FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

5. I want to hold your hand


Fic: Amor é tudo que se precisa [terminada]


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Capítulo 5 - I want to hold your hand

And when I touch you I feel happy inside

It's such a feeling that my love

I can't hide

Yeah, you got that something

I think you'll understand

When I say that something

I wanna hold your hand


Algumas horas haviam se passado desde o final da cerimônia, e Hermione ainda estava sentindo seu coração apertado como antes. Ela agora sentava numa mesa, com Ron, Harry, Ginny e os gêmeos, e eles haviam acabado de almoçar.

Em meio à deliciosa comida preparada pela Sra. Weasley e pela mãe de Fleur, que incluía pratos franceses os quais Hermione havia provado nas férias que passara lá com os pais e os pratos habituais da mãe de Ron, dos quais Hermione nunca se enjoava, os seis garotos discutiram a cerimônia. Todos concordaram que ela havia sido linda, cada um em seu jeito, e não era difícil ver como todos se sentiam felizes pelos noivos.

Era praticamente impossível ouvir o brinde de Bill ou o de Fleur, dizendo coisas lindas um para o outro, e não sentir uma alegria por dentro por ver duas pessoas tão felizes. Sério. Então Hermione começou a se sentir realmente mal, quando uma onda leve de inveja passou por ela e não quis ir embora. Ela olhou bem para o casal e viu como ela queria aquilo para ela. Ela se assustou de verdade, ao perceber como seus onze OWL's se mostraram insignificantes comparados a isso. E ela olhou para Ron, ao seu lado, tentando adivinhar se o mesmo pensamento havia passado na cabeça dele. Ela suspirou, quando viu que ele parecia bem mais interessado no pudim de chocolate, do qual se servia como quem não comia há anos, e tentou bloquear tais pensamentos. É claro que ele não pensaria nisso. Meses dentro de um relacionamento sem sentimentos com aquela outra não havia sido o suficiente para aumentar seu teor emocional de uma colher de chá.

- Hermione, acorda! - ela ouviu alguém falar, sacudindo sua mão.

- O que foi? - ela virou-se para achar Ron olhando para ela - Ah, desculpe, eu estava pensando.

- A Ginny estava perguntando uma coisa para você - falou ele tirando a mão de cima de Hermione. Ela conteve a vontade pegá-la novamente.

- O buquê, Hermione - falou Ginny a encarando do outro lado da mesa com uma expressão contrariada - A Fleur vai jogar daqui a pouco, e a gente tem que ir tentar pegar...

- E ai de você se você pegar, viu Ginny? - falou Fred com uma voz ameaçadora.

- E quem é você para dizer isso? - Ginny virou para Fred e encarou-o por um momento

- Sou o irmão que vai dar uma surra no moleque que tentar te pedir em casamento antes que você seja mais velha.

- 40 anos, isso é - completou George

- No mínimo - disse Fred comendo uma colherada de pudim. Ginny rolou os olhos.

- É só uma brincadeira, calma - disse Hermione enchendo seu copo com cerveja amanteigada que estava sobre a mesa deles.

- Eu nem imaginava que os bruxos também tivessem uma tradição dessa - falou Harry com o olhar curioso.

- Do que vocês estão falando? - perguntou George olhando embaralhado para os dois

- Os trouxas também fazem isso? - perguntou Ron com a boca cheia de pudim.

- Sim... - respondeu Hermione relutante

- Mas como eles sabem quem vai ser a próxima a casar? - perguntou Ginny curiosa

Hermione e Harry se entreolharam. Harry abriu a boca para responder mas não disse nada.

- Bem, é uma superstição... - ela disse franzindo os olhos - As pessoas acham que a mulher que pegar o buquê vai ser a primeira a casar. Mas isso não necessariamente acontece.

- Para que eles fazem, então? - perguntou Fred. Hermione olhou para Harry pedindo ajuda.

- Eu sei lá! - ele falou levantando os ombros - Não me peçam para entender as mulheres, muito menos as trouxas.

- O que você quer dizer com isso? - perguntou Ginny de repente

- Nada! - disse Harry arrependido - Nada mesmo!

- Mas peraí! - disse Hermione antes que Ginny pudesse replicar - Quer dizer que a pessoa que pegar o buquê aqui...

- Vai ser a próxima a se casar, é óbvio - falou Ginny ainda dando olhares furtivos para Harry.

- Mas como eles sabem? - perguntou Hermione sem pensar.

- Hermione, deixe eu lhe contar uma coisa, mas é segredo - disse Ron, pegando novamente a mão de Hermione e olhando nos olhos dela como se explicasse algo muito importante. Ela já havia se arrependido de ter feito uma pergunta tão idiota, mas quando olhou nos olhos azuis do garoto, sentindo o calor da mão dele sobre a dela, ela esqueceu completamente o que havia causado o comportamento do amigo - É mágica!

Todos riram e Hermione rolou os olhos, sem conseguir suprimir um sorriso.

- Tá, mas é como adivinhação? - ela falou olhando para os outros amigos. A mão de Ron continuava em cima da sua. Será que ele não havia percebido?

- Eu não sei que feitiço exatamente é, mas sempre funciona - disse Ginny sacudindo os ombros.

- E se ninguém na festa for se casar? - perguntou Harry

- Ah, aconteceu uma vez, no casamento da tia Ruth, lembra? - falou Fred - Ela jogou o buquê e ele explodiu no ar.

- Nossa, foi uma choradeira... - disse George

- Uma dúzia de loucas berrando que iam ficar para titia... Eu queria me matar...

Eles ouviram um barulho de uma pequena explosão e viraram-se para a mesa. Fleur havia se levantado e feito o barulho com sua varinha para chamar a atenção de todos, e agora balançava o buquê de lírios brancos na mão.

- OK, garrotas! Está na hora de jogarr o buquê! - ela disse animada, dirigindo-se para o lugar livre do jardim, onde mais tarde ela e Bill dançariam sua primeira valsa. Houve uma comoção geral no jardim, as amigas de Fleur soltavam risadinhas e falavam rápido em francês, enquanto seguiam a amiga. A maioria das mulheres se levantou, e se dirigia para onde Fleur estava.

A mão de Ron ainda estava em cima da de Hermione, e ela não sentia a mínima vontade de levantar e perder o toque do garoto. Mas Ginny já estava em pé, fazendo gestos para chamar Hermione, e contrariada ela ergueu-se da cadeira. Ron pareceu então perceber onde sua mão havia estado nos últimos minutos, pois ela viu suas orelhas ficarem da cor de seus cabelos. Ela seguiu Ginny até o grupo de mulheres que agora se formava atrás de Fleur, que havia subido em uma cadeira.

- Nervosa? - perguntou Ginny para a amiga. Hermione nem havia pensado nisso.

- Por que eu estaria? - falou ela

- Sei lá... - disse Ginny, que parecia um pouco desconfortável. As amigas de Fleur conversavam animadamente na frente das duas.

- Acho que estamos bem, uma das francesas está noiva pelo que eu entendi - disse Hermione

- Desde quando você sabe francês?

- "Fiancé" é noivo em francês também, não é? - falou ela dando de ombros. Ginny rolou os olhos.

- Eu vou jogarrr! - Fleur disse e acrescentou algo em francês, antes de virar-se de costas para o grupo de mulheres. Hermione não pode deixar de sorrir quando viu a Prof. Mcgonagall no meio delas, uma expressão contrariada no rosto.

Fleur jogou o arranjo de flores para cima, e as garotas francesas prenderam a respiração, em meio a murmúrios agudos. O buquê pairou no ar por alguns momentos, girando, como se escolhesse onde cair. Então, após vibrar por um instante, começou a cair rápido na direção de Hermione.

"Ah, droga." pensou ela ao ver os lírios presos em suas mãos.

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 2

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Mariana Berlese Rodrigues em 04/03/2013

SIMPLISMENTE P-E-R-F-E-I-T-O ESSE CAP. A-M-E-I *.*

#MORRI 
A-M-E-I <3 <3 <3 
MUITOOOOOOOOOO LINDAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA *.*
CHOREI E RI MUITO AQUI :)

KERIA SER A MIONE NESSAS HORAS kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk'

KEM FIKOU PREOCULPADO FOI O RON NESSA HORA kkkkkkkkkkkkkkkkk' 

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Maíra R. Matias em 24/01/2012
NOssa, você escreve realmente bem...
Nota: 1

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.