FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

7. A mansão Dumbledore - 2º Parte


Fic: A filha de Dumbledore.


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Um pequeno feixe luz da janela principal do quarto teimava em sair das cortinas que dançavam as luzes do sol, e atravessa o enorme quarto onde o garoto-que-sobreviveu se instalava.Depois dele abri os olhos e localizar seus óculos,Harry se levantou sentindo meio tonto e com uma enorme dor de cabeça que quase o fez cair novamente na cama de dossel, se seguro na cabeceira e levantou a cabeça.Olhou a redor do quarto, e se espantou, tudo era tão grande e bonito.O cômodo tinha um armário de marfim cor de branco com detalhes em dourado, a cama em que estava era de casal possuía um colchão cheios de edredons grosso e majestosos, também tinha um sofá não muito grande porém bastante confortável.Além de ter uma escrivaninha com vários tipos de livros que não reconhecia. Andou até a porta e abri-a,viu que tudo estava quieto,Harry deduziu que era bem cedo para não ter nenhum sinal de vida.Desceu as escadas tomando cuidado para não fazer algum barulho.Escutou um barulho em algum lugar,e foi seguindo as vozes que sussurravam quando chegava mais perto.Rezando para que fosse a cozinha,Harry abriu a porta devagarzinho,até que deu de cara com seu propósito,era cozinha,alias a cozinha mais cheia de comida que Harry já tinha visto,depois de Hogwarts é claro.Sentiu mãos apertando suas pernas e uma voz gritando por ele perto do forno:
-Senhor Potter,meu senhor.Soube que estava aqui logo vim para te ver.Dobby sentiu saudades.
Harry olhou para chão viu uma pequena criatura abrindo os braçinhos com as orelhas cheias de meias.E junto deles estavam várias outras criaturas o cumprimentando.Eram os elfos-domésticos que trabalhavam para o Dumbledore.
-Olá Dobby.Como você vai?-disse Harry sorrindo para os elfos presentes.
-Oh meu Merlin! Meu senhor é muito bom, gosta até de saber como Dobby está!
Senhor, Dobby está feliz.Ele agora é livre e feliz.-disse Dobby pulando alegremente, Harry pode ver a cara de repreensão e vergonha dos outros elfos que colocavam milhares de bolos, pães, sucos na mesa para o café da manhã.
-Que bom, Dobby. Mas me diga como esta às coisas com o ministério depois do ataque?-perguntou o menino comendo um pedaço de pão doce.
Dobby estremeceu.Harry sempre achou Dobby bem medroso quando se tratava de guerra com o Voldemort, mas ele sempre o ajudou bastante mesmo quase que o matou no 2º ano por causa de suas ‘seguranças’.
-Dobby só sabe que depois do atentado no ministério, o ministro saiu do seu cargo,e quem que assumiu foi o chefe da seção de aurores, o tal de Scrimgeour.-sussurrou Dobby para o Harry.O menino ia perguntar quem era esse Scrimgeour,porém a porta da cozinha se abriu e deu lugar ao seu diretor.
-Bom Dia, Harry! Dormiu bem?-perguntou Dumbledore pegando um biscoito de chocolate dentro do bombonier. O menino se lembrou da noite passada quando o Dumbledore tinha ouvido seu desabafo, e naquele momento tinha vontade de abraçar ele,apenas agradeceu:
-Obrigada por ontem, professor.-disse Harry com vergonha.Dumbledore sorriu para ele e apenas respondeu.
-Eu estou aqui para te ajudar, Harry. E por favor, me chame de Alvo, está bem?-disse Alvo passando a mão no cabelo de Harry despenteando mais ainda.
Harry e Alvo foram para a sala de jantar onde o café da manhã iria ser servido para o susto do garoto a ordem praticamente estava sentada na mesa.
-Olá garoto! Dormiu bem?-perguntou Moody dando um tapa nas costas de Harry que parecia quebrar uma de suas costelas.
-É obvio não? Até eu dormiria bem numa casa dessas. Até parece que o Dumbledore ganhou na loteria.-exclamou Tonks comendo um pedaço de bolo de coco.
-Lotoriá...o que é isso?-perguntou o senhor Weasley interessado.
-Loteria,papai! São vários jogos que os trouxas fazem para tentarem ganhar dinheiro.-explicou um homem ruivo com cabelos compridos extremamente ruivos, era o Guilherme Weasley.
Sr. Weasley começou a fazer perguntas sobre interessante jogo de ‘Lotoriá’ enquanto Harry observava vários integrantes que lhe acenavam.Sentou-se na mesa ao lado de Lupin que lhe dera um abraço.
-E ai Harry, está gostando daqui?-perguntou Lupin,Harry percebeu que ele estava mais pálido e com cicatrizes novas,logo concluiu que havia acabado a lua cheia.
-É meu primeiro dia aqui.Porém acho que vai ser legal...-respondeu Harry vendo sua Professora de transfiguração sussurrar alguma coisa no ouvido de Dumbledore, que o fez se levantar e sair da mesa, e entrando no seu escritório.
-Lupin,o que está havendo?-perguntou Harry desconfiado.
-Por que está dizendo isso? Não está acontecendo nada...Por enquanto.-respondeu Remus nervoso.Harry resolveu não fazer mais perguntas, mas achou muito estranho o nervosismo do seu ex-professor.O Café da manhã acabou e Harry se voltou em andar pela Mansão.Já tinha andando por vários cômodos, até que parou de andar vendo vários elfos saírem de um quarto, deviam está limpando, pois vinha um cheirinho muito bom de lá.Harry esperou os elfos saírem e entrou dentro do quarto. Quando o garoto entrou dentro do aposento sentiu um cheiro de chocolate passar por todo seu rosto, e por mais estranho que pareça aquele cheiro o fazia lembrar de alguém, porem não conseguia se recordar.Harry concluiu que era um quarto de alguma menina já que a decoração era bem feminina, o chão era de tabua de madeira tão brilhosa que Harry poderia ver seu reflexo no chão, possuía uma cama de dossel num lugar mais elevado do cômodo, tinha um guarda-roupa branco com detalhe em rosa claro e símbolo da família Dumbledore em ouro, as cortinas eram brancas e finas onde os raios de sol poderia sair com facilidade.Tinha uma porta que levava ao banheiro, possuía uma estante enorme onde tinha vários livros, e uma escrivaninha branca onde tinham várias fotos com um fundo virado para baixo, Harry tentou pagá-los, porém pareciam estar grudados na escrivaninha.Harry viu um baú branco com detalhes em dourados perto da cama, e foi tentar ver o que tinha dentro dele,porém estava fechada.O garoto pegou a varinha e murmurou:
-Alohomora
O que o Harry não esperava, é que ele fosse projetado contra a parede com força total.
-Uaiiiii! O que é isso?-exclamou Harry quando tentava se levantar.
-Isso é o que dá a curiosidade Harry! -disse uma voz bem conhecida pelo garoto.Era o Rony Weasley.
-Reparo -disse outra voz feminina concertando o quadro que ele havia quebrado.Era a Hermione.
-Olá Cara.Quer uma ajuda?-disse Rony lhe dando a mão.
-Harry,será que você não tem cérebro? Mexer em coisas que não são suas é falta de educação sabia?-disse a garota com cabelos cacheados.
-Também estava sentindo tua falta,Hermione!-disse Harry fechando a porta do cômodo.
-Desculpa Harry! Por que você entrou nesse quarto?-perguntou Hermione abraçando o garoto.
-Só por curiosidade,mas o que era aquele baú maluco?-perguntou o garoto massageando as costelas.
-Aquilo é o “Baú de 7 chaves”,só abre com toque da dona.E quando algum curioso tenta arromba-lo com magia, solta um feitiço que faz com que a pessoa voe aproximadamente 10 metros do lugar.-disse Hermione descendo a escada. (N/A: Caraça a menina é uma enciclopédia não?)
-Meu pai me disse que só as famílias muito antigas e ricas possuem um baú desse.Era usado para esconder coisas secretas e valiosas.-disse Rony
-Ou seja, o que estiver dentro daquele baú é uma relíquia e que não quer ser tocado!-concluiu Hermione olhando para o garoto.
-Ok! Mas me digam por que vocês estão aqui?-pergunto Harry sentando na poltrona junto com os seu amigos.
-Mamãe e Papai vão pra uma missão da Ordem e eu ia ficar sozinho dentro de casa,já que todos os meus irmão estão trabalhando.Ah! E Gina também está aqui.
Dizendo isso,Gina aparece na escada fazendo o queixo de harry cair no chão.Gina estava alta,com os cabelos compridos até a cintura, seu corpo estava modelado,e o garoto achou que ela estava mais feliz.
-Olá Harry.Como vai?-perguntou Gina.
-Est...estou bem-gaguejou Harry fazendo Gina corar com seu olhar
-Bom voltando o assunto, meus pais foram para Paris visitar minha avó.E eles acharam melhor eu ficar aqui na Inglaterra.
-Que bom que vocês estão comigo.Acho que não conseguiria aproveitar sozinho essa pequena ‘mansão’-disse Harry com um sorriso maroto.
Rony gargalhou.
-Claro que não.Você precisa de mim para agitar essas férias, não é meu caro?-disse Rony se jogando pra trás numa pose de descanso.
As duas meninas riram.Mas a conversa foi interrompida com a chegada de integrantes da Ordem,ou melhor duas mulheres.
-Mila, será que você não consegue se comportar? -disse uma voz na porta
-Minha amiga! Você nunca disse que tinha um castelo -disse Mila jogando a malas no chão com um sorriso de orelha a orelha.
Ouviu a risada de um homem perto do escritório, era Dumbledore.
-Que bom que você gostou Srta. Smith! Olá minha querida...-disse Dumbledore dando um beijo num rosto de uma mulher que não podia ver pois estavam escondidos atrás do sofá.A cena foi meio que ilária em pelo menos em dois segundos: Harry,Rony,Gina e Hermione pularam para atrás do sofá para não serem vistos.E pelo menos eles conseguiram!
-Olá papai! Tudo bem?-disse a mulher.
Todos pararam de respirar, arregalaram os olhos e Hermione chegou a dar um gritinho, mas o Rony tampou a sua boca.
Anna olhou pra trás pois tinha ouvido uma voz,mas não viu ninguém e se voltou para seu pai.
-Pai, vou subir e mostrar o quarto pra a Mila, antes que ela babe todo chão.-disse a mulher puxando à outra pelo braço.
Harry viu o Dumbledore fazer as mala sumirem e subiu as escadas.O garoto olhou para os amigos que estavam ainda em choque principalmente a Hermione, por que era a primeira vez que não sabia uma informação.
-Harry, você ouviu o que eu ouvi?-perguntou Rony enquanto subiam as escadas para os quartos.
-Sabia que o nosso diretor não poderia ser tão anjinho!-exclamou Gina em tom de brincadeira fazendo Hermione a encarar.
-Gina isso é sério!-exclamou Hermione.
-Brincadeirinha, Mione.Mas é uma coisa normal, por que o Dumbledore não pode ter filhos? Só porque ele é mais velho e é bruxo mais poderoso do mundo mágico? Porém ele continua sendo um homem.-disse Gina fazendo a Hermione fechar a boca.
-Verdade,Mione.Mas que é estranho é!-disse Rony.
Harry não comentou nada,apenas ficou tentando assimilar tanta informação.Queria saber mais dessa filha de Dumbledore. Mas se contentou em entrar no seu quarto em quanto o almoço não iria ser servido.

------------------------------------------------------------------------------------------------
Olá gente,desculpas por ter postado a 2º parte,pois eu estava desanimada.Mas a Llana Black me ajudou e ai estou eu postando de novo xD...Gostaria que vocês postassem e votassem na minha fic e assim eu tenho mais motivação...bjus e tomara que vocês gostem do capitulo

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2023
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.