FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

20. Respostas e Certezas


Fic: Como Tudo Deve Ser


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Capítulo 20 – Respostas e Certezas


Tiago e Lílian não saberiam dizer quanto tempo ficaram ali, na chuva, abraçados. Só que, quando foram jantar, o sol já estava descendo atrás do lago. Os dois estavam felizes demais para se importar com o tempo, ou que suas roupas estavam encharcadas, pois ainda chovia fraco.

Voltaram o castelo de mãos dadas, assustando todos que passavam por perto. Todos cochichavam quase sempre a mesma coisa: “Que, depois de tanto insistir, a Evans tinha se rendido ao Potter!” Lílian sabia que, se tivesse em seu estado perfeito, estaria odiando esses comentários. No momento, porém, eles faziam a garota apenas sorrir mais abertamente.

- Meu Merlin! NÃO PODE SER! – Sirius gritou, ao ver o casal entrar no Salão Principal, conseqüentemente chamando mais atenção ainda para eles – O teto vai cair em nossa cabeça! Ops... num tem teto aqui!

Várias pessoas, que estavam perto, deram risada. Lílian e Tiago ficaram terrivelmente corados.

- Muito engraçado, Almofadinhas... muito engraçado. – disse Tiago, tentando dar uma de sarcástico, sem muito sucesso. Estava feliz demais para ralhar com qualquer um. Seu rosto não conseguia tomar outra forma, a não ser um sorriso. Sorria tanto, que às vezes até se irritava um pouco.

- A partir de hoje, não duvidarei de nada que você prometer... A prova de que você cumpre está aí ao seu lado... – disse Almofadinhas.

O casal sentou-se à mesa. Keiko e Anna sorriam felizes para Lílian e esta sabia que elas estavam esperando, logo mais no dormitório, os detalhes desse acerto.

Sirius e Rabicho começaram a fazer a dança da vitória. Remo, ainda meio sem reação, sorria surpreso.

- Uma coisa tão simples assim... – disse Lílian, se servindo da janta – Nem sei porque tanta festa...

- Lílian – disse Remo, divertido – Permita-me que eu refresque a sua memória. Você recusa o nosso amigo Pontas a nada menos que...

- TRÊS ANOS! – completou Sirius – Isso é coisa de maluco!

- Não sei nem como sobrevivi a tudo isso – disse Tiago, fazendo cara de Siri... ops! Cachorro abandonado – Essa ruivinha só queria brincar comigo... Agora que se cansou, resolveu admitir que gostava de mim...

Lílian não respondeu, apenas revirou os olhos, enquanto os quatro marotos se divertiam com a cara dela. E o jantar todo passou nesse clima.

Quando voltaram para a sala comunal, Sirius se lembrou de algo que havia dito a algum tempo atrás.

- Ei, Keiko! – disse ele a namorada, que estava deitada em seu colo – Eu ganhei!

Tanto ela, quanto os outros amigos o miraram com curiosidade.

- Ganhou o quê? – Ela perguntou.

- A nossa aposta, lembra? – e ele se virou para os amigos – Eu e ela apostamos que Tiago e Lílian ainda ficariam juntos no ano passado.

- E não é que você estava certo! – disse Keiko, divertida – E agora, o que tenho de fazer? Não me lembro do que a gente combinou na época...

- A gente não combinou nada... – disse Sirius – Mas o que eu tinha em mente, já aconteceu... – e ele deu um sorriso maroto a japinha.

- Aaaahhhh... seu safado! – disse ela, corando levemente e os dois começaram a se beijar.

- Almofadinhas, por favor, poupe-nos dessa cena – disse Tiago, fazendo gesto com a mão.

- Blaaaahhhh!!! – Sirius fez careta para o amigo, depois de desgrudar os lábios dos de Keiko.

Ficaram ali por um tempo, até que as garotas insistiram que precisavam dormir. Na verdade, apenas queriam colocar a conversa em dia. Subiram, depois de despedir de seus namorados.

- Então, Dona Lílian... fez charminho até não querer mais, mas no fim agarrou o maroto de óculos e cabelos bagunçados... – disse Keiko, sentando-se na sua cama.

- Nem me fale nos cabelos... – Lílian revirou os olhos – Mas o estranho é que, por mais que ele seja metido, arrogante, egocêntrico e tudo mais... eu gosto dele assim!!

- O coração nos prega cada peça... – disse Anna sonhadoramente.

- E você também!! – exclamou Keiko – resolveu colocar coleira no monitor maroto!! E eu que pensava que você nem se divertia nas rondas pelo castelo...

- Hahahá! – ironizou Anna – Se eu tivesse reparado nele desde aquela época... mas... naquele tempo eu só tinha olhos para um certo Corvinal...

- Mas agora vai dar tudo certo! – Lílian sorriu – levantando-se para abraçar as amigas – Acho que já sofremos demais... merecemos descanso.

As três ficaram um bom tempo abraçadas, pensando nos últimos anos... em tudo que haviam passado juntas.

- Mas... – Keiko foi a primeira a se pronunciar, após o término do abraço – a Lílian ainda nos deve os detalhes... e depois você, srta. Hamilton! – disse, olhando para Anna.

- Bem... – começou Lílian – É estranho... sei lá... mas vamos tentar!




Os dias que seguiram passaram numa rapidez impressionante. Todos estavam muito ocupados com a proximidade dos NIEM’s. Passaram a maior parte do tempo fazendo revisões.

- Quero que isso acabe logo!! – exclamou Lílian, na véspera dos exames enquanto estava revisando a matéria – mas não quero...

- Como? – perguntou Tiago.

- Eu quero que esse estresse todo acabe... mas não quero terminar Hogwarts...

- Entendo... sinto a mesma coisa – ele passou o olhar pelas paredes da sala comunal – Vou sentir falta daqui...

- Eu também! – concordou Sirius.

- Eu vou sentir falta não só daqui, como da Inglaterra inteira! – disse Keiko, deitando a cabeça no ombro do namorado.

- Eu já disse para não mencionar essa viagem! – Sirius fingiu-se de bravo, mas depois sorriu a ela. Sorriu apenas por fora, pois na verdade ele gostaria de acorrenta-la na Inglaterra para que ela não fosse embora para a terra do sol nascente.

- Ok... – disse ela – mas eu realmente preciso descansar. Creio que, a essa altura, as revisões só nos deixam mais nervosos.

- Concordo plenamente – Sirius espreguiçou-se na cadeira e passou o braço pelo pescoço de Keiko.

- Será que a Anna e o Remo estão “se divertindo” na ronda pelo castelo – perguntou Tiago, fechando o livro de Poções.

- Huuummm!! – disseram os outros três.

- E cadê o Rabicho? – perguntou Sirius – Será que também arranjou uma namorada? Provavelmente uma lufa-lufa... – ele e o amigo caíram no riso.

- Me diz uma coisa – começou Lílian – Por que esses apelidos? Aluado... Pontas... Rabicho...

- Almofadinhas! – Sirius levantou a mão, como se a ruiva tivesse fazendo chamada.

- Ahhh Lily – disse Tiago – Isso é uma looonga história...Qualquer dia eu te conto...

- E por que não agora?

- São muitos detalhes... e não seria seguro falar sobre isso na sala comunal lotada – e dizendo isso, o maroto piscou para Sirius.




Os exames se transcorreram normalmente. Apenas Rabicho teve o que se queixar da dificuldade das perguntas e das provas práticas. Tiago e Sirius, como sempre, acharam que os exames estavam facílimos e ficaram se perguntando porque tinham parado para estudar. Enquanto isso, Lílian e Keiko tiveram de tapar os ouvidos quando Remo e Anna começaram a comparar suas respostas. As duas odiavam fazer isso, porque sempre tinham a impressão que haviam se ferrado, quando geralmente acontecia o contrário.

Woah! kasaneawaseta yume wo daite hateshinai rakuen e
mou nakusu mono sae mitsukaranai kakenuketa haruka na michi
nani hitotsu utagau koto mo shiranakatta ne

(Uau! Carregue nos braços os sonhos amontoados
Em direção a um inacabável paraíso
Nem as coisas perdidas são mais encontradas
Passei a correr numa estrada distante
Você não tinha nenhuma suspeita, né?)


Na tarde em que terminou os exames, os três casais (Pedro resolvera ir para a cozinha) foram se deitar na sombra de uma árvore na margem do lago. Local em que, Tiago fez questão de se lembrar, os marotos quase tiraram as calças do Ranhoso.

- Ruivinha traiçoeira! – disse Tiago, bagunçando os cabelos da namorada – Quando pensamos que a diversão ia começar, ela havia ido chamar a McGonagall...

- E o que eu ia fazer? – ela fez cara de inocente – Alguém tinha que parar esse maluco!! – ela apontou para Tiago.

- Se você tivesse aceitado sair com ele, os problemas teriam acabado sem precisar tomar medidas drásticas... – argumentou Sirius, e os dois fizeram um gesto de vitória.

- Sinto muito Lílian, mas acho que eles estão certos – disse Keiko, com um sorriso.

We'll say goodbye, Lost Heaven
How we longed for Heaven
We're letting go of something we never had
Time goes so fast, Heaven is lost

(Nós diremos adeus, paraíso perdido
Como desejávamos um paraíso
Nós estamos nos soltando de algo que nós nunca tivemos
O tempo passa tão rápido, o paraíso está perdido)


- Não vou nem comentar... – o olhar da garota se desviou para Remo e Anna – Mas isso tudo aconteceu porque não havia nenhum monitor presente naquele dia – disse ela, ironicamente.

- Nunca tive controle nenhum sob meus amigos! – defendeu-se Remo – Eles sempre fizeram o que queriam e não seriam detenções que mudariam isso.

- E eu estava cansada! – disse Anna – Não ia dar a volta no lago só para ralhar com esses dois... Só uma maluca – seu olhar encontrou com o de Lílian – faria isso!

- Admita Lily... Os marotos são os melhores! – disse Tiago, abraçando ela – Até você se rendeu a um.

- Não me lembre disso! – ela abriu o Profeta Diário que trouxera. Não tivera tempo de lê-lo no café da manhã – Mudando de assunto, parece que a gangue que ataca trouxas agora tem nome... – comentou.

- Eu li – disse Remo – Eles são comandados por um tal de Lord Voldemort... e parece que não é só diversão que eles querem matando trouxas...

Tiago, como se tivesse previsto algo, abraçou Lílian com mais força, assustando a garota.

te wo nobashi tsukanda yume wa sotto kuzureyuku suna no shiro
tada tachitsukushiteta wakaremichi hohoemi wo nokoshite
kiete itta kimi ga egaku rakuen e to

(Os sonhos que nós agarramos são castelos de
areia que vão desmoronando silenciosamente
Só ficamos parados numa encruzilhada por muito tempo
Deixamos para trás os sorrisos
Você, que foi sumindo, desenha
Ao paraíso)


- Que foi isso, Tiago?

- Sei lá... acho que apenas um ataque possessivo... Não quero te perder nunca!

- Não vamos nos separar! – ela falou. Estavam quase se beijando quando...

- Epa, epa, epa! – exclamou Sirius – Não queremos ver cenas da intimidade do casal...

Os outros riram, enquanto Anna puxava o jornal para si.

- Parece que começou uma guerra entre eles e o Ministério, pelo que diz aqui... – comentou ela.

- Mas já não era sem tempo – disse Remo.

- Estranho... tenho a impressão que daqui para frente não temos mais certeza de nada... – Anna disso enquanto olhava para o céu.

We'll say goodbye, Lost Heaven
How we longed for Heaven
We're letting go of something we never had
Time goes so fast, Heaven is lost

(Nós diremos adeus, paraíso perdido
Como desejávamos um paraíso
Nós estamos nos soltando de algo que nós nunca tivemos
O tempo passa tão rápido, o paraíso está perdido)


- Certeza? – Sirius a interrompeu – Eu tenho certeza que ficarei aqui morrendo de saudades da minha japinha...

- Certeza de que terei de fazer meu treinamento de shaman – emendou Keiko.

- Que eu e Lily nunca mais nos separaremos!! – disse Tiago.

- De que eu fiquei louca, pois aceitei namorar com esse ser desprezível – disse Lílian – Mas também que amo mais, muito mais do que imaginava – completou ela, fazendo Tiago sorrir satisfeito.

- De que levarei a mesma vida que levo... senão pior – disse Remo sombriamente, pensando nas suas transformações e em como seria complicado arranjar emprego sendo o que era.

hitotsu ni narenai ukanda hoshikuzu
hitotsu no shuuen ni akai hanataba wo
kakedashita shisen no saki ga shinkirou demo
We'll say goodbye, Lost Heaven

(Não pode ser a poeira das estrelas que flutuaram
No fim de um espetáculo um buquê de flores vermelhas
Mesmo em uma miragem o meu olhar começou a correr
Nós diremos adeus, paraíso perdido)


- Além de que os marotos serão sempre amigos! – exclamou Sirius, com a aprovação de seus amigos.

Anna resolveu não comentar, mas tinha a impressão que esse tal de Lord Voldemort ainda daria muitas reportagens ao Profeta Diário. Além da impressão que tinha do jornal estar sendo censurado, pois não era possível que apenas trouxas estivessem morrendo. Havia algo mais perigoso a espera deles fora de Hogwarts.

Goodbye, Lost Heaven
How we longed for Heaven
We're letting go of something we never had
Time goes so fast, Heaven is lost

(Nós diremos adeus, paraíso perdido
Como desejávamos um paraíso
Nós estamos nos soltando de algo que nós nunca tivemos
O tempo passa tão rápido, o paraíso está perdido)


Tinha medo de pensar no futuro. Gostaria que o tempo parasse naquele momento, quando via Tiago e Lílian, recém-acertados, rindo juntos. Sirius fazendo cócegas em Keiko e ela rindo, como se a única coisa que importava no mundo era se desvencilhar do maroto. Ou então Remo, com a cabeça deitada em seu ombro, sério como sempre... talvez pensando em sua próxima transformação, que não teria mais a proteção de Dumbledore.

Algo parecia dizer que nada mais seria como antes, que algo nada bom os esperava... Ao pensar nisso, sentiu um arrepio.

I wish you good luck. I still remember every day.

(Eu te desejo boa sorte. Eu ainda lembro todos os dias)


- Anna – Remo sussurrou em seu ouvido – Tudo bem?

- Sim... claro – respondeu ela, desejando que seus medos e seus receios nunca se tornassem verdade.




Sou malvada, mas nem tanto... como não sei qdo voltarei pra casa p/postar, resolvi colocar esse cap aqui... mas qdo voltar, quer montes de comentssss, heeeinnn???

Gente, obrigadaaaa pelos coments!!! Continuem comentando nessa reta final... falta só um cap. pra terminar!!! Pensei em parar aqui, mas acho que ainda falta algumas coisas para explicar... hehehe... Ah! A música é "Lost Heaven" dop L'Arc En Ciel... achei que a letra combinaria com o momento!!!

Teh a próxima!!!

bjjuuusss!!!

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2023
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.