mais nova. – Trevor, June, não façam a vida desses dois caírem na monotonia, aprontem no mínimo duas vezes por dia ok? – Sirius falava animado.
- Sentirei saudades! – June o abraçava fortemente.
- Hey June! Sem sentimentalismo, isso vai queimar meu filme! – Ele afastava da irmã com a face avermelhada.
- Até logo Si! – Trevor piscava maroto.

Sirius fizera uma reverência exagerada logo adentrando no expresso e correndo atrás de Caios que nesse momento já deveria ter achado alguma cabine.

- Cuide bem de seu irmão ok? Não permita que ele destrua a escola... – Suzan murmurava para Stacy. – E há! Sobre a carta de Caios, você tem bom gosto! Ele é uma graça!

O rosto da garota aderira um tom avermelhado, ela logo desviara da mãe para abraçar fortemente o pai e beijar a bochecha de Apple, Kevin apenas beijara a bochecha da mãe e abraçara o pai.

- Não façam nada do que eu não faria! – Draco aconselhara com um imenso sorriso brincando em seus lábios.
- Eu não acho esse um bom conselho... – Murmurou Suzan.

Kevin e Stacy logo desapareceram no vagão, Kevin cantarolava algo alto fazendo Stacy correr para tentar calar a boca do irmão que parecia querer atormentar a vida da garota.

James sorria para os pais com uma cara inocente, Megan e Harry logo trocaram olhares.

- Ok James, mas, por favor, demore pelo menos um dia para tomar detenções ok? – Harry falara em tom cansado.
- Deixa comigo Super Papito! – James abraçava os pais e acenava para os irmãos. – Max ensine bastante coisas que eu te ensinei a Andy ok?

Max sorriu e acenou que sim para o irmão, Andy olhava tudo confusa assim como os outros bebês.

- Até logo Família! – James adentrara o expresso.

Eles ficaram lá por um tempo, todos os marotos olhando seus filhos para Hogwarts e os que haviam ficado brincando entre si. Era uma nova geração acontecendo, era um ciclo sem fim.


~*~


Cold: NÃÃÃOO ACREEDITOOO QUE CHEGOU AO FIMMM!!!
Blake: Agora estaremos DESEMPREGADOOSSS NA RUA DA MARGURAA!!!
Draco: Desempregados? COMO ASSIM DESEMPREGADOS?
Carter: Eu sou rico, não preciso de emprego.
James: Então somos dois, também sou rico...
Johnny: Eu acho que isso parece mais férias prolongadas, trabalhamos como escravos!!!
Miguel: Será boa as férias, poderei ler mais...
Kitai: Poisé, tudo tem um começo meio e fim...
Cold: KIKI! =~ Sentirei sua falta, mesmo você tendo esse péssimo humor!
Kitai: Eu absolutamente NÃO sentirei a SUA falta.
Blake: Magoou profundamente meu padrinho...
Kitai: ^^ e eu ligo? Bem... * pigarreia * aqui estou eu para agradecer a todos que acompanharam a fic, que comentaram e deixaram uma marquinha nessa série. São vocês quem acompanham a fic que a fazem crescer, e eu hoje estou eternamente grata por ter tido leitores tão fiéis como vocês! Obrigada por tudo mesmo e espero que continuem nesse mundo das fics que é tão mágico. EU pararei de escrever por alguns tempos, entretanto, quem sabe possa haver uma nova série como Os Novos Marotos por aí... Mas ainda é apenas suposição. Afinal Kitai Black agora precisa de folga e de estudar, em breve estarei fazendo vestibular aí já viram não é? Eu apenas tenho a agradecer a todos vocês, foi ótimo escrever essa série e eu sentirei muita falta dela. Obrigada! E eu deixo a todos vocês uma frase de carinho: “Sonhos são mágicos, além de nos dar forças eles nos fazem crer que a realidade pode ser diferente.”
Um beijo imenso a vocês!
Cold: Até logo galeraaaaaa!!! Quando sentirem MINHA FALTA releiam as fics!
James: Até parece que eles sentiram a SUA FALTA!
Johnny: MINHA FALTA eles sentirão :D
Miguel: Começouuu as infantilidades -.- Até logo gente! Obrigado por tudo!
Blake: Pai não precisa agradecer é só acenar, sorrir e concordar! Que nem presidente! :D Draco: Vira-Lata ninguém pediu a sua opinião! -.- Até logo meu povo! :D Até um dia quem sabe!
Carter: Adeus a todos vocês! Se cuidemm!!!!



Fim.



Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.