FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

6. *O Que Sempre Acontece ao Brig


Fic: Garota Malvada


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

...Se todos fossem tão carinhosos
Se todos fossem tão gentis
Eu sentiria nos seus olhos que
Se todos fossem iguais a você
Com você eternamente iria viver...


-Foi o que você ouviu Gina!-Nicolly confirmou erguendo a cabeça e ficando séria.

-É assim que você fala comigo?-Gina perguntou como que se quisesse matar Nicolly.

-Existe outra maneira?-A morena perguntou estranhando a reação da ruiva.

-Gente, é melhor eu ir embora e...-Cassandra ia dizendo.

-Não!-A ruiva protestou.-Pode ficar Cass.-Disse entoando a ultima palavra.

-Gina o que tá dando em você?-Nicolly perguntou jogando as mexas de cabelos sedosos para trás.

-O que tá dando em mim?-Gina perguntou apontando o dedo para a morena que estava pálida.-A magoa de saber que eu tinha uma amiga daquelas que eu confiava pra caramba, e derrepente eu descubro que ela não me contou nem metade de sua vida...E porquê?Deve ser por que não confia em mim né?-Terminou sorrindo ironicamente.

-Gina, a questão não é essa, meu...-Tentou se defender sem progresso algum.

-Se não é essa, deve ser muito pior!-Terminou respirando fundo e abaixando a cabeça.

-Você não vai nem deixar que eu te explique?-Perguntou mudando de pálida para vermelho intenso.-Eu tenho uma explicação pra isso!

-A guarde pra alguém que mereça...-Sorriu.-Amiga!-Dizendo as ultimas palavras, deu nos calcanhares e saiu quase que correndo de lá.

-Você merece Gin...-Tentou dizer entre os berros, mas já era tarde e a ruiva já não pode mais ouvir.




Estava morrendo de raiva!Como Nicolly pode fazer isso?Elas não se consideravam amigas?
Então porque o motivo de tanto mistério entre elas?
Nicolly sempre soube de toda sua vida, mas a morena nem pra ter pelo menos um pouco de consideração e ter cotado sobre a sua própria!
Isso era realmente imperdoável!Imperdoável mesmo...
A coisa que mais repudiava, era a mentira, a falsidade e a omissão...Isso era de fato, as coisas que Nicolly havia feito, pois mentira dizendo que morava apenas com a mãe, omitiu o fato de que tinha padrasto, e foi falsa, dizendo que confiava na ruiva, sendo que nem isso ela havia contado.

Entrou quase que correndo no Salão Comunal, estava super nervosa e não ia aturar ninguém enchendo o saco!Tipow um...Potter idiota!

Subiu em passos largos a escada dos dormitórios femininos...Entrou no seu quarto e foi correndo até o banheiro, com um enorme nó na garganta e uma estúpida vontade de chorar...!Chorar como criança desprotegida, e esperar que algum príncipe encantado viesse protege-la...

De todo mal...Ou melhor,...De toda falsidade e mentira que existia!

Postou-se frente a um espelho enorme que havia no banheiro, e ficou a se fitar por um instante...

No que havia se tornado...?Merlin...!Agora se via no espelho, e por parte não se reconhecia!
Era uma garota com seus 15 anos, e que vestia roupas excessivamente largas, que a deixavam muito gorda!Era muito branca e com poucas sardas no rosto, que de fato, nem eram feias, e sim até que bonitinhas!E seus olhos...Ah seus olhos!Tinha belos olhos azuis claros, que agora estavam cheios de lágrimas, e em poucos minutos, transbordariam como um mar em fúria!
Antigamente se considerava aquela garotinha bem arrumada, onde a mamãe sempre cuidava e comprava roupinhas com rendas e de cor rosa!
Agora, no seu presente, era um adolescente um pouco baixa, com 1,60...E com cabelos ruivos que pareciam chamas de fogo ardente...Que vivem presos em rabos-de-cavalo.

-Calma Virginia Weasley, você não vai se deixar abalar por isso né?-Falou consigo mesma enquanto se fitava em frente ao enorme espelho.

Deu uma olhada em volta, e decidiu que não estragaria seu domingo por causa de uma certa morena que já não considerava mais sua amiga.

Novamente saiu fora do retrato da mulher gorda, e começou a dar voltas pelo castelo, parando em frente a uma porta que não deveria estar lá...Ou seja, nunca esteve lá!

Abriu a porta e entrou...

-Uau!-Suspirou.-O que é isso?-Se surpreendeu ao entrar na sala enorme.




-Nick, desculpa, eu nunca que ia imaginar que ela não sabia disso!-Cassandra pediu enquanto sentavam-se no gramado em frente ao lago da lula-gigante.

-Tudo bem, ela vai ter que me entender!-Suspirou.

-Mas porque nunca contou pra ela?-A morena perguntou olhando nos olhos de Nicolly, que por sinal eram da cor dos seus.

-Achei que ela não ia me entender!Pensei que ia deixar de ser minha amiga por isso!-Terminou retirando do bolso de sua saia um elástico e prendendo o cabelo sedoso num rabo-de-cavalo meio baixo.

-Sei...Elas deve ter achado que você não confia nela!-A morena sobrepôs.

-Com certeza!-Nicolly riu baixinho.-Eu conheço aquela ruiva em tempo suficiente para saber que ela está achando o pior de mim...!-Ergueu uma sobrancelha.-Ela sempre age assim de impulso.

-Entendo!-Cassandra suspirou.-Eu também sou assim...

-EU também...-Nicolly riu baixinho.-A gente age e depois pergunta...

-Pois é...-A outra riu do comentário de Nicolly.-Mas quando você vai falar com ela?

-Quando ela estiver mais calma...-Riu.-E sei que vai ser só depois de uma noite de sono!Ela é sempre assim.

-Hum...Saquei!




-Aonde você vai agora Harry?-Hermione perguntou abraçando Rony e vendo Harry se levantar meio calado da mesa do Salão Principal.

-Vou fazer os cartazes pra deixar espalhado por ai...-Resmungou.

-Quer ajuda cara?-O ruivinho abraçado á Hermione perguntou.

-Não, pode curtir a Mione ai...-E saiu rindo baixinho.




Subiu em rumo ao 7º andar, onde se encontrava o Salão Comunal da Grifinória, mas quando ainda estava no 6º, foi barrado por uma certa loira que vinha Junto com Rebeca.

-O que você quer?-Perguntou sem olhar nos olhos violeta daquela garota.

-Falar com você!Posso?-Perguntou fazendo cara de manha.

-Fala logo que eu num to afim de perder tempo com você!-Ordenou rangendo os dentes brevemente.

-Não dá pra ir comigo até os jardins não?-Suspirou.

-Você já devia saber que não!-Respondeu rispidamente.

-Tudo bem então!-Gaguejou meio surpresa pela frieza do moreno.-Só quero saber se não vai comigo ao baile.

Como aquela loira era cínica!Acabara de trair ele, haviam terminado, e ela ainda queria ir ao baile consigo?Ah, isso era realmente de matar.

-Claro que não!Bem que me disseram que loiras eram burras...-Resmungou.-Eu já disse que vou com a ruiva!

-Ruiva?-Patricia arregalara os olhos.-Que ruiva...?

-Você é realmente burra!-Suspirou.-É claro que é com a Weasley que eu vou...

-Mas...Você não pode Harry!-Indagou.

-Quem me proíbe?-Perguntou com um sorriso nos lábios.-Você que não é...!Alias, seria a ultima a fazer isso!

-Harry...!-Franziu o cenho ficando vermelha.-E eu vou com que?

-Ah, se vira meu bem...Ai é com você!-Respondeu em ironia e rindo baixinho.

-Mas...

-Mas agora eu tenho que ir porque estou ocupado okay?-Sorriu meio torto.-Tchau boneca!

E foi embora, deixando pra trás uma loira com a cara no chão.

-E agora Rebeca?-Perguntou sentando no chão.-O que eu faço.

Rebeca abriu a boca várias vezes sem conseguir resposta.

-Ah!Pensa pelo lado positivo, ele te chamou de boneca!

A loira olhou para a amiga e começou a proferir xingamentos.




A sala era toda pintada de azul por todo lado, e quando entrou, a única coisa que encontrou, foi um espelho.

Mais um...Por sinal.

Antes de ir até aquele espelho meio oval com bordas pratas, conseguiu ler a descrição: Ojesed

-O que será...?-Parou na metade da frase ao se lembrar de Rony uma vez te contando sobre um espelho onde se podia ver o que mais desejava.

-Era um espelho Gin...Onde dá pra gente ver o que mais deseja.

-O que você viu Rony?-A ruivinha perguntou ficando curiosa.

-Me vi mais velho, sendo capitão do melhor time de quadribol que já existiu.-O irmão disse estufando o peito.

-Uau, que legal Ron...-Sorriu entusiasmada.-E qual o nome desse espelho...?

-Ojesed!-O irmão disse.-Espelho de Ojesed.

-Que legal!Ele ainda existe?-Perguntou sorrindo.

-Não!Dumbledore disse que ele foi destruído...Pois causava muitos problemas...Muitos bruxos já passaram suas vidas toda, em frente ao espelho, vendo o que mais desejavam.-O irmão disse com cara de preocupado.

-Hum...Posso te fazer uma perguntinha Rony?-Perguntou meio constrangida e corando.

-Pode!

-O que o Harry viu?

-Viu seus pais...-Terminou meio distraído.

-Só?

-Uhum, porque?

-Nada!-A ruivinha completou.-Curiosidade...


Sempre se interessou por Harry, até que em seu 3º ano em Hogwarts, decidiu deixar de ser trouxa, e encarar tudo de frente, ou seja, deixar de ser sonhadora, e entender que Harry era só um amigo, mas depois percebeu o tipo de garoto que ele virara, ai passou a vê-lo como o mais superficial de todos, com razão!Desde então, nunca mais haviam se falado como pessoas normais!

-Hum...-Suspirou.-É melhor eu não me ver nesse espelho.-Disse para si mesma.

-Tem medo do que possa ver Srta Weasley?-Uma voz amigável soou atrás de si.

Virou-se rapidamente para constatar que o dono da voz era nada mais nada menos que Alvo Dumbledore.

-Sr Dumbledore?-Se virou e levou um susto ao ver aquele Sr de barba enorme a fitando.

-Sim...-Riu baixinho.-Muitas vezes temos medo de ver o que mais desejamos...Não concorda comigo Srta?

-É...Bem...Acho que sim!

-E a Srta tem medo de ver o que ai?-O diretor perguntou enquanto piscava calorosamente para a ruiva.

-Não sei...Esse é o meu medo...O medo de não saber o que pode aparecer ai!

-Entendo!-O diretor concordou.-Eu diria que a Srta está perdida consigo mesma...

-Pode ser!-A ruiva prepôs.

-Sim...-Sorriu mais uma vez.-A srta sabe que sala é essa?

-Acho que não!-Respondeu olhando em volta.

-Então eu te direi.-Pigarreou um pouco.-Essa é a sala precisa Srta.

-Sala precisa?Não pode!-Respondeu meio confusa.

-Tem certeza?-O diretor perguntou sorrindo.

-Absoluta!

-Pode sim...Sabe porque?-Perguntou erguendo uma sobrancelha.

A ruiva fez que não com a cabeça.

-Porque a Srta precisa saber disso...Mas creio que essa não seja a hora certa, e você mesma sabe que não é a hora certa!

-Sim!Mas...Porque, Dumbledore?-Já estava sentindo seu estomago dar voltas de tanta confusão.

-Você entenderá na hora certa...-Sussurrou.-Na hora certa minha cara...

-Então, vejo que é melhor eu não me colocar frente a esse espelho hoje?

-Acha isso?

-Sim!

-Então é isso...-Respondeu rindo.

Parecia que o diretor estava se divertindo com seu estado de confusão.

-Okay...Mas como o Sr sabia que eu estava aqui?-Perguntou o olhando atenciosamente.

-Não sabia, eu só estava a procura de uma sala com revistas de tricô...Adoro isso!-Respondeu rindo e fazendo a ruiva rir gostosamente também.

-Okay, obrigada Dumbledore, agora eu acho que já, vou indo!-Sorriu e foi até a porta.

-Antes...-O diretor interrompeu.-Pense nos atos que teve hoje...E...Tente ser mais compreensiva...!

Ouvindo isso Gina sorriu e saiu daquela sala se perguntando se o diretor havia lido sua mente!Como ele podia saber de sua briga com Nicolly?Ou melhor, era disso mesmo que ele estava falando?




Estava se dirigindo para a sala do professor Lupin!Lá seria seu primeiro ensaio...!Suspirou pesadamente se perguntando se teria realmente sido inteligente a idéia de participar daquilo...!

-Não sei onde eu estava com a cabeça quando entrei nesse projeto!-Fred resmungou para que Rony e Harry pudessem ouvir!

-Porque?-Seu irmão ruivo perguntou com uma cara de indignação.-Você estava super animado.

-Estava Ron...-Fred assegurou.-Disse a coisa certa agora meu irmão...

-Para com isso, não faz seu estilo me chamar de irmão...-Rony o repreendeu fazendo uma careta.

-Seu eu posso chamar a Gina de maninha, porque não posso te chamar de irmão?-Fred perguntou meio que em deboche.

-Esquece...-O ruivo mais novo suspirou, desistindo de ter uma conversa séria com Fred.

-Harry meu caro...-Fred começou fingindo ser um sábio.-O que te intriga?Estás tão quieto!

Rony riu baixinho.

-Ahn?Que?Ah, nada!-O moreno sussurrou num sobressalto.

-Nossa, que moço pensativo!

Harry sorriu fracamente.

Definitivamente aquele moreno estava estranho viu...Merlin, Harry andava muito pensativo nesses dias!Andava meio que na lua, pensando sabe-se lá em o que, ou talvez...Em quem!

-O cara, você tá bem mesmo?-Rony resmungou com uma expressão estranho no olhar.

-Pensando bem...Acho que não...-Murmurou Harry, acabando de virar um ultimo corredor onde daria na sala do professor.

-Eu sabia!-Fred rugiu.-Essa sua cara de que morreu e esqueceram de enterrar...

-O que você tem?-Rony perguntou dando uma cotovelada em Fred que se calou rapidamente com um sorriso maroto nos lábios.

Harry ignorou aquilo, apenas sentiu uma enorme vontade de olhar para aquelas duas cenouras em sua frente e dizer que de um dias para cá, uma certa ruiva chamada Gina Weasley, e que por desventura era irmã deles, andava fazendo certas visitas em seus pensamentos!Mas logo mudou de idéia ao imaginar o que eles fariam!Com certeza o pendurariam de cabeça para baixo e o obrigariam a se torturar...!Grande coisa...Alem de não conseguir parar de pensar em uma certa ruiva, também tinha que levar em consideração o fato de que podia ser espancado por seus guardiões, ou melhor, irmãos super protetores!
Ah, sem esquecer do fato da aposta feita entre eles, e como que se Fred tivesse lido os pensamentos dele, deixou escapar um comentário a respeito disso.

-Olha Harry, não fica assim só pelo motivo da Gina não ter aceitado ir ao baile com você!

-Ela aceitou!-Harry disse como que se isso fosse a coisa mais normal do mundo!-Suspirou!Na verdade ele nem se importava tanto mais com aquela aposta!Pra falar a verdade, ele andava com novos pensamentos de cor vermelha...

-Como é que é?-Os dois ruivos perguntaram arregalando os olhos.-Você tá brincando né Harry?

-Não!-Disse simplesmente.

-Como não?-Fred arregalou os olhos com uma expressão de espanto.-Explica isso.

-Okay...-O moreno respirou fundo.-EU cheguei nela e pedi, então ela olhou bem nos meus olhos e disse que me amava e faria qualquer coisa por mim, até abandonar os irmãos chatos dela...-Respondeu com uma incrível cara séria.

-Que?-Rony arregalara os olhos.-Mentira né?

-Rony!-Fred começou a rir histericamente.-Gina nunca diria isso!Pode até ser que ela tenha te chamado de chato, mas nunca eu...

-Espero que continue achando isso...-Harry murmurou com uma enorme vontade de rir.

-Potter, tome cuidado...-Fred ameaçou com fingida ameaça no tom de voz.-Você não me conhece...

-Conheço o suficiente pra saber que o máximo que você poderia fazer era tentar trocar minha varinha por uma que faça sair coraçãozinho...-Riu baixinho vendo que Rony ainda estava digerindo o que Fred dissera.

-Potter, Potter...-Fred respondeu rindo também enquanto imitava o tem de voz da irmã.

-Olha Harry, diz logo a verdade!-Rony pediu chacoalhando a cabeça sem olhar para o irmão mais velho.

-Sim!-Harry suspirou.-A verdade é que estou próximo a vitória!

-Hum...Então ela realmente aceitou?-Rony arregalou os olhos enquanto perguntava.

-Se estou dizendo...-Sorriu marotamente.

-Também, depois de três foras né...-Fred completou fazendo o sorriso vitorioso de Harry se esvair.

-Cala a boca Fred, foram só dois...

Fred e Rony começaram a rir e só pararam quando entraram na sala de Lupin e já encontraram todos escolhidos lá, sentados cochichando sobre o quanto estavam curiosos...

-Cadê o Lupin?-Harry perguntou para Katie que sorria de uma forma estranha para ele.

-É...Ah, deve estar vindo já...-Sorriu mais uma vez com uma enorme cara sonhadora.

Harry sorriu mas nem levou em consideração que a garota Katie do 5º ano era mais uma entre várias que o idolatravam naquela Hogwarts!

-Harry, você pode se sentar do meu lado se quiser...-Katie ofereceu sorrindo docilmente.

-Não. Valeu!-O moreno disse retribuindo o sorriso.

-Então sente você Rony!-Ela disse ferozmente, ignorando por total Harry.

Rony sorriu e foi se sentar ao lado da garota, que sorriu satisfeita ao ver que não havia sido rejeitado seu mero convite.

-E eu?-Fred fez uma fingida cara de chateação.-Porque não me oferecem um lugar?

Rapidamente três garotas olharam pra trás.
Duas ofereceram um lugar para Fred, que foi correndo se sentar ao meio delas, e a ultima era Patricia, que parecia meio pálida e com os olhos mais escuros que o tom violeta normal.

-Pode se sentar aqui Harry!-A loira sorriu um pouco pálida.-Não vou te morder.

Harry hesitou por um instante, mas logo se sentou na cadeira ao lado da pálida garota.

-Anda sumido Harry...-Ela comentou rapidamente.

-Não, não ando!-O moreno virou o rosto para fitá-la então prosseguiu.-Apenas não quero ter o infortúnio de ter que te encontrar pelos corredores.

-Harry!-Os olhos da loira, agora haviam brilhado de uma maneira estranha, como que se estivessem em seus últimos instantes de vida.

-Queria que eu falasse como?-Ele sorriu em deboche.-‘Oi meu amor, tudo bem?Eu estava me perguntando se você não ia me chifrar de novo!Sabe!Eu adorei, tinha até passarinhos fazendo ninho...

-Harry, você não pode me perdoar?Eu te juro que...

Patricia não pode continuar, pois foi interrompida por Lupin, que entrava sorrindo na sala.

-Boa tarde...-Vende que todos haviam respondido, o professor prosseguiu.-Vejo que estão todos aqui!-Alguns sorriram.-Bem, aposto que estão super curiosos para saber o que irá acontecer!Pois bem, irei dizer.

O professor passou demoradas meia horas explicando tudo direitinho para os ali presentes, que mantinham bastante atenção, exceto Fred, Rony e Harry, que estavam com uma grande cara de tédio e desgosto.

Lupin explicou que seriam danças com musicas dubladas, ou seja, com coreografias ousadas!Disse também que seriam separados em par, e essa foi a pior parte, pois para desgosto de Harry, seu numero foi o mesmo do de Patricia que sorriu alegremente ao se dirigir para o lado do moreno com cara de raiva.

Fred faria par com Katie, Rony com Cho Chang, que para irritar fazia careta, e Neville com Rebeca, que sorriu meio que sem saber o que fazer.

-Agora que todos estão em pares, vamos começar!-Lupin fez um sinal com a cabeça, para que todos subissem no pequeno palco que jazia lá.-Agora, prestem bastante atenção...

Lupin acenou com sua varinha e fez aparecer uma pequena tela no ar.Girou mais uma vez, e agora a tela mostrava imagem de bruxos dançando algo estranho!Eram passos para tudo quanto é lado!Era uma dança em par!

-Viram?-O professor fez a tela desaparecer e sorriu.-Entenderam?-Alguns fizeram caretas, mas a maioria sorriu.-O nome dessa dança, é tango!-Respirou fundo na tentativa de levar ar aos pulmões.

-Como é que é?-Rony perguntou rindo.

-Tango sr Weasley!Uma dança que os trouxas conhecem bastante!

-Hum...-Rony respirou fundo e voltou a seu estado normal, agora ele estava vermelho!Provavelmente pela quantidade de risos.

-Vamos começar?-Lupin perguntou dando de ombros.

Logo todos já estavam em suas devidas posições, apenas esperando a ordem do professor, que sorria.




...Como eu já lhe disse, o Lord Negro disse que logo entrará em contato!
Ele disse que é melhor que você o obedeça, senão sua família já era!Ou seja...Terá que dar tchauzinho pra sua mãe.
Olhe, tome cuidado, isso é perigoso, e acima de tudo, essa missão é perigosa...Ele precisa dela urgentemente!Ela é a isca!
Não demore a retornar!Responda com essa coruja!Ela sabe onde levar sua resposta!

Atenciosamente,
Amycus!





Estava correndo...
Como odiava correr!

Parou um pouco para tentar recompor seus pulmões com ar!
Já eram 3:40 e precisava falar com Lupin!Será que o professor estaria muito ocupado?Bem...Só interrompendo pra saber!

Voltou a correr!Seus cabelos lisos e ruivos esvoaçavam-se contra o vento que batia em seu rosto, deixando-a com menos calor!Pelo menos isso!Parou mais adiante batendo em alguém!Porque será que isso sempre acabava acontecendo?O ‘zica’ viu!

-Olha, desculpa, mas eu to com pressa!-Gina disse sem olhar para ver quem era enquanto se levantava e arrumava sua roupa.

-Calma Gina!-Ouviu a voz aguda em seus ouvidos.

-Ah é você...-Murmurou enquanto crispava os lábios.

-Sim, sou eu!-Cassandra respondeu fixando seu olhar no de Gina, que parecia fria e sem sentimento.

-Estou ocupada, tchau!

-Calminha, eu tenho que falar com você!

-Qual à parte do estou ocupada você não entendeu?-A ruiva perguntou pondo as mãos na cintura.

-Eu entendi que você está ocupada!-Cassandra respondeu da mesma maneira fria que Gina.

-Mas mesmo assim insiste!

-Agora...Qual à parte do ‘eu quero falar com você’, a Srta também não entendeu?-A morena perguntou pondo as mãos na cintura imitando Gina.

-Okay...-A ruivinha suspirou.-Seja breve!

-Serei!-Cassandra a olhou nos olhos de uma maneira estranha.-Então, você ainda está chateada com a Nicolly?

-Faça-me o favor de não dizer o nome desse ser!-Gina pediu com desdém.

-Que por sinal é sua melhor amiga né?

-Se você tivesse me perguntado isso ontem, eu logicamente diria que sim, mas agora minha resposta é: Se ela pediu pra você vir aqui tentar me convencer da pura bondade dela, você perdeu seu tempo querida!-A ruiva respondeu erguendo uma sobrancelha.

-Gina, você conta tudo sobre você pra Nicolly?-Cassandra perguntou sorrindo fracamente.

Derrepente um certo moreno apareceu em sua mente, sorrindo marotamente!Merda, nunca tinha contado para Nicolly sobre Harry estar aparecendo em sua mente freqüentemente, coisa estranha de se estar acontecendo.

-Não, mas...

-Então!-Cassandra sorriu vitoriosamente.-Tem coisas que temos medo de contar por causa da reação do ouvinte.

-Tá, mas...

-E se você nunca contou tudo pra Nicolly, porque ele deveria te contar tudo?-Cassandra sorriu.-Você não acha que ela tinha medo de você querer deixar de ser amiga dela por isso?Eu sei que isso nunca aconteceria, mas nós sempre pensamos nas piores possibilidades né?

-Tá tudo bem, mas...

-Concorda não é?-A morena perguntou meio que com uma certa vitória estampada no peito.

-Aham, mas...

-Então eu...

-VAI DEIXAR EU FALAR OU NÃO?-Gina gritou enfurecida, pois essa era a terceira ou quarta vez que estava sendo interrompida.

-Desculpa!-Cassandra riu baixinho ao ver Gina ficar vermelha.

-Beleza, mas agora eu falo!-Pigarreou.-Bem, eu sei que eu nunca contei tudo pra Nicolly, mas, veja por esse lado...Sobre a minha família, eu nunca escondi nada!

-Sua situação é diferente!-Cassandra aprontou-se a dizer.

-Tá, mas...

-Sem mais nem menos...-A morena revidou rapidamente.-Pense nisso...-E dizendo suas ultimas palavras, desapareceu rapidamente, correndo pelos corredores.

Ficou alguns instantes ali parada!Pensando em tudo que ouvira, mas foi bem na hora que viu que faltavam só cinco minutinhos para dar quatro horas.

Novamente voltou a correr, parando rapidamente em frente a sala do professor Lupin!
No momento em que bateu na porta, tal abriu-se sozinha, deixando amostra um grande barulho de musica.

Entrou e viu...

Viu Harry dançando com Patricia!

Não soube o que sentiu naquele momento!Raiva, ou sabe-se lá o que!Só soube que não deveria ter sentido tal sentimento!

Ficou parada, como se estivesse petrificada ou tivesse recebido uma estaca bem no meio de seu peito.
Algo doía profundamente em seu coração!Sua pulsação havia se acelerado, e estava se segurando pra não começar a gritar para esvair sua raiva.

-Hei, professor, belo ensaio de tango!-Gina gritou entrando na sala e fazendo todos pararem de dançar e olhar para ela!

Era incrível como aquela ruiva conseguia chamar atenção!E ainda por cima sabia o que era tango!-Pensou Harry-.

-Oh Gina, então conhece tango?-Lupin perguntou fazendo um movimento com a varinha, assim a musica se cessou e todos olharam para os dois.

Gina estava sorrindo radiante e Lupin parecia estupefato pela ruiva ter tal conhecimento sobre a musica.

Aquela ruiva parecia estranhamente diferente naquele instante.-Harry deixou-se observar por alguns instantes- Ela estava sorrindo e parecia mais dócil!Mas quando ela o fitou, sabe-se lá porque, o lançou um olhar de raiva instantaneamente, logo voltando-se para o professor novamente.

-Claro professor, uma dança admirável!-Sorriu.-Mais um privilégio da musica!

-Srta Weasley, não gostaria de participar do projeto dançando tango?-Lupin perguntou esperançoso.

Uma pequena chama apareceu no fundo do peito de Harry, mas logo se apagou.

-Não!Obrigada professor, o Sr sabe o motivo!-A ruiva sorriu e piscou.

Com certeza seria porque Harry estava participando!Ou era o que achava!

-Ah sim, eu havia me esquecido por um instante!-A olhou estranhamente.-Perdão!

-Tudo bem!

-Creio que é sobre isso que veio falar comigo? –A sala com os 8 alunos permanecia calada, todos observando e escutando atenciosamente a conversa deles.

-Acertou em cheio!-Gina respondeu rapidamente.-Mas como vejo que o Sr está ocupado, é melhor eu ir embora...

-Não!-Espere um minuto!

Gina sorriu e se sentou em uma cadeira, observando tudo em sua volta.

Patricia parecia querer rir de Gina!

Garota idiota!-Se pegou pensando- Acha que ligo por ela estar lá com o Potter.

Uma pontadinha atingiu novamente seu coração.

Eu me importaria se fosse Fred ou Rony! –Se contentou.-

-Por hoje é só, já excedemos nosso tempo!-Lupin anunciou, fazendo todos suspirarem pesadamente.

Um a um foram saindo da sala, até que só ficaram Harry, Patricia, Lupin e Gina na sala.

Harry estava terrivelmente encantador em sua humilde opinião!

Ele apanhando sua bolsa no chão e passando os dedos pelos fios pretos de cabelo liso que caiam sobre seu rosto.

Os músculos do tórax se movimentando conforme ele se levantava com a mochila nas mãos!O maxilar se curvando em um sorriso...

Sorriso?Sim!Harry estava sorrindo marotamente para si!

Merda!Havia ficado vermelha, e o moreno havia percebido, pois havia feito um gesto com as mãos apontando para suas bochechas.

Fez apenas uma cara de desdém e virou o rosto quando Harry se aproximava.

-Beleza ruiva?-Ele perguntou fazendo-a por impulso virar-se rapidamente.

-O que você quer?

-Nossa que falta de ética!-Disse sorrindo.

-Como se você tivesse!

-Acho que acabei de mostrar que tenho!

-Ah sim...-Respondeu ironicamente.

Olhou ao redor novamente e viu Lupin arrumando suas coisas enquanto Patricia estava encostada em uma pilastra do palco observando de boca aberta os dois conversarem!
Isso de certa forma a deixou feliz!

-Não acredita né?-Harry perguntou rindo gostosamente.

Lindo!Era isso o que ele estava naquele momento.

Gina balançou sua cabeça como que para mandar embora os pensamentos horrendos.

-Eu deveria?

-Sendo que sou eu que digo...-Sussurrou fazendo um calafrio subir por sua espinha.

-Então!

-Então o que?-Harry perguntou erguendo uma sobrancelha.

-Então me deixa em paz!-Disse venenosamente.

-Totalmente anti-social!-Respondeu rindo.

-Hei Harry, será que eu posso ir com você.-Patricia perguntou logo atrás dele, fazendo ambos se olharem.

-Não viu que estou conversando com a Weasley?-Perguntou zombateiro.

Gina bufou estressadamente enquanto via que Lupin não havia terminado de arrumar suas coisas.Será que ele não podia usar magia?

-Mas...Eu pensei que...

-Deus, você pensa Jordan?-Gina perguntou agora olhando para os olhos da loira.

-Cala a boca, não me lembro de ter te perguntado alguma coisa...-Patricia reivindicou mal humorada.

-Nossa...Eu só queira saber qual foi a descoberta para fazer uma loira babaca pensar...

-Babaca são seus pais...

-Cala a boca!-Harry se apressou a dizer enquanto Gina ficava vermelha.

Lupin olhou rapidamente para eles, mas logo voltou sua atenção ao que estava fazendo.

-Harry...-Patricia ia começando enquanto ficava mais pálida.

-Não ouse falar dos Weasleys!Você nem os conhece!-Harry disse ferozmente, faltando soltar fogo pelos olhos.

-Mas Harry, eu só...

-Não!-Harry a interrompeu.-Fale novamente sobre os Weasley para ver o que acontecerá!

A loira abaixou a cabeça e suspirou tristemente.

Por um momento Gina pensou em sentir pena, mas logo se voltou contra essa miserável idéia ao se lembrar do que aquela loira aguada disse.

-Estou pronto!-Lupin disse se manifestando ao lado de Patricia que ainda estava de cabeça baixa.-Algum problema aqui?

-Não!-Os três responderam em coro.

Gina fez uma careta, mas logo voltou ao seu estado normal.

-Se vocês dizem...-Lupin riu baixinho e passou os dedos por seus cabelos.

-Professor, eu precisava falar com você!-Gina disse respirando rapidamente.

-Pode dizer Gina!-Lupin respondeu acabando de dar uma checada na sala.

-É...-Gina sorriu meio sarcástica e olhou para Harry que sorriu da mesma maneira.

-Certo!Não precisarão ter a graça da minha presença!-O moreno completou sorrindo.

-Ótimo!-Gina completou voltando-se para o professor no mesmo instante em que Harry saia da sala dizendo algo incompreensível para Patricia que fez cara de desgosto.

-Agora pode dizer Gina...-Lupin pediu sorrindo amigavelmente.

-Sim!É que...Bem, o Sr falou com o Dumbledore sobre Aquilo?

-Ah Sim...-Lupin sorriu meio que se lembrando do assunto.-Faz dias que eu tava pra te dar a resposta e nunca conseguia!

Gina mordeu o lábio inferior e ficou estalando os dedos.

-E...?

-Bem!-Lupin abriu o maior sorriso que pode.-Ele Achou uma excelente idéia!

-Wow, sério?-Gina deu um pulinho, mas logo voltou a se recompor.-Você não sabe como estou feliz!

-Posso imaginar...-Lupin terminou saindo e andando pelos corredores lado a lado com Gina.

-O que você tem Gina?-O professor perguntou com ares de preocupação.

-Nada!-Respondeu rapidamente.-Porque?Eu pareço ter alguma coisa?

-Sim!-Lupin respondeu á analisando.

-Sério?Ah Merlin...O que?

-Está pálida!-O professor respondeu a observando ainda mais atentamente.-E muito por sinal!Não anda dormindo?

-Ando dormindo sim!-A ruiva respondeu apalpando o rosto com as pontas dos dedos.

-Bom, vamos dar um jeito nisso!-Lupin retirou sua varinha.-Levis!-Em um segundo Gina estava rosada novamente, como que se estivesse acabado de sair de uma manhã ensolarada onde o sol estivesse deixado suas maças do rosto super rosadas.

-Oh, valeu prof!-A ruiva agradeceu animadamente.-Pelo menos não estou parecendo um cadáver!

-Você nunca pareceu um cadáver Gina!-Lupin resmungou.

-Mas cheguei perto né?-Gina perguntou rindo animadamente.

-Não que eu me lembre!-O professor respondeu entoando um pouquinho de animo na voz.

-O sr é bastante generoso.

Lupin sorriu.

-Me chama de você!

-Tá bom Você!

-E os dois começaram a rir.




Entrou rapidamente no salão Comunal!

Deu graças a Deus por ter deixando aquela loira que atendia pelo nome de Patricia para trás!
Como ela sabia irritar quando queria.

Cada palavra que ela dizia era:

Harry eu te Amo, me perdoa, ou Harry, eu não queria...!

Se ela não queria porque fez?
E se ela realmente o amasse nunca teria feito isso!

E...Pra falar a verdade, ele não a amava!Não mesmo!Pra falar a verdade, nunca amou nenhuma garota!Nem ao menos sabia o que era amor!Realmente...Como seria amar alguém?Bem, essa era uma coisa que não acreditava que algum dia sentiria por alguma garota.

Era meio estranho de se pensar.

Foi até o dormitório masculino e pegou duas cartolinas e penas com tinteiro.

Desceu para o Salão Comunal novamente e começou a escrever que os testes seriam dali dois dias, exatamente na terça-feira.
Das 3:00 às 4:30!

Terminou e se dirigiu até o visor de recados que estava na parede.

Sem querer, seus cartazes cobriram todo o resto dos recados que estavam ali!

Sorriu meio desengonçado, mas logo viu vários exemplares do Jornal de Hogwarts daquela semana.

Andou até lá e apanhou um exemplar.

Logo na primeira página já estava escrito:

Alunos que não teriam nenhuma chance de ganhar rei e rainha no baile:

Sorriu.

Com certeza seu nome nem devia ter sido mencionado lá!E se estivesse, era com certeza com elogios apenas!

Olhou mais atentamente e começou a ler.

Oi queridos leitores,

Aqui, mais uma edição do nosso jornal de Hogwarts!
Hoje temos várias coisas interessantes, mas em primeira página, vemos comentar sobre garotas e garotos que nunca teriam chances de ganhar rei e rainha no baile.

Garotas:

1a: Virginia Weasley!(Também, do jeito desengonçado dela...E com aquele ridículo rabo de cavalo e óculos...Sem chances...).

2a: Luna Lovegood.(Coitada, é super patética).

3a: Parvati Patil.(Também, com aquele cabelo de palha horrível).

4a: Meline McLeen.(Tadinha está no 4o ano e é tão ridícula e sem estilo).

5a: Verônica Holsen. (Se não fosse aquele tampão horrível que ela usa nos olhos).

Hehei, oh coisas estranhas viu...Virginia recebeu 10 votos, Luna recebeu 8, Parvati 6, Meline 5 e Verônica 4 notas a maioria de 5,8 em beleza!
Será que é isso mesmo ou menos...Hehehe!


Garotos:

1o: Joseph McMilian.(Merlin, com aquela cabeça achatada dele...).

2o: Goylle.(Sem comentários, pior que um balaço errante.).

3o: Crablle.(‘Tadinho, pior que o amigo.).

4o: Elano Fellipini. (Tem uma cara ressecada).

5o: Richard Bitercould. (Se ele não tivesse os olhos amarelos.).

Bom, sem comentários...Quando não nasce bonito nunca fica bonito.(Risos...).
E aqui terminamos nossa primeira manchete que por sinal é a mais interessante!Olhem...Se uma dessas garotas ou garotos citados acima ganharem rei ou rainha, que por sinal é impossível, nós estamos jurando que estes ganharão primeira página no nosso jornal para colocarem a manchete que quiserem!E o melhor...50 galeões.
Como sabemos que isso será impossível...Só desejamos sorte e bastante subordinação a esses SORTUDOS!!!Hahaha!


Nossa...Nunca pensou que ficaria tão mau com apenas uma manchete!

Nunca imaginou o nome da Weasley lá!Ela não era ridícula nem desengonçada!

Tá...Ela era sim!E muito...

Mas nem porisso era Ridícula!E tinha estilo...!Só se for de inverno!-Algo berrou em sua mente-.

Precisava tirar a ruiva de sua cabeça, isso não estava certo, ela o odiava.

Balançou a cabeça e revirou os olhos verdes, continuando a andar com o jornal nas mãos.

Abriu mais um pagina, e essa falava sobre: Agripa!, um bruxo do mundo mágico.Mas que graça isso tinha?Mesmo assim deu uma lidinha rápida...




Agripa
Heinrich Cornelius Agripa foi um mago que viveu na Renascença. Nascido Heinrich Cornelius, perto de Colônia, Alemanha, em 1486, ele adotou o nome de Agripa em homenagem ao fundador de sua cidade natal. Trabalhou como médico, advogado, astrólogo e com curas através da fé. Mas fez tantos inimigos quanto amigos e foi acusado de feitiçaria. Em 1529, publicou um livro chamado Sobre a Filosofia Oculta, valendo-se de textos hebraicos e gregos para argumentar que a melhor maneira de chegar a conhecer a Deus era por meio da magia. A Igreja declarou-o um herético e o prendeu. Morreu em 1535. Agripa foi uma das inspirações de Wolfgang Goethe para escrever a peça Fausto, na qual um homem de ciência faz um pacto com o diabo - semelhante ao pacto entre Voldemort e seus seguidores. Seu nome é também um termo para designar um livro de magia muito especial, cortado em forma de pessoa.


-Gina, você já leu o exemplar do jornal de Hogwarts?-Hermione perguntou eufórica.-Essa é a primeira vez que achei alguma coisa que presta!

-Sério?Milagre!-Gina resmungou com pouco entusiasmo.

-Pois é...Tirando o fato da idiotice sobre garotas que não teriam chances de ganhar o rei e a rainha...-A melhor amiga de seu irmão respondeu muxoxando.

-Hum...Quem ganhou 1o lugar de feiúra ai?-Gina perguntou erguendo uma sobrancelha e já imaginado quem era.

-Olha...-Hermione fez uma cara de pena que deixou Gina excessivamente nervosa...!Se fosse Nicolly, ela...

Pare de pensar na Nicolly!-Se repreendeu-.

-Escuta só...-A morena murmurou e começou a ler a manchete para Gina que mantinha uma feição séria.

-Idiotas essas garotas que fazem as manchetes!-Gina disse simplesmente como que se não fosse ela a primeira da lista.

-Você nem ficou chateada?-Hermione perguntou meio abobada.

-Não!Só acho que o mundo todo é um bando de superficionalismo!

-Pois é!-Hermione virou o rosto e viu Rony entrando com um exemplar do jornal nas mãos.

-Oi Ron...

-Oi Mione!-Ele respondeu sem tirar os olhos do jornal.

-Tá lendo o que?

-Alguma coisa sobre Gripe...-Rony resmungou fazendo careta.-Odeio isso, mas dizem aqui que gripe era um bruxo.

-Rony!-Hermione e Gina o repreenderam rindo altamente.

-Que?-O ruivo perguntou meio confuso.

-Henrich Cornelius Agripa!-Hermione suspirou.-Ele era um bruxo!

-Sério?

Gina começou a gargalhar altamente enquanto Hermione sorriu como que com pena de Rony.




O resto da tarde passou super rápido!

Todos estavam exaustos de tanta diversão, mas logo ficavam mias enfraquecidos ainda quando se lembravam que no dia seguinte teriam varias aulas e poucos períodos curtos para descanso.

O Salão Principal já estava lotando e explodiam conversas no ar!

Hermione estava sentada do lado de Rony e Gina do lado de Harry, que sorria enquanto a ruiva fingia que ia vomitar.

Nicolly não tinha descido para o jantar, mas isso não importava, ou pelo menos uma certa ruiva tentava se enganar a si própria.

-Então Harry, os testes serão na terça mesmo?-Rony puxou assunto.

-É, se você tivesse indo ao quadro de avisos teria tido uma resposta bem mais cedo!

Hermione riu baixinho, mas logo se calou ao ver o olhar de desaprovação de Rony.

-Já tem bastante gente querendo fazer os testes Rony?-Harry perguntou sorrindo fracamente.

-Ah, que eu saiba não!

-Droga!-Harry murmurou.

Gina os olhou meio irônica, como que tendo algo em mente, mas se manteve calada.

-Oh, tadinho de mim, não tenho ninguém pro meu time...Oh Merlin...Dê-me uma luz....-Gina brincou imitando Harry, que logo a olhou de rabo de olho.

-Não quer participar do time Weasley?

Gina o olhou de esguelha enquanto Rony ria baixinho da imitação da irmã.

-Que?-A ruiva perguntou.

-Sério!Você poderia ser um balaço!Ia acertar em cheio e derrubar rapidamente quem estivesse na frente!-Harry retrucou da mesma maneira irônica que a ruiva, ainda enchendo as bochechas para dizer que ela era gorda.

-É uma proposta tentadora Potter...-A ruiva sorriu indiferente enquanto Rony ria agora do comentário de Harry.-Mas eu aceitaria se fosse outro time, assim eu poderia te acertar e fazer você virar pasta de dente no chão!

Dessa vez Rony explodiu de tanto rir, enquanto Hermione ficava vermelha, se segurando para não rir em respeito ao amigo.

-Er...Eu...Tudo bem, eu ia adorar, mas eu podia te confundir com um meteoro!

-Legal...-A ruiva sorriu e se levantou da mesa.-Cuidado, em vez de pasta de dente você pode virar cinza!

Retrucou saindo rapidamente do salão principal deixando pra trás um Harry desgostoso e um Rony e Hermione rindo.




O Salão Comunal estava abitado apenas por uma morena sentada de pernas cruzadas como perna de índio no sofá.

-Ruiva...-Ela chamou enquanto Gina passava sem nem olha-la nos olhos.

-Que é?-Gina perguntou apanhando sua bolsa no sofá.

-Nós podemos conversar agora?

-Olha Brigitthe, eu acho que nós já conversamos o que tínhamos pra conversar!-Mas nesse instante, tudo que Cassandra disse, voltou á atingindo em cheio.

-Okay Gina, será que você não pode me dar só cinco minutos?

-Não!-A ruiva respondeu friamente.-No máximo cinco palavras!

-Okay, basta.-Gina arregalou os olhos.-Eu Te Considero Minha Irmã!.

Ficara estática!O que Nicolly fizera naquele momento foi jogo baixo!Isso era totalmente uma maneira de desarmar!

-Er...-Suspirou e foi até a morena, que se levantou de súbito com os olhos cheios de lágrimas.-Escuta...-Ela mantinha uma voz fria e sem sentimentos.-Se você me considera uma irmã...O problema é seu, sabe porque?

Nicolly deixou uma lagrima dolorosa percorrer sua face corada.

-Pode dizer...

-Porque eu não te considero, você é!

As duas se olharam por um momento, mas logo se abraçaram.

-Calma Nick, assim você vai quebrar minhas costelas...

-Gin...Eu juro que nunca mais fico sem te contar algo...

-Assim espero moça!-Gina resmungou enquanto se separava do abraço quebra-costelas da amiga.

-Tenho tanta coisa pra desabafar...-A morena resmungou...-Tantas coisas que eu sempre quis te contar, mas nunca tive coragem!

-Pra já!-As duas subiram correndo os degraus do dormitório feminino, entrando e batendo a porta atrás delas.-Pode contar, quero mínimos detalhes.

Nicolly ficou 20 minutos contando tudo para Gina, que estava roendo as unhas.

-Hum...Então sua mãe se casou com esse cara logo após que teu pai morreu?-Gina repetiu as palavras de Nicolly, enquanto passava as mãos no rosto.

-Exatamente!

Nesse meio tempo as duas estavam falando baixinho, pois as garotas já entravam no dormitório feminino pra dormir.

-Hum...Você gosta dele?

-Se minha mãe gosta, a minha opinião na importa!-A morena respondeu dando de ombros.

-Sei!-Gina bocejou.-Uma pergunta...Ele é bruxo?

-Era sim!-Nicolly respondeu bocejando também.-Mas como eu te disse, ele fugiu me deixando sozinha com a minha mãe, uns 8 meses atrás!Cafajeste né?

-Isso é o que se pode chamar de covarde!-Gina suspirou se levantando e pegando sua toalha e seu pijama.-Ele era chato?

-As vezes sim as vezes não!

-Entendo!-Gina riu baixinho e foi até a porta á abrindo.-Que conto viu.

Nicolly riu e jogou seu travesseiro na ruiva, que fechou a porta atrás de si.




A noite passou super rápido e a lua crescente brilhava lá fora, iluminado o leito de um moreno que dormia tranqüilamente com um sorriso nos lábios, enquanto em seus sonhos, uma certa ruiva sorria radiante.




E no quarto da ruiva, ela dormia agarrada a seu travesseiro, com duas cobertas caídas no chão.

Nicolly se levantou meio sonolenta ainda!Estava com um pouco de sede!Conjurou um copo de água e bebeu.
Olhou para Gina e sorriu ao ver o estado que a amiga se encontrava.


Levantou-se e a cobriu novamente, assim voltando para sua própria cama e retornando seu sonho.




Sentiu uma lágrima dolorosa em seu rosto, enquanto via sua mãe chorando sozinha no quarto em plena madrugada, com apenas a luz de um abajur iluminando a penumbra do quarto.

Sentia-se tão mal ao ver o estado de sua mãe...
Ela não tinha culpa de nada que acontecia...!Ou será que tinha?Pra falar a verdade, preferia não pensar naquilo!
Sentou-se no corredor e ficou observando a lua pela pequena janelinha que estava em sua frente!

Como era triste viver daquela maneira!Estava completando 11 anos e nunca tivera uma festa descente...

Não podia reclamar, sua mãe fazia o melhor que podia!!!Amava apenas saber que estava viva, e odiava amar isso...

(Flashs...):

-NÃO...!-Gritou ao sentir que estava perdendo algo, e ainda mais, ao ver o que era.

-Escute...-A voz fraquinha murmurava.-Sempre terá uma luz no final do túnel!

-Mas minha luz é você...-Murmurou chorando e soluçando sem se importar.

-E eu sempre estarei aqui para iluminar seu caminho...

***

-Hei, deixe ela em paz!-Gritou furiosa para aqueles estúpidos.

-Venha nos obrigar lindinha!-A voz esnobe sussurrou como se fosse uma cobra.

-Eu farei vocês engolirem seus testículos!-Gritou ferozmente, descobrindo o que era o puro ódio.-You healthy the sacrifice from my Soul!

-Hum...Falando inglês aqui na França Cherrie?-Os dois rapazes perguntaram zombando, enquanto arrumavam suas capas ainda com a faca no pescoço da Sra.

-Amytus Sunsin Dthe Deady Yolhan de Laminus!-Murmurou em voz baixa.

Os rapazes se entreolharam enquanto uma mão de fumaça branca puxava a Sr, para logo após penetrar as mãos dentro do peito dos dois, um de cada vez, assim puxando algo negro de dentro deles, para logo após eles caírem mole no chão, com os olhos abertos e com uma feição de medo!

Estavam Mortos!





Os passarinhos já estavam cantando, e os raios de sol entravam pelas janelas do dormitório feminino, iluminando o quarto, enquanto algumas garotas já estavam acordando e se dirigindo até o banheiro.

Gina se levantou e viu que Nicolly ainda dormia toda enrolada e de barriga para baixo com o rosto em cima do travesseiro.Seus cabelos caiam para fora da cama, a deixando com uma feição de morta.

Gina se levantou e esfregou os olhos enquanto se levantava e analisava que horas era em seu relógio de mesa.

-8:30!0Sussurrou.-NICOLLY!-Gritou fazendo a amiga se levantar de súbito á olhando com um olhar assustado.

-Que foi sua ruiva doida?

-É bom quando acordam a gente com gritos né?-Gina perguntou caindo na gargalhada.

-Aff, você é vingativa viu...

-Você nem imagina o quanto...

-Que horas são?-Nicolly perguntou se levantando rapidamente e pegando uma toalha no mesmo instante que Gina.

-8:35!-A ruiva respondeu bocejando.

-Ahhh, já?

Sorriu para a ruiva e as duas se dirigiram até o banheiro onde quase todos os boxes estavam ocupados, mas por sorte ainda tinham 2 boxes vazios.

-Água quente, lá vai eu...-Gina suspirou e entrou no boxe, logo quando Nicolly entrava no outro.




Primeira aula, Herbologia com o 5o ano!

Harry memorizou acabando de pentear seus cabelos rebeldes.

Rony fazia o mesmo enquanto dava um jeito em seu sobretudo sobre o corpo.

-Qual nossa primeira aula Harry?-Rony perguntou rapidamente.

-Herbologia junto com sua irmãzinha...

-Harry, não fala assim da Gina!

-Hei, eu não disse nada!-Harry se defendeu saindo rapidamente do quarto e deixando Rony sozinho olhando pro nada!

Desceu as escadas até o Salão Principal, entrando e atraindo todos olhares femininos.

Parecia que todas garotas o comeriam com os olhos, com exceção a uma ruiva sentada em um canto com Nicolly.


Sentou-se na mesa e tomou rapidamente seu café, logo em seguida saiu rapidamente rumo ao jardim.

-Que bicho será que mordeu o Potter?-Gina perguntou sorrindo.

-Ou beijou e ele não gostou...-Nicolly riu.

Gina abaixou a cabeça fingindo não ter ouvido.

-Que foi Gin?

-Nada!-Prontificou-se a dizer.-Vamos, nós já estamos atrasadas!

E se levantando da mesma maneira que Harry saindo correndo como um foguete.




Já tinham vários alunos nas estufas, esperando do lado de fora enquanto a profª Sprout não chegava.

Harry estavam com um grupo de garotas a sua volta e Gina estava conversando animadamente com Nicolly, enquanto sabe-se lá porque estava de olho nas duas garotas ao lado de Harry!


Uma delas era loira e a outra morena parecida um pouco com Nicolly, só tirando os olhos, pois o da amiga da Harry eram castanhos.

A loira saiu meio desgostosa, deixando Harry Sozinho com a morena.


-Hum...Então você gostou de mim?-O moreno perguntou esboçando um de seus melhores sorrisos.

-Eu te amo!-A morena sorriu.

Harry arregalou os olhos!

Como ela podia ama-lo se essa era a primeira vez que eles se falavam.

-Bom, sendo assim gatinha, porque você não chega mais perto?

Harry se aproximou e colocou suas mãos na cintura da morena que o agarrou como se ele fosse algo que ela tinha medo de perder a qualquer instante!

-Merda!-Gina murmurou fazendo Nicolly olhar dela para Harry que agora começava um beijo com a morena.

-Gina, qual o problema?-Nicolly perguntou sorrindo em deboche enquanto erguia uma sobrancelha sem desgrudar os olhos de Harry.

-Nenhum!-A ruiva prontificou-se a dizer.

-Certeza?

-Absoluta!-Gina olhou para Nicolly que parecia querer rir de sua cara.-Ah, quer saber, me deixa em paz tá?

E saiu pisando duro enquanto se sentava em uma raiz de arvore que tinha ali.



-Calma...-Harry largou a morena que fez beiço.-Assim você me afoga...

-Desculpa!-Ela resmungou meio sem jeito.-Mas é que eu...Sabe...

-Sempre quis me beijar?

-Exatamente!-Ela murmurou beijando de leve os lábios de Harry, que focalizou a uns três metros dele, uma certa ruiva sentada na raiz de uma arvora olhando para o lago ao longe.

-Valeu, foi legal, tchau!-Harry sussurrou no ouvido da morena que o soltou sem entender nada.

-Aonde você vai?

-Embora...-Ele sorriu.-Ou você achava que eu pretendia ficar aqui o dia inteiro?

A garota abriu a boca varias vezes, mas não pode dizer nada, pois Harry já estava indo em direção a uma enorme arvora com varias grossas raízes.

-Fala ruiva estressadinha...

-O que você quer Potter?

-Nada de bom...Só te encher o saco!-Ele suspirou e se sentou ao lado dela.

-Esse é seu passatempo favorito né?

-Um dos...-Harry riu junto de Gina.

-Você é tão bobo ás vezes...

-Bobo?-Harry gargalhou.

-Sim, bobo e galinha!-Terminou fechando a cara novamente.

-Não sou galinha, eu só gosto de mulher!

-Wow, nossa, que garanhão!-Sorriu meio sem graça.-Só não pega as barangas né?

-Sei lá...-Suspirou e olhou para o lago também.-Até hoje não!

-Uhum...Eu já imaginava!

Nesse momento a professora Sprout chegou abrindo a porta da estufa para que todos entrassem.

A aula já estava começando enquanto o suor já teimava em cair do rosto de todos que pareciam estar sufocando naquela estufa extremamente quente.

-Bom dia alunos...-A professora anunciou.

-Bom dia!-Gina fora à única que respondera, os outros apenas sorriram desanimados.

-Bom, nossa aula hoje será sobre a Xinopsilina!

Gina abriu um enorme sorriso enquanto alguns bufavam em tédio.

-Alguém sabe o que é?

Nem Hermione levantou a mão, Gina foi a única de toda a sala, e nesse instante todos olharam para ela com caras de impressionados.

-Xinopsilina é o principal elemento da água...É uma substancia roxa muito usada em poções e que misturada ao chifre de unicórnio cura furúnculos!-A ruiva respondeu animadíssima.

-Exatamente Srta Weasley!10 pontos para a Grifinória!-Todos ali presentes sorriram e acenaram para Gina.

Harry e Hermione Arregalaram os olhos enquanto Rony estufava o peito enquanto dizia: Essa é minha irmã!

-Okay, a Xinopsilina é exatamente isso que a Srta Weasley disse!Os principais elementos da natureza são: Terra, fogo, ar e água!E a água é o primeiro que iremos estudar, assim entrando na Xinopsilina que é o principal elemento da água, como a Srta Weasley disse.-Professora Sprout respirou profundamente, mas logo voltou a falar.-O sr Potter poderia me responder como tirar a Xinopsilina da água?

Harry olhou meio desnorteado para a professora que sorria, mas ao cruzar o olhar de Gina, pôde ver no olhar da ruiva, um certo divertimento.

-Er...Bem...Peneirando?

Toda sala começou a rir, inclusive Gina que parecia que ia explodir de tão vermelha que ficava.

-Não Sr Potter!Alguém poderia fazer a generosidade de explicar?

A sala ficou cinco minutos em silencio, até que Gina respirou fundo e levantou a mão novamente.

-Sim Srta Weasley...

-Bem, temos que pegar uma quantidade de água pura, ela tem que estar totalmente pura, pois se for feito com água impura, pode causar o derretimento do estomago...-Gina dizia olhando com um olhar de superioridade para Harry, que sorria de um canto dos lábios.-Temos de fazer o feitiço ‘mineralis’ para tirar os sais minerais da água que destilamos, porque pode ser útil para a retirada de alguns elementos da natureza e pode também ser utilizada na...-Gina fez uma careta.-Aulas de Poções!

-Exatamente Srta Weasley!-A professora Sprout disse meio que sem ar pela resposta completa de Gina.

Nicolly parecia não acreditar, Hermione procurava algo no livro, enquanto Harry sorria meio sem jeito.

-Mais 30 pontos para Grifinória.

Mais uma vez Gina foi elogiada por toda a sala, e dessa vez Harry fez um gesto no ar que indicava as siglas: ‘CDF’.

-Agora, tem um ponto crucial nisso tudo!-Sprout respirou profundamente tentando levar ar aos pulmões.-Vocês terão que misturar os sais minerais com baba de dragão norueguês então terão a Anopsilina, façam o feitiço DESFERROVIS para retirar o acido da baba de dragão, ai então conseguirão a Xinopsilina!

Todos pareciam não ter entendido nada, com exceção a Gina e Hermione que continuava prestando bastante atenção em seu livro.

-Podem começar...!-A professor anunciou olhando para todos!

Gina apanhou tudo que precisava, então começou a fazer.

Dali instantes, ela já tinha alcançado a Xinopsilina.

-Está perfeito Srta Weasley, acho que melhor seria impossível!Mais 20 pontos para a Grifinória!

-Valeu!-Gina murmurou.-O que eu faço agora professora?Eu já acabei meu trabalho e ainda faltam 20 minutos pra terminar a aula.

Sprout olhou pela sala e focalizou seu olhar em um certo moreno se atrapalhando com todos seus materiais.

-Acho que o Potter precisa de ajuda.-Sprout olhou para Gina que arregalou os olhos.

Grande coisa, agora teria que ajudar o Potter a fazer uma Xinopsilina.

Sorriu e se dirigiu até Harry com a professora.

-Olha Sr Potter, a Srta Weasley irá ajudá-lo com a seu trabalho.

Harry olhou-a com seus olhos verde esmeralda, fazendo um calafrio percorrer o corpo da ruivinha.

-Será uma honra!-o moreno prontificou-se a se dizer.

A professora se retirou, deixando os dois ali sozinhos, sorrindo em deboche, um para o outro...

Esses seriam demorados 20 minutos de ajuda e compreensão...!

Next Chapter (Próximo Capitulo) :

*...O cheiro dela era de rosas...Como gostava daquele cheiro, transmitia calma!Pelo menos quando ela mantinha a boca fechada e não começava a encher o saco!Esses pensamentos eram realmente estranho, isso acabaria em algo encurralante, como agora!

*...Malfoy estava estranho!Não falava com ninguém!Ficava apenas olhando para o nada, como que se procurando uma resposta no ar!
O que será que ele tinha?Ah!Iria descobrir, e faria isso agora...

*...Porque será que nunca conseguia resistir à aquele olhar penetrante de Fred?O odiava e ao mesmo tempo amava!Era algo estranho...!Meio ridículo do seu ponto de vista!Mas naquele instante, ele sorrindo parecia simplesmente mais belo na sua humilde opinião.

*-...Você?Eu não imaginava que viria!-Harry respondeu sorrindo sarcasticamente.
-Pois é, mas estou aqui...-Respondeu rapidamente.
-Vamos só ver no que isso vai dar!-O moreno respondeu sorrindo de uma maneira estranha.
-Pra já!-A ruiva subiu na vassoura e deu impulso... ...




N/A:E ai galerinha?O que acharam desse capitulo?Espero que estejam gostando viu!Acho que essa pequena aproximação do Harry e da Gina basta por enquanto né?Estou esperando os comentários viu!Please peoples, I adore much you!
To wait one Remark!Kisses queridos!
PS: Tenho que admitir que esse capitulo saiu excessivamente ENORME!31 páginas!Cheguei ao meu limite...Rsrs...Deve ter sido cansativo!

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.