FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

10. Estamos perdendo-a


Fic: Herdeiro do mal. por Nety Granger - AVISO!


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________


Como era bom estar sentindo aquilo, pensava ele, era tão delicado, era tão puro. Uma lágrima escorreu em seu rosto, aquele momento era magnífico. –Não me toque só aqui, Harry. – disse Hermione, levantado o queixo do moreno, fazendo-o a observá-la. – Me toque aqui também... – Encerrou Hermione, seus lábios próximos dos de Harry cada vez mais...

Ele já podia sentir o frescor de seu hálito, quando escutam um estouro lá em baixo. Rapidamente Harry levanta da cama e olha pela janela, vendo alguns vultos pretos entrarem na toca.

- Harry o que esta acontecendo? –disse Hermione aflita, também levantando-se da cama.

- Harry! –disse Fred entrando no quarto assustado. –Corra para baixo!

- O que esta acontecendo? –perguntou de novo a morena.

- Hermione... Há comens...

- Eu sei o que é! –disse Harry se encaminhando até a porta evitando que Hermione fique nervosa.

- Harry... –o moreno se virou para trás, percebendo que já era tarde demais. Então, a encarou. Seu olhar era de medo, sua respiração estava muito acelerada.

- Calma. –disse ele alisando os cabelos castanhos. –Fique aqui, será melhor.

- Mas... –já era tarde demais, ele já tinha ido.

*_*_*_*_*_*_*_

Todos estavam lá. Harry aponta a varinha para a porta. Lupin, que estava ao seu lado, caminhou até a porta para abri-la, mas uma explosão faz com que ele voe para trás.

- Esse lugar me dá nojo. –disse uma voz que Harry sabia exatamente de quem era.

Pela primeira vez, depois do que aconteceu a Hermione, eles se encontraram. Os dois estavam paralisados, um apenas encarando o outro com fúria nos olhos. Harry não sabia como reagia, seu ódio era tanto por vê-lo ali na sua frente, ver o homem que acabou com a vida de sua amada. Mas tinha que se controlar, não podia deixar que acontecesse mais alguma coisa a ela.

Rapidamente saindo do transe em que havia entrado, os dois apontaram a varinha um ao outro.

- Potter, que desagrado vê-lo! –disse o loiro com um sorriso debochado.

- Igualmente Malfoy. –disse o moreno sério. –O que quer aqui? –ainda continuava com a varinha firmemente na sua mão.

- Há! Vim ver uma velha amiga minha. –disse fingindo inocência. – Aliás, onde está a sua educação Potter?

- Você não tem nenhuma amiga aqui, Malfoy. –disse Arthur tentando estabelecer o clima.

- Eu não vou perguntar de novo. O que você quer aqui? –continuou Harry ainda encarando Malfoy, agora com fúria.

- Eu quero o que me pertence. –disse o loiro com malícia.

- Você não tem nada que te pertença. Não aqui. –Harry continuou sério. Sabia muito bem o porquê de ele estar ali, mais não ia deixar que ele a fizesse mal outra vez.

- Potter, Potter, Potter... Não brinque com o que não deve. –disse o loiro baixo para somente ele e Harry escutar. – Nos veremos em breve. – e misteriosamente ele e todos os comensais sumiram sem deixar nenhum rastro.

- Para onde eles foram? –perguntou Jorge aflito.

- E como eles foram? –completou Fred.

- Eu não sei... –disse Lupin. –Mais eles não aparataram.

- Tem alguma coisa estranha. –disse Harry, atento a algum barulho ou movimento.

“PLAF”

- Ahhh!

Um grito veio do andar superior.

- HERMIONE! –gritou Harry correndo para o andar de cima.

Ao chegar ao quarto, deparou-se com a morena no chão. Sua respiração estava muito acelerada e descompassada. Ela estava com a mão no ventre e a outra no braço no qual havia uma enorme mancha roxa e algumas gotas de sangue.

- Hermione, quem fez isso com você? –perguntou o moreno levantando a cabeça dela que estava muito pálida.

- Eu... Ele injetou... Algo em mim... –disse ela mostrando o braço muito roxo com um furo profundo da onde saia um liquido lilás. – Me ajude... Por f... – a morena desmaiou.

- Não...!!! HERMIONE, FALA COMIGO...!!!! Por favor, não me deixe agora!!
*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*

Ele estava na mesma posição a quatro dias atrás, e podia jurar que a sua preocupação tinha aumentado e muito. Como ela podia deixá-lo daquela forma, totalmente desconsertado e fora de si mesmo?

- Harry... Está tudo bem? –perguntou Luna ao seu lado.

- Espero que sim, não agüento mais toda essa correria! –disse o moreno cansado, enterrando o rosto nas mãos.

- Não estou falando de Hermione. –disse ela o fitando seriamente. – Estou falando de você. –disse ela preocupada. – Harry você não dorme a dias, não se alimenta direito... Olha seu rosto, o cansaço está estampado para quem quiser ver. –disse ela rapidamente, depois soltando todo o ar que prendia. –Harry... Olha para mim! –disse levantando o rosto do moreno.

Para a sua surpresa, ela viu o que nunca imaginou em sua vida: Harry estava chorando. Seu rosto estava molhado e seus olhos vermelhos.

- Você esta chorando! –disse a loira surpresa e preocupada.

- Bela dedução... –disse ele magoado.

- Venha, vamos dar uma volta! –disse ela o ajudando a se levantar. – Lupin, eu vou levar o Harry até a cantina. –disse ela mostrando o estado de Harry, o que fez Lupin ficar um pouco preocupado.

*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*

Harry estava brincando com a comida, não tinha fome, não tinha como se esquecer dela por um minuto. Ela tomava conta de seus pensamentos, de seus atos, controlava sua felicidade, até a sua raiva.

- Harry... Eu nem sei o que dizer...

- Você ficou surpresa por me ver chorar? –perguntou ele sem tirar os olhos do prato de bolinhos a sua frente.

- Sinceramente... Sim, nunca pensei que fosse te ver chorar. Ainda mais por uma coisa tão...

- Idiota?

- Eu tinha a certeza, agora tenho a absoluta certeza, confirma... –disse Luna sonhadora.

- Confirma a todos que eu sou loucamente apaixonado por Hermione Granger, que eu morreria por ela, que ela é quem controla a minha felicidade...

- O seu amor por ela é tão lindo. – suspirou a loira sonhadora, fazendo o moreno sorrir.

- Sabe... –disse ele suspirando e finalmente comendo o bolinho. –Esse hospital me fez muito bem. – o moreno agora encarava o teto enfeitiçado da cantina.

- Não entendi.

- Quando descobrimos sobre a gravidez de Hermione e quando nós conversamos, você me deu conselhos que ate hoje eu não segui.

- Vai esperar até quando para fazer logo isso? –perguntou a loira bebendo um pouco do suco.

- Talvez seja muito cedo agora. Ela vai querer que eu termine o curso de Aurores e depois consiga um bom emprego, sendo que eu tenho dinheiro o suficiente para sustentar nós dois. –disse Harry com um sorriso fraco.

- Três você quer dizer... Nossa, eu nem comuniquei a Rony sobre o acontecido! –disse Luna.

- Eu to tão preocupado, que nem lembrei do meu irmão.

- Harry! –disse Fred se aproximando. – Descobriram o que era o liquido lilás que ejetaram na Hermione! –disse o ruivo preocupado.

- É algo grave Fred? –perguntou Luna se levantando.

- Acho melhor vocês irem até lá.

*_*_**_*_*_*_**_*_*_*_**_*

Eles adentraram em uma sala com muita luz, aonde já se encontrava Lupin e o Mediobruxo.

- Então é muito grave? –perguntou Tonks ao lado de Lupin.

- Depende do ponto de vista. –disse o Mediobruxo apontando as cadeiras para as pessoas, onde se sentaram Harry e Tonks; Lupin, Luna e Fred ficaram logo atrás.

- Como assim? –perguntou Harry não gostando da maneira que o Médio falou.

- O liquido lilás é chamado de poção Bela Prisioneira. Como já diz o nome ele faz com que a pessoa que a toma, no caso a Hermione, faz depender fisicamente da pessoa que a fez.

- Continuo não entendendo. –disse Harry impaciente e nervoso pelo Médio chamar Hermione pelo primeiro nome “como se tivesse intimidade com ela!”–pensou enciumado.

- Quem fez essa poção, sabia exatamente como era o estado da Srta. Granger.

- Sabemos disso, mais o que faz a poção... –disse Harry já alterado e muito nervoso.

- Harry! –Tonks chamou a atenção para o malcriado de Harry, que continuou do mesmo jeito.

- Bom continuando. –disse o Médio sem ligar para a irritação de Harry. – A poção é feita do uma flor muito rara camada Película e da asa de uma libélula, a essência dela esta fazendo com que a Srta.ª Granger durma.

- Mas Hermione esta inconsciente a quatro dias. –pronunciou Lupin.

- É melhor ela ficar assim, quanto mais ela descansar, melhor ela vá ficar. Primeiramente, vocês sabem quem fez isso com ela? – o Médio perguntou anotando algumas coisas.

- Temos as nossas suspeitas. –disse Harry com cara de poucos amigos.

- Ótimo. Essa pessoa sabia que a paciente estava grávida?

- Sim. –respondeu Harry impaciente.

- O efeito da poção faz com que Hermione dependa dessa pessoa fisicamente. Por exemplo: ela vai ficar cada vez mais fraca, a cada dia ela ia depender mais da pessoa que fez a poção.

- Mais Hermione está grávida, ela já esta fraca, então isso a deixaria... –concluiu Luna lembrando-se do estado que Hermione estivera.

O silêncio predominou na sala. Harry enterrou a cara nas mãos, tentando pensar em uma saída.

- Não há como inverter isso? –perguntou Lupin.

- Até onde sabemos não. Mais há como evitar que ela fique mesmo frágil ou vulnerável.

- Como? –Harry olhou fixamente para o Médio a frente.

- O inimigo.

- Sabe, eu já estou com muita dor de cabeça, você fala de Hermione como se a conhecesse a anos e para piorar você só fala em enigmas! –estourou Harry muito alterado.

- Harry!

- Não conheço a Srta. Granger, mais a fama dela chegou a esse hospital, a aluna mais inteligente que Hogwarts já teve em cem anos... –disse ele sorrindo. – Mais isso não vem ao caso. Não estou aqui para lhe provocar Sr. Potter, estou apenas para prestar serviços a sua amiga.

Harry o encarou com estrema fúria, fazendo com que a jarra de água que estava sobre a mesa do MedioBruxo estourasse e derramasse sobre ele.

- Droga! –disse o Médio furioso se levantado e mostrando a roupa molhada as pessoas presentes na sala. –Precisa aprender a controlar mais seus poderes, Sr. Potter. –disse furioso, fazendo Harry embolsar um sorriso vitorioso. –Bom, agora os Médios já devem ter aplicado a poção na “paciente”, daqui a algumas horas ela irá acordar. –disse lançando um feitiço na roupa para secar.

*_*_*_**_*_*_*_*_**_*_*_*_*_*_*

Todos estavam na cantina, esperando Hermione acordar.

- Parece que quando esta dando tudo certo... As coisas tendem a piorar. –disse Harry que tinha o rosto enterrado nas mãos.

- Calma Harry! –disse Tonks massageando as mãos de Lupin. – Aliás, graças a você o Médio não terminou de explicar como inverter.

- Eu entendi o que ele quis dizer. –disse Lupin que tomava seu café tranquilamente, o que deixava Harry irritado. – O inimigo de Malfoy?

- Não entendi! –disse Fred, Harry Luna e Tonks concordaram.

- Qual é o maior inimigo de Malfoy? –disse Lupin ainda tranqüilo, notando a cara de desentendido deles. – Harry!

- Claro! –disse Harry feliz.

- Porque a felicidade Harry? –disse Tonks com um sorriso malicioso nos lábios.

- Por nada! É só que eu vou poder ficar mais perto de Hermione, e ajudá-la a se recuperar.

- Ah... Claro! Assim vocês decidem como vão querer o casamento! Eu sou a madrinha! –disse Luna sonhadora.

- Luna! –disse o moreno envergonhado.

- Nossa já esta saindo o casório. –disse Fred fazendo todos rir.

- Eu não disse nada!-disse Harry se levantando.

- Ei... Aonde você vai? –disse Tonks, mas era tarde demais, pois o moreno já tinha ido.

- Ele vai vê-la. –disse Luna sonhadora.

- Bom, tenho que voltar para a loja. Jorge deve estar precisando de ajuda! –disse Fred aparatando.

- Eu tenho que voltar ao ministério! –disse Luna também aparatando.

- Acho que só sobramos nós, amor. –disse Lupin arrancando um beijo de Tonks que sorria.

*_*_*_*_**_*_**_*_*_*_**_*_*_

- Harry! –disse Hermione fracamente, tentando abrir os olhos.

- Shiii... Calma, é melhor você não se esforçar. –disse o moreno com um pequeno sorriso no rosto e acariciando a face da morena. – Você está bem?

- Sim, mas parece que um trem passou por cima de mim. –disse ele com os olhos fracamente abertos. – O que aconteceu? -- perguntou agora mais agitada.

- Calma Hermione! – disse ele agora pegando nas mãos da morena, a fazendo relaxar e ficar mais calma com o toque dele. –Você ficou inconsciente há quatro dias, tem que descansar.

- Quatro dias! –exclamou colocando rapidamente a mão no ventre.

- Eu conheço esse olhar.... –disse ele colocando a mão sobre a mão de Hermione que se encontrava no ventre. – Ele também esta bem.

- Ele? –disse ela com sarcasmo.

- Claro que é ele, será um menino. –disse o moreno com certeza e sonhador.

- Harry! –disse ela sorrindo. Mas logo sua face feliz se transformou em uma face de dor e tristeza. - Ah!- gritou ela apertando a mão no ventre.

- Hermione! –disse Harry desesperado, segurando o corpo de Hermione que se contorcia. –Calma, vou buscar ajuda.

*_*_*

- Sr. Potter, pode esperar lá fora. Por favor! –disse o Mediobruxo.

- Não eu quero ficar com ela. -mais era tarde demais, ele já estava sendo “empurrado” para a porta que foi rapidamente fechada, mas deu tempo suficiente para ele escutar “ Estamos perdendo-a”.


N/A: desculpaaaaaaaa...... pela demora do capitulo. Tenho bons motivos para isso: 1ºtava com problemas de saúde! 2º to pensando em uma possível continuação dessa fic! Mas estou soh pensando! 3º o capitulo ta otemowwww..... Bom agradecer especialmente a Nathalia Fallatti que quase exigiu esse capitulo!!!! Prometo que vou tentar atualizar o mais rapido possível!!! Talvez eu poste em meu blog algumas coisas sobre a continuação dessa fic... para quem quizer ver http://netygranger.weblogger.com.br... Bjss... Nety Granger

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.